Dispensa com justa causa! Desídia!


No artigo 482 da CLT estão discriminadas as causas que podem levar o empregador a dispensar o empregado por um motivo justificado, ou seja, a Dispensa Com Justa Causa. Na verdade uma coisa é certa, sempre que ocorre uma dispensa com justa causa o empregado perde praticamente todos os seus direitos, assim invariavelmente ocorrerá uma reclamatória trabalhista e caso o patrão não consiga comprovar de forma efetiva documentalmente correrá um grande risco de perder a ação.

Não existem santos. Tanto empregados utilizam de falsos expedientes, assim como o empregador em muitos casos procuram levar vantagem e ganhar tempo forçando o empregado buscar a justiça para fazer um acordo posteriormente, assim promove uma justa causa irreal.

Dentro as dispensas com justa causa, a letra “e” do art. 482 talvez seja uma das mais difíceis em qualificar. O que seria desídia? Bem, podemos entender que a desídia seja uma diminuição de produção ou produtividade sem causa aparente (uma doença, por exemplo), ou quem sabe a queda na qualidade dos serviços, ou ainda a perturbação no local de trabalho, atrasos constantes, e correlatos.

Para que haja a dispensa com justa causa o empregado precisa demonstrar constância nestes maus procedimentos, assim como o patrão deve efetuar as providências necessárias anteriores, ou seja, advertências verbais e por escrito e suspensão do serviço para que seja caracterizada de forma indubitável a falta de Desídia. Após todos estes procedimentos que venha a demonstrar que o empregado apesar de todas as advertências não mudou o seu procedimento, então neste caso o empregador possa fazer a dispensa com justa causa.

O empregador também deve estar ciente que um empregado que não sabe exercer a sua função para que foi contratado nem sempre caracteriza desídia, pois para isto serve o recrutamento e seleção, assim como o contrato de experiência que pode ser estendido até 90 dias, tempo suficiente para o patrão analisar a competência do funcionário. Não se deve em hipótese confundir incompetência com desídia.

Não deve esquecer nunca os patrões e empregados no binômio crime e castigo. Todas as faltas têm de ser punida e corrigida de imediato, caso isto não ocorra será subtendido um perdão tácito, assim não tem porque haver uma punição posterior, pois a concordância com a falta sem uma punição descaracteriza a indisciplina.

justa

About these ads

654 Respostas

  1. Caramba aula de leis trabalhistas.
    Abraços forte

    • fui manda embora por justa causa gostaria de saber se fica marcado na carteira de trabalho ?

      • Não. Se houver qualquer menção do motivo da rescisão na CTPS você pode inclusive pedir uma retratação com uma ação de perdas e danos.

      • Gostaria de saber,trabalhei ano na firma comecei faltar por motivo familiar eu não leva atestado mais dava uma justificativa o porque eu faltava tanto e isso tambemestavo gestante mais mesmo assim nçao adiantava mais nada ate que então a firma me mandou embora por justa causa não sta marcado na carteira.SERA que isso vai impata de eu arrumar outro serviço

      • Para arrumar outro emprego não … porque a empresa não pode por lei fazer qualquer tipo de anotação do motivo da demissão …. entretanto nada impede que o futuro empregador de tirar informações no ultimo empregador fique sabendo ….

    • Ola, trabalho em uma empresa de call center a quase quatro anos entrei em 16/01/2009, no dia 11/12/2012 o Rh da empresa me deu um comunicado de desligamento por desídia com utima infração: Não comprimento de carga horária nos dias 03/12 (15 minutos), 04/12 (16 min.), 05/12 (19 min.), 06/12 (16 min.) e 08/12/12 (26 min.) – não sancionados. E a empresa me deu 3 dias para apresentar minha defesa.Pois no mesmo dia 11/12/12 fui no médico pra provar pra empresa que eu nao estava bem de saúde e peguei um atestado de 3 dias e mais dois encaminhamentos: 1 para o Otorrino por uma otite no ouvido e 1 para o Psiquiatra por começo de depressão e stress, no dia 13/12 fui no psiquiatra e o mesmo me deu mais 10 dias de atestado e dia 26/12 fui no médico novamente e pegue mais 2 dias de atestado por causa do meu ouvido, ou seja ja estou a 14 dias de atestado e provavelmente vou ter que pegar mais uns dias de atestado porque meu ouvido continua doendo e estou ainda com sintomas de depressão, se eu pegar mais 2 dias de atestado vou pro Inss. E tem mais um detalhe nas duas ultimas férias que gozei a empresa não fez em mim o exame períodico sendo assim creio eu que veio a lesionar minha saúde fisica e mental. Nesta situação a empresa pode me desligar por justa causa Desídia mesmo assim em tratamento ?
      neste meu caso posso entrar com uma ação contra a empresa pois quais danos ?

      • Se você tiver afastado com os atestados até 15 dias ou posteriormente pela previdência, caso fique mais de 15 dias afastado, neste período a empresa não poderá efetuar a sua dispensa, pois o seu contrato está suspenso, entretanto quando você retornar ela poderá sim efetuar a sua dispensa com ou sem justa causa. Claro, após a dispensa você pode e deve recorrer junto a justiça trabalhista com o intuito de reverter a justa causa e para isso apresentar junto a justiça a sua defesa e suas provas.

      • …Ok, obrigado pelo o esclarecimento da duvida anterior…agora surgiu outra duvida peguei dia 28/12/12 mais 3 dias de atestado que somados com os anteriores, ja estou com 17 dias de atestado, como fica minha situação perante a empresa ja que a empresa me deu um comunicado de desligamento por justa causa, falando que minha rescisão contratual fica designada para o dia 02/01/2013 por conveniência sistêmica, e agora o que vai ou pode acontecer ? e o que devo fazer ?

        OBS: tenho consulta marcada com meu medico particular dia 02/01/13.

      • Em principio nada muda …..a empresa irá efetuar a sua rescisão … depois você terá que discutir na justiça ….

      • Oi joselito,eu consegui reverte uma justa causa pois dois anos depois a empresa liberou o FGTS e as guias de seguro desemprego eu gostaria de saber se minha advogada tem direito no fgts e no seguro desemprego ou só na recisao .obrigado

      • Bem, quando você a contratou deve ter assinado um contrato onde estabelece as condições e o percentual a ser cobrado. Entretanto normalmente o advogado irá cobrar sobre o montante que você vier a receber inclusive o FGTS ….

      • Ok, mais eu peguei mais 2 dias de atestado hoje dia 02/01/13 que tenho que homologar amanhã dia 03/01/13 na empresa, mesmo estando agora eu com 19 dias de atestado, nao teria eu que passar pela pericia do inss primeiro antes da empresa me mandar embora ?

        ou a empresa pode rescindir meu contratado de trabalho ja no dia 02/01/13 como esta em seu comunicado que a mesma me passou, sendo que esta marcado pra homologação no sindicato dia 12/01/13. E ai como fica a minha situação agora com 19 dias de atestado sendo que ainda nao passei pelo inss ?

      • Bem. se for ao INSS e o mesmo de afastar a partir do dia 03/01/2013 a empresa deverá aguarda sua alta da previdência … entretanto caso você a previdência não lhe afaste a empresa poderá sim dispensa-lo no dia indicado.

      • bom, fui na empresa hoje dia 03/01/12 homologar mais 4 dias de atestado anteriores ao dia 02/01/13 a empresa não aceitou esta certo isso ?

      • Ela só ira aceitar atestados de até 15 dias, entretanto ela poderá a qualquer momento pedir uma pericia com um médico presta serviço para ela.

      • Ok, mais a empresa rescindiu o meu contrato de trabalho dia 02/01/13 e a homolagação no sindicato vai ser dia 12/01/13, mais a empresa nao me encaminhou ate agora pro inss e nem marcou pericia pra mim com o medico dela sendo que tenho 19 dias atestado, a empresa pode rescindir meu contrato sem me encaminhar pro inss e sem marcar a pericia com o medico dela ?

      • Bem Wesley a empresa não irá encaminha-lo para a previdência, após os 15 dias de atestado é você que deve procurar a previdência social para poder da entrada no auxilio doença de posse do encaminhamento do médico que você está se tratando, então a previdência irá marcar uma consulta e um pericia e avaliar a sua necessidade ou não de afastamento.

      • ok, mais e empresa ja me mandou embora dia 02/01/13 pode isso acontecer ? o que devo fazer ?

      • Então acho que você deve procurar urgentemente a Previdência Social para tentar que ela te afaste por um período maior …..

    • Caro José,
      a empresa que trabalho me informou que perderei 10 dias da minha férias devido minhas faltas no decorrer dos 365 dias. Isto é possível? caso sim, qual a base legal.

      • Período de faltas injustificadas Dias de férias a que tem direito
        5 dias ou menos 30 dias
        De 6 a 14 dias 24 dias
        De 15 a 23 dias 18 dias
        De 24 a 32 dias 12 dias
        33 dias ou mais 0 dia

        Na verdade você não perde 10 dias …. vai depender de quantas faltas você teve …. por exemplo .. de 6 a 14 dias de faltas você receberá 24 dias de férias, ou seja, o desconto será de 6 dias … até ao ponto caso você falte 33 dias ou mais perde todo o direito as férias;

        Base legal – art. 129 da CLT

    • fui mandado embora por justa calça art 482 “b” trabalhei 9 anos não deram baixa na minha carteira já tem 1 mês o que fazer.

      • Bem, não importa a forma que você foi dispensado ou pediu demissão, a partir do momento que isto ocorre você deve entregar a sua carteira para a empresa e a mesma tem 48 horas para devolve-la com as devidas anotações e ela terá até 10 dias para efetuar o pagamento de sua rescisão e a também deverá efetuar a homologação junto ao sindicato da categoria ou algum posto do Ministério do Trabalho. A não devolução da carteira de empregado por parte do empregador poderá além de outras medidas gerar indenização ao empregado …. infelizmente acredito que você deva entrar com uma representação contra a empresa.

  2. É praticamente impossível comprovar uma justa causa. As exigências dos juízes (e muitas vezes com razão), são duras.
    Duro é quando se tem de fato motivos para a justa causa e não se tem provas.
    Abraços
    Felipe

    • Como disse, não tem santos nestas histórias ….

    • boa noite,estou trabalnhando em uma empresa de callcenter ha um ano e oito meses ,sofri lesao,a empresa desconta do meu salario erradamente,quando coloco atestado eles discontam passagens alem dos dias nao trabalhados e quando reclamo nao resolvem nada,e alem disso fui contratada para trabalhar uma carga horaria de 150 horas mensais.e AGORA querem me mudar para trabalhar 180hs.Em relaçao tudo o que informei acima ,e em questao de minha carga horaria,sera que posso entrar com recursos na justiça trabalhando.

      • Vamos por parte, se você sofreu algum acidente e está trabalhando significa que você foi considerada apta para o trabalho, portanto a lesão que sofreu em principio não parece ser um impedimento para o seu desenvolvimento. Assim, quando você faltar ou trazer atestado médico está no direito da empresa em descontar os dias não trabalhados e também não fornecer o vale transporte para estes dias. Quanto a carga horária, bem, eles só poderão alterar desde que haja a sua concordância e que o seu salário também seja aumentando de forma proporcional ao aumento de horas trabalhadas, casdo façam isto de forma unilateral você terá todo o direito de recorrer junto a justiça trabalhista mesmo que esteja ainda trabalhando.

  3. Você citou algo muito importante: a área de recrutamento e seleção. Sem dúvida essa área deve estar bem afinada com a área que contratará um novo empregado, de modo que não se contrate um empregado sem competência.

    Ótimo post!

    • Temos muitas contratações equivocadas, e muitas indicações que normalmente não primam pela competência, é a privada seguindo o público …

  4. Muito bom!

    • Obrigado Carol.

  5. SAUDAÇÕES!
    AMIGO JOSELITO,
    O seu texto é uma aula e tanto!
    Uma ótima explanação que nos leva a ter uma nova visão dos vários expedientes usados por patrões e empregados!
    Excelente Post!
    Abraços!
    LISON.

    • Obrigado Lison, sempre haverá bons e maus, tanto empregados como empregadores.

  6. ótima informação, sempre bom trazer ao conhecimento dos leitores informações sobre direitos e deveres que interessam a todos
    abs

    • Obrigado Ana Lucia, as suas informações também são muito importantes e esclarecedoras.

  7. Ótimo artigo
    Esclarecedor e numa linguagem simples.
    Abraços

    • Obrigado Dani, volte sempre.

  8. Na verdade o mundo esta cheio de pessoas injustas, mas quando você confia seu patrimônio a um funcionário que não corresponde Às suas necessidades por incopetência, justa causa nele.

    • Incompetência ou má fé.

    • Incopetência…é demitir por justa causa ganha tempo todos sabemos,porém não nem todas as causas são ganhas!!…atraso para os dois lados.

    • Incopetência…um patrimônio ser contruído e sólido e ter que pagar uma bela indenização,não tem condições de demitir um funcionário ,ganha-se tempo…mais lembre-se nem sempre ganhamos todas as causas.

    • e vc tambem merece uma boa justa..tira de quem nao tem!..ja que a maioria dos patroes deixam de pagar certos direitos aos cidadoes.. o que acarreta processo trt..

  9. ola
    fui mandado embora da empresa que trabalhava
    porque emprestei a minha guilhotina e quando fiquei pedindo tal de volta por varias vezes a empresa que trabalhava.
    na discusão de devolução. ele começou a me ofender e a
    me defamar em relação ao trabalho.
    final de tudo fui mandado embora por justa causa.
    pode uma dessa já entrei na justiça.
    acredito que ouve abuso total.

    • Aparentemente houve abuso sim ….

  10. gostaria de saber se a ação pode ter danos por constrangimento ou moral
    obs josé luis do dia 4/11

    • Bem, não entendi bem que tipo de ação você se refere, mas acredito que qualquer tipo de constrangimento pode caso haja provas, ser pedido a indenização por danos, inclusive morais.

  11. Pasmem, acabei de levar uma justa causa.
    Mas este negocio de não existirem ‘Santos’, me deixa um pouco inibido, realemnte não sou santo longe disto, mas deixa eu relatar minha historia, depois os julgamentos. foi assim:
    Era encarregado de produção em uma empresa, esta empresa não pagava horas extras, alias, pagava em forma de diarias, para sonegar as incidencias destas em decimo terceiro, férias e outros. Além disso sempre pagando com varios dias em atraso, mes passado me deram férias, e minhas horas extras pagas por fora, ficaram pra tras, acabei ligando pra empresa, pois estava precisando e muito deste dinheiro, pediram para ligar na próxima semana, atendi normalmente, qdo retornei a ligação, o gerente tentou enrolar novamente, ai eu perdi minha paciencia e compostura com ele, e falei por telefone que ele era um gerente de mherda sem palavras, sabia q naquela hora eu estava assinando minha demissão, hoje qdo retornei ao trabalho, fui atendido na portaria,não deixaram eu entrar na empresa, e me demitiram por Justa Causa, alegando mau comportamento com os subordinados, não sou Santo, alias vaquinha de presépio, o q os amigos acham e me sugerem.
    Obrigado

    • Caro João, a questão de justa causa por mau comportamento é muito relativo, principalmente quando não há testemunhas, ainda mais por telefone … a justiça decidirá ao seu favor com certeza.

      • Obrigado pela resposta
        muito sucesso para vc, amigo

  12. Alegaram mau comportamento com subordinados, e me deram justa causa, isso esta meio evasivo, não lembro que tenha me comportado mau, acho q me arrumaram uma justa causa, em sua opinião´, será dificil reverter este quadro?
    Obrigado

  13. Caro José;
    Perdi meu emprego em novembro, a empresa alega desídia e mau comportamento.
    Trabalhava no ramo de telecomunicações (retenção /call center).
    A empresa estipulava metas aos funcionários, uma dessas metas era o absenteísmo ( não faltar / não chegar atrasado), meta esta que era de 3% ao mês.
    Ocorre que eu tive vários atrasos reiterados, fui punida com advertências e há 6 meses tive 2 suspensões mas nenhuma destas foi em virtude dos atrasos mas sim por monitorias da IZO.
    As advertencias ocorreram em 02/09, 10/09 por atrasos; 03/09, 09/09 por postura inadequada em atendimento; as suspensões ocorreram em 04/09 e 05/09 em virtude de monitorias da IZO.
    Acontece que tenho as minhas metas desde o mês de janeiro deste ano onde demostram que eu atingia todos os índices estabelecidos pela empresa, onde meu absenteísmo só ficou acima do estabelecido pela empresa quando eu estava de atestado, pelas suspensões ou pela morte de minha avó que ocorreu em setembro.
    Um fator importante é que as medições da IZO são metas da empresa chamadas de qualidade,meta esta de 90% e que raramente eu não atingia, sendo que no mês antecedente a minha demissão obtive o resultado de 99%.
    Agora quanto as reclamações de clientes era impossível não tê-las pois eu atendia em média 600 a 700 ligações no mês e ter apenas 2 reclamações destas por mês torna-se um número muito ínfimo.
    Na ata de reunião a coordenadora da empresa assume que apresento excelentes resultados mas diz que apenas resultados não são suficientes que é necessário ter postura e comprometimento.
    Agora lhe pergunto, quem não tem comprometimento com a empresa apresenta bons resultados?
    Sempre que eu chegava atrasada eu ficava após o horário até completar as 6:20 hs e as vezes até mais para ajudar a equipe a alcançarem todas as metas.
    Em outubro descobri que estava doente, problemas na vesícula, e então procurei um médico assim que possível, o mesmo em 13/11 me deu os pedidos para realizar a cirurgia e em 16/11 dei entrada para a autorização da mesma e misteriosamente no dia 19/11 fui demitida. Muita coincidencia não acha?
    Vou recorrer em juízo o que acha?

    • Glenda, como escrevi no post este negócio de DESIDIA é muito complicado para empresa provar, inclusive em juizo a tendencia é a justiça decidir em favor do empregado, a não ser que a empresa esteja muito bem calçada e fundamentada com provas materiais irrefutáveis, caso contrário tem uma grande chance de perder e a rescisão por justa causa é anulada e transformada em sem justa causa. No seu caso especifico não entendi se você foi demitida sem ou com justa causa. Em sendo sem justa causa a empresa está no seu direito, agora caso tenha sido com justa causa você deve recorrer a justiça sim, ela será a unica a decidir.

  14. fui demitido por justa causa ……eu faltei alguns dias no serviço mas eu estava doente eu nao peguei atestado mas tenho todos os relatorio do medico q me consultou………mas esses relatorio nao serven para abonar as faltas …o que eu fasso …….devo entrar na justiça…e proçessar a empresa q trabalhei ….eu estava doente e nao tinha como eu ir trabalhar ……eu tenho todos os exames q fix …posso mostrar para o advogado….to muito inconformado com isso eu vo recorrer …fui mandado por desidia tambem acha isso

    • Cara, na justiça tudo funciona com provas, quer seja materias ou testemunhais. Primeiramente você deve exigir do médico os atestados do periodo que você ficou sem trabalhar, o médico só negará o atestado caso ele considere que você não precisava se afastar do trabalho para fazer os exames. A justiça só vai considerar como faltas justificadas caso tenha o atestado.

  15. estão querendo me mandar pr rua por desidia mais não a provas pois meu trabalho é de oito horas diarias mais anão a ponto pois trabalho como promotora de vendas faltei alguns dias mais foi só eles podem me por por desidia..

    • Cleide, a desidia é sempre a “justa causa” mais dificil de comprovar, tem de haver uma sequencia de fatos, tem de ser recorrente …. e devidamente comprovado com advertencias e suspensões ……. neste caso justa causa é bastante dificil que a empresa o faça, vai perder na certa na justiça.

  16. Olá, meu caso é o seguinte, estava eu de aviso prévio na empresa que eu trabalhava, e para não deixá-los na mão estava cumprindo o meu aviso, trabalhei durante 3 anos nesta empresa, era considerado um ótimo funcionário, num determinado dia eu discuti com a minha patroa (sempre houveram isso, porém a discusão foi profissional e nada mais, nem ela e nem eu a ofendi), tomei uma advertência VERBAL, não me deram nenhum papel pra assinar, desse tempo todo essa foi a primeira, irritado com a situação, exclamei que estavam agindo de filha da P***sse comigo… e isso não foi dito em frente aos patrões, comentei com uma funcionária, onde, tomei uma suspensão e quando volto, me deparo com uma demissão por justa causa!!!! Eles alegam coisas muito baixas, que eu ofendi de forma pesada (que na verdade não foi assim), entrei na justiça e estou esperando, agora… eles com certeza vão pegar testemunhas, montar um teatro, pra me prejudicar, o engraçado que deram baixa na minha carteira sem homologação, e na carteira não tem nada se referindo a justa causa.

    Sempre tive uma ótima conduta dentro da empresa, tenho como provar isso, fiquei um ano sem registro, tbm tenho como provar, será que fica difícil eu reverter esta situação???

    • Marcos, não entendi bem, quando tudo isto aconteceu você estava de aviso? Independente se estava ou não, a dispensa com justa causa ocorreu provavelmente com o empregador alegando alo lesivo a honra e boa fama praticado contra superior hierárquico ou coisa lhe o valha.
      Primeiramente justa causa não deve e não pode ser anota na Carteira de Trabalho, se caso o empregador venha a fazer isso poderá receber severas punições.
      No caso especifico, o empregador realmente terá de se valer de testemunhas, inclusive de “amigos” teus, entretanto a justiça só mantem a justa causa se ela for muito bem justificada e comprovada com documentos e testemunhas e não de nenhuma dúvida. Se está na justiça, o negócio é esperar ….

      • Jose

        Sim, eu estava de aviso prévio, e como disse, não existe nenhum documento, e pra falar a verdade nem testemunhas pra justa causa, pq não houve, o que eles vão fazer pelo que eu entendi, é pegar um funcionário, montar um teatro e me prejudicar com isso! Tenho pessoas que podem comprovar a minha ótima conduta na empresa, somente isso, quanto a discusão acredito que ninguem vai depor contra a empresa por medo de perder o emprego, eu tenho testemunhas que são clientes, que pode comprovar que eu fazia muito mais coisas na empresas do que fui contratado…

        Um outra questão, eles me demitiram por justa causa (não assinei a demissão), só que eles não marcaram homologação e nem marcam.

      • Independente de qualquer coisa, com ou sem justa causa, com mais de um ano de serviço é de obrigação efetuar a homologação no máximo até 10 dias após a data da saida, isto não ocorrendo o empregador está sujeito ainda a efetuar o pagamento de uma multa …. entretanto caso você ja tenha entrado na justiça trabalhista, agora é só aguardar ….

  17. olá.gostaria de saber se posso ser demitida por justa causa,pois fui demitida mas informei a empresa que estou gravida,entao,permaneci na empresa,nao fui mais demitida,só que depois disso comecei a sentir muita tristeza e fiquei com depressao,já está marcado a consulta com o psiquiatra e tem dia que nao consigo entrar na empresa e nao vou trabalhar,as vezes mal consigo levantar da minha cama,e as faltas sao injustificadas,estou com medo de ser demitida por justa causa,pode me orientar o que devo fazer pra conseguir ir trabalhar??? obrigado

    • Se as faltas não forem justificadas você poderá sim ser dispensada com justa causa … a questão é você apresentar os atestados.

  18. fui mandada embora da empresa onde eu trabalhava, por justa causa eles alegam que eu dei um atestado falso. porem nunca fiz isso. so que eu estava doente e minha mãe pediu para a minha irmã entregar, como a gente não se da bem ela fez alguns rabiscos no atestado. alias ela queria me ferar e consegui. o que eu posso fazer

    • Bem, nesse caso, por um motivo ou por outro o atestado estava alterado o que pode ter caracterizado a idéia de adulteração no documento. Entretanto caso você esteja convicta que tenha sido uma “armação” no sentido de prejudica-la, consulte um advogado e se for o caso ajuize uma reclamatória e deixe a justiça decidir.

  19. Bom, fui mandada embora por justa por desidia devido as minhas faltas reiteradas. Não nego, faltei pelo motivo de doença na familia, e não justifiquei as minhas faltas. Fui punida com 1 advertencia (faltei 1 sabado)e 2 suspensões( uma por faltar num sabado e outra por faltar 5 dias seguidos) , sempre deixando o o meu chefe ciente do motivo das faltas. O problema é que pelo o que eu pude entender por desidia é a má vontade ou na queda do rendimento do funcionario e eu adorava o meu trabalho, não tive o intuito de prejudicar a empresa, gostava do ambiente de trabalho e do que fazia dentro da empresa ( como informei as faltas não foram justificadas para empresa, mas foram por motivos particulares que eu realmente não tinha como comparecer na empresa). Será que vale a pena entrar na justiça? ou seria perca de tempo? Teria uma sugestão de como devo proceder?
    Obrigada

    • Larissa, a desidia é uma das faltas graves constante na CLT de mais dificil comprovação, entretanto as faltas não justificadas dentro da desidia quando devidamente comprovadas pelo empregador passa a ser mais facilmente aceita pela justiça para jusitificar a justa causa. Principalmente quando existe préviamente advertencias tanto escritas quanto verbal …. entretanto você deveria consultar um advogado e apresentar suas justificativas e se realmente você acreditar que não teve culpa até dois anos de sua saida poderá ingressar com uma reclamatória no intuito de reverter o processo.

  20. Fui demitido por justa causa, o motivo foi que eu dei meu cartao para baterem pra mim, devido a empresa não me pagar nada a mais por dois anos sem folgar no domingo, e sempre no meu espelho de ponto aparecer que devo horas que não devo, e o pior a camera filmou o rapaz que bateu meu cartao e tbm mandou ele, posso entrar com algum recurso?

    • Infelizmente um erro não justifica o outro … o motivo para justa causa aparentemente está comprovado e documentado, e dificilmente poderá ser revertido …. entretanto nada impede que você entre com uma ação contra a empresa buscando receber as horas extras dos descansos não pagos.

  21. algumas outras informações, sou confeiteiro e trabalho no pão de açucar, esse dia eu não fui trabalhar, quando um amigo bateu meu cartão

  22. Olá trabalho em uma empresa ,de call center e minha supervisora esta me ameaçando me dar justa causa por desidia.Tenho varios atestados no mes de junho com cid diferentes,meus resustados em vendas não são os melhores a minha monitoria de qualidade não é 100% pelo contrario está longe disso ,mas não maltrato o cliente,não desligo a ligação .Acontece que não alcanço os resultados que ela gostaria.Não tenho nenhuma suspensão mas devido aos meus vários atestados ela implicou comigo.Ela pode me dar JC por isso que lhe relatei?????

    • Em principio não …. não atingir metas pré-estipuladas não é causa para desidia …. a desidia é de dificil comprovação e precisa haver uma persistencia e a empresa não deve JAMAIS ameçar nenhum funcionário com JUSTA CAUSA sob o risco deste tipo de coação ser utilizada contra ela. Entretanto a empresa pode questionar os seus atestados encaminhando a médico dela para efetuar uma avaliação de sua saúde ….

  23. Oi eu tive 2 faltas mas nao justifiquei-as no entanto fui punido com duas advertencias e suspensao de 1 dia, pois bem desde entao nao faltei mais ,a empresa podia me dar justa causa depois de dez dias sem eu falta?

    • Fabio, respondi acima.

  24. Oi fui demitido por justa causa por ter folgado sem ser o dia da folga a folga era era sabado e domingo meio periodo.tipo assim nos eramos em 6 funcionarios tres folgava sabado o dia inteiro e trabalhava o domingo meio periodo,quem trabalhou sabado nao trabalhava domindo tipo se eu folga sabado eu trabalho domingo meio periodo e depois eu só ia ter folga no outro domingo e teria que trabalha sabado meio periodo ainda pois bem eu folguei 1 dia da semana pra resolver problemas pq ja havia pedido pro meu patrao me conceder essa folga e ele nao me concedeu entao folguei por conta propria nessas duas folgas que tirei durante cada semana(2) recebi 1 advertencia para cada falta sendo que uma seguida de suspensao por 1 dia,pois bem depois dessa suspensao nao faltei mais dex dias depois da suspensao meu patrao me mandou uma carta com justa causa desídia ele esta certo?

    • Bem, acho que a empresa não devia ter feito a dispensa com justa causa, pelo simples fato que ela havia ja punido com advertencia e suspensão pelas faltas e não poderia então incorrer numa terceira punição, ou seja, a justa causa. Se foi da maneira que você está comentando, provavelmente não tem como perder uma ação trabalhista.

      • bom vou explicar a situaçao corretamente! eu trabalhava na empresa desde 17/09/2009 e fui demitido 03/09/2010 com uma simples carta de demissao por justa causa desídia,carta qual eu nao assinei,pois bem nesse tempo que trabalhei na empresa eu acumulei no total 11 faltas mais essas duas que eles resolveram
        me punir com advertencia e seguida de suspensao por 1 dia,mas toda vez que eu faltava eu avisava a gerencia e sempre cobria a falta na folga e eles aceitavam ,eles podia dar a justa causa por isso?

      • bom vou explica o caso ocorrido,eu trabalhei na empresa cerca de um ano mas 5 meses sem registro,entrei dia 17/09/09 e fui demitido dia 03/09/10 desse tempo eu acumulei no total de 11 faltas quais sempre paguei com descontos de salario e sempre trabalhei um dia a mais para paga-las..emfim dessas 11 faltas fui punido recentemente com duas advertencias e suspesao de 1 dia motivo pelo qual eu nao havia faltado mais,pois bem vieram do nada e mandaram um carta como demissao por justa causa sem eu menos espera pois nao tinha nenhuma falta mais,meu patrao alegou que podia fazer isso pelas faltas nao justificadas anteriormente gostaria de saber se eu posso entra com uma açao contra a empresa pra ser revogada a justa causa e se eu to no meu direito? tbm fui acusado de coisas que nao fiz oque eu posso fazer? desde ja agradeço a atençao e to a disposiçao para fazer uma consulta pessoalmente com voce
        att:Fabio

      • Fabio, se você diz que as faltas foram descontadas e você ainda pagou com dia trabalhado, ficou esquisito. Primeiro, se as faltas não foram justificadas a empresa deveria simplesmente desconta-la ou que fossem compensadas, mas, nunca as duas coisas. Segundo quando da falta sem justificativa a empresa deveria adverti-lo e ou suspende-lo, assim a consistencia nas faltas iria caracterizar a desidia. Como ja disse anteriormente a justa causa por desidia é muito dificil de comprovar, e vai depender do juiz que for julgar, pois ela é um tanto subjetiva, entretanto caso você não concorde acredito que deva entrar com um reclamatória trabalhista sim pedindo os direitos que não foram pagos em sua rescisão.

  25. muito obrigado pela informação !! tirou uma grande duvida que eu tinha agora to ciente de que devo entra com uma ação trabalhista contra eles
    att:Fabio

  26. estou ha 18 dias afastado do trabalho,posso receber justa causa por isso? ou devo receber uma advertencia?
    ñ tenho como comprovar,apenas passo por problemas familiar.
    será que posso voltar a trabalhar normalmente?

    • A empresa pode caracterizar como abadono de serviço, as vezes esperam pelos 30 dias e ai a justa causa fica devidamente caracterizada …. mas, se você não tomar algumas providencias a empresa pode sim.

  27. Ola!

    Faltei 5 dias e meu supervisor me deu 3 advertencias e uma suspensão de 3 dias. Tudo devido a um problema que tive na faculdade.
    fui um dia apos o termino da suspensao e faltei do dia 01 ate o dia 10 ja não tinha mas enterresse em permacer devido as punicões, fui perdir demissao no 11° dia e fui empedido devido pela minha coordenadora, que pediu para que eu voltasse na segunda feira no 13° dia, perguntei no rh se esse procedimento era correto e fui informado que não, que eu teria sim o direito de pedir demissao, mas minha coordenadora se desentendeu com a atendente do rh e me mandou voltar na segunda. Onde recebi uma justa causa por desidia.
    Enfim gostaria de saber se tenho chances de recorrer essa decissao para não ser demitido por justa causa.

    • Bem, como diria o outro, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, se a empresa teve “motivos” para dispensa-lo por justa causa e de certa forma salvaguardou esses motivos produzindo provas ela poderia sim dispensa-lo com justa causa, isso não quer dizer que você tenha que aceitar esta pena máxima, poderá discutir na justiça trabalhista …. quanto a pedir demissão você também poderia, mas deveria no dia acordado ter assinado um documento, não importa se era um padrão, qualquer documento onde a empresa deveria dar o OK …. caso não concordassem deveria pegar assinatura de duas testemunhas … é assim que funciona … mas sempre a justiça está ai para dirimir qualquer duvida …

  28. Ola fui demitido por justa causa, eu era perito em sinistros de uma seguradora e durante as minhas férias realizaram auditoria e pegaram algumas falhas em relatorios e num caso mais grave que uma outra pessoa armou um sinistro ela falou ao meu cordenador que eu pedi dinheiro a ela, ele gravou no celular esta pessoa falando isto, porem eu tenho gravado também a mesma pessoa falando que isto era mentira, esta gravação serve de prova e caso eu entra na justiça e perca quais as consequencias para mim?

    • Em principio não, um declaração assinada seria uma prova de negação, caso contrário ….

  29. Trabalho há 9 anos em uma empresa e nunca havia recebido nenhuma reclamação, sempre fui pontual e sou elogiada pelo meu desempenho.
    Há cerca de 1 ano e 1/2, mais ou menos, tenho um problema de saúde (enxaqueca crônica) e muitas vezes cheguei atrasada na empresa.
    Recentemente recebi 2 advertências por atrasos e faltas “injustificadas” (porque não peguei atestado médico, simplesmente ligue avisando que não estava passando bem e que não iria trabalhar) e uma suspensão de 2 dias.
    Posso ser demitida por justa causa?
    E meu histórico, não conta?
    Tenho me policiado e, mesmo passando mal, estou chegando aqui no horário.
    O que posso fazer nesse caso?

  30. Complementando a informação, sou membro eleito da CIPA no lado dos funcionários pelo 2º ano consecutivo. O “constrato” encerra em Junho/2011 – quando terão novas eleições – mas tenho estabilidade por mais 1 ano.
    Se realmete houver demissão por Justa Causa, como fica essa estabilidade? Ainda tem valia?

    • Inicialmente você neste caso especifico prccurar tratamento para o seu problema e sempre que tiver que se ausentar por este motivo procutar um médico, posto de saúde, médico da empresa e “pegar” o atestado, o negócio é não dar “sopa para o azar”. Considerando que você é membro eleita da CIPA a sua estabilidade se estende por mais 12 meses após o fim do mandato assim a unica forma de você sair da empresa é pedindo demissão ou a empresa arrumando um motivo para dispensa-la por justa causa e o que me parece ela vai tentar fazer …. então a resposta é dispensar por justa causa até poderá por desidia desde que você dê “motivos” …

      • Oi, Joselito.
        Já estou fazendo um tratamento; não costumava ir ao médico(pronto-socorro) por causa de uma enxaqueca, mas em virtude dos ocorridos, acho a melhor coisa a fazer, pelo menos justifico minha ausência.
        Tenho chegado cedo, até antes do horário.
        Obrigada pela ajuda.

  31. HOJE POR VOLTA DA 3 HORAS TAVA COMFERINDO UMA MERCADORIA E MEU PATRAO CHEGOU RECLAMANDO PQ NAO TAVA PRONTA E O CLIENTA TAVA COM PRESSA E ENTAO FUI EXPLICAR PARE QUE TAVA FAZENDO E ELE JAMOU MAS UMAS PESSOA PARA AJUDAR E EU FIQUEI QUESTIONANDO QUE IA DEMORAR UM POUCO PQ TINHA QUE FAZER COM CALMA PRA NAO MISTURAR AS MERCADORIAS PQ ERA PARA 3 LOJAS MAS ELE NAO QUIZ COMVERSA FICOU FALANDO E ACABOU FALANDO PRA ME IR EMBORA PEGUEI MINHA COISA E SAI O QUE DEVO FAZER

    • Bem, caso ele tenha mandado você embora … nestes termos a dispensa ocorreu sem justa causa e a empresa deverá acertas todos os seus direitos, com aviso prévio, fgts, multa ……

  32. Em primeirissimo lugar parabéns pelo post.
    Bem fui mandada embora por justa causa e gostaria de saber o que devo fazer? VOU EXPLICAR O QUE ACONTECEU?
    Estava trabalhando normalmente guando a minha gerente disse que eu teria que ir ao rh da empresa para uma reunião .No dia seginte eu estava lá no horario marcado pela empresa guando enteri na sala estavam duas piscologas e o dono da empresa ,então começaram a falar um monte de coisas pra mim, bem eu vendi um determinado produto e na loja vendia a instalação do mesmo, ofereci para o cliente só que ele não quis pois iria demorar de dois a tres dias então o cliente me perguntou se eu não conhecia alguem que fizesse o serviço para o outro dia então dei o tel de uma pessoa que conhecia. quase quatro meses depois a empresa que questionou o que fiz e pedi desculpas pelo erro mas me disseram que não confiavam mais em mim e me precionaram a pedir demissão ou me mandariam embora por justa cuasa, sai de la perplexo sem saber o que fazer então fui trabalhar assim mesmo trabalhei ate o fim do expediente,guando me falaram que apartir do dia seguinte não precisa mais ir trabalhar e que ue tinha que aguardar que uma carta chegaria a minha residencia e dias depois chegou com esse mesmo artigo 482. Me ajude não sei o que fazer ? Será que posso entrar na justiça ?
    Desde já agradeço , bjs e aguardo sua resposta abraços…..

    • Entrar na justiça sempre podem inclusive quando a justa causa é questionável e sem provas conclusivas …. entretanto, no caso especifico no que entendi, a empresa entendeu (talvez errado) que você compartilhava segredos da empresa com outros, e talvez aliano a improbidade caso eles tenham acreditado que você tenha levado vantagem. A justa causa só sera mantida na justiça, caso haja, como disse, provas cabais destes procedimentos.

  33. estou desesperada o medico do trabalho me examinou e viu que eu nao tinha condiçoes de trabalhar entao o mesmo nao me deixou retornar ao trabalho , mas ele nao me deu atestado nehum e nisso foi passando os dias e toda seman eu estava la pra saber de minha situaçao e continuava na mesma . mas agora recebi um telegrama dizendo para eu justificar minhas faltas .sendo que eu quando falei com o medico ele falou que a empresa nao aceitaria mais atestado meu o que façao

    • Quando você diz médico do trabalho está querendo dizer médico do trabalho da empresa ou algum médico particular?? Em qualquer caso o médico deveria ter dado um atestado, esta é a obrigação dele …. a empresa deve acatar o que diz o atestado, sem atestado, sem documento, a empresa irá considerar que você está faltando sem justificativa…. volte no médico e exija o seu atestado.

  34. Eo seguinte eu fui mandado embora da empresa por justa causa desidia ,por simples motivo a mesma alega que os depositos que eu fazia nos caixas eletronicos não chegaram na conta dela sendo que eu estava fazendo essa função que não era minha , fazia serviço de carro forte ( transportes de valores ) em um taxi e não recebia nenhum adicional por isso .Eu era agenciador de passagem na minha carteira porem exercia a função de agenciador lider na cidade de Pouso Alegre .Sendo que eu não tenho nhuma falta , advertencia e nem suspensão duranteos 3 anos que trabalhei na empresa .

    • Esta falta de DESÍDIA é muito dificil ser caracterizada … entretanto se você acredita que a empresa não tenha nenhuma prova concreta que estes depósitos que não apareceram na conta do destinatário foram desviados, você deve entrar com uma ação trabalhista para reverte a JUSTA CAUSA.

      • sim .Mas tem outro problema alem da empresa ter me aplicado essa justa causa .Tem uma empresa terceira que presta serviços para ela querendo me contratar , mas porem a empresa que fui demitido não quer deixar alegando que o terceiro tem um contrato que diz ´´QUEM E MANDADO EMBORA POR J.C . O TERCEIRO NÃO PODE ME CONTRATAR . Alem do mais eles não deram baixa na minha carteira .Nesse caso posso pedir um acordo que eles me daram baixa na minha ctps e liberar o meu FGTS e deixar o terceiro me contratar ?

      • Bem, vamos por parte. Primeiro lugar, nenhuma empresa pode explicitamente, e quanto mais ter em contrato que não poderá admitir empregados demitidos por outra por qualquer motivo que seja, esta cláusula em tese é nula. Segundo lugar, a empresa ja deveria ter dado baixo, efetuado sua rescisão, pago os seus direitos, então assim estaria concluído o fato. A não ocorrência disso, possibilita que a empresa altere a sua forma de demissão, inclusive passando para dispensa sem justa causa possibilitando inclusive retirar o FGTS.

  35. kero saber se nau for provado a justa causa por disidia se posso entrar com o processo por danos morais e tambem pedir meu emprego de volta !

    • Bem, caso você tenha sido mandado embora por justa causa, tenha entrado com uma reclamatória trabalhista e em juizo tenha sido revertida esta dispensa para “sem justa causa” e você tenha recebido todos os seus direitos inerentes a esta dispensa fica provado que não houve a tal “desídia”, assim, você tem o direito de entrar com uma ação de danos morais. Quanto a ter seu emprego de volta, a empresa não é obrigada a recontratar.

  36. o que acontece eo sequinte ,e que eu moro numa cidade muito pequena e dispensa feita pela empresa repercurtiu na cidade inteira pq o pessoal esta costumado com a gente e todos pergunta o q nos fizemos para ser mandado embora com justa causa e isso ta dificil consequi emprego aki .o que a gente pode fazer ?

  37. e hoje o medico proctologista que eu fui me deu atestado de 5 dias o que fazer se a empresa me depensou dia 04-04-2011 eo atestado e de 04 a 08 e estou doente !

    • Caso a sua dispensa tenha ocorrido dia 04 e o atestado é o dia 08 a empresa não tem mais nenhuma responsabilidade ja que você não era mais empregado da empresa.

  38. o que acontece eo sequinte ,e que eu moro numa cidade muito pequena e dispensa feita pela empresa repercurtiu na cidade inteira pq o pessoal esta costumado com a gente e todos pergunta o q nos fizemos para ser mandado embora com justa causa e isso ta dificil consequi emprego aki .o que a gente pode fazer ?

    • Como ja disse anteriormente, você precisa reverter na justiça de trabalho a dispensa com justa causa, passando para sem justa causa, você conseguindo isso fica provado que a empresa exagerou na punição, então cabe uma ação de perdas e danos.

  39. Bom dia !!!! Gostaria de saber enquanto tempo leva para ser convocado na primeira audiencia e pode haver acordo .Na verdade quem determina esse acordo ,sou eu ,reclamada ou o juiz .Lembrando que fui disensado por justa causa desidia e a minha carteira não foi dado baixa pois eles não pediram durante o meu processo de desligamento, somente no dia da homologaçaõ perante o homolagador do sindicato .Referente a resposta que vç me deu então a empresa terceira não podera ter esse contrato de não admitir funcionario que foi dispensado de outra firma por justa causa ?

    • É isso, a empresa terceirizada não pode colocar esta clausula … segundo, quando de uma reclamatória, após dar entrada ja Junta de Conciliação vai depender da quantidade processos, poderá demorar até 6 meses ou mais para acontecer a primeira que pode ser unica audiência. O acordo será perguntado pelo juiz e as partes poderão decidir antecipadamente se existirá acordo e quais os valores, caso não chegue a uma concordância o juiz da inicio a sessão.

  40. Por exemplo o meu acerto daria um valor de r$ 5000,00 qual o valor que pode ser pago no acordo

    • Acordo é acordo, o valor que for decidido o juiz acata e homologa.

  41. Bom eu trabalho à 7 meses numa fábrica e quero ser mandada embora, pois tudo lá é errado, não aguento mais o chefe gritando me fazendo passar vergonha perante a todos e não é só comigo todos passam por isso pois ele não tem educação, vive estressado.Ele desconta do meu contra-cheque o inss mas não paga parcelou as guias e não paga.Já falou que quem não estiver satisfeito que peça as contas, mas eu não quero perder os meus direitos. Ele não manda ninguém embora pois não paga o FGTS e nunca tem dinheiro para nada, eu recebo por quinzena e sempre atrasa eles vivem pagando aos poucos a unica prova que tenho são os extratos do banco que provam como eles pagam, o contra-cheque eles pedem para por a data sempre correta mas eu não estou fazendo mais isso eu estou botando a data que e realmente estou recebendo, fora as condições de trabalho que são péssimas, não temos um lugar para almoçar tenho que comer junto as papeladas do escritório, Nossa preciso de ajuda estou muito triste onde estou trabalhando. Acho que vou pedir demissão. Ou vou tentar conversar para fazer um acordo, tenho pena dele, mas ao mesmo tempo fico com raiva por ter chorado tantas vezes, ele xinga todo mundo, chama todos de incompetente não aguento mais.

    • Por tudo que você fala, você tem duas alternativas básicas, a primeira é tentar um acordo, a segunda é conseguir provas destes acontecimentos, gravando as conversas, as manifestações iradas do patrão, e tudo que não seja normal, e posteriormente entrar na justiça com uma “dispensa indireta” que terá o mesmo efeito de uma dispensa sem justa causa, onde todos os seus direitos serão preservados, mas, para isso precisa haver material para ficar comprovado o assédio moral realizado pela empresa.

  42. kero saber quantos dias a empresa tem para liberar a baixa em nossa carteira .pq fomos no sindicato e eles naum fizeram a homologaçao por c tratar de justa causa .agora vai ter uma audiencia com o juiz pra decidir c e justa causa ou nau .depois q o juiz decidir eles tem quanto tempo pra nos pagar e dar baixa na cateira .

    • A empresa deve devolver a carteira de trabalho em 48 horas com todas as anotações.

  43. que valor pode dar por danos e perdas se for provado sem justa causa !

    • Isso é muito relativo, vai depender do juiz, que vai identificar o quanto de prejuizo isso pode ter causado …..

  44. Bom dia!!
    Meu filho trabalhava em um supermercado, o segurança pediu-lhe que fosse buscar algumas bebidas e levasse para o carro deli, conclusão tudo foi grava pelas cameras de segurança e deu justa- causa, meu filho se defendeu na empresa porém a moça do rh, alegou que não tem provas da conversa com o segurança, só sabe o o que há nas gravções, o que podemos fazer em relação a isso? obrigada!

  45. Bom dia!!!
    Meu filho trabalhava em um super mercado, foi abordado por um funcionário ( o segurança), em que foi solicitado que fosse pegar algumas mercadoria e deixassem em seu carro (segurança), o mesmo alegou que já estava pago, assim foi feito, dias depois meu filho foi chamado no rh e foi dispensado por justa causa, pois havia gravções, denunciando o ato, ele contou a moça do rh o ocorrido mas a mesma diz que não tem provas que o segurnça fez esse pedido a ele, apenas o que mostrou na camera, gostaria de saber se há chances de defesa. desde já agradeço a att.

    • Infelizmente é um caso dificil, é a palavra dele contra a do segurança e nesse caso vai valer as provas documentais ou gravadas desde que ele tenha conhecimento das gravações. Então dificilmente será revertida esta justa causa ….

  46. fui dispensado dia 04 ate hj naum recebi nada e nen deram baixa na minha carteira o q devo fazer ?c a audiencia nen foi marcada ainda e eu preciso dar entrada no seguro desemprego.
    pq to sem trabalho e sem pagamento. a empresa tem q me pagar essses dias meu parado?

    • A empresa em principio só pagara até o dia 04, data da dispensa, ela tem 10 dias para efetuar o pagamento, quer seja crédito em conta ou em dinheiro, caso você tenha mais de um ano, a sua rescisão deverá ser homologada ou no sindicato ou na DRT, a carteira a empresa tem 48 horas para devolver, quanto ao seguro desemprego você só terá direito se a dispensa tenha ocorrido sem justa causa.

  47. caro amigo recebi a intimaçao e nela ta escrito q eu e mais 2 funcionarios degrinimos a empresa e e tudo mentira o q fazer no dia da audiencia.cad hora eles falam uma coisa era disidia agora estam falando q e pq estavamos degrenino a imagem da empresa e por isso eles deram a justa causa .oq nos podemos fazer para nos defender e receber todos os direitos trabalhista

    • Caro Marcelo, nestes casos, como ja disse, não tem outra alternativa, vocês devem contratar um advogado que irá fazer a defesa ou ja entrar com uma ação trabalhista com o objetivo de reverter esta situação.

  48. quero daber c posso ser reconduzido ao emprego caso nao seja provado a justa causa .obrigado !

    • A empresa não tem nenhuma obrigação de re-contratar.

  49. A EMPRESA PODE ME REPARAR OS PREJUIZOS POR PERDAS E DANOS POIS PERDI MEU EMPREGO E NAU FOI PROVADO A JUSTA CAUSA !OQUE DEVO FAZER AGORA !

  50. Bom deixa eu começar,trabalhave em uma empresa a pouco mais de 10 meses eu era contratada para lavar partos (um restaurante) dai eles me subiram de cargo aux de cozinha mas na verdade eu cozinhava.
    Nas reuniões da emprea ela sempre gritava e falava que quem estivesse achando ruim que vazasse ela gritava vazaaaaa. e disse que ela arrumaria uma justa causa para cada uma de nós, e que nós pedissemos demissão, com isso 2 colegas pediram demissão , eu ia pedir demissão mas estava esperando outro emprego pois sou mãe solteira pago aluguel e tenho um bebe.

    Dai derepente la fez uma reunião e medisse que eu teria q assinar uma advertencia por ter ficado 1 hr fora da empresa, eu pedi pra ela para ver os videos q estou fora da empresa neste periodp ela se recusou e chamou o marido dela para falar comigo eu eu disse não assino só depois q vcs me mostrarem o video .Dai ela praticamente obrigou uma colega a assian.
    Bom o negócio dela esta falindo pois é em um shoping e ´pe um alugar cheio de baratas e eles nos obrigavama servir comida estragada e carnes podres para clientes, depois q ela disse q ia achar uma justa causa, fiz alguns videos do meu cel que mostram baratas na salada carnes com data vencidas…..
    Um belo dia as 22 hrs ela me aparece para jantar e derrepente entrou na empresa com a maquina digital dela ns mãos e na maquina uma foto de um bigato enorme no agrião ele ame disse que estava na salada de uma cliente e que a cliente a pricessaria por issso mas não tinha ninguem reclamando la só ela, dai ela pegou um papel de aviso destes que vendem e livrarias e me deu pra assinar como justa causa por desidia, assinei e ela chamou todas a sfuncionarias e me humilhou falando bem auto que aquilo era só o omeço q ela não tinha dinheiro para pagar a gente e todos seriam demitidos por justa causa . ja procurei um advogado mas ja vai fazer um mes to sem emprego passando quase nescessidade tirei outra carteira de trabalho que vai demorar um puco para ficar pronta ,tenho chancs de ganhar? posso processala por alguma coisa se eu ganhar a revogalçao? ela joga sujo ela ja foi processada e sempre ganha ela compra funciobarios para mentir o que faço????

    • Bem, toda justa causa tem de estar muito bem embasada, caso contrário a justiça não acata. Bem, justa causa por desidia é de difícil prova, então acho plenamente possível você reverter esta situação. Mas, primeiro tem de contratar um advogado e entrar com uma ação trabalhista contestando a justa causa e pedindo que a mesma passe para rescisão sem justa causa e assim você pode receber todos os seus direitos. Isso acontecendo, caso você tenha conseguido isso pode passar para um ação de danos morais pelos constrangimento caso tenha passado.

  51. c o juiz concordar com a justa causa meu fgts pode ficar retido quanto tempo.
    *eu devo um emprestimo na cx economica posso abater o fgts ou tenho q esperar ate quando.

    • Caso seja mantido a justa causa o seu FGTS só poderá retirado no caso de compra de casa própria pelo SFH, ou em alguns casos especiais, que seja uma doença incurável, aposentadoria ou morte.

  52. Amigo Joselito me tira algumas duvidas . Eu sai da empresa por uma demissão por justa causa DESIDIA e a minha carteira não foi dada a baixa ,entrei com uma ação trabalhista e estou esperando o dia da audiencia ,mas esses dias recebi o saldo do meu FGTS e vi que no mes de março a empresa depositou um valor ,mas sendo que eu sai em fevereiro , voçe pode me explicar o que pode ter acontecido ?

    • Vamos por parte. Foi demitido por justa causa. Você assinou a rescisão de contrato? Se tem mais de um ano foi homologado no sindicato? Você entregou a carteira para baixa? Eles retiveram o documento ou simplesmente se negaram a dar baixa? Quanto ao depósito do FGTS a competencia fevereiro é depositado em março ….

  53. Outra duvida qual e a justa causa mais facil de revertida perante a justiça ?

    • Bem, qualquer uma que não seja embasada em provas documentais ou testemunhais cabais. Entretanto a questão de desidia é um muito genérico, assim, fica dificil a empresa sustentar, pois é uma matéria relativa, que precisa de muita robustez.

  54. Não assinei , e a carteira eles não me pediram e estou achando estranho porque sai dia 03/02/2011 o meu fgts esta depositado no mes de março

  55. foi feito no sindicato da classe a homolagação e eles nem me pagaram as ferias proporcionais de 11/12 avos

    • Quantos as férias proporcionais no caso de rescisão com justa causa você não tem direito. Entretanto o sindicato não deveria ter realizado a homologação sem a CTPS com a devida baixa. Estranho.

  56. Amigo Joselito me tire uma duvida , Fui dispensado da empresa dia 03/02/2011 e foi feita a homologação dia 26/02/2011 , porem a minha carteira não foi dado baixa devido eles não terem pedido logico que não assinei o TRC perante o sindicato .Eu queria saber se no dia da minha audiencia que vai ser dia 06/06 eles tem que pagar os meses que eu estava parado com a carteira sem dado baixa .

    • Não. O pagamento só é feito até a data de sua saida, independente da baixa ou não na CTPS.

  57. Trabalho há 3 anos em uma empresa como tec. em telecomunicações, onde fui sempre exemplo de “produtividade” estando na maioria das vezes em 1º lugar na produção mensal. Trabalho com carro da empresa e há uma semana, um caminhão bateu no carro, fiz a ocorrência mas eu mesmo levei o carro para consertar. Na semana passada levei suspensão por esse ocorrido. Hoje fui dispensado por Justa causa por desídia.
    Tenho chances de reverter a justa causa?

    • Vamos por parte, você trabalha com o carro da empresa ….. você assinou algum termo de uso? Bem, caso o acidente tenha ocorrido no horário de trabalho, você tenha justificativa do trajeto usual na visita de clientes, mesmo que a responsabilidade do acidente do transito tenha sido culpa sua não cabe a justa causa pois a empresa delegou a responsabilidade para utilização do veiculo. Estando você no momento do acidente portando os documentos, carteira de habilitação, documentos do veiculo, registrou B.O, não foi negligente no trato do acidente, com certeza qualquer juiz irá reverter esta situação.

  58. A EMPRESA ME DISPENSOU POR DESIDIA .
    ENTREI CONTRA ELA EM UMA AÇAO JUDICIAL .
    AGORA ELA KER UM ACORDO
    COMO ELA KER ACORDO C ELA DISPENSOU POR DISIDIA
    ELA NAU TINHA Q PROVAR A DISIDIA?

    • Acordo é acordo …. a questão é aceitar ou não, se você achar que não deve aceitar a o trâmite na justiça seguirá até dar ganho de causa para uma das partes.

  59. Boa tarde.
    Estava na empresa ha 1 ano e 9 meses. Ontem fui mandado embora por justa causa por desídia.
    Trabalho para uma empresa de telemarketing. A alegação foi que, a empresa que terceiriza os serviços da minha empresa, encontrou um registro do qual eu escrevo que tentei explicar uma situação para um cliente, e após várias vezes (7 vezes, mas não tenho certeza se em atendimento foi esta quantidade mesmo) desliguei o telefone e registrei que o fiz para não ficar louco e que estava cansado destas situações extressantes e cansado da empresa.
    Não podemos, salvo problemas técnicos, desligar uma chamada sem ter resolvido a solicitação do cliente.
    A questão é que há este registro no sistema da empresa e é legítimo, escrevi mesmo isto no sistema interno da empresa (a prova). Nunca foi aplicado advertência verbal ou escrita para este caso.
    Sou um funcionário empenhado, sempre cumprindo as métas estabelecidas.
    Sofria certa pressão psicologica quando não cumpria as metas e era ameaçado ser remanejado para um setor inferior. Trabalhei nos 4 primeiros meses no setor de suporte técnico, desde então trabalho no setor de relacionamento (cancelamento, negociação de valores) e nunca foi alterado meu cargo na carteira de trabalho ou feito alteração salarial devido ingressar em um cargo tido como superior.
    Caso entre na justiça, quais seriam as chances de reverter a desídia e pedir indenização pelo erro de registro na carteira de trabalho e pressão psicológica?
    Saberia me dizer, em média, qual seria o custo para acionar advogado trabalhista?
    Desde ja, obrigado.

  60. Boa noite,

    Ontem fui mandado embora por desídia. Trabalho numa empresa que presta serviços de telemarketing para o provedor UOL.
    A empresa alegou que o cliente (UOL) encontrou um registro meu com o seguinte contexto: tentei explicar por várias vezes para o cliente certa situação em seu cadastro, como ele não entendia, desliguei o telefone, registrei que fiz isso para não ficar louco e que estava de saco cheio da empresa. Eu não sei se foi nessas palavras o que escrevi pois não me mostraram o registro.
    Gostaria de saber quais as chances de reverter esta justa causa?
    Obs.: A empresa também atrasou vários meses o FGTS, poderia usar isto como argumento para reincidir o contrato?
    Desde já, obrigado!

    • Atraso no recolhimento do FGTS não seria argumento.

  61. Boa noite,

    Ontem fui mandado embora por desídia. Trabalho numa empresa que presta serviços de telemarketing para um provedor de internet.
    A empresa alegou que o cliente (provedor de internet) encontrou um registro meu com o seguinte contexto: tentei explicar por várias vezes para o cliente certa situação em seu cadastro, como ele não entendia, desliguei o telefone, registrei que fiz isso para não ficar louco e que estava de saco cheio da empresa. Eu não sei se foi nessas palavras o que escrevi pois não me mostraram o registro.
    Gostaria de saber quais as chances de reverter esta justa causa?
    Obs.: A empresa também atrasou vários meses o FGTS, poderia usar isto como argumento para reincidir o contrato?
    Desde já, obrigado!

  62. Ontem fui mandado embora por desídia. Trabalho numa empresa que presta serviços de telemarketing para um provedor de internet.
    A empresa alegou que o cliente (provedor) encontrou um registro meu com o seguinte contexto: tentei explicar por várias vezes para o cliente certa situação em seu cadastro, como ele não entendia, fiquei nervoso e desliguei o telefone e registrei que fiz isso para não ficar louco e que estava de saco cheio da empresa. Eu não sei se foi nestas palavras o que escrevi pois não me mostraram o registro.
    Gostaria de saber quais as chances de reverter esta justa causa?
    Obs.: A empresa também atrasou vários meses o FGTS, poderia usar isto como argumento para reincidir o contrato?
    Desde já, obrigado!

  63. que pena, queria fazer uma pergunta mas ta dizendo que é spam.

  64. Vou tentar novamente.
    Meu caso foi que a empresa pegou um registo meu dizendo que perdi a paciencia com um cliente e parei de atendê-lo pra não ficar louco e que estava de saco cheio da empresa.
    Gostaria de saber se vc acha que consigo reverter esta desidia?
    Ah, a empresa tbm atrasou vários meses de FGTS.

    • Como já disse anteriormente a questão DESÍDIA é uma justa causa que tem ser devidamente amparada com muitas provas e a caracterização tem se dar por uma continuidade de fatos, caso este episódio tenha sido isolado você terá grande chance de reverter o processo.

  65. Gente , me ajudem !!!
    eu sou garçom , trabalho em um restaurante a 2 anos e 8 meses …já levei duas advertencias , uma suspensão verbal e uma por escrito ( dois dias ).
    O gerente me ameaçou e disse que se eu faltar ou se chegar atrasado serei demitido por JUSTA CAUSA. Não sei o que fazer !!! me ajudem !
    Ah, e faltei muito na empresa , a raramente levava atestado. ;(
    não sei o que fazer!!! uma Luz !!!!!!!! :(

    • Bem, faltas sem justificativas de forma repetitiva caracteriza desdizia e indisciplina, o empregador poderá sim se ele desejar efetuar sua dispensa com justa causa.

  66. ola,trabalhei numa empresa por quase quatro anos ,pois me deram justa causa por desidia no mes que faria quatro anos de empresa o fato era que estava faltando devido a problemas familiares nos dois primeiros anos nao tive problemas ou se tive nao me prejudicaram tanto tenho dois filhos e a minha mae que tomava conta deles ela esta com problemas de saude e nao pode mais olha-los tive dois dias de atestado devido a sobre carga de horario e a esses problemas e tive seis dias no mes do acontecido por conjutevite eu ganhava cesta basica devido ao meu bom empenho com a empresa mais devido aos problemas cheguei a ir ate a empresa para pedir conta mas minha chefe conversou comigo e nao deixou devido ao meu bom comprometimento com a empresa achava que os problemas iriam passar ate que entao eu fui trabalhar e me deram a justa causa nao assinei pois so assino o que concordo uma funcionaria da empresa que eu nunca vi assinou como testemunha devido a isso tudo gostaria de uma orientacao.

    • Bem, como ja disse várias vezes, a questão de desídia é muito subjetivo, a empresa precisa está muito bem documentada para que uma dispensa com justa cusa por desidia não seja alterada pela justiça. Na questão em si, é assim que funciona, caso você não queira assinar, a empresa pode solicitar que uma ou duas testemunhas assinem o documento, isto não quer dizer que você concorda ou não, trata-se apenas de uma questão burocratica. Entretanto, para reverter esta situação você devera entrar com uma reclamatória junto a Justiça trabalhista.

  67. Ola,fui demitida da empresa que trabalhava por justa causa so que eu estava gravida.trabalhava em uma loja e eles quiseram me transferir para trabalhar na sede da empresa que fica em guarulhos,so que eles nao depositaram os valores a mais da conduçao que seriam quatro.Entrei com um processo contra a empresa gostaria de saber se tenho chances de ganhar?a loja e eles quiseram me transferir para trabalhar na sede da empresa que fica em guarulhos,so que eles nao depositaram os valores a mais da conduçao que seriam quatro.Entrei com um processo contra a empresa gostaria de saber se tenho chances de ganhar?

    • Acredito que sim, a justiça irá pesar a questão de sua gravidez e a transferencia, principalmente se você não tenha assinado um contrato dizendo que aceitava trabalhar em outro local.

  68. fui demitida por justa causa por nescessitar ir ao banheiro e nao me deixarao fui assim mesmo pois precisava ir alegarao q pertubei a ordem da empresa essa foi a unica explicativa e fiseram o vigilante confirmar a historia criada ;naon tenho quem fale a meu favor pois estao todos comedo d ficar sem o omprego e alem disso sofri um acidente no trabalo e até o cat q fiz nao constava no meu registro medico da empresa mas nao me deram uma copia de nada como faço pr recorrer?

    • Bem, não existe outra maneira, você deve entrar com uma reclamatória trabalhista pedindo a descaracterização de justa causa, a empresa não pode efetuar a dispensa com justa causa pelo motivo por você alegado.

  69. Bom dia, fui demitido por justa causa, sem nenhuma advertência verbal ou escrita. A empresa alega que entreguei um atestado falso, onde eles tem uma carta que fala que não contem nenhum registro meu no dia do atestado e que a médica não existe no endereço do atestado. Só que realmente não fiz registro nenhum pois tenho um conhecido que me passou na frente dos demais pacientes porque estava cheio e eu não podia esperar. Fui atendido e a médica disse que não era especialidade dela e que me encaminharia para um especialista. Acabando a consulta ela me deu uma atestado de afastamento por 10 dias. Quando acabou a consulta fui no especialista que também acabou me dando um atestado de 10 dias. Só que entreguei o atestado da primeira médica que por sinal trabalha em uma UPA do bairro. Nesse caso não assinei nenhum documento pois não concordo com a justa causa e onde eles fizeram essa acusação do atestado falso. Então chamaram duas testemunhas para assinarem meu desligamento com a empresa. Até hoje não fiz o exame demissional e não levei minha carteira para das baixa. O senhor acha que tem alguma possibilidade de reverter essa situação?
    Obrigado.

    • Bem, uma coisa é certa, caso o atestado médico não seja verdadeiro a JUSTA CAUSA dificilmente será revertida, entretanto caso o atestado entregue seja se um médico verdadeiro com CRM, você poderá alegar que foi um engano e peça a médica que assinou o seu atestado que faça uma DECLARAÇÃO corraborando com o que você explicou, então assim a JUSTA CAUSA poderá ser revertida, caso não seja diretamente na empresa, junto a uma JUNTA DE CONCILIAÇÃO.

  70. Bom dia,
    Fui demitido por justa causa (sem ser) e não houve a homologação pelo sindicato que orientou entrar na justiça. A empresa mesmo assim é obrigada a dar baixa na carteira de trabalho? Pois não é possível esperar o processo para que possa procurar novo emprego.

    • A empresa deve dar baixa na carteira, você deve entrar na empresa, a mesma irá lhe dar um recibo que recebeu sua carteira e no prazo de 48 horas deverá devolver a CTPS com todas as anotações constantes e inclusive a baixa. Caso ela se recuse a fazer, você deverá pedir a justiça trabalhista e que o juiz irá mandar efetuar de imediato, ainda a empresa irá pagar uma multa.

  71. Olá… meu patrão me mandou embora sem que assinasse nada… e falou q nao ia me pagar mandou eu procurar meus direitos na justiça nem carteira de trabalho ele mandou eu levar muito menos um papel com minha demissão… ai eu sai da empresa pra refrescar a mente e voltei meia hora depois pois tinha achado muito estranho e voltei pra cobrar um papel falando que eu estava demitido… ai foi quando ele falou pra eu sair e falou que nao ia da papel nenhum e confirmou pra eu buscar meus direitos na justiça q nao ia pagar nada… ai foi quando eu falei entao ainda sou funcionario vou beber agua ai foi quando ele levantou e me agrediu pegou pelo pescoço me empurrou até a porta e por fim me chutou… na frente de todos os funcionarios !!!! todos viram a cena…. ai nao revidei e fui da queixa na dp…. mais fiquei sabendo que agora ele mandou fazer um papel querendo me dá justa causa….

    Não sei pq ele me agride e eu que tomo justa causa…. e tenho 2 amigos que falaram na cara dele q vao a meu favor….

    O que eu faço eu sai nao assinei nada… e nao pretendo voltar lá… mais fiz o B.O

    • Bem Leandro, se a situação é assim como você disse, então você fez o correto registrando o BO e se possível no próprio BO identificasse as testemunhas. Neste caso de agressão deve você procurar de imediato um advogado e entrar com uma rescisão indireta e ainda solicitar uma indenização por constrangimento moral.

  72. Oi preciso de ajuda em carater de urgencia, por favor!
    No mes de agosto me atrasei por duas vezes no trabalho, alguns dias depois minha gerente veio com duas advertencias, as quais eu me recusei a assinar pq diziam que eu havia me atrasado e isso teria causado prejuizos (R$) a empresa. Ela entao mudou as advertencias, deixando apenas o motivo de atraso. Porem pediu pra que eu assinasse no mes de outubro agora, e eu me recusei a assinar por se tratar de algo muito antigo. Porem ela disse que pediria pra outras duas funcionarias assinarem o documento em meu lugar. Só que por se tratar de uma empresa muito pequena, as duas possiveis outras funcionarias que trabalhavam na época e que nem presenciaram o fato, ja nao estao mais na empresa. Entao minha primeira pergunta é: Minha gerente pode pedir pras atuais funcionarias assinarem sendo que nem estavam na empresa na época do ocorrido? Essas advertencias ainda são válidas depois de meses?
    Mas a historia nao acaba ai, hoje quando fui pegar minhas coisas pra ir pra casa, pois tinha dado meu horario, ela pediu pra que eu ficasse e terminasse uma planilha pra ela, eu me recusei e expliquei que perderia meu onibus e que um tecnico da tv a cabo iria em minha casa, e que portanto nao poderia ficar.Ela disse que qdo eu chego atrasado ela não fala nada, e começou a ter um surto na frente de outros colegas (eu não chego atrasado desde a advertencia que citei acima), nós discutimos e ela se sentiu ofendida (em nenhum momento ofendi ela, nem falei nenhuma palavra de baixo calão) e me deu 3 dias de suspensão. Na suspensao (documento) ela escreveu que o motivo era desidia e insubordinação. Acredito que fez isso de caso pensado por querer de qualquer forma que eu peça demissão ou então pra ela poder me demitir por justa causa. Eu me recusei a assinar mais uma vez e disse que os motivos estavam errados e que desidia significava de forma bem popular preguiça e insubordinaçao seria caso eu estivesse me recusando a fazer algum trabalho dentro do meu horario estabelecido em contrato. Não adiantou, ela me mandou ficar em casa por tres dias. Gostaria de saber se nesse caso, mesmo eu nao tendo assinado a advertencia/suspensão, se ela podera me dar justa causa? E caso isso aconteça será que se eu recorrer vou conseguir provar perante algum juiz que o que aconteceu não foi o que ela alegou na suspensão? E ainda, no momento do ocorrido, só havia uma funcionaria e o dono da empresa no local, nesse caso eles podem assinar como testemunhas de que eu me recusei a assinar? e ainda abusando um pouco dos seus conhecimentos e boa vontade, gostaria de saber se caso ela não me de justa causa assim que eu voltar ao trabalho, ela pode aplicar justa causa dias depois, quando for pertinente a ela, ou a chance de aplicar a justa causa caduca? O que eu faço, por favor peço encarecidamente que me de uma luz! Muito obrigado desde ja! Aguardo sua resposta ansiosamente.

    • Bem, é um bocado de coisas, mas, vejamos: Inicialmente caso os atrasos tenham sidos sem justificativas (não vela, perder o onibus ou outras coisas do genero) e caso estes atrasos tenham ultrapassados cinco minutos, ela poderia dar uma advertencia vergal ou até escrita; isto independente de ter causado prejuizo ou não. Em segundo lugar ela não poderai fazer um advertencia muito tempo depois do fato ocorrido, e em terceiro a advertencia deveria ser na [epoca do fato ocorrido e as pessoas que assinam a carta em sua recusa na verdade não estão sendo testemunhas do fato ocorrido e sim que você se recusou assinar a carta. assim, pode ser qualquer pessoa, nunca o dono da empresa. Quando a justa causa, é poco porovável que ela venha a fazer isso, pois na justiça a empresa dificilmente poderia sustentar tal fato.

  73. oi, trabalho em um call center. coloco varios atestados no mes por doenças verdadeiras. dia 5 coloquei um atestado q valia 7 dias entao voltei dia 12, e fui trabalhar no dia 13 tbm mas sai cedo por ter crise de enxaqueca,meu superviso disse q se eu nao melhorace na sexta eu avizasse q eu nao ia q foi dia 14 uma sexta feira liguei p ele e disse q nao tava bem e nao tinha como ir busca atestado ele aceitou, ai no sabado era minha folga .cendo q nao estava melhor no domingo q eu tinha q ir trabalhar fui para o hospital onde me deram uma declaração e na segunda fui para o hospital novamente e me deram um atestado. na terça fui trabalhar e entreguei a declaraçao e o atestado. na quarta fui trabalhar tbm. mas na quinta amanheci com muita dor nas costas e fui para o medico e ele me deu atestado de 3 dias,mas ontem dia 21 recebi um telegrama mandando eu compareçer a empresa em 48 horas, pois no telegrama diz q falto do dia 4 de outubro ao dia 19. p mim ir justificar minhas faltas. so nao tenho o atestado da sexta q nao tevo como eu ir p hospital pois tava muito mal e nao tinha quem me levasse mas disse isso tudo ao meu supervisor e ele entedeu. segunda quando eu for trabalhar vou ser demitida? vou ser demitida por justa causa? por favor me ajuda.

    • Bem, a empresa poderá aceitar no máximo 15 dias de atestados, seguidos ou de forma alternada, se este limite ultrapassar e você ainda tiver problemas de saúde deve procurar um órgão da previdência de dar entrada no auxilio doença, entretanto caso você não compareça na empresa e não leve atestado será considerado falta sem justificativa e a empresa poderá efetuar algum tipo de advertencia. entretanto não acredito quye seja motivo para justa causa.

  74. ola meu nome é viviana, resumindo a minha historia a11 meses trabalho de teleoperadora nunca tive uma advertencia ou suspensao, só que ocorreu um acidente com a minha filha de dois anos que ficou internada por 15 dias com queimaduras de 2 grau faltei alguns dias logo depois voltei ao trabalho, só que a minha filha precisava fazer curativos aonde ninguém poderia me ajudar pois ela só deixava eu mexer..resumindo voltei a faltar no serviço tive problemas de saúde a dois meses não vou trabalhar não tenho com quem deixar a minha filha a pessoa que cuidava dela teve que viajar pois a mãe estava com problemas de saúde a empresa não me manda embora o que eu faço peso as contas, espero elas mandar embora e coloco na justiça me ajude estou sem saber qual atitude tomar não posso abandonar minha filha nas mãos de qualquer pessoa obrigada…alguem tem alguma saida pra este meu problema.

    • Bem, neste caso a coisa mais certa a fazer caso você não possa mais trabalhar, será pedir demissão. A empresa não é obrigada a dispensa sem justa causa, e caso você não possa trabalhar por mais de 20 dias será caracterizado abandono de emprego e ai será caracterizado jsuta causa;.

  75. Boa tarde Joselito!

    Meu irmão é segurança noturno de uma empresa. Estava chovendo e ele foi ao banheiro trocar as meias que estavam molhadas. Neste momento, chegou o supervisor e disse para ele pegar as coisas dele e ir embora porque abandonou o posto. No dia seguinte, mandaram ele ir ao escritório porque estava sendo demitido por justa causa por abandono do posto. Ele sempre foi um bom funcionário. Como proceder neste caso?

    • Bem, infelizmente ocorreu este fato na hora errada, logo quando o supervisor chegou, neste caso fica caracterizado o abandono do posto. Entretanto, pode ser que devido ao passado sem maculas do seu irmão isso possa ser usado a favor, inicialmente em um acordo com a empresa, ou, se for o caso na justiça trabalhista e esperar que o juiz leve em consideração, inclusive os fatos da ocasião.

  76. fui demitida por justa causa, o gerente da empreza falou assim ‘voce esta semdo demitida por justa cousa por desvio no caixa ‘, mandou eu ir na casa da contadoura levar meus documentos e assinar minha demição, so que eu achei estranho.
    ele não tinha que me mostrar provas da minha demição na hora que me chamou na gerencia?

    • Bem, o fato de ele demitir por desvio no caixa, claro que ela deve ter provas, isso não quer dizer que ele deve demonstrar efetivamente para dar a justa causa. Entretanto caso isso não seja verdadeiro, que realmente não tenha havido nenhum desvio, você deve entrar com uma reclamatóriia trabalhista e então seu patrão deverá provar perante a justiça que houve este desvio, e caso isto não ocorra você deve entrar com um pedido de indenização por constrangimento ilegal.

  77. quero saber se o empregodor tem que me mostra alguma prova no momento que me demite por justa causa

  78. prfavor gostaria de saber se posso ser mandada embora por justa causa tendo advertencias por faltas em q a empresa nao aceitou os atestados que levei meu filho no medico e fiquei afastada pois minha mae estavano hospital e eunao tinha com quem deixar meu filho,so que estou com estabilidade pois sofri um acidente na fabrica e nem os remedios q tive q tomar eles me reembolsaram. por favor me responda.oq posso fazer

    • Bem, a questão´está um pouco confusa, mas, vejamos, a empresa não é obrigada a aceitar atestados de acompanhamento para abonar faltas, entretanto eles são justificativas para sua ausencia. Agora acredito que eles não irão efetuar a dispensa com justa causa por este motivo.

  79. Olá Joselito,
    Gostaria muito de contar a minha situaçao.
    fui contratada pela contax para trabalhar com call center ativo no dia 16 de maio de 2011, em agosto comecei a me sentir estranha, enjoada e com dor de estomago, até entao nao sabia q estava gravida, mais isso estava afetando o meu trabalho pois estava passando mal com frequencia, mais sempre segui o meus horarios e metas. Em um desses dias de mal estar, ao fazer um exame de beta hcg descobri q estava gravida, com semanas ainda, isso aconteceu no finalzinho de agosto, em setembro comecei a ir ao medico com mais frequencia pois estava tendo alguns sangramentos, peguei um atestado de 7 dias com o cid 020(risco de aborto) o medico me recomendou repouso total, passado os 7 dias ainda nao me sentia apta para voltar ao trabalho, e comecei a faltar, liguei para o meu supervisor para poder explicar o que estava acontecendo, ele me disse q ele nao era mais o meu supervisor, que tinham mudado, fiquei chateada pois nao me comunicaram antes, e só fiquei sabendo do meu novo supervisor pq uma colega de trabalho me informou, em outubro voltei ao hospital com o mesmo motivo, sangramento e pressao alta, estava muito stressada pois n estava indo ao trabalho, nao sabia como proceder, e como lidar com o novo supervisor, meu esposo foi diversas vezes ao meu trabalho entregar atestados, só que eu sempre tinha q ir para poder valida-los, e se o cid nao fosse 020 ele nao podia entregar só mesmo comigo, em outubro fui validar meu atestado e conversei com o medico da empresa para ver se dava entrada no inss, meu supervisor ja tinha mudado novamente, tentei falar com ele, mais estava muito ocupado e nao veio falar comigo, como eu nao tinha 15 dias de atestado nao pude ser afastada, agora em novembro entreguei outro atestado com risco de aborto que totalizou dentro de 60 dias 13 dias de atestados. Por sentir muita dor na barriga, principalmente na regiao da pelvis, nao fui para validar o meu atestado, meu esposo ja conversou com o coordenador da empresa, preocupado com a minha demissao, e ele alegou q estaria entrando em desidia, hj ja nao sei quem é o meu supervisor. nunca levei uma advertencia nem tao pouco suspensao, eles me mandaram 3 cartas para comparecimento a empresa, mais houve a greve dos correios e essas cartas chegaram todas em atraso, meu salario do mes de novembro, (esse mês) veio R$128,40, meu salario assinado em carteira é de R$545,00 (salario minimo) acredito q seja os descontos por faltas, acredito que esse mes de dezembro nao devo receber mais nada e ja devo ter recebido minha justa causa automaticamente.
    Só queria mais esclarecimentos, esse assunto ainda é um pouco complicado, principalmente por ser leiga na area trabalhista e como é a minha primeira gravidez, mae de primeira viagem e o pai tb, nao sabemos como proceder, como agir, oq fazer, me sinto de maos atadas!
    Se puder responder, servirá de grande ajuda!
    Desde já, Grata!

    • Vamos por parte, em primeiro você estando grávida e não estando em periodo de experiencia você ja tem a estabilidade provisória até 6 meses após o parto ou dependendo de sua convenção coletiva pode ser até mais. Entretanto a empresa pode tentar (não estou dizendo que é o caso) dispensa por justa causa, entretanto para tal ela deverá estar muito bem documentada, entretanto todas as suas faltas deverão estarem devidamente documentadas por atestados para eveitar quaisquer problema, entretanto a empresa também não pode arcar com periodo superior a 15 dias de afastamento. Caso você ja tenha se afastado por mais de 15 dias, mesmo que alternadamente, deverá procurar a Previdencia Social para receber a partir do décimo sexto dia de afastamento.

  80. Desculpa, nao entendi muito bem, confesso que esse assunto me é um pouco complexo… eu nao estou afastada pelo inss, estou em casa, meu esposo quer esperar a minha consulta ao obstetra para poder conversar com ele, até remedio para pressao ja estou tomando, e tb para nao abortar.
    Enquanto a Previdencia social, acho q foi justamente essa parte que nao compreendi, eu ja passei pelo periodo de experiencia, estou com 6 meses de empresa!
    Joselito nem sei ao certo que pergunta lhe fazer, pq tudo para mim é muito novo, gostaria de saber os meus direitos. Sou um tipo de pessoa que nao gosto de chegar despreparada, sem saber nada sobre um determinado assunto, e nesse caso… (meu Deus) eu nao sei nada, ja fiz varias pesquisas na net, o site(blog) mais explicativo, mais claro digamos assim, foi o seu. Ja pensei em procurar um adv, para recorrer, ou para me esclarecer tudo sobre esse assunto.
    Eu agradeço muito ter me respondido, principalmente por ter respondido tao rapido, ter dividido comigo um pouco do seu tempo… mais ainda me restao muitas duvidas.

    • Bem, como ja disse anteriormente você estando gravida você ja tem sua estabilidade provisória garantida. Entretanto precida cumprir todos os seus deveres como qualquer outro funcionário, inclusive apresentar o atestado médico, se o médico deu um atestado de 13 dias, no décimo quarto dia você deveria retornar ao trabalho, caso não estivesse em dondição deveria retornar ao médico e ele se assim entendesse emitiria mais um atestado de de 2 de 5 ou de quantos dias achasse necessário. Caso ultrapassasse os 15 dias você deveria procutar um agencia da previdencia para passar a receber os dias além dos 15 e comunicar a empresa deste afastamento.

  81. Ha me desculpe, sobre o afastamento de 15 dias, eu só tenho 13 dias de atestado pelo mesmo motivo: risco de aborto e sangramento.
    Entao preciso de mais dois dias, certo? e se nao for dentro do periodo de 60 dias?!

  82. Caro amigo realmente foi uma aula.
    Estou aqui com essa situação, fui demitido por justa causa por embriaguez alcoólica e nem bebo, uma pessoa anotou nossa metrícula na saída, no horário de almoço, fomos almoçar fora da empresa. Alguns minutos depois passou um guarda da segurnça patrimonial no local onde estávamos.
    Ao retornarmos novamente fomos notificados e ainda brincamos com a pessoa, quatro dias depois estava na mesa do nosso diretor uma comunicação que estávamos sendo demitidos por justa causa e o motivo: embriaguez alcoólica….
    E agora como provar?
    No interior da empresa fomos chamados de cachaceiros, passamos por constrangimento na portaria, fomos impedidos de entrar na empresa, e corre um comentário que eles tem até fotos. Por que nos demitiram somente quatro dias depois e se estivéssemos bebadosnão teriam que demitir na hora, comprovando o fato?
    Grato.

    • Sebastião, em principio o caso de embriaguez ja existe postulados que não se pode haver demissão com justa causa por este motivo, pois embriaguez é doença. Mas, pelo que você contou não é o caso, vocês não estavam bebendo no horário do expediente. Assim, a não ser que a empresa esteja muito bem embasada em testemunhas, dono do estabelecimento comercial que vá confirmar ter servido bebida alcólica durante o horário de expediente, esta justa causa é totalmente equivocada. Você e seus colegas irão ganhar facil a questão e ainda podem pedir uma indenização por constrangimento ilegal e perdas e danos.

  83. Posso ser mandada embora por justa causa por não ter certificado notificações extrajudiciais e considerado desidia? tem como reverter essa situação?

    • Não entendi a pergunta …

  84. Bom dia , trabalho na empresa a 4 anos na area de vendas , tiro pedidos de clientes, alguns desses pedidos não foram entregues e essas notas vendidas , a empresa me mandou por justa causa q devo fazer ?

  85. Prezado Joselito, Boa tarde.

    Sou operador de telemarketing, fui demito no dia 23/11/2011 por justa causa, devido um mal atendimento interpretado por uma cliente, que abriu uma reclamacao no setor ouvidoria da empresa. Me recusei a assinar a mesma, sai da empresa escoltado por um supervisor e nao tive o direito de me despedir dos colegas. Me senti humilhado, com a moral totalmente abalada e o deboche do coordenador ao me desligar. Vc acha que consigo reverter esta justa causa, e mover uma acao por danos morais.

    • Toda justa causa motivada por interpretações, que parece ser o caso, os tribunais tende a reverter e inclusive caso você tenha se sentido humilhado, caso tenha como provar, poderá ainda entrar com uma ação de perdas e danos por constrangimento ilegal.

  86. ola sou eu de novo como ja tinha falado trabalho na empresa atento ha um ano e nove meses de operador de telemarketing.a tres meses levei uma falta sendo que trabalhei essa falta ocorreu dia 13/09/2011.reclamei com o meu supervisor me informaram que iria resolver e ate agora nada foi feito e dessa falta descontou dois dcr.a brir uma reclamaçao com o sinttel rj sindicato dos operadores de telemarketing ha um mes informaram que em cinco dias receberia uma resposta e ate agora nenhum retorno ja estou cancada de reclamar o que faço procuro o ministerio do trabalho ou ja se passaram muito tempo.sim e alem disso vem acontecendo outros erros como ja tinha informado na outra mensagens quando fico afastada por atestado alem dos dias de atestado a empresa esta me descontando ha mais por exemplo coloquei seis dias de atestado em dezembro porque estava com crise de tendinite foi descontado 11 dias de passagens e alimentaçao isso ja vem acontecendo deste de junho.de 2011 ja reclamei diversas veses e nada e resolvido.tiro dinheiro do meu bolso e nao recebo reenbolso.e alem disso a empresa nao cadastrou em bilhete unico e quer pagar em dinheiro o valor de intregraçao.fui obrigada a me cadastrar para me facilitar.com os gasto que tinha que colocar todo mes,tenho outra duvida entrei de ferias em 10/10/2011 recebi o propocional as ferias so que no pagamento de novembro que foi pago os dias trabalhado veio descontando 164,00 no contra cheque informa que de um adiantamentode ferias so que nao recebi esse adiantamento.apenas o propocional as ferias.grata simone rio de janeiro 03/01/2012.

    • Oi Simone, como disse anteriormente, o vale transporte e vale refeição são fornecidos de acordo com os dias trabalhados, caso a empresa fornecça antecipadamente para o mês subsequente, caso você fique de atestado ou falte ela tem todo o direito de descontar o vale transporte e vale alimentação. Quanto as férias, ocorre que quando você sai de férias, recebe de forma antecipadamente o periodo que tem direito, 30 ou menos, caso tenha tido mais que 6 faltas durante o periodo aquisitivo. Assim, quando vocÊ retorna a trabalhar a empresa desconta a amtecipaç~~ao do recibo de salários do mês. Ou seja, você recebe antecipadamente suas férias, quando volta a trabalhar não tem direito aos salários, pois ja recebeu.

  87. Eu gostaria de saber o que acontece quando a gente não assina a demissão por justa causa?

    • Nada. Você não é obrigada a assinar o documento, entretanto ele corre normalmente e você poderá contestar posteriormente judicialmente se a demissão foi justa ou injusta.

  88. olá, boa noite,
    joselito, quem é demitido por justa causa tem direito ao salário do mês!?! abraço

    • Claro. Os seus dias de trabalhos devem ser pagos.

  89. Boa noite, Joselito.
    Tenho uma dúvida e ficaria grata se você pudesse me responder.

    Trabalho em uma empresa há um ano e meio e quase sempre cheguei atrasada pelo trânsito de onde eu moro ser muito ruim (além de ser longe). Tomei somente 3 advertências verbais por chegar atrasada durante todo esse tempo. E cada advertência teve um período considerável de tempo entre elas.

    Agora, como o serviço está meio parado, sinto um clima meio estranho e acho que vão me desligar rsrs
    Enfim, quero saber se eles podem caracterizar desídia no meu desligamento. Fico chateada porque enquanto eu carregava tudo nas costas, apesar das advertências, foram me empurrando com a barriga. Me sinto usada rsrs

    • Em principio não, para ser caracterizado de desidia, a empresa deveria ter tomado outras providências, inclusvie com advertencias por escrito e até mesmo suspensão, isso não ocorrendo, eles podem até dispensar, mas, sem justa causa.

      • Orbigada, Joselito :)

  90. Boa tarde,

    trabalho em uma loja onde tenho tido problemas com 2 funcionários. Um deles sempre chega atrasado e falta bastante, chegando uma vez a me apresentar um atestado velho dizendo que era novo. Para este já apliquei uma advertência e suspensão, e pretendo contuniar a fazer isso, existe um número mínimo de advertência para que eu possa manda lo embora por justa causa?
    O outro ultimante não executa suas funções como deveria, responde aos superiores, chegando as vezes a se negar a executar uma ordem. Eu posso aplicar advertências e suspensões por esse tipo de comportamento?

    Obrigada!

    • Bem, no primeiro caso é o classico de desidia. Não existe um numero minimo e nem máximo, é uma questão de coerencia, entretanto seria interessante que tenha sido executada pelo menos tres suspensões pelos motivos apresentados. No segundo caso já trata-se de indisciplina e insubordinação, e poderá aplicar as advertencias e suspensões.

  91. Boa Tarde Sr. Joselito, meu caso:

    O funcionário pede para ser mandado embora, a empresa se nega e o funcionário não executa mais a função, passeia pela firma fora de seu posto de trabalho, para pra conversar com outros que estão trabalhando, etc… Tenho tudo filmado, devo aplicar as advertencias, e a suspenção mas e se ele se negar a assinar ou mesmo as testemunhas se negarem, podem os outros 2 sócios da familia assinarem?

    Outra dúvida, o funcionário me deu um atestado com carimbo médico mas não assinado pelo mesmo, o que devo fazer?

    Última: caso de justa causa por desídea e o funcionário recorrer na justiça e reverte-la poderá o mesmo me cobrar algum dano moral? que tipo de dano moral? acredito que não seja possível, mas quero saber sua opinião, ele conseguiria?

    Muito obrigado, ótimo trabalho!!!

    • Bem, vamos por parte, inicialmente a questão de estar tudo filmado é uma prova, desde que ele tenha ciência das câmeras, que as mesmas não consideradas ocultas. No caso de desidia, insubordinação e indisciplina que parece ser o caso, a legislação é clara que pode ser considerada falta grave para dispensa com justa causa desde que esteja bem fundamentada. Quanto as advertencias, é interessante que seja um outro empregado, não os sócios da empresa, poderá ser até alguém de fora da empresa, a testemunha só atesta que o funcionário se recusou a assinar o documento e não que concorda com o que ali está escrito. Atestado médico só é vádio assinado pelo emitente com CRM OU CRO e carimbado .. caso contrário a empresa não é obrigada a aceitar. Bem, no final caso você não comprove o motivo da justa causa e o funcionário se sinta prejudicado, ele pode pedir sim uma indenização por danos morais, ele irá alegar que a justa causa prejudicou profissionalmente e que teve prejuizos além de ser desacretidado perante colegas e familiares … entretanto a justiça procura observar bem a a extensão do pedido e nem sempre é acatado.

      • Obrigado Sr Joselito Bortolotto, só aqui encontrei as respostas. Precisando de algo ao meu alcance é só entrar em contato, abraços!

      • Obrigado Klaus

  92. Olá apliquei uma punição em um funcionario com data errada exemplo na digitação teria que digitar 01/02/2012 sendo 5 dias de suspensão porém coloquei 02/01/2012 só que na hora de assinar em baixo coloquei 01/02/2012 e assinei e funcionario também assinou.terá valor legal perante justiça ou não ?

    • Acredito não ter problema algum, inclusive porque você poderá comprovar a ausencia com o cartão ponto ou outra forma de controle de horário.

  93. ola tomei justa causa apos 6 anos de trabalho pq pedi pra sair e nao fui atendido pelo contrario me forçaram a pedir conta nao pedi e comecei a faltar pq nao tinha mais condiçoes de continuar la insatisfeito levei na justiça…

    • Reginaldo vocÊ pedidu demissão e eles não aceitaram?

  94. continuando …
    levei uma advertencia por tirar um sistema fora do ar sendo que nao foi eu apesar de estar presente assinei depois mais tarde faltei 3 vezes gerando 3 advertencias e 3 suspensoes como eu tava na justiça no dia da audiencia eu faltei e tbem um dia antes
    uma testemunha minha nao compareceu e meu advogado decidiu que seria melhor desistir pra entrar depois com intimaçao
    no mesmo dia fui trabalhar chegando la me deixaram pegar serviço
    mas no final me comunicaram que eu estava desligado da empresa
    só soube que era justa causa quando fui ao departamento pessoal
    entao eu assinei com o apoio do advogado em seguida levei pra ele a copia vamos recorrer sera que tenho chance de ganhar pelo menos meu FGTS apos 6 anos de dedicaçao eu sempre fui um bom funcionario tinha quase 2 anos que eu pedi pra sair de la
    e so recebi advertencias pq eu nao keria mais ficar la e eles estavam me forçando a pedir conta o que vc acha tenho chance ?????

    Entrei na justiça alegando hora extra nao paga apos o horario
    como sou estudante eles nao me deram um horario fixo dentro das convençoes e tbem como eu era operador de caixa havia uma divisao de adicional que todos recebiam menos eu.

    • Agora entendi …. bem, é uma situação complicada, de certa forma você propiciou a justa causa com o seu descontentamento …. e pedir demissão seria a coisa mais lógica, entretanto, pelo que você comentou a empresa está com vários argumentos para justificar a justa causa …. entretanto mesmo que não haja reversão o FGTS continua sendo seu e você poderá tirar por outros meios ….

  95. poxa entao eu perdi tudo é isso ?

    eu consegui 3 testemunhas 2 sao operadoras atuais
    vou recorrer mesmo com todas as provas pra rescisao
    que eu dei entrada mais as testemunhas eu nao vou conseguir nada

    o que vc me aconselha a fazer sao 6 anos jogados no lixo tudo pq nao me mandaram embora
    isso nao é justo nao sao 6 dias

    tenho chance o que eu faço ?

    • Oi Reginaldo, na verdade minha resposta foi baseada no que você disse, entretanto não é matematica, não se trata de uma ciencia exata, sempre vai depender muito da interpretação do juiz. Você deve procurar um bom advogado e expor toda a situação, com certeza ele vai conseguir dar um melhor entendimento.

  96. qual a diferença entre pedir conta e justa causa?

    quando pede conta vc ta disistindo de tudo que é seu do mesmo jeito e dando pra eles nao é isso ?

    as advertencias ocorreram mas a ultima eu justifiquei ligando la e falando que eu nao ia poder trabalhar mas quando voltei a gerente disse que nao recebeu recado nenhum sobre essa ligaçao
    entao me deram justa causa em cima disso nem escrito nem assinei nada ja falaram que eu n justifiquei
    sei que errei mas a empresa foi mais errada comigo nao acha?
    obrigado!

    • Bem, quanto as verbas rescisórias, pelo seu tempo de serviço pouca coisa irá alterar.

  97. Fui demitido ontem por justa causa adivinhem pq?
    Segurar tela por 5 minutos,mas a empresa pode demitir por justa causa em relação a isso sendo que eu nunca tive nenhuma advertência,feedback formal e muito menos suspenção nessa escala de segurar tela,ou seja eles nunca me chamaram a atenção.
    Já falei com um advogado e ele disse q oq a empresa fez está muuuuuuito errado.
    Eu posso recorrer?

    • haaa,vale lembrar que eu trabalhava em uma empresa de telemarketing,sem contar que fui escoltado até sair da empresa e ninguém deixou eu me despedir dos meus amigos,me senti um nada.

    • Bem, aparentemente a punição foi desproporcional pelo fato ocorrido, acredito que você deva realmente recorrer.

  98. Boa tarde,
    Tive uma torção no pé devido à uma queda, fui no Ortopedista e ele me afstou por 6 dias, devido à não ter como me locomover até a empresa para levar o Atestado, pedi pro meu marido levar pra mim, chegando lá eles alegaram que só iriam abonar 3 dias e que eu teria que ir passar com o médico deles, então questionamos o seguinte: Eu poderia até ir, mas se empresa mandasse algum meio pra eu poder me locomover, como iria com o pé desse jeito…Achei um absurdo, mas gostaria de saber como devo proceder?

    • Talita, o caso é o seguinte, caso a empresa disponhe de departamento médico próprio ela tem a preferencia para verificar estes casos, assim, o correto teria sido que você no mesmo momento do acidente tivesse comunicado ao departamento competente da empresa e procurasse uma forma de você ir até a este departamento.

  99. ola trabalhei a durante seis meses em uma loja e faço tres anos d tratamento do utero..
    tenho consulta todos os meses e sempre que tenho crises falto meu serviço e vou.
    todas as minha faltas tem, justificativas, e tenhos apenas 2 faltas sem justificativas.
    a tres dias me mandaram embora alegando desidia. conversei com meu ex gerente ele dize q eu realmente tenho justificativas na minhas falta mas os cid do medico sao diferente mas sempre do mesmo medicos. me mandaram embora por justa causa. mas por ser meu primeiro serviço eu nao tirei xeroz dos meus atestados mas tenho todas as receitas dos dia q falktei com data, exames medicos q provam q realmente estoiu em tratamento. sera q consigo q meu medico de uma copia do meu prontuario ? o q devo fazer??

    • Ariadne, independente se os atestados médicos são de CID diferente por este motivo a empresa não poderia dispensa-la com justa causa, a não ser que ela possa vir a comprovar que os atestados seja falsos, que não acredito que seja o caso. Acredito que qualquer juiz irá reverter esta situação de justa causa.

  100. esqueci de dizer tambem. nunca recebi nehuma advertencia nem verbal. e essas faltas sao d 4 meses atras……

  101. levei uma advertencia hoje por ter faltado, so que tenho a declaraçao dada pelo medico…. isso serve pra anular esta advertencia?

    • Bem, caso seja uma atestado médico a advertencia pode ser anulada.

  102. Fui demitido por justa causa motivo desídia, sera que vale apena recorrer tenho faltas injustificadas, fui punido com 3 advertências e 2 suspensões, tive bastante faltas seguidas mas não chegou a dar abandono de emprego

    • Bem Alexandre, pela sinceridade que você coloca, aparentemente a falta de desidia está devidamente comprovada, não há necessidade de abandono de emprego para dar justa causa por desidia. acho um pouco dificil você reverter esta situação.

  103. opa .olha estou a cerca de 15 dias sem ir para o trabalho por motivos familiares e estou na estabilidade posso ir para rua por justa cauda?e oque devo faze muito obrigado

    • Se as faltas não estão dentro das chamadas justificadas, que parece ser o caso, a empresa poderá dispensa-lo sim, entretanto acredito que não fará antes de 30 dias.

  104. sao faltas nao justificadas. lenbrando!

  105. Olá Boa Noite!
    O que é preciso para provar uma desídia na justiça?
    A verdade é que estou querendo sair da empresa, mas para não perder meus direitos não peço demissão. Porém, atraso todos os dias, já ganhei 3 advertências escritas com isso, e uma suspensão. Se eu continuar a repetir os atrasos após a suspensão o que acontece?

    • Digamos que você esteja encaminhando rapidamente para uma justa causa por desidia.

  106. trabalho em uma empresa de call centre
    o supervisor me chamou e falou que ia me mandar em bora por justa causa por ta derrubado ligação isso seria motivo para uma justa causa?

    • Uma unica vez não …. entretanto caso isso se torne uma praxe ….

  107. Bom dia, tenho uma duvida. Fui dispensado ano passado por justa causa e a empresa divulgou a PLR referente ao ano de 2011. Gostaria de saber se eu tenho direito a receber pelos meses trabalhados ou não tenho direito a nada.
    Obrigado.

    • Em principio não, entretanto deve existir um documento que trata da PLR onde define as condições para esta distribuição, seria necessário consultar este documento.

  108. cara eu trabalho a 5 anos e meio numa multinacional me mandaram pra rua por justa causa e me acusaram de coisas que tenho provas ao contrario e mais gravei toda a conversa. sera que posso usar isso contra eles.

    • Legalmente, todo e quaisquer gravações que a outra parte não saiba ou não seja autorizada pela justiça não vai valer como prova, entretanto se você tiver outros tipos de documentos e testemunhas nada impede de você entrar na justiça.

  109. Quando o funcionário é demitido por justa causa, ele sai sem direito a receber nada? Em quanto tempo a carteira de trabalho é assinada com a saída? (dada “baixa”)?

    • Quando o empregado é demitido por justa causa a empresa tem 19 duias corridos para efetuar o pagamento da rescisão de contrato, caso tenha mais de um ano de trabalho deverá a rescisão ser homologada junto ao sidicato da categoria, em principio você receberá o saldo dos dias trabalhados e casa tenha férias vencidas … as proporcionais de férias e 13 salário não recebe, nem avsio, nem multa, nem retira o saldo de FGTS.

  110. A empresa onde estou empregada já sofreu varios assaltos, sendo dois deles fui abordada c um revolver apontado p meu rosto e as minhas costas, estou altamente extressada e com medo , ACABO FALTANDO, pois já recebi ameaças de morte ! ( por depor na delegacia ).
    A pergunta é posso ser mandada embora por justa causa?

    • Com este histórico dificilmente ela poderá efetuar uma dispensa com justa causa, entretanto caso venha a fazer, com certeza você consegue reverter junto a justiça.

  111. oi fui mandado embora por justacausa trabalho no extra hipermercado adueci duas vezes o ano passado por motivo da coluna lombar devido ecesso de peso nunca mais fiquei bom tenho dificuldade para andar não consigui ficar encostado e agora o que faco estou desempregado doente e sem condisães de sustentar meu filho

    • Bem, ficar doente não é motivo para ser dispensado por justa causa. Primeiramente qual foi o motivo da demissão por justa causa?

  112. BOA NOITE , gostaria de saber se a demissao por justa causa vai na carteira e se depois de uma justa causa pode-se novamente alguem assinar minha carteira ou ficara queimada para sempre ,ou seja, nao poderei voltar a trabalhar com carteira assinada

    • Não Mary, a empresa não pode de maneira nenhuma identificar em sua carteira de trabalho o motivo de sua saida da empresa, se caso ela venha fazer qualquer anotação do tipo ela terá respoder judicialmente por isso.

  113. Boa tarde! Muito obrigado por ter me respondido! Gostaria de saber mais a respeito da justa causa por disidia , eu fui posta para rua por justa causa art 482 letra “e” na clt e nunca faltei o trabalho , faltas quando houve foram justificadas com atestados , trabalhei a quase 8 anos nesta empresa e a dias atras fui colocada por justa causa , tenho possi bilidades de reverter esta situação ? sera que valera a pena entrar na justiça e sofrer mais constrangimentos ainda ?Estou muito envergonhada e decepcionada , tenho ate vergonha de sair na rua , que posso fazer??

    • Bem, entende-se por desidia varias outras ações do empregado, ou seja, baixa produtividade, baixa produção, conversas paralelas no trabalho, resolver assuntos particulares, entrar em sites, MSN e outros na internet que não sejam de interesse do trabalho lógico, além das faltas e atrasos. Entretanto para ser caracterizado como desidia para justa causa a empresa tem de estar muito bem documentada, ou seja, deve ter efetuados advertencias verbais, por escrito, suspensão e ficar bem claro que todas estas faltas foram reicidentes e a empresa não estava satisfeita e portanto procurou de todas as formas esclarecer ao funcionário que caso ele não viesse a melhorar teria de tomar atitude extrema. Bem, este não foi o caso, você pode com ajuda de um advogado reverter esta situação junto a justiça trabalhista e isto ocorrendo até entrar com uma ação de perdas e danos.

  114. Bom Fui mandada embora por justa causa tem 4 dias! te falo que não li o documento pois nem quis ver o papel, mais acredito que seja por desidia. por faltas não justificadas! no momento em que ela me mandou embora falou q eu tinha 3 advertencias e 3 suspensoes por falta, sendo que isso não existe! eu só tive 1 susensão por falta e depois disso não faltei mais, e sempre que não ia levei algum tipo de documento pra justificar, eu gostaria de recorrer na justiça por isso e outros motivos! um desses motivos era, a empresa não pagava hora extra, mais se vc chegasse 5 minutos atrazada eles descontavam… ai te pergunto descontar atrazo eles podem, mais dar ahora extra não? outro motivo é, trabalhei 2 anos e 4 meses com meu salario abaixo do piso estadual ! sou técnica de enfermagem!

    Não concordo com a justa causa, pois quando eu faltava muitas vezes não levava nada, nem advertencia e isso pode caracterizar uma falta perdoada? faltei na ultima terça feira pois acordei depois do horario infelismente estava trabalhando e 2 empregos e fiquei bem casada! acho que eles poderiam ter me suspendido e se eu falta-se novamente ai sim me mandar embora. voce acha que se eu recorrer posso ganhar a causa? colocando tambem a falta de pagamento de hora extra e por ter trabalhado recebendo abaixo do piso salarial que me é de direito? e tambem gostaria de alegar as condiçoes de trabalho já que muitas vezes ficava 12 pacientes acamados e pesados para 3 técnicas mulheres dar conta, o que hoje me trouxe uma artrite de mao e dor na coluna recorrente? o que vc opna sobre meu caso?

    • Oi Cristina, como ja disse em outras ocasiões da dispensa com justa causa sendo a “causa” a chamada desídia desde que o empregador não esteja muito bem documentados com fatos e testemunhas a justiça normalmente reverte esta situação para rescsião sem justa causa e ainda abre espaço para o empregado que acredite ter sido lesado entrar com uma ação de reparação. No caso especificio em primeiro lugar que pelo que vejo você tem consciencia que havia faltas e atrasos de sua parte, portanto passiveis de uma punição, entretanto não acreditava que a pena máxima pudesse ser aplicada, e pelo que você disse aparentemente não havia uma reicidencia assim tão alta, pelo menos não documentada pelo empregador. Por lei existe uma tolerância para atrasos de até 5 minutos, que a empresa não pode se manifestar punindo, assim como não precisa efetuar pagamentos de horas extras até este limite também. E quanto ao piso, se existe o pagamento deveria ser realizado de acordo. Tendo você mais de um ano, de forma obrigatória a sua rescisão deverá ser homologada junto ao seu sindicato da categoria, portanto é razoável que você levante todos estes questionamento junto ao seu sindicato e inclusive que ele entre em contato com a empresa procurando reverter esta situação e caso a mesma insista nesta condição que todas estas considerações seja anotada no verso da rescisão de contrato com assinatura do representante da empresa e do sindicato e a sua.

  115. Boa Noite , como ja havia lhe mencionado no e-mail anterior , fui demitida por justa causa – desidia, e minha empresa com absoluta certeza nao tera como provar , a nao ser que obrigue algum funcionario ou pague para que eles sejam a favor da mesma , com isso mentindo, como ja informei anteriormente as poucas faltas que tive , foram atestadas e nunca em oito anos de empresa fui advertida verbalmente ou por escrito . BEM , hoje fui ao sindicato de minha cidade e eles nao vão homologar esta rescisao , mas me informaram que é 99.99 % que eu consiga contornar essa justa causa ,mas nao poderei entrar com outro processo pois me sinto lesada , cidade pequena , todos comentam e ficam olhando pra vc como se vc fosse o maior pecador , gostaria que vc me esclarecesse se tem como entrar com outro processo apos conseguir modificar a justa causa ?

    • Oi Mary, só pode realizada judicialmente uma ação de reparação, entretanto fica a seu critéiro querer entrar ou não após o veredito final da justiça trabalhista.

  116. Boa noite, trabalho na empresa á 5 anos e meio,sou membro eleito da CIPA e meu mandato acaba neste mês de outubro mais ainda tenho mais 1 ano de carência.Bem sempre fui profissional dentro da empresa,mais este ano tive que cursar faculdade e não pude mais estender meu horário normal,pois não daria tempo de chegar a faculdade,a empresa sempre trabalha com hora extra,comuniquei ao meu encarregado imediato o fato,fui muito repreendido e passaram a me perseguir,em todo esse tempo fui profissional de uma determinada máquina no qual eu sempre tive total motivação,mediante a isso o encarregado tomando conselho do diretor,me rebaixou para uma posição neutra,em uma máquina que já dispõem de operador e auxiliar,então eu fico sem exercer função nenhuma dentro da empresa,sendo motivo de chacota e gozação,correndo perigo de a qualquer momento sofrer uma demissão por “Justa causa”.
    Estou pensando em entrar junto com a justiça,por motivo de perseguição.
    O que você acha desse meu caso.
    Obrigado.

    • Jefferson, caso você esteja bem documentado, inclusive com testemunhas, este é um caso que pode dar despedida indireta, se informe melhor com um advogado trabalhista e é possivel entrar com um ação junto a justiça trabalhista se for o caso pedindo a rescisão indirera e entrar com uma ação de reparação de perdas e danos.

  117. acabei de ser mandada por justa causa e estou grávida o quer faço???
    tive algumas faltas em novembro por problemas familiares, avisei a empresa sobre o que estava acontecendo e tals, mas esse mês comecei a passar muito mal durante meu serviço, a principio não sabia o que tinha e passei por vários médicos, entreguei pilhas de atestados e conversei com a chefe de RH, disse que estava correndo atrás de exames e tudo, neste meio tempo entre atestados faltei 3 vezes e agora ates mesmo de eu entrar na empresa me deram uma justa causa por desídia e nem me deixaram dizer que eu estava grávida simplesmente disseram que o que está feito está feito e eu que resolva meus problemas, o que faço o que faço???

    • Nathalya, inicialmente se você tem mais de um ano de serviço a sua rescisão contratual deverá ser homolagada no sindicato, se possivel entre em contato antes com o sindicato informando esta situação. Caso a empresa persista na demissão com justa causa ela terá de alegar o motivo, que no caso acredito que ela está entendendo que suas faltas caracterize desidia. Entretanto caso você esteja devidamente documentada com os atestados, a empresa deverá rever esta posição, em ultimo caso não que fazer, você deverá entrar com um ação na justiça para reveter este caso de justa causa, e portanto terá estabilidade provisória por estar gravida e que ficará muito mais dispendioso para a empresa …..

  118. boa noite , trabalho numa grande fabrica e não tenho mais intereese em continuar trabalhando la ,ja pedi pra fazerem um acordo comigo mas a assistente social diz que se eu estiver insatisfeita tenho que pedir demissao chego quase todos dias atrasadas (mas com atestados) na semana passada tomei uma suspensao de 3 dias por “má conduta no trabalho” , nesm mesmo tomei advertencia pois quando vou fico “enrolando” todo mundo la sabe que quero ser mandada embora sera que posso entrar na justiça pra conseguir uma “dispensa indireta “

    • Acredito que não deva …. pois é um caso clássico de insatisfação sua, e caso você não peça demissão e continue com atitudes que caracterizem desidia poderá inclusive ser dispensada com justa causa.

  119. OLA , EU TRABALHOEM UMA EMPRESA DE TELEMARKETING COM VENDAS DE PLANOS , LA NAO TEM COMO EU CADASTRAR UM PLANO DIRETO NA LINHA DO CLIENTE SO POSSO DAR FECHAMENTO OU NAO, UM DIA OCORREU POR UMA DISTRAÇAO MINHA DAR UM FECHAMENTO POR ACIDENTE, SEMPRE TIVE UM BOM RELACIONAMENTO COM A EMPRESA SEMPRE FUI DESTAQUE DE VENDAS E NUMCA TIVE ESSE TIPO DE PROBLEMA DE MA FÉ EM FAZER VENDAS INDEVIDAS,ADVERTENCIA VERBAL E ESCRITA. POR ESTE MOTIVO OQUE OCORREU É QUE A VENDA FOI FEITA , O CLIENTE RECLAMAOU E A EMPRESA ME MANDOU EMBORA POR JUSTA CAUSA NESSE CASO EU PODERIA RECORRER E QUAIS AS REAIS CHANCES DE EU GANHAR A CAUSA? TO DESESPERADO E COM DEPRESAO POR FAVOR ME RESPONDA

    • Pedro, considerando que voce sempre foi um bom vendedor, não havendo outras faltas que poderia vir a caracterizar uma desidia a empresa se precipitou em dispensando com justa causa por uma unica falta, digamos que a pena foi excessiva, acredito sim que esta dispensa possa ver a ser revertida junto a justiça trabalhista, acredito que tenha grandes chances.

  120. boa noite

  121. fui demitido por justa causa hj..2 meses antes eu tinha avisado meu patrau que compraria um maquina e ia começa a fazer o mesmo serviço …ele entendeu me desejo ate boa sorte..no dia q pedi para eles me mandar embora eles quiseram fazer um acordo mas eu não quis ai me deram ferias ,,nesse tempo que estava de ferias fiquei ligando e mandando e-mail para os clientes que eu conhecia,que faz serviço aonde eu trabalhava . enfim qndo voltei de ferias ele me mando por justa causa,.por ta tentando fazer serviço para os clientes dele…qual a porcentagem que ganho essa causa no juiz…

    • Bem, no seu caso fica meio complicado, a questão basica é a seguinte, a empresa não é obrigada a fazer “acordo”, isso nem está na lei. O correto desde que a empresa não se disponha a efetuar este “acordo” o correto seria pedir demissão. Fazer negociação por conta própria dentro da mesma area de atuação ou para clientes da mesma é considerada uma falta grave passível de demissão por justa causa. Portanto se realmente sem você sair da empresa ofereceu serviços e se apresentou como um futuro fornecedor você infelizmente cometeu falta grave e se a empresa dispuser destas informações será meio deificil você reverter a situação.

      • quando fiz isso eu estava de ferias..um advogado me disse que nas ferias qlqr funcionario pode trabalhar normalmente….?????

      • Trabalhar pode … desde que não seja no concorrente ou algum tipo de serviço que possa vir a concorrer com a empresa que você está registrado, afinal mesmo de férias você continua empregado.

  122. Essas empresas de Call Center dificilmente manda embora o emprega com todos os seus direitos trabalhista,ai eles arrumam qualquer coisa para q o funcionario seja mandado embora por justa causa,meu problema foi o seguinte:Fui fazer a pausa q tenho direito e quando cheguei percebi q meu celular estava ligado em som alto ai peguei e fui desligar o supervisor me pegou e o departamento me mandou embora por justa causa. Isso e carreto?

    • Bem, como ja disse, isto é um exagero, a pena não é condizente com a falta, se o ocorrido foi apenas isso, a justiça facilmente reverte esta condição.

  123. Sofri um acidente de trabalho e fiquei 6 meses afastada, voltei a trabalhar a cerca de 2 meses e tive que entrar de férias, pois já havia duas vencidas. Quando retornei ao trabalho (trabalho em hospital) minhas escalas dobravam turnos, ou seja, eu assumia plantões de 12 horas aos sábados e domingos e comecei a perceber que minhas chefes jogam os problemas mais graves para eu resolver de ultima hora. Levei uma advertência hoje, acho que estão querendo me dar advertências para me demitir por justa causa em razão da estabilidade de 1 ano que tenho. O que faço?

    • Bem. se caso você realmente perceba que isto está ocorrendo, e acredite que esta é a inteñção do seu empregador, de forma antecipada primeiramente encaminhe um carta a direção e peça para os mesmos protocolarem alegando as suas observações e inclusive informando que estas atitudes continuem ocorrendo onde a empresa procure exigir de você além daquilo que era de costume você encaminhará cópia a Delegacia Regional do Trabalho. Pelo menos assim, ocorrendo uma dispensa posterior com justa causa você estará respaldada.

  124. Reiterando o que disse acima…Na advertência que eu assinei avisava que na 2ª advertência sofreria a justa causa. Isso é real? Com quantas advertências se é demitido. Quero deixar claro também que tenho sido coagida, minhas chefes dizem que eu sou “rabuda” que sempre acontece alguma coisa pra me deixar no emprego, jogam todos o serviços pesados para eu fazer sozinha. Como faço para resguardar meus direitos diante dessa situação e do que já citei acima? Estou realmente desesperada, por favor me ajude!

    • A questão da desidia é muito relativo, tem de haver uma constância …. não será apenas uma advertencia ou duas que seja motivo para dispensa com justa causa.

  125. bom dia fui mandado embora por abandono de serviço estava a 11 meses na empresa ao 4 mes qubrei meu dedo dentro da empresa e fiquei na estabilidade ta tudo bem no 10 mes tirei meu tornozelo fora do lugar tava em tratamento fazendo exames pela firma e nao tinha condiçoes de caminha e o medico nao me dava atestado nada so queria que eu fazia exames encima de exames e dentro desse periu faltei 12 dias por nao consegui caminha e me mandaram embora por abandono de serviço e agora to aki com dedo e tornozelo tortos que eu devo faze nao fiz o exame demissional ainda nem acerto .me ajuda por favor que devo fazer??

    • Bem, abandono de serviço só pode ser caracterizado após 30 dias …. ou em periodo inferior desde que haja um fato relevante o que não parece ser o caso inclusive devido a você está em tratamento médico e tem como provar. Pelo seu relato a empresa errou ….. em primeiro lugar procure o seu sindicato e relate o fato, caso nçao seja reconsiderado não tem outra alternativa entrar com um relcamatória trabalhista.

  126. então eles me dela demissão por justa causa ai arrumei um advogado ele vai entra contra a empresa mas eu não assinei nada ainda na empresa devo assinar a demissão por justa causa ou não

    • Bem, se você tem mais de um ano de serviço a sua rescisão de contrato deve ser feita com a assistencia do sindicato independente do motivo, neste momento você poderá ou não assinar a rescisão, isto não quer dizer que você concorda, simplesmente estará recebendo o que aquele tipo de rescisão permite, e naquele momento vocÊ pedirá para que o sindicato efetue uma ressalva no verso da rescisão que você discorda totalmente dos termos. Mas, você também poderá não assinar os documentos e entrar de imediato com uma reclamatória trabalhista.

  127. boa noite, estou ha um ano e 2 meses trabalhando em um mercado. desde novembro adquiri tendinite sou caixa. pedi pra que me mandasse embora ele disse não quiz fazer o acordo em janeiro, ele tb não quiz depois disso pedi pra mudar meu horaário pq tenho 3 filhos menores de idade e meu marido está numa empresa que exique que ele viaje por 10 a 15 dia meu horário era de 14 as 21, sendo que saiamso 22:30 ou mais e eu não poderia jamais deixar meus filhos só em casa. faltei 12 dias seguidos mais justifiquei com telefonema. dia 4 deste mes me mandaram embora por disidia. acredita que ele consiga ganhar esta ação? obrigado.

    • Ellen, a questão em si éum pouco complicada, primeiramente a empresa não é obrigada a fazer “acordo”, inclusive tais procedimentos não são previsto em lei, e trata-se de um entendimento que se faz entra patrão e empregado com o intuito de levantar o FGTS o que é ilegal. Quanto a mudançá de horário poderia sim o patrão ter feito, entretanto também ele não era obrigado. Entretanto as faltas de 12 dias seguidos ou não realmente caracteriza desidia, mesmo que suas justificativas sejam coerentes e reais, mas, não são o bastante para abonar ….., claro, que sempre você pode entrar com uma reclamatória para reverter ….mas, não que isso seja com 100% por cento de chances.

  128. obrigada por seu respaldo a minha pergunta estou muito mais tranquila agora!!!

  129. boa noite, sou operadora de caixa em uma empresa, a 1 ano e 5 meses, este mes teve corte na empresa e o quadro de funcionarios ficou muito reduzido, fazendo com que os que ficaram estao sobrecarregados. Um dia fiquei de 7 e meia ate as 10 da manha sozinha no caixa de atacado, uma fila enorme os clientes me tratando mal um calor infernal pois a loja que trabalho nao e climatizada, sendo que neste periodo ainda nao tive ferias, estou muito estressada,cansada,desmotivada. hoje nao consegui voltar para trabalhar por conta que nao parava de chorar, ja marquei uma consulta na psicologa para que possa me ajudar em relaçao a esta situaçao, esta minha conduta de nao retornar ao trabalho por conta de motivos psicologicos pode se caracterizar disídia????

    • Juliane, acredito que não, e inclusive se houver uma constatação real do seu estado emocional alterado esteja vinculado ao trabalho e houver um nexo causal pode inclusive ser caracterizado como doença profissional ou seja um Acidente do Trabalho.

  130. sendo que liguei avisando que nao iria retornar pois nao estava em condiçoes….expliquei os motivos…

  131. Bom dia, tenho um deposito de gás e água, há 6 dias um motoboy saiu para fazer uma entrega e uma botija de 13 kilos caiu em seu pé. Na mesma hora levei o mesmo para o hospital no qual foi feito um raio-x e diagnosticado que não havia quebrado e nem fraturado. O médico dei para o funcionário um atestado de 5 dias. Ontem venceu o atestado e o mesmo foi ao hospital novamente e pegou um novo atestado com mais 8 dias, pois alega não conseguir colocar o pé no chão. A questão é a seguinte: o mesmo funcionário é motoboy numa empresa de jornal, e não faltou nenhum dia. Se o mesmo não consegue colocar o pé no chão para trabalhar na minha empresa, como pode entregar jornal de moto sozinho? Ainda propus a ele que tirasse 15 dias de férias, o mesmo me disse com todas as letras q não poderia tirar férias pois só se tira férias quando não se está doente. Gostaria de saber o q posso fazer para dar uma justa causa nele? E quais provas posso obter para me prevenir de problemas futuros? Obrigada pela atenção ,
    Andrea

    • Se ele estava realizando um trabalho externo dentro de sua função que é entregar gás tratou-se de um acidente de trabalho, foi aberta a CAT? Quanto aos atestados que ele tenha apresentado para sua empresa de 5 + 8, ao menos que vocÊ tenha um departamento médico, ou um médico próprio você deverá aceitar os atestados, afinal você como leiga não pode discordar de um médico que assinou um atestado com CRM. Enquanto ele estiver de atestado realmente você não pode conceder as férias. Caso ele tenha trabalhado em outra empresa, infelizmente em principio você não pode executar nenhuma ação diferenciada, pois as provas serão pouco conclusivas. Entretanto seria interessante você trocar de entregador.

  132. Eu trabalho em um hospital particular na lavanderia. No inicio quando eu entrei la pra trabalhar ha três anos atras o movimento era bem fraco e ñ tinha cirurgias aos finais de semana, eu sempre trabalhei durante a semana das sete de manha as cinco da tarde, com duas horas de almoço geralmente das onze as uma da tarde, e aos sábados até o meio dia. Hoje o fluxo de procedimentos aumentou muito, tem todos os dias três a quatro cesáreas, e o diretor do hospital quer que eu vá trabalhar aos finais de semana, principalmente aos domingos, e eu disse que ñ vou, mesmo se ele pagar. Final da semana passada ele queria vir me buscar em casa pra trabalhar, a gente têm discutido muito e ele vive me dizendo que vai me demitir por justa causa. Pode isso? O hospital tem 8 quartos todos com duas camas e ainda duas enfermarias com quatro leitos cada uma, além de atender pelo SUS. Sou só eu na lavanderia, pra dar conta de tudo, e eu acredito que ninguém seja obrigado a trabalhar a semana inteira e ainda ter que ir aos domingos…E além do mais eu trabalho nos feriados e ñ recebemos por isso. Estou aguardando sua resposta…

    • Oi Veronica, ninguém é obrigado a trabalhar além do que foi contratado, o aumento no serviço teria de ser compátivel com seu horário normal, no caso de excedente tudo passaria a ser horas extras e as horas trabalhadas em domingos e feriados deverão ser pagas em dobro. Seria interessante antes de qualquer coisa entrar em contato com o seu sindicato ….

  133. Boa noite Advogado… parabéns pelo site, é a primeira vez q passo aqui e estou gostando do q vejo…

    Minha situação é a seguinte: Sou costureiro industrial numa empresa de confecções masculinas, trabalho há 4 anos. Há alguns meses comecei a estudar na faculdade, isso me deixou muito cansado e não consigo mais atingir as metas de produção exigidas pela empresa, então conversei com o chefe e disse minha situação, pedi então uma possibilidade de demissão sem justa causa, ele de imediato disse um NÃO!… Se por um acaso eu continuar com um baixo desempenho nas atividades produtivas ele pode me demitir por justa causa alegando desídia, mesmo eu estando cansado por motivos externos? Se caso ele me demitir por justa causa, tenho como ganhar na justiça? Tenho muitas faltas, mas todas são justificadas com declarações pois participo de seminários (vida de universitário tb nao é fácil) … Eu quero muito ser demitido sem justa causa, estou entre a cruz e a espada… rs

    Gostaria de um conselho seu… abraço!

    • Bem Jailson, inicialmente não sou advogado, mas, quanto ao seu questionamento a empresa legalmente não pode fazer ACORDO para dispensa sem justa causa para o funcionário retirar o FGTS, é lógico que muitas fazem o que não parece ser a sua. Por outro lado, se você sempre cumpriu suas metas de produções e começou a ter um rendimento menor de forma sucessiva é uma das causas considerada como desidia que pode dar uma demissão por justa causa. E caso ela seja concretizada a empresa comprove na justiça posteriormente suas produções ficará dificil reverter. O mais correto seria você pedir demissão.

      • …Não quero pedir demissão, quero q eles me demitam e eles sabem disso, se eu começar a ir no medico com muita frequência e pegar atestados, já q eu tenho tendinite (doença causada por movimentos repetitivos), eles podem me demitir por justa causa pelo fato de saberem que eu qero sair e de eu estar forçando uma demissão?

      • A questão é a seguinte, pode haver uma “queda de braço”, no fim um ou os dois saem perdendo. Entretanto, eles vão pagar no máximo 15 dias pelos seus atestados, mesmos que sejam alternados, a partir dai você tem de de afastar pela previdencia ….e caso você falte sem atestado pode ser caracterizado desidia …..

  134. …há, tenho mais uma pergunta:

    em quais situações eu posso usar de direito a “Rescisão indireta”???

    • Soa vários os motivos, alguns deles caso o empregado venha a exigir serviços superiores as suas forças, alheios ao contrato, ou que sejam ilegais ou ainda que contrariem os bons costumes, ser tratado com excessivo rigor, deixar de cumprir as obrigações do contrato de trabalho, ofender fisicamente o empregado ou membros de sua familia, a não ser que seja em legitima defesa, reduzir o trabalho afetando os seus ganhos e alguns outros.

      • …A empresa em que eu trabalho não deposita o FGTS regulamente, Eles atrasam 2 e as vezes 3 meses para fazer o deposito. Esse seria um motivo para eu usar de direito a ação de “Rescisão indireta” contra empresa??? Quais os documentos posso usar como prova?

      • Neste caso não caracteriza despedida indireta ….

  135. Ola gostaria de saber se da justa causa no meu caso!
    Trabalho em um mercado e fiz 3 bolos p eu levar na hora de pesar a balanca de la sempre cai o sistema dela e os codigos q sao por kls vira unidade fica uma bagunça entao o bolo justo nesse dia ele saiu fora o sistema e estava como unidade so que eu informei eles mais mesmo assim nao consertaram entao pesei meu bolo como unidade so que como tinha 2 bolos grandes achei melhor colocar ate um preço maior ja que estava bem inferior o valor entao sai do serviço dei volta entrei e peguei e paguei o bolo dai depois de 1 mes me chamaram em uma sala fechada e me entrevistaram e eu expliquei dai eles me disseram que fiz isso p me beneficiar e nao foi isso!!e mandaram eu escrever minha justificativa a punho e falaram que e para eu aguardar noticias doque irao fazer comigo!! gostaria se da justa causa isso

    • Acredito que não, a sua justificativa é válida,

  136. Gostaria de saber o seguinte: meu irmao trabalha em uma empresa a 02 anos, onde ele faltava uma vez ou outra, algumas com atestado médico, porem em uma dessas faltas (no sabado), ele retornou na segunda feira com o atestado médico de 05 dias e a empresa nao aceitou, e deu uma suspensão de 5 dias, seria para ele retornar em um sabado e o mesmo apenas retornou na segunda feira, recebendo de imediato uma justa causa. Teria como ele reverter essa situação?

    • Bem Renata, o que me parece que a pena foi muito severa em relação a falta …. se foi dessa forma o ocorrido, sim é passível da reversão na justiça trabalhista.

  137. Ola,
    Trabalho numa empresa de cobrança terceirizada de um certo banco somos callcenter, estou passando por alguns problemas de saude, estou aguardando meu plano de saude liberar uma cirurgia que devido a alguns problemas do plano a cirurgia ja foi desmarcada umas 2 vezes, na primeira vez avisei a responsavel pelo RH mais como disse anteriormente foi desmarcada, na empresa em que trabalho tem varios superiores desde lideres, coordenadores, supervisores, advogados e etc., acaba que temos que dar satisfação a todos pois ficam especulando, acabou o que eu não queria que acontecesse todos sabem desse meu problema de saude, virei comentario entre meus superiores e colegas tenho mim sentido constrangida e com muita vergonha, no meu ambiente de trabalho meu desempenho caiu pois temos metas a cumprir é muita pressão psicologica são buzinadas todos os dias batidas de tambores pra ” acordar” o pessoal. na semana passada passei muito mal fui ao medico marcar a cirurgia, porem ele viajou pra fora do pais e eu fiquei sem atendimento, fui em outro que tambem vai participar da cirurgia a secretaria disse que só o medico que viajou poderia marcar a cirurgia, antes das 10:00 da manha como norma da empresa avisei que não iria trabalhar expliquei tudo atraves de e-mail, pois onde moro é um setor novo e telefone não pega só a internet pega atraves de antena é terrivel, e eles sabem disso, voltei pra casa não peguei atestado medico, tomei meus remedios ja receitados pelo doutor, no outro dia fui ao pronto socorro pois estava com dores terriveis de sinusite ou seja peguei atestado apenas de um dia,quando retornei ao trabalho no sabado fui advertida por que o e-mail que mandei eles receberam só as 12:00, e outra advertencia do dia que peguei atestado por não ter avisado antes das 10:00 da manha, gostaria que avaliasse tudo que informei pois tenho sofrido muita pressão são poucas as coisas que disse aqui que teem acontecido, percebo que estão mim avaliando e que a qualquer discuido meu podem mim mandar embora, gostaria de saber de meus direitos sempre fui uma boa funcionaria, agora que estou doente tem me acontecido isso. Grata.

    • Bem, a questão é a seguinte, se você não está em experiencia, você tendo um contrato por prazo indeterminado, desde que você não cometa nenhuma falta grave, não é porque você está doente que eles poderão demiti-la. Entretanto na DISPENSA SEM JUSTA CAUSA, pode ocorrer a qualquer momento, e todos os seus direitos serão indenizados.

  138. ola amigo !!!!
    tbm não sou nenhum santo, mas minha empresa esta abusando do caso absenteísmo, estão nos divertindo ou suspendendo por poucas horas de atraso, no meu setor normalmente fazemos horas extras trabalhamos no rua, (entregas) e no meu caso minhas horas extras são maiores que meus atrasos, temos dias em que chegamos tarde em casa, eles não estão levando em consideração isso, na minha opinião não acho certo!!.
    gostaria de sua ou suas opiniões ?

    • novamente, não acho certo porque, exemplo: minhas horas de atraso ou falta não justificada, já são descontadas no mês seguinte, e o absenteísmo na empresa é de três em três meses, ai ele tira deses meses seus atrasos e faltas que já foi descontado normalmente, e dão suspensão e esses dias de gancho são descontados na folha de pagamento no fechamento do mês !!!!!

    • Bem, caso você faça horas extras e as mesmas estão sendo pagas na folha de pagamento com os acréscimos normais a empresa tem todo o direito de exigir que o horário seja cumprido. Entretanto caso as horas extras ultrapassem duas por dia a empresa está sendo incorreta e inclusive pode vir a sofrer uma multa da Delegacia do Trabalho.

  139. Olá,estou cumprindo meu aviso prévio,preferi trabalhar 8 horas diárias
    para obter 7 dias de lei para resolver meus problemas.
    Já tirei os 7 dias e os resolvi,quando voltei meu chefe me pediu para
    fazer uma função em que não fui contratado para fazer,até sei fazer mais não produzo a quantidade que tem de ser produzida pelo fato de não ter o hábito de operar tal função,meu chefe alegou que eu não produzi e me deu 3 dias de suspensão sem ao menos me adiverti tanto verbalmente quanto por escrito,não assinei óbvio,corro algum risco quando eu voltar da suspensão ? OBRIGADO

    • Bem Felipe, você tem que exercer a função para qual foi contratado, se a sua função é um tanto genérica o seu chefe pode até remaneja-lo de função mas não poderá cobrar a mesma produção de outros funcionários com mais tempo na função e caso você seja punido por isso com advertência ou suspensão poderá não aceitar a punição, entrar em contato com o sindicato e avisar a empresa por escrito e se resguardar para uma futura justa causa.

  140. tinha 7 meses na empresa e fui demitida por justa causa sera que eu vou receber algum dinheiro ?

    • Bem, se foi demitida com justa causa, você só terá direito aos dias efetivamente trabalhados.

  141. Boa noite Joselito,Espero que possa me ajudar estou desesperada, estou gravida de 5 meses e a 7 e meio trabalhava em uma empresa como vendedora externa por tanto não tenho cartão de ponto tudo corria a mil maravilhas na empresa até eu descobri que estava gravida tive varias divergências com a minha supervisora(ela ficou com raiva porque eu engravidei e ela me dizia constantemente que gravidez não é doença) tenho uma gestação complicada tiver começo de aborto e por se tratar de uma gravidez não planejada e por não estar financeiramente bem etc acabei entrando em depressão porém não fui atestada por um médico devido a todas as complicações faltei algumas vezes no serviço algumas sem atestado médico porém sempre comuniquei para a minha supervisora(verbalmente) realizei algumas vendas ela não me deixou concretizar passou minha carteira para outro vendedor,Conversei com ela e expliquei o que estava acontecendo comigo ela falou que ia me ajudar e ia conversar com meu coordenador e que me ligaria e até ela resolver eu não poderia trabalhar,ela me ligou essa semana e me disse que ela tinha conversado com ele mais a ordem da dispensa já tinha sido dada e ela não podia fazer nada e me disse que essa situação vai me servir de lição de vida.Eu estava recebendo normalmente meus benefícios,e salários e tenho testemunhos de clientes que visitei.Fui mandada embora por Justa Causa por Abandono de emprego porém não fui notificada meu ultimo salário foi dia 14/05, como não sei o que fazer não dei baixa na carteira e nem assinei nenhum papel,estou arrasada me sentindo humilhada estou sendo tratada como uma pessoa irresponsável, Como devo Proceder? obrigado

    • Bem Kelly, não importa o motivo que você esteja grávida e qual a condição de sua gravidez, a partir deste momento você tem estabilidade temporária e a empresa não pode efetuar a sua dispensa sem justa causa. Assim, algumas empresas procuram “achar um motivo” para a dispensa da funcionária, entre tantos procuram pela desidia (faltas ao trabalho). No seu caso se a dispensa ocorreu por abandono de emprego para haver uma caracterização você deveria ter se ausentado por mais de 30 dias sem nenhuma satisfação. Quanto a não ter cartão ponto, é obrigação da empresa e não sua comprovar os seus horários. Primeiramente consulte o seu sindicato, faça sua rescisão de forma homologada, e de imediato caso não haja acordo para sua reintegração entre com uma reclamatória trabalhista. Pelo visto não tem como perder.

  142. meu nome é maycon foi mandado embora por justa causa porém nem tirei minha ferias ela foi vencida eu recebo alguma coisa por isso

    • Em caso de férias vencidas você recebe sim.

  143. no caso as minha falto suplica nas minha ferias ou seja se eu estiver 30 faltas em um 1ano e meio eu perco minha ferias

    • Se você mais de 30 faltas durante o periodo aquisitivo então perdeu disreito a estas férias também.

  144. o caso as minha falto suplica nas minha ferias ou seja se eu estiver 30 faltas em um 1ano e meio eu perco minha ferias

    • Sim, perde o direito as férias.

  145. respond por favor

  146. Boa Noite! Minha filha esta a bastante tempo com crises fortes de sinusite, conversei com minha coordenadora e expliquei o assunto ela me informou que não podia mais abonar acompanhamento familiar até aí tudo bem, mas 2 vezes ocorreu de o médico dar 2 dias de atestado para ela e eu não ir trabalhar porque não tinha com quem deixa-lá, para justificar levei o atestado dela, descontar sei que eles podem mas podem me advertir por isso? E até me mandar embora por justa causa?

    • Oi Vanessa, em principio não, entretanto se as faltas continuarem de forma continua, com certeza irá lhe chamar para algum tipo de acerto, pois você não estará correspondendo as necessidades da empresa.

  147. Eu preciso saber uma coisa, trabalho em um mercado,mas fui advertida e levei suspensao por motivos diferentes, horario, falta de dinheiro no caixa e por ter passado produtos a mais na compra de um cliente.Só que não foi um erro atras do outro, trabalho a dois anos lá e tem coisas que axo que foram feitas no começo do trabalho e no meio, depois de um tempo ainda valem essas advertencias?
    .Fiquei afastada do serviço por dois meses por acidente de moto e quando voltei os coordenadores falaram mau de mim para a gerente que estava acontecendo um erro atras do outro e aconteceu esse ultimo erro meu,onde passaram pra frente e me deram suspensao de 5 dias e a próxima disseram que vai ser justa causa, gostaria de saber se eles podem fazer isso mesmo e qual a melhor saída nesse caso,pedir demissão ou esperar a justa causa?
    Obs: eles tem provas das suspensõe e advertencias assinadas.obrigada.

    • Bem Josi, eu acredito que você deva continuar trabalhando fazendo o melhor possível e mão cometer nenhuma falta mais grave, entretanto se você acreditar que irpa continuar tendo problemas, cometendo erros, chegando atrasada, faltando, bem, entáo nesse caso o melhor é pedir demissáo, caso contrário continue trabalhando e dando o melhor de si. se acontecer uma justa causa e vocÊ se sentir injustiçada a justiça trabalhista esta ai para corrigir.

  148. Eu trabalho no caixa, mas meu caixa é sempre organizado e todos os dias o fechamento acontece normalmente(dá certo), porém os meus erros são dificeis de acontecer,nao sao frequentes.Os que acontecem eu admito e corro atrás para resolver, mas desconfio que minhas coodenadoras estão querendo fazer com que eu saia, a ultima suspensao foi essa semana por uma coisa que uma coordenadora podia ter resolvido sem chamar o gerente,pois eu cheguei na pessoa e expliquei que tinha feito de errado e perguntei o que poderia fazzer para concertar, porem ela o fez para me incriminar acredito.Mas nao sei o que fazer quando voltar ao serviço.

  149. Caro amigo acabei de ser demitido por justa causa pelo artigo 482 alínia a mas eu não retirei nada de dentro da empresa nem me pegaram com nada na mochila só pelo fato de eu pegar uma roda de um carrinho de mão que aparente estava abandonado para colocar no meu carrinho,mas o carrinho era de uma firma terceirizada que trabalhava lá mas no0 entendo pois eu não retirei nada das dependêcia da empresa?

    • Bem, se a roda não era sua e sim da empresa poderá ser considerada apropriação indevida. Entretanto tente conversar com a empresa para reverter esta situação, pois talvez na justiça você possa provar que a punição foi excessiva.

  150. Boa tarde ! trabalho em uma empresa de telemarketing e acabei de ser demitida por justa causa ,a empresa alega desídia.tenho uma ótima qualidade no atendimento porém advertências e suspensões por falta mais nem todas eu assinei visto que não concordei com algumas.o senhor acha que posso reverter a justa causa na justiça?

    • Bem, quando vocÊ diz “falta” significa não comparecimento ao serviço? Se for nesta conotação, todas as faltas sem justificativas são passíveis de punição, com advertencias, suspensão e até a justa causa se for o caso, entretanto é preciso analisar exatamente quantas foram as faltas, em que condições, até que ponto isto prejudicou a empresa, então, dependendo do juiz poderá ser revertida.

  151. boa tarde, na verdade eu nao falto no serviço nem me atraso, a suspensao de horario foi mesmo por ter passado um minuto do horario de intervalo, mas obrigada pela ajuda.

    • Oi Josi, não é compativel uma suspensão por um minuto de atraso no horário de intervalo, só seria passivel caso isso ja tivesse ocorrido por várias vezes e você ja ter sido advertida verbalmente e por escrito.

  152. Eu trabalhava em uma empresa de callcenter e antes de levar uma justa causa eu ja tinha assionado a justiça sobre estar sofrendo perseguição e acedio moral, Ja faz uns 2 anos que estava esperando meu caso ser julgado e ate agora não foi. Bom levei uma justa causa recentemente, os mesmos alegaram que tratei mal o cliente “que fui debochado” eu não assinei nada mas me deram mesmo assim. Eles ja tinham me dado advertencias e suspensões por esse motivo, mas não assinei nenhuma, sera que consigo reverter?

    • Sandro, este tipo de justa causa é aquele que sempre será passível de reversão junto a justiça, ainda mais vocÊ tendo um processo correndo na justiça, entretanto vai depender do tipo de prova que a empresa possa a ter, e que tipo de distrato que por acaso você tenha feito contra o cliente.

  153. Eu trabalhei numa empresa de callcenter/telemarketing e coloquei um processo nela quando fiz 1 ano e 6 meses, agora eles me deram uma justa causa alegando que fui muito “debochado com o cliente” eles ja tinham me dado outras advertencias e supensões. Queria saber se a alguma chance de reverter?

  154. fui dispensado da empresa por justa causa alegaram que faltava sem atestados mas eu levava os atestados mas quando eu aparecia na empresa eles me davam uma suspensao eu ajuntava uns quatro cincos atestados e entregavam pra eles ai quando eu comparecia na empresa eles falavam que estava faltando um dia ou outro como que faço pra recorrer ?

    • Rafael, eu não entendi muito bem a sua exposição, entretanto, faltas sem justificativas são passiveis de punição, advertencia, suspensão e até mesmo justa causa, então, vai depender muito de quantas faltas estão anotadas em seu prontuário ….

      • sera que eu posso recorrer alem do mais que o supervisor gostava de ameaçar os funcionarios inclusive eu sombar da cara da minha cara eu tenho testemunhas que podem provar isso!

      • Rafhael, o patrão ou o gerente ou mesmos supervisores não devem tratar o funcionário de maneira desrespeitosa e muito menos com ofensas, isto caracteriza de certa maneira um tipo de assédio. Caso você consiga as testemunhas para que na justiça deponha a seu favor, acredito que poderá sim reverter.

  155. Bom dia Joselito,
    Eu pedi demissão e gostaria de saber qual o tempo máximo que o empregador pode ficar com a minha carteira de trabalho para dar baixa ?

    Desde já,
    Grata

    • Quando da entrega da carteira para o empregador o mesmo deve lhe dar um recibo com a data e preferencialmente também a hora, a partir dai ele tem 48 horas para efetuar as anotações de devolve-la.

  156. estou falatando ha dias no trabalho
    faltei 14 dias no mes de maio ai a empresa me deu ferias sem aviso
    eles ja me deram na hora em que eu voltei
    ai quando terminou os 30 dias de ferias,mais 1 atestado e fale=tei no outro,quer dizer fiquei 32 dias longe do trabalho
    eles podem me mandar embora por justa causa

    e quantos atestados eu posso colocar em um mes?
    a empresa é obrigada a fazer acordo comigo se eu solicitar?
    eu estou muito querendo sair de lá
    como devo proceder!
    trabalho lá há 2 anos.
    quais os criterios em que eu posso fazer
    para que ocorra demissão sem justa causa?

    • Vamos por parte …. quando você diz que faltou 14 dias você quer dizer faltas sem justificativas? Se for o caso, você ja corre um grande risco de ser dispensado com justa causa. Se os 14 dias que vocÊ deixou de trabalhar foi motivado por doença, então é outra coisa …. 30 dias de ausencia ao trabalho poderá caracterizar abandono de emprego …ou seja justa causa …. não existe uma quantidade de atestados que você pode “colocar” … a empresa irá pagar no máximo 15 dias seguidos ou alternados …ou se for o caso passará a questionar o atestado lhe encaminhando para o seu departamento médico e poderá não aceitar mais os atestados médicos. A empresa não é obrigada a fazer acordo. Se você quer mesmo sair da empresa o procedimento correto é pedir demissão, se você continuar querendo ser dispensado sem justa causa, dependendo da forma que se comportar poderá dispensado com justa causa. Então ….

  157. Boa noite!
    Trabalho numa empresa, onde uma das funcionárias foi demitida por justa causa, ela é técnica de enfermagem e ligou para a enfermeira comunicando que iria faltar ao serviço porque estaria de plantão em outro hospital, no dia seguinte ligou novamente dizendo que estava com um atestado de dois dias por isso não iria trabalhar, a administradora e a enfermeira foram até o hospital e comprovaram que realmente ela trabalhou no dia que apresentou o atestado. Ela foi demitida por justa causa. Esta funcionária já tinha duas advertências por faltar o serviço, uma alegou que tinha um churrasco pra ir, e a outra porque iria para o aniversário de seu companheiroa por isso não iria trabalhar, nas duas ela se recusou a assinar. Ameaçou a processar as duas funcionárias e que iria pedir danos morais. Gotaria de saber se o seu entendimento é difícil provar nesse caso a justa causa.

    • Bem, pelo que você relatou. a funcionária ja tinha duas advertencias pelo mesmo motivo, falta ao trabalho. Bem, a justa causa é compátivel com a falta, entretanto a questão básica é que quando o juiz venha a julgar uma condição dessa ele vai entender que a punição é ou não proporcional com a falta. Então, acredito que antes da justa causa poderia ter havido no caso uma suspensão ….

  158. Olá joselito,

    Fui mandado embora da empresa por justa causa, alegando desidia. trabalhava na mesma há dois anos e meio, e de uns tempos pra ca faltei duas vezes recebendo duas advertencias escritas. a partir dai comecei a sofrer perseguição dentro da empresa, qualquer coisinha era motivo de advertencia verbal e ameacas de uma outra advertencia com efeito de suspensão.

    A partir dai adoeci e faltei varios dias mais todos eles com atestados medico, um certo dia cheguei ao trabalho e fui impedindo de realizar minha função, me disseram que era pra eu limpar o chao da empresa toda, eu me recusei pois isso nao cabe a minha função que e a de Operador de maquina, fiquei o dia todo parado na maquina pois a ordem que recebi tinha sido essa..

    o superior alegou que eu nao poderia mais trabalhar na maquina pq ele nao podia adivinhar quando eu ia trabalhar ou nao, e por isso ele colocou um outro funcionario que e registrado com outra funcao pra trabalhar no meu lugar e me deixou parado.. e querendo de todo jeito que eu varresse chao, sendo que tinha servico na minha maquina.

    como eu na tinha nada o que fazer pq eles me proibiram eu comecei a ir no banheiro direto e ficar la por algum tempo.. e dai no fim do dia ele veio com uma advertencia alegando que eu tinha ficado muito tempo longe da maquina, sendo que nao tinha nada pra fazer e que eu nao poderia nem mexer nela segundo ordens.

    dai depois de mais uma falta minha justificada, lembrando que todas as faltas que cometi nesse tempo foram justificadas, ele veio e me ameacou dizendo que se eu nao pedisse as contas eu seria mandado por justa causa, ok! eu disse que nao pediria, dai ele me mandou embora por justa causa alegando desidia, eu nao cheguei nem a tomar suspensao por isso e ja fui mandado embora direto. eu assinei pq ficaram me pressionando, mais gostaria de saber se cabe recurso e se tenho chances de reverter?

    as alegacoes deles sao vagas demais.. me dispensaram por justa causa mais com raiva de mim por estar faltando com atestado do que ter um motivo real sobre isso.

    Obrigado, e gostaria desde ja te parabenizar pelo site, muito bem explicado e de facil leitura!

    • Pelo que entendi Alisson pela sua explicação aparentemente seu supervisor aproveitou de uma condição para efetuar a dispensa com justa causa. Com um bom advogado que possa verbalizar isto em sua defesa tenho certeza que poderá ser revertida, inclusive quanto a você ser obrigado a exercer um outro tipo de atividade que não era a sua e a forma com que foi repreendido, inclusive coagido.

  159. Joselito, muito obrigado por ter tirado minha duvida quanto a questão da dispensa por justa causa,mais hoje a pergunta é outra e espero que você possa me ajudar,vamos a questão:
    Perdi meu celular em um onibus em que o mesmo possui camera de segurança,liguei pra la e perguntei se na sessão de achados e perdidos constava meu celular, disserão que nao eu pedi para ter asseço as imagem mais disserão que nao tem jeito porque a camera nao filma todo o onibus so a metade a parte da frente justo a que eu estava sentado,então gostaria de saber oque eu posso fazer obrigado

    • Oi Felipe, isso não é bem a minha área, entretanto seria interessante você se dirigir pessoalmente ao setor, entretanto para que a liberação das imagens sejam feitas você teria de ter um BO da ocorrência ou entrar com um requerimento junto a empresa e esperar a resposta, se a mesma for negativa, não tem outro jeito só mesmo uma ordem judicial.

  160. Meu pai esta afastado por auxilio doença a 9 anos, agora recebeu uma notificação da empresa que foi demitido por justa causa, devido a um processo ocorrido a mais de 10 anos, no qual foi arquivado pela policia federal. Como pode ele ser demitido se esta sem vinculo com a empresa por se encontrar afastado? Ele vai completar 35 anos de firma agora em setembro. Quais providencias ele deve tomar se ele não assinou a carta de demissão?

    • Bem, para começar, se ele está afastado pela previdência o seu contrato está suspenso, portando ele não pode ser demitido enquanto não obtiver “alta” da previdencia. Poderia sim ser demitido por justa causa caso ataulmente tivesse comprovadamente comitod algum ato lesivo ou ofensivo a honra ou ofensas fisicas ao empregador, que parece não ser o caso e tratar-se de algo que ocorreu dez anos atrás. Mas, não vai ter jeito, procure um bom advogado e entre com uma ação trabalhista para reverter a demissão.

  161. Boa noite, Joselito

    Em primeiro lugar, parabéns pelo trabalho. Deveria haver mais pessoas assim dispostas.

    Em Dezembro último fui demitido por justa causa do meu emprego em uma empresa de Telemarketing conhecida e famosa pelos seus problemas na lida com funcionários. Após um período de quase 3 anos de trabalho incessante, no qual eu atendia ligações não somente de um produto (o que previa meu contrato), mas de vários, comecei sentir o peso do trabalho e a falta de estímulo em trabalhar. Faltei cerca de 5 dias. Compareci ao trabalho e recebi uma suspensão de 2 dias. Ao final dessa suspensão, mais desestimulado, faltei mais cinco dias sem justificativa. Recebi uma outra suspensão de três dias. Após essa, faltei mais alguns dias e quando compareci á empresa, fui demitido por justa causa, cuja alegação foi “sanção disciplinar”. Durante três anos, nunca recebi nenhum acompanhamento psicológico, nunca ninguém chegou para perguntar como eu estava. Pelo contrário, era de conhecimento de todos que a administração do produto pro qual eu trabalhava queria aos poucos ir eliminando os funcionários antigos. Além disso, normalmente, pra uma pessoa ser demitida, ela precisaria de uma suspensão de 1 dia, uma segunda de 2 e uma terceira de 3 dias, para então, na quarta, ser demitido.

    A minha dúvida é com relação a tudo isso, se é válido recorrer dessa demissão, pois penso que contribui muito para a empresa pra ser demitido quasee como um “criminoso”.

    • Marlon, como ja disse este tipo de dispensa com justa causa, onde a caracteristica é a desidia, sempre é um tanto subjetivo e vai dependner muito da interpretação do juiz, ele vai levar em conta o tipo de desidia e principalmente se e o empregador ja tem algum histórico envolvendo funcionários. Então acredito vocÊ deva sim recorrer.

  162. Boa tarde.
    A umas duas semanas fui mandado embora por justa causa com a alegação de desídia ( alegaram que eu estava derrubando constantemente as ligações)confesso que derrubei . As empresas de Call Center tem como provar apenas com relatório ? eu havia levado apenas 1 advertência e foi há mais de um ano. Eles não teriam que me dar suspensão primeiro?
    Além disso eu ia trabalhar todos os dias, batia as metas , sempre fui elogiado, e as demais pessoas da empresa faltam constantemente forçando demissão e sobrecarregando os poucos que estavam indo trabalhar. Vale a pena recorrer nesses casos?

    • Daniel, como ja disse várias vezes a questão de desidia é muito subjetiva, portanto depende muito da interpretação, principalmente do juiz que venha a julgar. Portanto sempre vale a pena recorrer.

      • Questões trabalhistas as vezes demoram anos para serem solucionadas. Em caso de justa causa por desídia os processos costumam ser mais rápidos?

      • Se não houver acordo, a demora é a mesma.

  163. Boa tarde.
    Trabalho em plantão (1 dia sim, outro não).
    Ontem, sábado, compareci ao meu trabalho normalmente e não assinei meu ponto. Fazia 2 dias que não assinava.
    Por volta de umas 9 hrs da manhã meu chefe pegou a folha de ponto e me deu FALTA tanto nos dois dias que não assinei, como no dia de ontem. Ele fez isso com a MAIORIA dos empregados. Digo a maioria porque ele simplesmente não aplicou a mesma regra pra 2 ou 3, já nos tratando com diferença.
    Minhas dúvidas:
    1. Ele pode mesmo fazer isso?
    2. Ele nos tratar diferente dos demais é algo correto?
    3. Ele pode descontar do salário?
    4. Se ele não descontar, posso/devo pedir uma declaração dele onde deve constar que aquelas faltas jamais existiram?
    5. Como trabalho em plantão, por que ele me deu falta nos dias que não são dias que trabalho?
    6. Mesmo que não desconte do meu salário, quais são os meus direitos?
    Aqui onde trabalho somos em torno de uns 20 no total. Todo mundo olhou os pontos na mesma manhã que ele deu as faltas. Temos uns aos outros como testemunha que trabalhamos e também há câmeras com as gravações.

    P.S.: NEM TODOS TRABALHAM EM PLANTÃO.

    • Luciana, para que eu entenda, preciso saber … primeiro em que tipo de trabalho você realiza? Este serviço em plantão que você realiza está previsto em contrato de trabalho e com anuencia do sindicato?

  164. Éverton, como ja disse a desidia não é tão facil ser caracterizada, pois tem uma parte subjetiva, onde as partes vão entender de forma diferente e até a justiça quando o julgamento poderá ter uma outra interpretação, entretanto tudo vai depender das provas que a empresa tem de tudo isso, e diria o seguinte, caso você tenha usado o seu nome verdadeira nesta consulta a empresa poderá inclusive utilizar destas declarações como prova.

  165. Ola,fui mandada embora por justa causa,ma nunca asinei nada. Gostaria de saber se posso voltar a trabalhar com a CLT assinada novamente? Na empresa q fui mandada embora trablhei por 1ano e 7meses. Como fica esse meu fgts? Não posso resgata-lo nunca mas? Fico no aguardo,

    • Bem Gisele, quando você é dispensada cm justa causa, em sua CTPS nada é descrito sobre o motivo da dispensa. Quanto a voltar com CTPS assinada no regime da CLT é claro que pode não existe nenhum tipo de impedimento. Quanto ao seu FGTS o mesmo continia vinculado em sua conta e você poderá resgata-lo nas formas da lei, quando da aquisição de uma casa própria, quando de sua aposentadoria e outros motivos autorizados pela justiça.

  166. Continuando… joselito… e esses tempos eu pedi para me trocarem pelo menos de periodo e nao me trocaram. Entao infelizmente tive algumas faltas tomei ao longo dessa empresa uma justificativa e duas suspensoes e nessa ultima tomei uma de tres dias corridos mais a minha escala é entao 12 x 36 ou seja a suspençao q eu tomei era de segunda a quarta, mas minha escala é um dia sim e um dia nao e so voltei no domingo achando que era para ficar suspenso segunda quarta e sexta… empresa me deu justa causa isso pode o q devo fazer.. eu nao assinei demissao!

    • André, provavelmente a sua dispensa ocorreu motivada pelo ato de DESIDIA. E continuo insistindo que esta FALTA GRAVE é uma das mais contraditórias pois depende muito de interpretação, Ou seja, ela é subjetiva e por vezes um julgamento terá várias interpretações dependendo da sua instância. Entretanto, por enquanto não tem como você fazer nada, se tem mais de ano faça a rescisão junto ao sindicato e homologue a mesma e constitua um advogado e entre com uma reclatória trabalhista, será a unica forma de resolver esta questão.

  167. Ola, fui mandado embora por justa causa alegando q eu estava efetuando mal tratos com os funcionários(falando alto e xingando)mais na verdade isso não aconteceu.o problema q 3 pessoas do setor q foram reclamar no sindicato de mim,antes de ter mandado embora por justa causa não deveria ter recebido uma advertência ou algum algo que me comunique q estou fazendo isso e aquilo?pois o setor tem 2 turno e tomava conta dos 2 turno e as pessoas q foram falar de mim lá era do turno da manha,mas antes de fazer isso não deveria procura saber c saber nos 2 turno sobre minha atuação dentro do setor?e não só do setor da manhã?

    • Fernando, na verdade não existe nenhuma necessidade por parte da empresa de antes de efetuar a dispensa com justa causa emitir cartas de advertências ou suspensão, dependendo da falta a empresa poderá efetuar a dispensa de imediato. Entretanto isto não quer dizer que a motivação seja real e legal, nestes casos não existe outra forma de poder confrontar e alterar o motivo da dispensa que não seja a justiça trabalhista. Se você está seguro que não tenho cometido tal falta deverá se cercar de suas provas materiais e testemunhais e entrar com uma reclamatória trabalhista.

  168. Trabalhei em uma empresa durante 12 anos , fiz de tudo lá ,muitas vezes chegava a fazer várias coisas ao mesmo tempo, a pedido da gerente , sempre me dediquei , mas no ano passado fiquei grávida , ao voltar de licença a maternidade , não tive com quem deixar minha bebê,conversei com a minha gerente ao voltar de licença que não haveria condições de voltar ao trabalho, por isso, pedi que me mandassem embora , comecei a faltar , e só ia uma vez por semana , enfim fui demitida por justa causa , por faltas .
    Gostaria de saber se posso recorrer , e se tenho alguma chance de ganhar na justiça os meus direitos ?

    • Oi Lucy, na minha opinião você não agiu da melhor forma possível. Apesar de um longo tempo trabalhando na mesma empresa, a empresa até poderia dispensa-la …. entretanto ela não era “obrigada” a fazer isso e você faltando sem justificativa acabou propiciando que a mesma efetuasse a dispensa com justa causa. Recorrer você até pode ….mas não acredito na reversão total para dispensa sem justa causa.

      • Oi Joselito,muitas vezes chegava a fazer outras funções que não era a minha , como cobrir férias da gerente ,entre outras coisas , posso entrar na justiça alegando “desvio de função”?Nesta empresa também já trabalhei como cartazista , e fui promovida a outro cargo, mas quando não tinha cartazista , a gerente sempre me pedia para fazer os cartazes da loja , além das tarefas que já tinha que cumprir na minha função.

        Desde já agradeço suas opiniões.

      • Bem, desvio de função no caso seria no caso que você de forma continua e não esporatica passasse a realizar um outro tipo de trabalho diferente daquele que você foi contratada. No caso seu eu acredito que seria mais uma acumulação de função.

  169. O que vc quis dizer que se uma pessoa levar uma justa causa, é difícil para o empregador provar os reais motivos para tal rescisão?

    • Bem, o eu quero dizer que a dispensa com justa causa é a ultima consequencia de uma punição, ou seja, não existe maior punição para um empregado dentro da legislação trabalhista que não seja a justa causa. Assim, deve ser utilizada quando não existe uma outra maneira de punir a falta do empregado. Portanto os juizes quando julgam uma justa causa na duvida eles sempre irão favorecer ao empregado, assim, a empresa que queira demitir um empregado com justa causa tem de estar 100% com a razão e ainda mais ter como provar isso perante a justiça com documentos e testemunhas.

  170. Boa Noite !!
    GOSTARIA QUE VC ME RESPONDESSE SE O SIGNIFICADO DESTA DECISAO É POSITIVO OU NEGATIVO PARA MIM, ESTOU MEIO PERDIDA EM RELACAO A MEU PROCESSO
    OBRIGADO SE FOR ATENDIDA

    17/09/2012

    Vara

    DECISÃO / DESPACHO

    Despacho: Inoportuna a produção de prova oral, pois já realizada audiência para tal fim neste feito, o qual tramita sob o rito sumaríssimo (ata das fls. 43/44). Ademais, a reclamante não impugna os documentos ora colacionados pela reclamada. Indefiro o requerimento. Dê-se ciência à reclamada. Intime-se. Após, voltem conclusos para sentença. Em 17/09/2012.

    • O despacho é favorável a você, o juiz não acatou um solicitação da RECLAMADA.

  171. Ola. Parabens pelo site. Trabalho a noite com rastreamento de carga a um ano e meio em uma transportadora de grande porte em escala 12×36. Sempre fui esforçado, elogiado, reconhecido e nunca tive sequer um atraso em todos estes meses. Certa vez um veiculo perdeu o sinal durante 6 horas e eu não consegui perceber e portanto realizar alguns procedimentos para tentar restabelecer o sinal. Foi a minha primeira falha deste tipo. Para o meu azar houve o roubo de carga neste veiculo e uma demissão justa causa desidia para mim. Este tipo de situação é corriqueira em gerenciadoras e no local onde trabalhava não era diferente, ou seja já ocorreu VARIAS vezes com outros operadores da mesma forma que ocorreu comigo, inclusive envolvendo valores absurdamente mais altos e nas ocasiões os operadores assinaram advertencias e nos casos graves foram demitidos sem justa causa ou fizeram acordo. Há muita argumentação acerca das causas desta minha falha que não convem citar aqui para não ficar muito extenso o texto mas Destaco como principal causa a sobrecarga de trabalho. Minha equipe estava REALMENTE MUITO defasada de funcionarios a meses em relação as outras. Os supervisores estavam cientes. Nesta area contigente é essencial… Pretendo acionar um advogado trabalhista para tentar reverter esta justa causa porem pergunto: Minha falha está documentada. Isso será suficiente para a empresa ganhar a causa ?
    De nenhuma maneira vou conseguir acionar meu seguro desemprego ?

    • Oi Luiz, o caso é dificil, a questão é aquela no lugar errado na hora errada, infelizmente se a transportadora tem a documentação referente a sua falha e isto tenha ocasionado um prejuizo acho um pouco dificil a reversão, entretanto, acho que você deva tentar, porque como ja disse várias vezes esta questão de desidia é muito relativo e vai depender muito do juiz, entretanto você só vai conseguir o seguro desemprego se judicialmente for revertida esta justa causa para sem justa causa.

      • Agradeço a resposta. Pergunto: e se ficar constatado que minha falha NÃO gerou prejuizo à empresa ? Seria mais facil reverter a justa causa ?

        Afinal quem ocasionou este prejuizo à empresa foi o “ladrão” que roubou a carga. (meu trabalho é, por meio de um programa de computador, identificar este tipo de situação e portanto agir acionando autoridades competentes na tentativa de evitar/amenizar o roubo e prender os suspeitos) Porem, só é possivel indentificar uma situação como esta se o “sistema” acusar algum alarme ou alerta que pudesse dar indicios de uma atividade suspeita. Não foi o caso. A perca de sinal, que foi o meu caso, dificilmente se enquadra neste quesito pois ela ocorre a TODO momento com toda a frota em diversos locais do País, tanto em função de falta de manutenção nos rastreadores como principalmente em função de areas montanhosas ou simplesmente sem sinal de celular….

        O que se tem registrado pela empresa portanto é que “não” foi enviado um comando eletronico de “TENTATIVA” de restabelecer o sinal. E cabe destacar que se ele funcionasse sequer seria suficiente para suspeitar do roubo pois ainda sim estaria dependente de algum alerta ou alarme do tipo : parada irregular, porta aberta, etc o que não ocorreu.

        Esse “comando” que eu não enviei serviria apenas para uma coisa: dizer pra seguradora que foi ” tentado fazer alguma coisa ” pra ela pagar a carga (que vai acabar ocorrendo de qualquer forma…)

        abraços !

      • Oi Luiz, vou repetir, a questão desidia é sempre subjetiva …. vai sempre depender do juiz que venha a julgar o teu caso, entretanto de provas na mão, procure um bom advogado e explique toda a situação, eu acredito que você poderá entrar com uma ação tentando reverter a situação. Não vai ser facil, entretanto nesta questão de instrumentos eletrônicos ainda é muito comum certas falhas … e isso tudo será levado em conta.

  172. Oi Joselito!
    Tive que faltar algumas vezes ao trabalho mais todas as faltas foram justificadas,quando retornei ao trabalho hj depois de ter faltado 3 dias diretos mais justificados,me rebaixaram de cargo,colocaram outra pessoa no meu lugar e eu no lugar dessa pessoa. o motivo foi que eu estava faltando muito,isso é legal?

    • Bem, primeiro a empresa não pode simplesmente “rebaixar” de cargo e consequentemente não pode mexer em seu salário para baixo, entretanto ela pode “trocar” você de função desde que as mesmas sejam compátiveis, ou, com sua concordância passar você para exercer uma outra determinada função. Então, procure indentificar realmente se foi um “rebaixamento” ou uma troca de função ….

  173. gostaria de saber se posso ser mandada embora pelo meu empregador jah que no mes passado levei duas suspensões e nesse mes vou levar mais uma. isso me daria uma justa causa??? quantas suspensoes posso ter por mes? lembro que tomei duas advertencia, uma suspenção e depois recebi outra suspensao, sem receber outra advertencia. aguardarei resposta.

    • Bem, não existe um numero “X” de advertencias ou suspensões para que o empregador possa efetivar a rescisão com justa causa, tudo vai depender do motivo, entretanto no seu caso especifico pelo que você mencionou ele irá realmente dispensa-la com justa causa.

  174. Boa noite, meu nome é Camila trabalho um call center a dois anos. por causar” prejuízo” a “empresa” pois eu estava fazendo um procedimento para não atender ligações e os outros são por atrasos e faltas; Essas incidências ocorreram mês passado e nesse. Faço faculdade a noite e a empresa estava-entreguei um boleto pago e depois comprovante de matricula ciente disso e abaixaram meu horário para 18h:40 visto que a faculdade começa as 19horas e demora 40 minutos para poder chegar lá. Só tirei férias esse ano em março, depois que aconteceu um problema particular e fiquei deprimida ai colocaram as férias. Eles não restituem o Epi imediatamente. Perdi o meu protetor auricular , solicitei outro-lógico imagina pegar uma bactéria ,inss!É tudo o que o que eu não quero, por que desejo sair de lar sem justa causa. Espero. Contudo ,a mais de duas semanas que solicitei o epi e não me deram-tive que arrancar de um fone que tenho em casa. Não consigo dormir direito (“ouço as pessoas reclamando o tempo “ acordo e não mais…)faltei ou deixei cumprir a carga por me sentir um vegetal ,algo improdutivo ou por ter vontade de chorar quando entro no local. Depois da suspensão subiram meu horário. E a minha supervisora disse que o melhor seria eu pedir as contas. Em fim, minhas dúvidas são: Eu ainda posso ser demitida por justa causa ,mesmo parando com a decidia? A supervisora deu uma cópia da suspensão para mim,a outra ficou com o rh e outra com ela.Ela tem o direito de ficar com a cópia,visto que consta meu cpf e assinatura e dela apenas o registro da empresa e assinatura ?

    • Camila, pelo que você contou, assim como ja vi outras reclamações do tipo de quem trabalhar com telemarketing, na verdade é uma tarefa bastante estafante e não é qualquer um que consegue “encarar” sem ter algum prejuizo. Infelizmente este é o tipo de serviço que algumas pessoas conseguem suportar outros não, e o melhor dos casos realmente é quando do periodo de experiencia a pessoa verificar se aquele trabalho lhe serve ou não. Infelizmente quero dizer que a empresa poderá sim dispensa-la com justa causa.

  175. Boa noite, meu nome é Camila trabalho um call center a dois anos. Recebi quatro advertências e uma suspensão; uma Por causar” prejuízo” a “empresa” pois eu estava fazendo um procedimento para não atender ligações e os outros são por atrasos e faltas; Essas incidências ocorreram mês passado e nesse. Faço faculdade a noite e a empresa estava-entreguei um boleto pago e depois comprovante de matricula ciente disso e abaixaram meu horário para 18h:40 visto que a faculdade começa as 19horas e demora 40 minutos para poder chegar lá. Só tirei férias esse ano em março, depois que aconteceu um problema particular e fiquei deprimida ai colocaram as férias. Eles não restituem o Epi imediatamente. E Perdi o meu protetor auricular , solicitei outro-lógico imagina pegar uma bactéria ,inss!É tudo o que o que eu não quero, por que desejo sair de lar sem justa causa. Espero. Contudo ,a mais de duas semanas que solicitei o epi e não me deram-tive que arrancar de um fone que tenho em casa. Não consigo dormir direito (“ouço as pessoas reclamando o tempo “ acordo e não mais…)falto ou deixei cumprir a carga por me sentir um vegetal ,algo improdutivo ou por ter vontade de chorar quando entro no local. Depois da suspensão subiram meu horário. E a minha supervisora disse que o melhor seria eu pedir as contas. Em fim, minhas dúvidas são: Eu ainda posso ser demitida por justa causa ,mesmo parando com a decidia? A supervisora deu uma cópia da suspensão para mim,a outra ficou com o rh e outra com ela.Ela tem o direito de ficar com a cópia,visto que consta meu cpf e assinatura e dela apenas o registro da empresa e assinatura ?

  176. olá…a minha duvida é a seguinte.A Mais ou menos uns dois anos atras trabalhei em uma empresa,porem muito boa ,ms tive a infelicidade de dar um atestado falso e consequentemente fui mandada embora por justa causa…e hoje eu gostaria de voltar,inclusive recebo ligaçoes de terceirizadas para processo seletivo desta mesma empresa.gostaria de saber se tem como eles saberem q eu ja trabalhei lá e se fica registrado em algum lugar como carteira de trabalho,pis q eu tenho uma justa causa?

    • Bem, em sua carteira de trabalho não fica nenhuma anotação, entretanto se a empresa for organizada ela deve ter anotações de ex-funcionários e com certeza vai estar registrado o motivo de saida.

  177. Boa noite,

    Trabalho hoje em dia para um site, sou do atendimento web, devido há alguns problemas pessoais/ familiares ( minha mãe sofre de pressão altíssima e passo por muitos problemas) não venho atingindo a meta estabelecida não pela empresa mas sim pelos chefe do departamento que seria de 220 e-mails diários. Desta forma ameaçaram me mandar embora por justa causa (DESÍDIA).
    Gostaria de saber se realmente se me enquadro nisto, ou seja, há realmente a possibilidade de eu ser mandado embora jusa causa por este motivo ?

    • A questão é a seguinte: Quando você foi contratado foi estipulado que o seu trabalho seria por base de metas. Constou alguma coisa em seu contrato de trabalho? Bem, se nada disso ocorreu e estas metas foram estipuladas sem nenhum critério se trata de alteração unilateral do contrato de trabalho, o que não é permitido, logo eles não poderão dispensa-lo com justa causa.

  178. ola eu estou processando a empresa que atualmente trabalho porque desde que eu entrei ela nao deposita meu FGTs e nao declarou 4 meses do meu inss, e fora quealguns meses atras eles atrsavam tiket de alimentação e salario. Faltei alguns dias sem justificativa, por causa disso, gostaria de saber se eles podem me mandar embora por justa causa, mesmo sabendo que eles nao depositaram meu fgts desde que eu entrei e pelo que eu procurei isso caracteriza roubo.

    • Bem, um erro não justifica o outro. Mesmo você estando com processo contra a empresa pelos motivos acima citados, o que acho justo já que a mesma não cumpre suas obrigações. Entretanto caso vocÊ comece a faltar sem justificativa a empresa poderá sim efetuar sua dispensa com justa causa, claro que isso poderá ser revisto na justiça, mas irá criar uma situação que talvez não seja necessária.

  179. Olá! Fui demitida por justa causa por faltas e atrasos, sendo que pra mim tem justificativas pra eles não. Claro que a obrigação do empregado é comparecer ao seu local de trabalho. Depois fiquei doente fiquei afastada pelo INSS e a minha instabilidade acabaria no dia 13/10/2012. Quando deram a minha demissão disseram que foi porque não atendi a ligação e estava conversando sobre perfumes. Fui na justiça pra tentar reverter pelos menos a justa causa na carteira. Será que tenho alguma chance?
    Agradecida.

    • Bem, como ja disse várias vezes a subjetividade da dispensa com justa causa por desidia irá sempre depender do juiz e das provas apresentadas pelo empregador, se não forem bastante convincentes as chances estarão sempre favoráveis ao empregado.

  180. Boa tarde!
    Preciso de uma ajuda urgente.Fui despedida por justa causa devido a entrega de 2 atestados falsos, não assinei nada, mas confessei para o chefe, não fui na homologação poque eu estava muito mal, fiz no desespero pois minha mãe que era a única pessoa que poderia ficar com ela p/ eu ir trabalha, não poderia mais, fora que antes disso a empresa estava agindo muito mal com os funcionários, e muitos colocaram na justiça e pediram demissão, mas no desespero de não querer pedir demissão e perder os direitos, levei esses atestados, depois de alguns meses chegou uma intimação para eu comparecer na delegacia e prestar declaração sobre o procedimento investigatório para apurar uso de documento falso- autor. Estou muito assustada, eu assumi meu erro e pensei que daria esses problemas maiores, estou muito arrependida, não sei oque fazer. Quais serão as consequência com isso, como devo proceder para acabar logo com isso. Obrigada pela atenção e ajuda.

    • Bem, vamos por parte, o atestado médico é considerado falso quando é emitido e o médico que o atesta não é médico, ou a sua assinatura é falsificada, ou o próprio usuário rasura na tentativa de aumentar a sua validade. No seu caso especifico acredito o atestado é falso por não representar a realidade, não importando se assinatura é falsa ou o mesmo é “comprado”. A emissão e a utilização do atestado médico é crime, portanto a empresa para não ter problema posteriormente com a justa causa ela está se cercando de provas, ou seja, fez um BO, onde a delegacia vai apurar a falsidade real do atestado, quem emitiu, e tentar punir os culpados, o médico, o falsificador e o usuário. Entretanto, infelizmente a justa causa está consumada e nada mais você poderá fazer, até a justiça trabalhista não irá reverte-la. Qunato a policia, como você ja confessou, o que deve fazer é mostra-ser arrependida e tentar ajudar no máximo a investigação. Acredito que não terá maiores consequencias.

  181. senhor Joselito Bortolotto tenho tres adivertencias uma por falta por comportamento e a utima por um erro de trabalho e fui mandado embora por justa causa, e nao sei se eu tenho como ganhar na justiça meus direitos nao sei o que fazer .

    • Tres advertencias ….bem, não tendo sido punições pelos mesmo tipo de faltas, acredito que você tem grande chance de reverter esta situação junto a justiça trabalhista.

      • obrigado

  182. Olá Joselito Bortolotto. Primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pelo site. A situação é a seguinte: estou trabalhando faz quase 7 meses e recebi uma advertencia por equivocos operacionais. A verdade é que este é meu primeiro emprego, e tanto minha chefe, quanto minha supervisora não admitem que eu tire minhas duvidas com elas, ou quando permitem, sempre reclamam uma para outra que pergunto muito. No entanto, sempre deixei claro que nao possuia experiencia nessas operações, oralmente na entrevista e impresso no meu currículo. Posso ser dispensado por desidia?

    • Bem, depois de 7 meses de trabalho, e tendo passado no período de experiencia é de se acreditar que você tenha aptidão para aquilo que está fazendo. Então esta questão de desidia, como sempre digo, é muito relativo. Se este periodo que você está trabalhando é o suficiente para você ganhar “experiencia” a sua forma de trabalhar não for condizente, a empresa poderá interpretar como uma forma de desidia.

  183. uma colega de trabalho testemunhou a favor de uma cliente que eu, num momento de discussão chamei de burra e otária. Isso pode ser considerado justa causa?

    • Pode.

  184. Ola Joselito td bem? Parabenizo vc pelo site.Minha esposa trabalha em uma loja. uma senhora disse que ela a tratou mau pelo telefone. e levou uma suspesão de três dias sendo que esta gravida de 4 meses. Ela pode ser mandada embora por justa causa.

    • Bem Rodrigo, se a cliente fez uma reclamação formal para a dona da loja de um tratamento inadequado pela sua esposa, e a empresa acatou esta reclamação e entendeu que a cliente estava com a razão, em principio ela poderia tomar alguma atitude, que seria desde uma advertencia verbal até uma suspensão, uma justa causa por este motivo seria uma pena um tanto quanto abusiva. Mesmo estando sua esposa grávida, portanto tendo a chamada estabilidade provisória garantida, ela não pode ser dispensa sem justa causa, entretanto a empresa poderá dispensa-la com justa causa, desde que haja um forte motivo para que isto ocorra.

  185. olá, preciso de ajuda!
    Sou ex vendedor de uma loja de calçados fikei quase 3 anos lá e a 3 dias atrás fui demitido por justa causa por meu gerente.
    Ele alegou que eu estava chingando clientes coisa que eu não fiz, de eu ter chegado atrasado em um domingo coisa que até as cameras da loja provam que eu não fiz, e além de ficar me ameaçando dizendo que eu jamais seria mandado embora e que não sairia nem com o seguro desemprego, e ainda tentou me mandar por justa com mas uma suspenção mas eu falei que estava indo pela justa que ele tinha falado antes e que ia pra justiça atrás dos meus direitos. A tempos vinha me ameaçando com justa causa pq eu tinha falado pretenção em sair da empresa e eles não queriam falei com um supervisor da empreza e ele falou que ” talves” se eles resolvessem talves teria um acordo se eu batesse 3 ultimas cotas e após isso ”talves uma negociação” esse supervisor outra vez tinha me ameaçado a me mudar pra uma loja distante da minha casa pra ” rapidinho” nas palavras dele eu pedir conta e tals… e quando liguei nele ele falou: ou se bate 3 cotas e talves conversamos ou se pede demissão. Mas complico apesar de voltar com força total ao serviço meu gerente sempre me tirava do salão de vendas tentava me obrigar a fazer serviço de outros funcionários e além de qualquer coisa sem motivo retirava minhas vendas onde sou comissionado e a passava para outro vendedor da equipe! também falava que eu não teria chances de trabalhar em outro local no máximo outras lojas que pagariam bem menos, menosprezando meu trabalho.além de tudo isso normamente passavamos do nosso horario normal no serviço onde nunca foram pagas horas extras e muito menos vale alimentação! hj é dia 2 de novembro sai dia 30 de outubro e ainda não entraram em contanto comigo no final de 30 dias eles podem alegar abandono de serviço contra min? sendo que eles me mandaram por justa causa e eles que não entraram em contato? aguardo contato obrigado!

    • Bem, para que eles tenham dispensado com justa causa deveriam ter feito isto por escrito e declarando por qual falta grave você estava sendo demitido. Se isto não ocorreu você deve retornar a empresa e solicitar que isto seja feito por escrito, se a empresa se recusar a fazer você deve ir ao seu sindicato e explicar a siautação e pedir que haja uma intervenção …..e faça se possivel tudo por escrito.

  186. Bem, eu tive duas advertencias assinadas de 1 ano para cá por motivo de faltas não justificadas, problema de saude na familia. Mes passado ganhei uma suspensão de 1 dia, não tive mais nenhuma falta mais ocorre que as vezes chego atrasado no serviço cerca de 5, 10, 20 minutos. terça feira 16/11 tive mais uma suspensão de 3 dias, devendo voltar amanha (19/11) as 13:30 al trabalho, sendo que do próximo atraso sera dado minha conta por justa causa. Minha pergunta é: Se eu não tiver mais faltas. e demorar tipo 1 mes e chegar uns 10 minutos atrasado posso ganhar a justa causa?

    • desculpe. juspensão de 3 dias de 06/11 a 09/11! é muito importante essa minha pergunta aguardo resposta, obrigado.

    • Vamos por parte, faltas sem justificativas, ou justificativas que não estão dentro da lei, assim como atrasos frequentes inclusive com o histórico de advertencias e suspensão, tenho que confirmar que infelizmente você está caminhando para ser dispensado com justa causa por desidia. Vamos ver que o diz o artigo 58 da CLT § 1º Não serão descontadas nem computadas como jornada extraordinária as variações de horário no registro de ponto não excedentes de cinco minutos, observado o limite máximo de dez minutos diários. (Parágrafo acrescentado pela Lei nº 10.243, de 19.06.2001, DOU 20.06.2001).
      Então a empresa só poderá puni-lo caso estes atrasos excedam a 5 minutos de forma continua então estará sendo caracterizado a desidia e negliglência.

  187. Bom queria saber o seguinte. Trabalho em um callcenter a nove meses, mais infelizmente o emprego tem me trago problemas de saúde presão alta e estresse altissimo. Ja conversei com eles para me mandarem embora, mais como nenhuma empresa quer perda o seu eles não mandam, ainda mais sabendo que o empregado quer sair. Ai me deram duas advertência uma por uma falta e a outra por a monitoria ter pegado uma ligação que eu não atendi. Ai nos ultimos dias tenho saido cedo do serviço ou seja dando algumas saidas antecipadas e as vezes tambem vou trabalhar vou em outros horarios, pois o meu supervisor me disse pra não faltar e sim ir em outro horarios quando eu precisar o nos ultimos dias estou tendo muito trabalho da faculdade ate projeto eu estou montando então meu tempo é muito curto. Creio que isso que estou fazendo me daria uma justa causa. Mais no meu caso seria melhor eu pedir demisão? e quais seriam meus direitos pedindo conta?

    • Eu acho que você deveria pedir demissão … você irá receber seus dias trabalhados e o proporcional de 13. salário e férias ….

  188. Obrigado pela resposta,mas no caso perderia FGTS e seguro desemprego. e infelizmente preciso de dinheiro por mais alguns mêses quem faz faculdade é osso ficar sem dimdim. Vou esperar ate janeiro para ver se eles me mandam embora.

    • Bem, então o negócio é tomar cuidado para que eles não justifiquem uma justa causa.

  189. ola meu nome é fabia trabalho numa loja de tenis a 1 ano ha dois meses nao bato meta e ja me deram 2 advertencia por isso , gostari de saber se isso é certo. nesses meses q nao bati meta fiquei muito doente gostaria de saber se posso ser demitida por justa causa

    • A questão é a seguinte. Meta na area de vendas é mais ou menos como produtividade da area de produção. Se o funcionário foi contratado para trabalhar na area de vendas ciente que tinha um salário fixo + uma comissão para um determinada cota, e esta cota não é abusiva e outros funcionários conseguem desempenhar a venda, aquela cota passa ser um padrão de produtividade. Se um determinado funcionário que antes cumpria suas metas e agora não cumpre mais, pode sim ser entendido como desidia em sua função.

  190. Ola..gostaria de saber se posso processar meu chefe..pois ele descontou 1 dia do meu pagamento..foi bem em um feriado.. tenho testemunhas de que trabalhei neste dia..e bati o cartao ponto..
    obrigado

    • Bem Robson, feriado [e um dia que vocÊ ganha sem trabalhar, desde que não tenha nenhuma falta na semana deste feriado. Sendo assim não poderia haver desconto do feriado, a não ser que vocÊ estivesse compensando um outro dia ….. e tamb[e, não tivesse trabalhado para compensar, assim teria sido uma falta normal. Entretanto caso você tenha trabalhado do feriado, simplesmente você deve recever em dobro por este dia trabalhado. Quanto ao processo, acho que não é cabivel, o correto será ele reembolsar este dia de trabalho.

  191. meu filho tem 3 meses sair um mes antes de licensa pois nao aguentava trabalhar e agora queria mudar meu horario pois trabalho das 13:40hs as 22:00 e quero trabalhar das 07:00 as 14:20 eles tirando meu intervalo pois encaixaria com o horario do meu esposo , se ele nao quiser fazer isso e eu querer ir trabalhar apenas 1 vez na semana ate acabar a minha estabilidade pra mim fazer um acordo , pode ocorer uma demissao justa causa por parte deles . ou nao posso ser demitida . trabaharei apenas 1 vez por semana . obrigado .

    • Bem, na verdade você não pode abrir mão da estabilidade ….você pode tentar um acordo para a mudança de horário, entretanto empregado e empregador devem concordar e firmar por escrito. Entretanto caso você por conta própria adotar um outro horário diferente daquele habitual estará incorrendo em indisciplina e poderá ser dispensada com justa causa.

  192. fui mandado embora do meu serviço por justa causa,so que antes eu ja queria sair e ele senegava a me mandar embora e falava que se eu quisesse era pra mim pedir conta pois ele nao iria perder nada pra mim,entao comecei a faltar pois ja avia entrado na justiça ai ele me deu justa causa,corro risco de perder essa ação? obrigado

    • Bem, não entendi bem …. você entrou na justiça antes de ser demitido? Por qual motivo? Entretanto se as suas faltas ~são injustificáveis é caso de desidia e ai a a empresa pode sim efetuar a dispensa por justa causa.

  193. Trabalho em uma empresa de Call Center que representa uma operadora de telefone, trabalhava na campanha de retençao de voz e desde agosto estava na retençao de banda larga, estava na empresa desde dia 11/04/2011, na minha carteira é assinada como representante de atendimento e no contra cheque esta como representante de retenção, sendo que serviço de SAC nós tinhamos tambem que realizar, não podia transferir, mesmo não sendo do nosso setor e mesmo tendo um setor especifico. Sempre achei errado, pois se são dois trabalhos diferentes, teriamos que receber dois salarios então, ou ganhar como operador de telemarketing, sendo que fazemos a mesmissima coisa. Ontem me mandaram embora por justa causa, meu supervisor alegou que foi por fraude, pois quando você retem um cliente que quer cancelar, você registra isso no sistema, ele estava com um papel me mostrando que haviam retidos do dia 14 de novembro, de clientes que retive em outubro apenas, e que nao tinham ligações dos mesmos nesse mes de novembro. Apesar de constar meu longin pessoal, não realizei tal ação. Nesses quase dois anos de empresa, só faltei apenas 3 vezes (em periodos diferentes) e sempre com atestado. Nunca cheguei atrasada, nunca descumpri com nenhuma norma, nunca sequer recebi advertencia e agora me acontece isso. O que fazer? Posso recorrer e exigir meus direitos, ou do que me acusaram é realmente motivo para justa causa?

    Aguardo resposta,
    Grata.

    • Franciely, a questão é a seguinte, apesar da nominação de sua função, quando você foi contratada acredito que assinou um contrato onde constava qual seria a sua função ….. caso os serviços tenham sido correlatos estendo para uma semelhança inequivoca e outro serviço o cargo não tem um valor maior de salario não há no que se falar em salário em dobro. Entretanto é bom verificar em detalhes o contrato que você assinou. Quanto a dispensa com justa causa motivada por fraude, caso a empresa consiga provar que o seu login era inviolável e você ou seu advogado não conseguir provar o contrário a justa causa será levada adiante, caso contrário é possível rever o caso. Entretanto não pode ser diferente, apenas na justiça que você vai conseguir uma reversão, então, não pode ser diferente, contrate um advogado e entre com uma reclamatória trabalhista.

  194. Outra duvida com relação ao meu comentario acima, o que perco nessa justa causa? Tenho um valor de 13º pra receber amanhã, perco esse valor? Tenho o salario total do mes passado, mais os 11 dias que trabalhei ate ontem. Tirei ferias em maio desse ano. Me disseram tambem que o vale transporte e o ticker alimentação (que é um beneficio da empresa) vão me descontar todo o valor que caiu. Não concordo com a ação deles, nunca dei motivo. Quero saber se posso recorrer, porque sistema é falho, mesmo se eu tivesse feito tal ato de acusação, papel não alega nada.

    • Recorrer você sempre pode, como ja disse anteriormente você deve entrar com uma ação trabalhista para que a justiça possa julgar conforme as provas que forem apresentadas. Entretanto neste momento eles deverão pagar todos os seus dias trabalhados … você deixa de receber o 13. salário, não recewbe as férias proporcionais e quanto ao vale alimentação e vale transporte eles irão descontar pelo total referente aos dias que você não trabalhou.

  195. TRABALHO COMO EMPREGADA DOMESTICA HA UM ANO E CINCO MESES FUI DEMITIDA ESTOU CUMPRINDO AVISO MAS MINHA PATROA QUER DESCONTAR 20 DIAS QUE ELA VIAJOU ISTO E LEGAL ELA PODE DESCONTAR DO MEU ACERTO ESSES DIAS AGUARDO RESPOSTA OBRIGADA

    • Bem, a pergunta é, quando ela viajou você deixou de trabalhar e recebeu ou não? Depois de um ano e cinco meses você tirou suas férias? Assinou o recibo? Sua patroa lhe pagou?

      Sem estas respostas fica dificil entender o caso ….

  196. Oi, fui chamada pela empresa pra assinar uma advertencia, por atraso, não assinei porque os horarios estevam alterados, no memo dia me mandaram assir outra advertencia alegando o mesmo motivo, como a primeira os horarios estavam alterados, também não assinei. Então devido duas advertencias, me deram uma suspensão. Fiquei em casa duranete 3 dias, quando voltei, depois de uma semana, me chamaram novamente, pra eu assinar outra advertencia, achei um absudo porque eles mentiram, não cheguei atrasada, nem sai mais cedo do trabalho. Não assinei novamente… pediram minha carteira, mais não me deram nenhum tipo de documento que provasse que estou de aviso, eu pedi mas não deram. à 5 dias fiquei sabendo por uma funcionaria, que eu seria demitida por justa causa. Minha duvida: eu assino ou não a rescisão, porque se ele me demitir por justa causa, eu coloco na justiça.

    No aguardo

    • Realmente é uma situação bastante estranha. Entretanto aguarde o pronunciamento da empresa e peça assistência do sindicato para fazer a rescisão, mesmo que você tenha menos de um ano de registro. Quando do momento da rescisão do sindicato faça constar no verso da rescisão o seu desacordo. E a partir procure um advogado e de entrada numa ação trabalhista.

  197. Oi, quero tirar uma dúvida, a mais ou menos uns 6 meses estou querendo sair da empresa em que eu trabalho. Trabalho em um call center, onde minha carteira é assinada como agente de serviços, porém faço o trabalho de back office, não concordo com muitas coisas na empresa, o trabalho é muito estressante e a cobrança e ameaças são constantes. Tudo que os funcionários fazem, são ameaçados de advertência e suspensão. Enfim, tive que faltar no trabalho pois minha filha estava passando mal, porém não tenho comprovante pois não a levei ao médico, levei uma advertência, depois a empresa que deu outra advertência por ter faltado 2 dias, devido a uma campanha que daria folga e foi anulada 1 dia antes de anunciar os ganhadores, faltei pois não concordava com isso. Já conversei com a minha supervisora que não dá mais pra mim, porém parece que foi pior, agora ela me persegue e tudo fala que vai me dar advertência e suspensão, eu tenho dores de cabeça todos os dias, vejo muita coisa errada na empresa e fico muito mal psicologicamente, não estou aguentando a pressão, passamos por constrangimento em frente aos colegas de trabalho, não queria pedir demissão, pois quero receber meus direitos. Hoje eu levei outra advertência, pois tenho chego atrasada porque acordo muito cedo e tenho que levar a minha filha na babá antes. Agora com 3 advertências tenho medo de a empresa me dar uma justa causa, pois não tenho mais condições psicológicas de ficar na empresa e não tenho mais com quem deixar a minha filha para ir trabalhar, já que quem tem feito um favor de olhado ela é minha mãe. Esta claro para mim que a supervisora quer me levar a justa causa, agora quando ela me der advertência, eu assino ou não? oque faço, estou desesperada.

    • A sua questão é parecida com outras deste mesmo tópico e ligada também a empresa de call center. Na verdade este é um tipo de trabalho que nem todas as pessoas tem condições de executar, exatamente porque exige demais do funcionário. A empresa faz uma pressão psicológica, onde busca alcançar metas. A questão é a seguinte, tem de haver uma divisão correta onde a empresa exige uma produtividade dentro de parâmetros aceitáveis ou algo superior as forças dos empregados. Se este parâmetro é compatível com o mercado ela pode exigir que você cumpra suas metas e efetuando as correções caso isto não aconteça, por meio de advertências e suspensões. Assim o que eu sempre digo, dentro do contrato de experiência o próprio funcionário pode avaliar se aquele tipo de serviço corresponde ao seu perfil e vendo que não conseguirá trabalhar sob aquele tipo de pressão tem de no final da experiência pedir para sair. No seu caso especifico tudo leva a crer que a empresa poderá lava-la a uma justa causa sim, que depois terá de “brigar” na justiça.

      • E você acha que eu tenho alguma chance de reverter essa situação na justiça caso isso aconteça?
        já que amigavelmente não estou conseguindo nada, não vejo outra alternativa a não ser continuar lá pra ver no que vai dar porque pedir pra sair eu não vou, pois preciso sair de lá com algum dinheiro pra me manter até eu arrumar outro emprego e arrumar alguém pra ficar com a minha filha, enfim, resolver minha vida. Estou fazendo meu trabalho, batendo meta e chegando no horário, assim eles não vão ter como me dar mais advertências e suspensão, porém vou ficar colocando atestado até eles desistirem e me mandarem embora e assim pagar os meus direitos.

      • Bem Suellen, chance sempre tem, então o negócio é deixar acontecer ….

  198. trabalho em uma empresa a 1ano e 1 mês, engravidei mas tive emoragia tive que faltar procurar medico e não consegui atestados pra todos os dias que faltei,perdi o bebe mas continuei tendo emoragia continuei procurando medicos mas não tenho atestados ,eu sou plantonista e gostaria de saber se corro o risco de ser mandada embora por justa causa?

    • Infelizmente Regiane corre sim o risco de ser dispensada com justa causa por causa das faltas sem justificativas ….. entretanto caso a empresa não efetue a demissão e deixe passar não poderá futuramente efetuar sua rescisão por este motivo, estará implícito que caso ela não tome nenhuma atitude que ela tenha aceitado e concordado ….

  199. Boa tarde;
    No mes de dezembro fui dispensado por justa causa, os motivos alegados pela embresa foi insubordinaçao e indiciplina, a empresa ja tinha pago a primeira parcela do 13º e com a demissao nao recebi a segunda parcela. Quais os meus direitos? Tinha 3 meses e meio de registro. Sera q teria o direito da segunda parcela do 13º ????

    • Bem, você sendo dispensado com justa causa perde o direito inclusive ao 13. salario …. os seus únicos direitos seriam os dias trabalhados … entretanto caso você não concorde com a justa causa deverá recorrer a justiça trabalhista com o objetivo de reverter esta demissão passando para SEM JUSTA CAUSA.

  200. a empresa onde eu trabalhava medeu uma justa causa para não mepagar no ministerio do trabalho apareceu com os papeis da justa causa o fiscal do trabalho leu os papeis e disse que os papeis não valem nada e que não servem para dar justa causa e medisse que era para min assinar se eu quizese eque se eu entrase na justiça eu ganharia a causa fasil sem trabalho nenhum ja estou ha 7 meses com a carteira sem ter sido dada baixa ate hoge entrei na justiça mais queria saber receberei os salarios desde da minha saida ate abaixa da minha carteira de trabalho quando eu ganhar a causa na justiça coisas como ferias 13 fgts regularizado e etc…..

    • Não …. você receberá a sua rescisão como dispensa sem justa causa com data da saída constante na baixa da carteira, provavelmente a justiça irá condenar a empresa a pagar o aviso prévio e mais seus direitos trabalhistas até a data da rescisão …. poderá o seu advogado ter pedido perdas e danos então poderá o juiz arbitrar alguma coisa neste sentido, entretanto fica valendo a data da rescisão …..

  201. olá joselito, é verdade ou mentira que as empresas podem descontar na rescisão de contrato atestados médicos em muita quantidade? existe uma quantidade de atestados aceitável?

    • A empresa é obrigada a pagar os 15 primeiros dias de afastamento do funcionário ….. então quando os atestados médicos ultrapassam ao período de 15 dias motivados pelo mesmo motivo ou doença igual o semelhante a empresa fica desobrigada a efetuar o pagamento caso os atestados ultrapassem 15 dias … assim o empregado deve procurar a previdência social para que ela assuma o pagamento de período superior aos 15 dias …… então na verdade não é quantidade de atestados e sim a quantidade de dias. Entretanto caso a empresa possua um Departamento Médico ela também poderá rever estes atestados e não aceita-los em sua totalidade. Então, sem saber exatamente que tipos de atestados fica difícil responder com certeza.

  202. Olá joselito… gostei muito do texto, o achei muito esclarecedor.
    Mas gostaria que me ajudasse com uma duvida.

    Sou cartazista (cartazes de loja), trabalhei durante 3 anos e 5 meses em um supermercado. Hoje fui demitido por justa causa justificada por Desídia. Durante meu primeiro ano, ganhei algumas advertencias por atrasos. No 3º mês do segundo ano que fiquei na empresa fiz um cartaz para um amigo de fora da empresa sem autorização de meus superiores e tomei uma suspensão de 3 dias, me falaram que eu tinha sorte por que eles poderiam ter me dado justa causa, só não me deram por que eu era um funcionario importante pra eles e que eles confiavam muito. Depois disso, alguns meses depois, Acumulei mais de 10 advertencias por atrasos e tomei mais uma suspensão de 1 dia. a partir daí melhorei muito meu cumprimento dos horarios.
    Daí saí de férias e voltei para começar o meu terceiro ano na empresa. Alguns dias depois me atrasei 20 minutos e me deram mais uma advertencia. dois dias depois bati meu abraço na cabeceira da cama e o celular caiu e saiu a bateria e perdi a hora do serviço chegando 13 ou 14 minutos atrasados. Aí me deram a segunda suspenção por atrasos frequentes sem justificativa.
    Desde que assumi a função de cartazista, faço a minha e uma segunda função, a de pesquisador, eu saio pesquisando nos outros mercados. Nestes 3 anos e 5 meses de empresa faltei ao serviço penas uma vez, por estar com dores e justifiquei com declaração do posto medico que fui atendido dentro do horario do meu expediente. Sempre trabalhei todos os feriados em que me escalavam, sempre fiz hora extra e sempre desempenhei o meu melhor no trabalho. Até locução eu já fiz nesse mercado ( no periodo do fim do meu 3º ano de empresa, pois precisavam de um locutor pra um projeto relacionado a copa do mundo 2014 ) Os meses que fiz locução oficialmente a empresa me pagou.
    Diante disso tudo. Eu li nesta pagina desse site http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/justacausa.htm , que Desídia é uma falta grave seguida de repetição de faltas leves que demonstram ao empregador o desinteresse do empregado para com as suas funções.
    O RH da empresa falou uma vez que poderia me dar justa causa por desidia por causa dos meus atrasos, por que isso mostra desinteresse, bom, hoje isso foi feito. Já fui no sindicato e vou recorrer. Tenho provas como fotos e um video, das coisas que já fiz dentro daquela empresa, para provar que nunca estive desinteressado, e mais, a mais de 1 ano e meio venho esperando uma promoção que me prometeram. Será que funcionario desinteressado faz duas funções, quebra galho fazendo locução e ganhe uma promeça de promoção?
    Diante de tudo isso, o que você acha que vai acontecer comigo nessa ação pra reversão da justa causa? Eu tenho chance de ganhar? Posso alegar desvio de função por causa da pesquisa?

    Se você puder me dar uma orientação eu agradeço muito! quanto mais informação melhor!

    Muito obrigado. Aguardo a resposta.

    • Sempre existe a chance de reversão, e sempre irá depender do juiz que irá julgar a ação, porque como já disse várias vezes a desídia é um fato muito relativo e vai depender muito da interpretação da justiça, entretanto por tudo que você relatou, acredito que no final de tudo caso haja um acordo parcial ficará de bom tamanho.

      • E a pesquisa? você acha que é desvio de função?
        Pois eu era cartazista, fui contratado pra fazer cartazes de loja, não para sair do mercado pra pesquisar preços nos outros sujeito a tomar chuva, ser assaltado e atropelado.

        Obrigado por responder o meu primeiro post. Já esta me ajudando muito!

      • Jonatan a questão ainda é relativa ….vejamos você foi contratado como cartazista … esta é a função que consta em sua carteira e contrato de trabalho? Digamos que conste lá esta função …. entretanto o seu empregador pode vir a descrever a sua função onde para desenvolver determinado tipo de cartaz era necessário buscar inspiração externa, inclusive indo até aos concorrentes para “ver” o que e como estava sendo feito para ai então você desenvolver um bom cartaz …. entretanto se a sua pesquisa ou saídas externas nada tivesse relação com sua função de cartazista realmente foi um desvio de função …

      • Valew Joselito! Muito obrigado mesmo!

  203. Ola…
    A uma semana atras fui mandada embora por justa causa, por causa de um erro que cometi, fiquei super sem chão e acabei assinando a rescisão, e no outro dia entreguei a carteira, dias depois com a cabeça no lugar, passei achar injusto a demissão, pensei em procurar um advogado para analisar o meu caso, mas tenho duvida se por eu ter assinado e entregado a carteira, se caso eu entrar na justiça, e ganhar a causa, teria como reverte essa justa causa, independente de eu ter assinado ou não??

    • Vamos por parte, se você tiver mais de um ano de trabalho, necessariamente a rescisão de contrato deveria ter sido realizada no sindicato da categoria. Mas, independente de qualquer coisa a sua assinatura não significa que você tenha concordado com a demissão apenas reflete que você recebeu o que a empresa lhe pagou e você tem todo o direito de recorrer e não sei o motivo da demissão por justa causa, mas, sempre haverá o direito da interpretação da justiça.

  204. oi joselito boa dia kra, então eu fui mandado embora por justa causa, porque tomei 3 advertências devido a desidia e uma suspensão, eu fiquei lá na empresa que era um supermercado 2 anos e 6 meses, eu não queria trabalhar mais lá por insatisfação, quando eu era empacotador eles mandavam fazer entregas na casa dos clientes de carrinho de supermercado fazia a entrega voltava e tinha outra pra fazer, isso eu ficava das 8:00hr’s as 13:00hr’s da tarde fazendo entregas eu e mais umas 4 pessoas e quando não tinha entregas ficavamos repondo mercadorias coisa que não eramos contratados para fazer pois tinham repositores para isto, tinha vez que não tinha horario pra eles me mandarem almoçar só poderia almoçar quando eles mandavam e o resto do dia até as 6 da tarde faziamos praticamente a mesma coisa que de manhã, de fim de semana eles mandavam eu limpar o refeitório coisa que era pra faxineira fazer, teve umas vez que mandaram eu e mais uns colegas de trabalho limpar a garagem do serviço,tinha vários entulhos, papelão, caco de vidro, madeira e etc, sem nenhum equipamento de proteção, mandavam eu limpar também um quarto que tinha notas fiscais e caixas tudo empoeirado eu tenho problema de renite e tambem sem nenhum equipamento de proteção, mesmo eles sabendo do meu intuito de querer ser mandado embora eles me promoveram de cargo para repositor eu aceitei achando que eu iria animar em elhorar alguma coisa ai enfim não animei nada foi quando eu tomei as 2 advertencias finais eu tomei uma advertencia como empacotador e 2 como repositor sei que estou errado nesta parte devia ter pedido mesmo o desligamento da empresa, ai quando subi de cargo eles disseram q eu não precisava mais fazer entregas de carrinho de supermercado quando eu virasse repositor e que não trabalhava de domingo, ai eles mesmo assim mandavam eu fazer entregas e me punham para trabalhar alguns domingos sem repor as folgas e faziam balanços que começavam 1 da tarde e acabam 11 da noite com 15 min. de pausa, ai acabei tomando suspensão e fui desligado por justa causa.

    com estes meus argumentos que eu tenho, tenho como comprovar com testemunhas posso recorrer na justiça para reverter a justa causa? vou colocar a empresa no pau, mas se eu não conseguir reverter eu posso perder algumas entrevistas de empregos com esta minha justa causa?

    dependendo do que acontecer te mandarei noticias valeu abraxx josélito ^^

    • Oi Thiago, o seu caso é muito parecido com o do Jonatan … até parece que vocês trabalhavam no mesmo mercado e foram dispensados na mesma data …..bem a resposta é praticamente a mesma que dei para o Jonatan …. entretanto se vocês são amigos ou conhecidos quero esclarecer que a justiça não irá aceitar a troca de testemunhas .. a ideia é arrumar testemunhas que não tenha nenhum envolvimento com a causa da demissão.

  205. Joselito bom dia,
    Estou com uma duvida e gostaria de saber se você pode responder? fui dispensada da empresa em setembro com aviso indenizado, bom engravidei em outubro sera que tenho direito a receber junto ao INSS licença maternidade?? visto que meu BB vai nascer antes de completar um ano que sai da empresa???

    Obrigada

    • Segurada desempregada

      Para a criança nascida ou adotada a partir de 14.06.2007, o benefício também será devido à segurada desempregada (empregada, trabalhadora avulsa e doméstica), para a que cessou as contribuições (contribuinte individual ou facultativa) e para a segurada especial, desde que o nascimento ou adoção tenham ocorrido dentro do período de manutenção da qualidade de segurada.

      A segurada desempregada terá direito ao salário-maternidade nos casos de demissão antes da gravidez ou, caso a gravidez tenha ocorrido enquanto ainda estava empregada, desde que a dispensa tenha sido por justa causa ou a pedido.

      Bem no seu caso você deve simplesmente entrar junto a previdência com a solicitação do salario maternidade.

  206. Olá, trabalho há dois anos e cinco meses em uma empresa como telefonista (função que consta na minha ctps) mas também exerço a função de caixa, no mesmo horário, é um trabalho bem estressante, e há poucos dias se tornou preocupante, houve uma falta no caixa da empresa de uma quantia bem alta, meu patrão disse que vão ser feito vales dessa quantia, eu disse que não vou pagar, já que não sou a unica a operar o mesmo caixa, minha gerente disse que isso pode gerar uma dispensa por justa causa, já que eles tem o relatório de que houve essa falta no caixa, foram feitos testes, eu trabalhei uma dia sozinha no caixa e faltou uma quantia, o outro rapaz que trabalha comigo também trabalhou sozinho e também houve falta de dinheiro, nós desconfiamos que o problema é do sistema que usamos, já que ele vive dando problemas(nós adotamos outros métodos pra provar que o sistema é ruim, nossas contas batem, mas no sistema não), mas meu patrão se recusa a nos ouvir e disse que vão ser feitos os vales e que se não pagarmos, cabe justa causa. Ele tem razão?

    • Vamos por parte … caso a sua função seja telefonista conforme registro em carteira e não houve nenhuma alteração com sua concordância expressa o seu horário de trabalho deveria ser de apenas 6 horas dias ou 36 horas semanais. Entretanto caso tenha havido algum tipo de alteração de sua função e você tenha sido transferida para caixa, esta função deveria necessariamente constar em sua carteira de trabalho e caso sua carga horária sofresse alteração para mais o seu salário deveria também subir proporcionalmente.
      Quanto a diferença em dinheiro, caso vocês tenham a convicção que é um erro do sistema, você deverá ter provas disso e caso a empresa queira efetuar uma dispensa com justa causa ela deverá provar posteriormente e vocês deverão comprovar que o sistema está errado, assim, a justa causa será revertida.

  207. eu tinha 10 meses de empresa…
    Eu trabalhava em uma empresa de segurança patrimonial, a empresa faz serviços para o bradesco, como compeensação de cheques, pagamentos de contar, e contagem de dinheiro, eu ficava no setor do cheque, eu acabei adulterando um valor de cheque, só que eu mesma 1 hora depois, falei com a encarregada e assumi o meu erro, tinhamos 2 horas pra reverte isso, e fazer o ajuste financeiro, so que uma gerente do bradesco que sempre fica na empresa, não quis libera os cheques para fazer o certo, tal atitude dela foi considerada errada, pq ela não podia não liberar os cheques, e a encarregada não soube o que fazer, ela tinha que falar com a supervisora sobre o ocorrido, mas não falou, acabou dando o horario de fechamento do setor, o erro não foi reparado, ao falar com a encarregada, ela disse que não tinha passado isso pra a supervisora, eu mesma resolvi conversa com a supervisora e falar o erro que fiz, pq não fiz proposital, foi um momento de estresse, pq ja estava cansada, e estressada, aconteceu que eu peguei 5 dias de suspensão na minha volta eles me demitiram por justa causa, achei injusto pq eu assumi, e o acerto só não foi feito pq a encarregada não soube o que fazer…
    2º para achar injusto é que todos dos setores, tem que aprender todo o sistema da empresa, quando chegamos no cheque, nos somos orientados pelos encarregados a adulterar cheques, colocando nominal e endosso quando um cheque no valor de 100 reais não está com nome do depositante, isso é feito para que a empresa não perca tempo estornando tantos cheques, a propria supervisora é ciente disso, ou estou enganada em achar que colocar nominal e endosso e alteração, tanto que isso e feito, nas escondidas dos gerentes do bradesco que ficam la, mas um dos gerentes soube do meu caso, e ate comentou que eu devia me defender, pq quem não liberou o cheque foi a outra gerente.
    3º fato para achar injusto, a uns meses atras, um ex funcionario tentou furta a empresa, ele fez depositos de envelopes vazios, com valores altos, pra que a empresa deposita-se esses valores na conta dele, isso foi feito, quem pegou a farsa foi a msm gerente que não liberou os cheques, ele ainda foi trabalhar, e so foi demitido pq ela pegou birra dele, a empresa não deu justa causa pra ele, mas fez ele se demitir…
    eu sempre fui funcionaria exemplar, fui boa em todos os setores, e era uma das melhores na compensação de cheque, nunca faltei, nunca dei atestado, ja fui funcionaria do mês, nunca recebi advertencia, nem verbal, todo mundo fala que meu erro foi ter assumido, pq eu poderia ter ficado quieta, e jogado a diferença no meu caixa, eles não iriam descobrir, ou se descobri-sem demoraria, e no maximo eu levaria advertencia, mesmo com tudo isso, e eles me mandaram por justa causa…
    estou errada em achar que todos funcionarios serem orientados para colocar nominal, endossar cheques, isso não é alteração??
    ou por alguem que ja tentou furta a empresa, fizeram pedir demissão, e eu fui mandada por justa causa? o.O

    • Bem, a questão em si é muito especifica para um determinado setor de um empresa, entretanto não podemos nos limitar as diretrizes menores e sim no contexto maior que é a CLT e os julgados em questão. Primeiramente tem de se entender se existe algum tipo de manual de orientação para a execução destes serviços e que critérios são utilizados no você chama de “adulteração”, caso isso seja uma praxe da mesma, mesmo que seja informalmente de conhecimento de todos e inclusive da supervisora, isto se torna recorrente portanto não passível de nenhuma punição, entretanto se tal pratica é coibida pela empresa, a chamada “adulteração” passa ser uma falta grave passível de punição. Assim, é difícil estabelecer parâmetros sem ter o conhecimento do todo.

  208. Demissão por justa causa, motivo atestado falso. Problemas de saúde envolvendo muito principio de stress e transtornos ansiosos constato pelo médico como não pudia ir ás vezes caí nessa besteira. No último atestado comprovando essa doença e marcação com o psicólogo mas fui demitido mesmo assim. Não fui ainda dar baixa na ctps e nem fui no sindicato. O que tenho direito e se eu posso ir na justiça com minha doença? Tempo de trabalho 2 anos.

    • Oi David, realmente apresentação de atestado falsificado ou adulteração de atestado médico verdadeiro pode sim ser motivo de justa causa e inclusive com implicações criminais ….caso a empresa disponha de todas as provas neste sentido, mesmo você comprovadamente doente não será justificativa o bastante para reverter o ocorrido ….entretanto o mais correto a fazer neste momento é seguir a ordem natural das coisas, leve sua carteira, marque o dia da homologação no sindicato, peça para fazer a ressalva em sua rescisão …. se aconselhe com um advogado e posteriormente se acreditar que pode reverter a rescisão, mesmo sendo difícil entre com uma reclamatória trabalhista ….

      • Obrigado…

  209. ola trabalho no Giraff** a 7 meses e a 29 dias faltei pois estava com dengue porem nao fui ao medico pois mal conseguia andar,intao liguei pro gerente e ele falou neste 29° dia faltado poderia ir no rh ver minha situacao…so ki nao estava em horario comercial eo proximo dia era sabado e se eu for segunda feira no Rh vai interar 32 dias faltados e sera considerado justa causa o ki faço? o que vai acontecer posso entrar com reclamatoria e o ki eh Reclamatoria?

    • Bem. se você deixou de comparecer ao seu trabalho por mais de 30 dias sem justificativa comprovada (atestados) a empresa poderá dispensa-lo com justa causa por abandono de emprego …. então na verdade você deixou transcorrer muito tempo. Se você não puder comprovar com documentos será difícil reverter esta justa causa.

  210. ola fui demitida por justa causa trabalhava 1 ano e 8 meses na empresa eles alegaram faltas e atrasos mas tenho dois filhos um de 2 anos e um de 5 anos inclusive meu filho de 2 anos precisa de uma cirurgia e foi isso a maioria das minhas faltas justifiquei todas mas nao tirava copias so tirei copias de alguns atestado e declaraçao mas a empresa tem todos isso pode me prejudicar quais as minhas chances de ganhar esse processo ?

    • Bem, em primeiro lugar deve se entender o que se trata de faltas justificadas. São apenas que consta no artigo 473 da CLT http://cltonline.blogspot.com.br/2010/02/art-473.html (VER AQUI), e no caso de afastamento médico com atestados. Os chamados acompanhamentos podem ser um justificativa moral entretanto não é legal, a empresa não precisa abonar e também não é obrigada a manter um empregado que não comparece para exercer a função para a qual foi contratado. Quanto as chances de ganhar o processo sempre terá, entretanto irá depender da interpretação da justiça, onde poderá ser proposto um acordo.

  211. Boa tarde! achei muito interessante seu texto e aproveito o espaço para esclarecer uma dúvida. Vou lhe explicar:
    Hoje fui mandada embora com justa causa Desídia com base no artigo 482 , E.
    Desde 23 de Janeiro que deixei de comparecer no serviço sem atestados e sem uma justificativa diretamente ao RH. Trabalho desde do dia 11 NOV de 2011 e durante 9 ou 8 meses nunca faltei, e nunca levei uma advertência, mas fatos ocorreram e meu desinteresse foi aumentando e comecei a chegar mais atrasada, faltar um dia, dois…
    Meu líder chegou a conversar comigo me dando advertências verbais e num dia me deu uma folha pra assinar , o que seria uma advertência escrita, mas como eu não estava de acordo e como não tinha nenhuma outra testemunha que assinou, isso não foi válido, procede?
    Enfim, já estava ciente que eu queria que me mandassem embora, mas chegando hoje no serviço depois de 21 dias em ausencia, recebi essa demissão com justa causa, não assinem porque não estou de acordo. Achei que eles queriam me dispensar as pressas sem ao menos me dar uma chance! Sempre fiz meu trabalho bem feito, era “pau pra toda obra” Não recebi nenhuma ligação ou telegrama da empresa, Meu supervisor falou assim: ” Você que teria que ligar porque você tem compromisso com a empresa” Achei um cúmulo porque a empresa também tem que ter o compromisso com o funcionário, concorda? Foi isso, no mínimo achei q levaria uma suspensão ou advertência, não me deram nenhuma chance de uma possível “melhoria”. Será que estou certa de procurar meus direitos?

    Obs.: Nesse período todo de trabalho muita das vezes precisei dobrar, fazer plantão à noite, fazer trabalhos que não cabiam a mim, ir trabalhar no dia da minha folga.. Essas coisas não contam?

    Obrigada desde já e desculpe ai pelo texto grande..rs

    • Oi Sabrina, infelizmente o que você fez não foi correto, a ausência sem nenhuma justificativa por todo este período realmente caracteriza desídia e a punição pode ser até a justa causa, que foi que a empresa fez. Não depende de sua assinatura, entretanto como já faz mais de um ano de trabalho a sua rescisão deverá ser homologada junto ao sindicato e quando você pode pedir para que o representante do sindicato efetue uma anotação em sua rescisão com suas alegações …. dai por diante a reversão desta rescisão só poderá ser feita junto a justiça do trabalho. Que não será tão fácil você reverter.

  212. Boa noite gostaria de saber quantas faltas levam a justa causa por desidia?pq faz 1 semana que nao vou trabalhar e por isso gostaria de saber como proceder caso seja demitida por causa dessas faltas injustificadas?obrigada aguardo resposta.

    • Bem, como já disse várias vezes a interpretação da chamada desídia é muito relativo e vai depender muito do juiz que vir a julgar um tipo destes de ação, entretanto, 7 dias sem comparecer na empresa e sem justificar pode o empregador vir a dispensa-lo por justa causa ou aplicar algum outro tipo punição, tipo uma suspensão por mais 15 dias …..

  213. bom dia, meu nome é jaqueline, na ultima sexta-feira fui mandada embora por desidia, todas as minhas faltas justificadas com atestados de horas, numca recebi uma advertência ou coisa parecida. muito pelo contrario sempre ficaram calados. estou com problema de pedra nos rins, a ultima falta foi exatamente para fazer o exame pois vivia no pronto socorro. como posso proceder, tenho chances de inverter essa situaçao?

    • Oi Jaqueline pelo que você descreve a sua dispensa por justa causa está totalmente equivocada, as suas faltas foram justificadas por atestados e inclusive o seu problema de saúde é a própria prova. Caso a empresa assim desejasse poderia efetuar a sua dispensa sem justa e pagar todos os seus direitos. A sua situação é totalmente reversível, entretanto caso não haja um acordo direto com a empresa e com o sindicato para a reversão você terá de entrar na justiça trabalhista e que sempre demora um pouco.

  214. bom dia, na ultima sexta-feira fui mandada embora por justa causa “disidia”. passei atestados de horas, e estou com problemas de pedra nos dois rins, exame que foi realizado na ultima 4º feira antes de sair da empresa. numca me deram advertencia nem suspensaçao. tenho chances de ganhar essa causa?

    • Bom dia, estava trabalhando na empresa a 1 ano e 5 meses e fui dispensado por justa causa, pois meu chefe pediu para fazer uma tarefa, no qual prontamente fiz, mas por equivoco de ambas partes, tanto minha que não perguntei que tipo de peça que deveria pegar e o meu encarregado que não especificou também, peguei a peça errada e ele irritado me chamou de filho da puta, não aceite e ficamos discutindo, logo após me chamaram no RH para me dar minha demissão, até ai tudo bem, só que o primeiro erro deles foi que marcaram minha homologação 16 dias após demissão. Na homologação me informaram que eu estava sendo demitido por justa causa mas eu tinha outra opção; a de pedir demissão e ganhar somente as férias atrasas e décimo terceiro, só que eu trabalhei até dia 27 de fevereiro e a data do pagamento é dia 28 no qual não recebi, ainda estava atrasado o pagamento do adiantamento que era para o dia 15 de fevereiro. Não quis assinar nenhum papel, como posso proceder se nem a explicação pela qual fui demitido eles não me deram?

      • Bem, pelo que consta o desentendimento gerado em principio não seria motivo para justa causa, em segundo lugar as desavenças entre você e seu encarregado desde que não tenha havido agressões físicas e ficaram nas verbais ainda assim acredito que não houve motivo para uma justa causa, inclusive pela própria empresa “sugerindo” (o que não é legal) que você peça demissão …. Em segundo lugar a homologação deve ser dar no sindicato e eles deveriam ter pago ou depositado em sua conta corrente o correspondente a pelo menos seus dias trabalhos e o período de férias completo …. Caso nada disso ocorreu faça uma reclamação inicial junto ao seu sindicato e solicite que a empresa lhe apresente por escrito o motivo de sua demissão e se caso procedam o motivo de justa causa você terá de obrigatoriamente entrar com uma reclamatória trabalhista para reverter a situação.

  215. ola gostaria de tirar uma grande duvida; fui demitida com justa causa em 2010. antes adoeci com LER e me afastei por quase três anos , pedi ao gerente da firma diversas vezes para me dispensar pois não me sentia bem naquele lugar era muita cobrança chateação e estresse. nesse intervalo tive transtorno depressivo e ansiedade o que provocou mais uma vez o meu afastamento . o advogado da empresa me disse que me dispensaria com justa causa pelas minhas faltas como se eu tivesse adquirido a enfermidade por querer proposital. não tenho muito contato com o advogado que assumiu a minha causa e fico meio perdida e triste pois já houve duas audiências e nada se resolveu. tenho receio de me recolocar no mercado de trabalho e o juiz achar que não estou doente coisa nenhuma . eu tenho algum direito , dano moral ou coisa semelhante. ah e tem mais eu fazia diversas funções e so ganhava como operadora , eles me mandavam fazer devolução ficar no elevador como se eu fosse assessorista , empacotava as compras dos clientes e marcava o cartão como se fosse embora pra casa mas continuava trabalhando por favor me oriente muito obrigada

    • Vamos por parte, enquanto você esteve afastada por LER isso com certeza foi emitida uma CAT e se tratou de doença profissional ou seja acidente de trabalho. Quando do seu retorno, acredito que todas as etapas foram cumpridas, ou seja, a previdência te liberou apta para o trabalho, a empresa através de seu departamento médico efetuou um exame médico de retorno, assim você estava apta a retornar para o seu trabalho. A partir do seu retorno você deveria ter um período de um ano de estabilidade provisória. Posteriormente a todas estas etapas a empresa poderia dispensa-la sem justa causa. Bem, a dispensa com justa causa (no caso por faltas) caracteriza desídia, ou seja, um tipo de dispensa que é muito complicado para o empregador comprovar. Bem, resumindo, o seu advogado tem toda a chance de reverter esta justa causa.

  216. OLá, estou grávida 3 semanas e já tenho 1 mês de empresa, fiquei sabendo da gravidez pois estava muito mal e a medica iria passar um remédio forte, por isso fiz o teste. Em 2 dias os médicos apenas me deram atestado de horas. A empresa não aceitou e levei advertência como falta injustificada. Já havia dito sobre estar gravida. E agora levei suspensão de 5 dias por desídia, e nela consta que eu não queria trabalhar e estava derrubando as ligações pois trabalho em telemarketing. Porém havia avisado a supervisão que não estava conseguindo atender e a mesma não fez nada e teve a cara de pau de falar que eu não havia avisado nada. Estou me sentindo discriminada pois nada do que eu pergunto é respondido nada que peço é feito digo para melhor desempenho e eles estão fazendo de tudo para mandar embora por justa causa, me olham feio, quando acontece alguma coisa gritam comigo. Quero saber como posso provar que essa suspensão está incorreta, e como denúnciar essa discriminação.

    • Não deveria, mas infelizmente algumas empresas utilizam destes artifícios com o intuito de forçar que a funcionaria grávida peça demissão ou pressionam o máximo para que a funcionária incorra em faltas que possa vir ocasionar uma justa causa. Mesmo você estando trabalhando pode acionar na justiça a empresa por perseguição e discriminação, só assim você poderá ficar de igual para igual com a empresa;

  217. Olá!
    Eu trabalhei em uma empresa de telemarketing por 2 anos.Recebi uma justa causa no dia 12/03.Trabalho em um setor de cobrança e sempre bati metas ,desenvolvia novatos e ficava sempre em primeiro lugar.Eu ja tive faltas mas todas justificadas.Trabalho em um setor de cobrança e do nada minha supervisora me pediu para pegas as coisas e ir ate a sala com a gerente.Fui surpreendida com uma justa causa.Fiquei sem reação na hora querendo saber os motivos e a mesma disse que a empresa considerou minhas ligações fraudulentas.Isso me gerou um inicio de depressão por uma acusação que jamais faria na minha vida.Quando questionei dizendo que sempre tive a mesma postura em 2 anos e nunca fui advertida para saber da norma,a mesma disse que em 2 anos então tinha uma conduta errada.Perguntei o pq eles não me alertaram e a gerente so disse que supervisor não tem obrigação em falar o que e certou ou errado não.Quando disse que não assinaria e iria a um advogado ela levou um susto e fechou a porta e começou a falar que em 2 semanas pra cá eu estava estressada as vzes falando grosso com os clientes…realmente apos anos estava estressada mesmo e tomando remedio p isso,mas ai perguntei o motivo da justa causa se tb era por isso,ela so disse que não,era pelas ligações que foram muitas e de mt tempo…O estranho que conversei com uma amiga por tel que trabalhava comigo e mudou de setor,a mesma achou estranho porque sempre teve a mesma maneira de atender os clientes e 90% dos meus acordos eram daquela forma e eu jamais agiria de má fé…Como não assinei,eles recolheram o documento e so me entregaram um papel para fazer o exame medico e comparecer ao sindicato no dia 25/03.Chegando la,ninguem da empresa compareceu,o rapaz do sindicato me orientou a entrar com processo porque ate no momento estou com meu emocional totalmente abalado..Peguei a documentação da justa causa no sindicato e eles acharam estranho que a empresa não tinha me dado esse documento.Procurei o advogado trabalhista .Chegando la,ele perguntou onde estava o meu acerto e porque não tinha dado baixa na carteira.Expliquei que o pessoal da empresa não tinha ido ao sindicato e com isso ele pediu para ir imediatamente na minha empresa dar baixa e fazer o acerto.Quando fui ao RH a menina que me atendeu disse que estava dando que eu não fui ao sindicato e por isso meu acerto e verbas rescisorias estariam na mão do juiz,mas deu baixa na minha carteira.Tenho testemunha que fui,alias,cheguei ate antecipado..como não tinha trabalhado anteriormente não tive a maldade em pedir alguma prova ao proprio sindicato que eu estava la ..tenho etstemunhas e la tb tem cameras se for o caso que eu estava por la.Queria saber se eles estão se armando contra mim e se posso reverter a justa causa qe sinceramente…foi injusta…Obrigada

    • Oi Barbara …Se disseram que sua justa causa foram motivadas por ligações fraudulentas, quando da sua reclamatória trabalhista buscando reverter esta sua causa a empresa deverá apresentar provas que suas ligações foram realmente fraudulentas e que ela até então desconhecia tal procedimento, caso contrário não terá como manter a justa causa e todos os seus direitos serão pagos. Quanto ao pagamento junto ao sindicato eles deveriam ter realizado independente de você comparecer ou não no prazo de 10 dias, e compete a eles comprovar através de um documento assinado pelo sindicato que marcaram e estiveram tal dia e horário no sindicato e você não compareceu …. o sindicato apenas faz a homologação o pagamento eles deveria ter realizado ou depositado em sua conta, caso isto não tenha ocorrido eles ainda incorrem em uma multa …você deve realmente ajuizar sua reclamação trabalhista ….

  218. Joselito, olá!

    Fui demitida por justa causa. Trabalhava numa empresa de tubulação na qual era nutricionista fiscal. Sempre fui muito respeitada na empresa por trazer inovação, boas idéias, implantar processos de boas práticas sendo tudo muito bem reconhecido pelos que ali testemunhavam minha dedicação ao trabalho. Trabalhava cerca de 11 hrs por dia de segunda a sabado, as vezes não tinha folga e ficava de 2 a 3 semanas sem folgas, nunca reclamei porque realmente minha dedicação ultrapassava meus limites. Tanto que adquiri uma lombalgia, fiquei 2 dias afastada, depois mais 3 e depois mais 3, neste ultimo periodo não consegui atestado medico , fui a um especialista que me deu uma declaração de comparecimento apenas, contudo não tinha condições alguma de trabalho. Ocorre que minha cuhada teve a ideia de falsificar um atestado e essa foi a causa da minha justa saída.
    Neste perido tinha um motorista para me buscar e me levar ao rabalho, o que foi cortado pelo meu chefe numa conversa intimidatória onde eu teria que vir no meu carro ou ficaria dificil manter meu emprego. Aceitei, ele me dava a gasolina e 100 reais para manutenção do carro, dirigia 112 km por dia, ocorre que meu horario era das 11 às 22 e o local onde trabalhava era num alojamento de obreiros no qual era constantemente motivo de comentários safados do pessoal, neste periodo meu carro foi aberto e tentaram roubar o som, meus pneus foram murchos(2) e meu carro arranhado. Continuei o trabalho mas avisei a patrimonial do ocorrido que nada fez.
    Enfim, tive excelete comportamento na empresa, sofri de lombalgia adquirida no trabalho(por dirigir,por não ter cadeira confortável, por fcar muitas horas em pé), mas cometi o erro de entregar um atestado falso. A empresa demorou 13 dias para se manifestar,achei que teria o perdão .
    há como reverter a justa causa ? ou deico para lá e abro processo por conta da doença somente? ou fico quieta?

    • Oi Clara, infelizmente um erro não justifica um outro em casos trabalhistas, não existe o sistema de compensação para este caso … a adulteração e falsificação de documento legal devidamente comprovada, neste caso um atestado médico é motivo para justa causa. Não digo que é impossível, mas é difícil a reversão da justa causa nestes casos. Você pode até entrar com algum outro tipo de ação contra a empresa e outras pessoas alegando outros tipos de constrangimentos e desde que junte provas testemunhais e documentais poderá conseguir algum tipo de reparação.

  219. Obrigada Joselito.So mais uma coisinha,porque eles colocaram as verbas rescisorias nas mãos do juiz?Meu processo começa nessa proxima semana…não entendi muito bem.Meu advogado disse que posso perder meu acerto que e isso que els estão querendo fazer…se for o caso volto ao sindicato para provar que estava por la e tb tenho a testemunha de que estava la.Obrigada novamente e parabens pelo blog