Sofreu Acidente de Trabalho? Você sabia que tem estabilidade por um ano?


Bem, mas também não é todo e qualquer acidente, não é só torcer o pé e pegar uma CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) e pronto, adquiriu estabilidade. De acordo com a lei, quando o empregado sofre um acidente tem a garantia de estabilidade mínima 12 meses após a cessação do auxílio-doença acidentário.  

Entretanto para ter direito a esta estabilidade o empregado tem que passar por algumas etapas, após sofrer o acidente o trabalhador deverá permanecer afastado de suas atividades por mais de 15 dias, pois só apenas após esta etapa que o beneficio previdenciário é concedido. Então os 12 meses de estabilidade passa a contar a partir do término do beneficio.

Então, o negócio é ficar esperto, se realmente querer a estabilidade não pode ser um “acidentinho” qualquer, tem de ser um “razoável” pra ficar de “molho” pelo menos uns 20 dias ou mais.

banheiro_diferente

About these ads

869 Respostas

  1. Saudações!
    Amigo Joselito,
    Um texto com esclarecimentos verdadeiramente importante e com certeza muitos podem tirar suas dúvidas!
    Vale a pena conferir!
    Penso que é melhor ter atenção e não procurar sofrer o acidente.
    Parabéns pelo excelente Post!
    Abraços!
    LISON.

    • Obrigado Lison, mas muita gente interpreta mal a lei.

      • ESTAVA DE FERIAS E NO DIA 26 DE OUTUBRO QUEBREI O PÉ E TERIA Q VOLTAR DIA 31..E A LOJA PAGOU 10 DIAS PQ 5 ESTAVA DE FERIAS E O INSS PASSOU A PAGAR DIA 15 DE NOVEMBRO…ISSO ESTA CORRETO?

      • Está correto.

      • ola amigo me tira uma duvida , eu me acidentei no trabalho ,peguei 12 dias de atestado e não me falarão nada a respeito dos meus direitos continuo no trabalho e só volto na próxima terça feira . eu ganho algum beneficio sobre a CAT ?

    • boa tarde gostei do seus comentarios para poder nos orientamos parabens continue sempre assim sofri acidente de trabalho fiquei 15 dias pela firma e 30dias pelo inss tenho estabilidade de 12 meses foi feito cat mais a empresa me demitiu faltando 2 meses para completar os 12 meses se tiver direito da estabilidade obrigado aguardo respotas sp

      • O seu periodo de estabilidade inicia no primeiro dia de trabalho após a alta dada pelo INSS e o médico de sua empresa libera-lo para o trabalho. Portanto deverá contar 12 meses a partir desta data … tendo a empresa demitindo antes de completar este periodo ela deverá readmiti-lo …neste caso não cabe indenização … ( a não ser por perdaas e danos)

      • o cometario esta otimo mais eu gostaria de saber qui se houver um desvio de trajeto o funcionario tem direito a alguma coisa?

      • Se houver um desvio no trajeto do empregado, residencia-trabalho e vice-versa não será mais considerado acidente de trabalho, será um acidente comum e será tratado como auxlio doença.

    • estou no beneficiou a 4 meses, medico do inss reconheseu acidente de trabalho , mais empresa fica mim em rolano para mindar a cat, eu fui para o sindicato só falta o carimbo do medico posso leva para o medico da upa ele pode carimba pois já tenho tudo que comprova o acidente de trabalho. obrigado aguardo resposta.

      • Como ja disse, pode e deve.

    • O otario o nome já fala acidente,se soubessemos não sofreriamos mesmo.BURROOOOOOO.

    • ola amigo eu passei por deus cirurgia joelho e tornozelo coloquei pino no joelho e tornozelo cai no banheiro do shopping minha empresa prestava serviço lá agora nao presta mais eu tenho direito sobre o shopping meu é cristianecosme@ itelefonica.com.br

      • Todo o contratante é responsável solidário. Entretanto se você acredita ter algum direito trabalhista ou indenização por acidente de trabalho deverá entrar com uma reclamatória trabalhista contra a empresa que você esta ou estava contratado quando do acidente e ai então seu advogado irá responsabilizar também o Shopping, entretanto para efeito legais a causa é única.

    • olá boa noite eu estou empregado a 5 meses e durante esses 5 meses eu sofri um acidente no ambiente de trabalho e agora ja faz 1 mese q voltei as atividades e meu patrão sabendo da minha estabilidade de 1 ano ele esta de todas as formas tentando arumar uma justa causa oq eu faço se for mandado embora por justa causa …….

      • Bem, se esta justa causa for “arrumada” e você tiver provas, inclusive de testemunhas que estava sendo assediado, você irá entrar com uma reclamatórias trabalhista pedindo a reversão da rescisão de contrato inclusive pedindo uma indenização por assédio ….

  2. O texto esta exclarecedor, uma boa dica para garantir os direitos de quem se acidentou. Melhor é não precisar.

    Beijocas

    • Sempre o melhor é não precisar.

      • estou no beneficiou a 4 meses, medico do inss reconheseu acidente de trabalho , mais empresa fica mim em rolano para mindar a cat, eu fui para o sindicato só falta o carimbo do medico posso leva para o medico da upa ele pode carimba pois já tenho tudo que comprova o acidente de trabalho. obrigado aguardo resposta.

  3. É verdade, muitas empresas demitem o empregado que por não conhecer seus direitos fica quieto.
    Boa dica.

    • Todos deveriam conhecer os seus direitos, é uma questão de prevenção e não esperteza.

  4. É muito bom saber. Apesar das empresas terem seguranças do trabalho, mais os mesmos não informam nada.

  5. Olá caro colega, perdoe-me pela invasão mais não poderia deixar de contribuir com o assunto abordado.
    O auxilio-acidente e o auxilio-doença apesar de parecidos são um pouco diferente. Quano vc se afasta por auxilio-acidente de fato vc tem 1 ano de instabilidade mais quando vc se afasta por auxilio-doença sua instabilidde não passa de 60 dias apartir da data e liberação do inss. de acordo com a CLT.
    obrigada.

    • Sim, no caso especificio apenas falo do auxilio acidente.

      • sofrir um acidente na firma no qual a maquina curvadora puxou a minha mão dando fratura exposta abrindo a palma da mão no tamanho de 13 cm com 36 ponto entre os dois lado da mão comendo muito tecido mole,quebrando o 3 e 5 dedo e deixando com sequelas os dois dedo, e tambem os 1 e 2 dedo ficando com pouco movimento. fiquie 9 meses e 6 dia afastado.fui para o nss pedir 94 auxilio beneficio, eles não liberou.se eu colocar um advogado sera mais facil ter sucesso. e a firma a comissão de fabrica junto com o sindicato informou-me que terei estabilidade a até mim aposentadoria, isso é verdade.há que o perito do juis mim dara o o beneficio. muito obrigado por avaliar esse caso para mim. porfavor estarei esperando sua avaliação urgente abraco doutor.

      • Bem, em primeiro lugar não sou doutor, em segundo a estabilidade você só adquire após a Previdencia considera-lo apto e libera-lo para o trabalho, e pelo que parece você ainda continua afastado. Enquanto você continuar afastado não se fala em estabilidade, pois a previdencia que irá continuar pagando o axulio acidente até o momento que os periros entendam que você tenha ou não condição de retornar ao trabalho, se eles chegarem a esta conclusão que poderá levar até tres anos. Então eles poderão fornecer seu afastamente definitivo.

  6. Prezado,
    Pesquisando sobre o tema de acidente trabalho no percurso do trabalho verifiquei que o ônus da prova é do trabalhador a fim de que restar configurado que o evento realmente aconteceu na ida ou na volta do trabalho e nao houve desvio de percurso.
    Ademais, é interessante ressaltar que constatei que em muitos casos a empresa não fornece o CAT ou tampouco afasta o trabalhador por mais de 15 dias a fim de obter beneficio de auxilio doença o que por certo lhe causa prejuizos, sobretudo porque na maioria das vezes, basta uma melhora do trabalhador que sua demissão é certa.
    Bem gostaria de ver comentários nesse sentido
    Abraços e parabéns por este espaço
    Renato – Advogado em SP

    • Obrigado pelos seus comentários no intuito de melhorar a matéria.

    • o meu acidente já faz 4 meses e ficou com sequela com eu faço sendo que eu não afastei mas a cat foi aberta sem afastamento
      tenho direito a istabilidade posso requerer algum tipo de beneficio junto ao inss tipo auxilio doença ou algo paricido
      desde ja lhe agradeço mande a rspos se possivel via email

    • amigo, eu sofri dois entorce no joelho dentro da empresa, e vou ter que passar por uma cirurgia nesse joelho, vou ficar afastado da empresa por uns 4 meses, fui ate o tecnico da segurança do trabalho pedir a CAT, mas ele me falou eu nao tenho direito a CAT! Ele falou que eu ja poderia ter o problema no joelho, mas nunca tive problemas no joelho, apos o acidente eu tive uma rompitura no ligamento do joelho,,,,, vcs podem me darem alguma dica de como agir

      • Fabio, caso você tenha sofrido um entorse no joelho, no momento exato deveria ter procurado o encarregado responsável e informado o ocorrido para que fosse encaminhado ao hospital ou PS ja com a CAT em mão. Não sei porque isso não ocorreu, entretanto consiga do médico que lhe atendeu um documentação informando que a lesão é recente, assim. a empresa fica obrigada a abrir uma CAT.

  7. Tipo eu sofri um corte no buço e passei por uma sutura e levei pontos externos e internos me afastei por 7 dias apos retornei o cat foi emetido,sera que eu me benificio da estabilidade?

    • A CAT deveria ter sido emitida antes do seu afastamento, entretanto como você não se afastou mais de 15 dias e não deu entrada na previdência você não tem direito a estabilidade.

      • ola amigo me tira uma duvida , eu me acidentei no trabalho ,peguei 12 dias de atestado e não me falarão nada a respeito dos meus direitos continuo no trabalho e so volto na procima tersa feira . eu ganho algum beneficio sobre a cat ?

      • Bem, se você sofreu um acidente de trabalho, a empresa emitiu a CAT, você foi atendido e recebeu um atestado de 12 dias … até ai sem nenhum problema, a empresa ir[a pagar simplesmente os 12 dias de atestado …. em relação a CAT você não recebe mais nenhum beneficio.

    • Cara amiga, vc ñ terá direito a estabilidade, porque? Porque a lei deixa bem claro que; A CAT deverá ser enviada ao Ministério da Previdência Social até o primeiro dia útil após a ocorrência

  8. o cat foi aberto no dia do acidente,e no hospital me disseram pra entregar os papeis na empresa,hoje possuo uma cicatriz no rosto por conta disso,trabalho de carteira assinada todu certinho ainda assim num tenho direito?

    • Você só tem direito a estabilidade de um ano desde que passe a receber da Previdência, caso contrário não tem direito infelizmente.

      • Obrigado pela ajuda!!!!

      • trabalho em uma metalúrgica,e com vinte e seis dias ,sofri um acidente com a máquina de dobra metal;quais os beneficios que tenho direito?, e quero saber se por ter trabalhado só estes 26 dias tenho estabilidade de um ano.

      • Tudo vai depender do tempo que você permanecer afastado …. se for menos de 15 dias e não precisar dar entrada na Previdência Social continua tudo normal, você não adquire estabilidade provisória.

      • ola meu nome e rogerio eu nao sou habilitado e trabalho em uma oficina mecanica e meu patrao me pediu para buscar uma moto que foi deichada e outra oficina para fazer alinhamento na roda eu fui so que quando ia voltando eu sofri um acidente eu cai com a moto do cliente a loja trocou as pessas danificadas so que agora o meu patrao esta querendo me cobrar as pessas que foi trocada eu sou obrigado a pagar essas pessas

      • Não, desde que ele tivesse antecipadamente conhecimento que você não era habilitado e mesmo assim pediu para que você fizesse este serviço externo, portanto ele assumiu o risco.

  9. fiquei afastado fiz duas cirurgia nos ombros o primeiro ombro nao recebi o b91 a segunda serurgia do outro ombro abriram a cat ,quero saber se tenho direito a recorer sobre o beneficio do b91 da primeira cirurgia do ombro que nao recebi como acidente de trabalho sendo que e o mesmo problema.se tenho direito o que devo fazer.

    grato.

    • Jair, no caso especifico é preciso definir se a causa nos seus ombros são provenientes de algum tipo de trabalho que veio a provocar o problema. Caso isso seja real, quem deve definir isso é o médico, após a pericia da previdencia entender que seja correto, assim irá solicitar que a empresa abra a CAT, caso contrário a empresa em si não tem a autonomia de definir se uma doença do trabalho ou não. Caso você entenda que sim, procure um advogado, e entre com uma revisional perante o INSS e ai sim caso haja ganho de causa a empresa abrirá uma CAT.

  10. Fiz duas cirurgias síndrome do túnel do carpo uma na mão direita(26/03/08) e a outra na esquerda(23/01/09), fiquei afastada pelo INSS até o dia 30 de abril de 09. Gostaria de saber se meu CAT venceu em janeiro ou vai vencer em abril? Pois meu benefício foi reconhecido até o mês de abril. E agora meu nome esta na lista para ser mandada embora. As dores cada vez são maiores tanto no direito quanto no esquerdo. o que devo fazer? Obrigado pela ajuda.

    • Enquanto você não receber documento do INSS declarando que está apta ao trabalho você continuava afastada por acidente de trabalho … caso a previdencia tenha considerada apta ao trabalho a partir de 30/04/2009 o seu periodo de estabilidade irá vencer em 28/04/2010 … a partir desta data você poderá ser dispensada.

  11. Olá gostaria de saber se ha alguma maneira de saber se a empresa realmente abriu o CAT para mim.
    Eles informaram que foi aberto porém queria confirmar.

    • Você deve simplesmente solicitar …. caso você não tenha se afastado mais de 15 dias não haverá maiores consequencias …

  12. Boa tarde, Gostaria de tirar uma duvida, espero poder contar com a sua ajuda.

    Exatamente 08/07/2009, Sofri uma queda no trabalho e tive uma lesão na patela, o medico que me atendeu, me afastou por 5 dias depois mais 5 depois mais 15…entrei com o pedido do CAT, só que no dia da pericia auinda nao tinha conseguido a consulta com o medico para que ele preenchesse o formulario. Entao fui a pericia assim mesmo, e la me afastaram por auxiilo doença, por 30 dias, logo na proxima pericia levei toda documentação do CAT preenchida, para que atualizassem no INSS como Acidente de trabalho, isso desde novembro de 2009, ate hj estou afastada, pois terei que passar por cirurgia no joelho esquerdo, mas meu beneficio ainda continua como auxilio doença e nao como acidente de trabalho como deveria. Pelo que Li na internet, o valor do salario em aidente de trabalho é integral, como se eu estivesse trabalhando, nao havendo desconto. Gostaria de saber que os valores de auxilio doença para acidente de trabalho tem mesmo essa diferença, se sim, como faço pra rever esses valores que nao recebi desde a data do meu afastamento.
    Aguardo uma resposta.
    Att,
    Thais

    • Primeiramente em qualquer tipo de acidente ocorrido dentro da empresa que existe a necessidade de um atendimento hospitalar seria de obrigação da empresa abrir uma CAT não importando quanto tempo focê ficasse afastada, ja temos um erro inicial. Segundo, existe sim uma diferença entre o pagamento a titulo de afastamento por acidente de trabalho e auxilio doença que fica em torno de 15%.
      Passado todo este tempo, só existe uma forma de haver uma compensação,ou a empresa complementa o teu salário, ou você tenta judicialmente reverter a situação e ser considerada perante a previdencia como afastamento por auxilio acidente e não auxlio doença.

  13. boa noite, gostaria de saber se tem como abrir mão da estabilidade da cat, pois estou retornando de uma cat ao trabalho e gostaria de sair do mesmo e não gostaria de perder meus direitos, fundo 40% etc… tem como

    Mario ( avilas@zipmail.com.br )

    desde ja agradeço.

    • Deste direito você não pode abrir mão …..se desejar sair ou pede demissão ou terá de aguardar os 12 meses ….

  14. sofri um asidente de moto indo para o trabalho e tenho dois meses de trabalho , se passar dos 15 dia tenho direito a estabilidade?

    • Bem, caso você ainda esteja em contrato de experiência, a empresa em principio não está obrigada a estender a estabilidade, poderá dispensa-lo quando do vencimento da experiência. O caso ainda é julgado, ainda não é jurisprudencia vinculante.

  15. olá! sofri um acidente de percurso, foi aberto a cat
    fiquei afastada por 3 semanas
    mais mesmo tendo ficado comproblema no ombro o inss deu apta para
    o trabalho volto para o trabalho com restrições médicas
    tenho estabilidade???
    obrigada

    • Se você ultrapassou os 15 primeiros dias que são por conta do empregador e abriu afastamento junto ao INSS você passa a ter direito a estabilidade provisória.

  16. A minha dúvida é a seguinte :
    O funcionário sofreu acidente de trajeto…
    a cat vai ser aberta, porem o mesmo esta em período de experiencia ele tem direito a estabilidade

    • Não.

  17. BOA NOITE!!

    ENTREI NA EMPRESA 15/09/09 E ME AVISARAM QUE IRAO ME DEMITIR 02/08/09, POREM SOFRI UM ACIDENTE DE TRABALHO NA EMPRESA 01/07/10 NA EMPRESA ONDE NO LAUDO CONSTOU DERRAME NO JOELHO ESTOU EM TRATAMENTO JA A 1 MES E O MEDICO INFORMOU QUE O TRATAMENTO E EM TORNO DE 4 MESES, ESTOU FAZENDO FISIOTERAPIA, QUANDO INFORMEI O ACONTECIDO A EMPRESA NAO DEU A MINIMA E NAO ACIONARAM O CAT SENDO QUE NO DIA SEGUINTE FUI AO MEDICO LEVEI ATESTADO , DE 1 DIA DEPOIS RETORNEI E ME DEU DE MAIS 5 DIAS , DEPOIS TRABALHEI ,MAIS 4 DIAS E NO QUARTO DIA FUI AO ORTOPEDISTA NOVAMENTE ONDE O MESMO ME DEU MAIS 7 DIAS, GOSTARIA DE SABER SE A EMPRESA PODE ME MANDAR EMBORA OU POSSO RECORRER A ALGUM RECURSO CASO ELES ME MANDEM.

    • Inicialmente caso você tenha realmente sofrido acidente de trabalho, a empresa deveria ter aberto uma CAT, e ela não fez, você deveria ter solicitado ao sindicato. Entretanto caso isso não tenha ocorrido, a empresa poderá dispensa-lo, pois ira alegar que não foi acidente do trabalho, então você deverá entrar posteriormente com uma ação e arrumar provas que o problema em seu joelho ocorreu devido um acidente de trabalho.

  18. eu tenho uma cirugia de ligamento no joelho, curou ficou bom, mas eu indo pro serviço cai de moto no percurso e machuquei o mesmo joelho e ficarei 3 meses em recuperação queria saber se terei direito a estabilidade.

    • Bem, caso você comprove o horário do acidente e o percurso seja o usual para você ir ao trabalho deverá informar a empresa e a mesma poderá abrir uma CAT;

  19. ola gostaria de saber o seguinte estou afastado do trabalho des de janeiro 2010 por acidente de trabalho ja faz oito meses ainda nao estou em condições de retornar ao trabalho quero saber quem ira me pagar o decimo terceiro a inpresa ou o inss obrigado

    • O pagamento do décimo terceiro será proporcional …. se você ficar afastado durante todo o ano, quem pagará seu décimo terceiro salário será a previdencia social … caso você tenha alta e retorne ao trabalho, a empresa será responsável pelo pagamento do seu décimo terceiro proporcional ao periodo que você trabalhar ….

  20. atestado de quinze dias de acidente de trabalho gera estabilidade.

    • Para haver a caracterização correta de acidente de trabalho é necessário abertura da CAT, caso o empregado permaneça afastado por mais de 15 dias e de entrada na previdencia social para receber seu beneficio a partir do 16º dia então está caracterizada também a estabilidade provisória …

  21. Ola bom dia, gosta ria de tira uma duvida!!

    sofri um acidente no dia da minha folga, tiver q passa por uma cirurgia no joelho, o medico mim deu 7 dias de atestado e depois mim deu mais 15 , no caso vou fica pela pericia!!

    minha pergunta pergunta é, tenho direito a estabilidade quando eu volta? mesmo o acidente não tendo sido no trabalho. “trabalho de carteira assinada a mais de 6 meses na empresa”

    desde ja agradeço e aguardo respostas!!!

    • Se você não estava trabalhando e nem estava indo ou voltando do trabalho não é acidente de trabalho, será considerado como auxilio doença, logo não tem estabilidade.

  22. Olá…

    Minha colega de trab. sofreu acidente de percurso, quebrou um dedo e ralou o joelho, só vai ficar 5 dias em casa…porém ela estava fazendo Hora Extra que o correto era ficar das 08:00 às 17:00 mas ela saiu às 19:00 (dizendo ter perdido o ônibus que sai às 17:30), pediu para um colega de trab. leva-la embora de moto…e no horário de janta dele…foi fazer o favor…(sendo que os porteiros são responsáveis por levar os funcionarios embora) Minha perg. é : Sendo assim a empresa terá que pagar algum tipo de indenização (pelo hr que ela saiu?)

  23. Boa Noite!

    Sofri um acidente de percurso em 05/10 qdo cai da escada do predio onde resido a caminho da empresa. Estava ainda em prazo de experiencia (40 dias). Fui levada ao PS por uma amiga fiquei afastada por 3 dias a principio. As dores pioraram e os exames apontaram lesao do ligamento e nesse interim descobri que estava gravida. E mesmo com atestado me fizeram trabalhar enfaixada e com compressas de gelo a cada 3 horas, piorando a situação e dores. Fiquei afastada pelo INSS do final de maio até 30/08 e com pericia remarcada para 08/09, embora meu Ortopedista tenha me dado atestado para mais 30 dias (até 30/09) pq a lesão avaçou para o menisco. A empresa enviou um e-mail solicitando que eu fizesse meu exame demissional em 01/09 e eu não fiz pois tinha novo atestado…
    O Ortopedista e minha ginecologitsa deixaram claro que só poderei realizar o tratamento adequado (remedios e possivel cirurgia somente após o parto – previsto para meados de Outubro/10).
    Ainda não entregaram minha carteirinha do plano de saude, pgto de reembolsos de despesas dos dias trabalhados (gasolina, estacionamento e pedagio – area comercial) e deram entrada no INSS como auxilio doença ao inves de acidente de trabalho.
    Gostaria de saber quais meus direitos e como requerer legalmente por eles.

    Obrigada!

    • Bem, vamos ser bem objetivos, caso o acidente tenha ocorrido internamente em seu prédio, mesmo que estivesse indo trabalhar não será caracterizado como acidente de trabalho. Segundo, quando está dentro do periodo de experiencia, até que a justiça determine o contrário, existe a prioridade da experiencia, assim a empresa pode rescindir o contrato quando do término da experiencia, ou caso esteja afastada pelo INSS assim que retornar;

  24. Boa noite.
    Trabalho a quase três anos na mesma empresa, e adquiri tenossinovite bicipital no ombro direito.
    Sinto muitas dores, porem continuo trabalhando, e o medico da empresa esta ciente do problema, pois ele mesmo me pediu uma ultra sonografia e até comentou sobre um afastamento.
    A pergunta é tenho algum direito ou estabilidade?
    A empresa pode me despedir sem mais nem menos?
    Quais são os meus direitos e o que devo fazer para impedir uma injustiça?

    • Paulo o seu caso é semelhante o caso acima do colega com bursite.

    • procure um medico ortopedista urgente e fale para ele pedir um exame de ressonância magnética pois e a unica forma de detectar esse tipo de doença, se for detectado peça para ser afastado do trabalho por que dependendo do grau da doença ela não tem mais cura, depois do laudo do medico em mãos vai ate a empresa e pede para abrir uma cat se ela não o fizer você procure seu sindicato se eles não o fizer vai ate seu medico com o papel da cat e peça ele para assinar ou em ultimo caso vai ate uma autoridade publica e depois procure o inss para ficar afastada. se eles negarem seu afastamento procure a justiça co um advogado que conhece do caso, depois da doença estabilizada você tem direito a 50% do seu salario junto ao inss ate aposentar e depois disso tudo se ficar sequelas você pode entrar com uma ação junto ao trt pedindo indenização de danos morais e materiais contra a empresa, claro se a culpa for da empresa pelo danos causados por ela, eu estou em Brasilia se eu puder te ajudar meu email e silvanopmendes@gmail,com, um abraço

  25. Adquiri bursite na empresa, que trabalho a mais de quatro anos.
    A empresa pode me mandar embora, mesmo eu estando doente?
    O medico disse que não tem cura, só tratamento com remédios e Fisioterapia.
    E a empresa sabe que estou doente.

    • Bem, a doença deve ser caracterizada, o médico e o departamento médico da empresa deve entender a doença e se ela é derivada do tipo de atividade que você exerce, havendo a concordância, bem, então a empresa deve emitir uma CAT caracterizando doença profissional. Caso nnão haja concordância a pericia do INSS deve constatar o problema. Caso não haja estas providencias a empresa poderá dispensa-lo sim.

  26. eu sofri acidente na empresa.eles emetiu acat estou no inss mais estou recebendo so 60% do meu salario qual os direitos que eu tenho quais as obrigações da empresa no Acidentes do trabalho.quem vai me pagar os outros 40% espero que possa me ajudar estrou nesta situação a 1 ano e 5 mes .

    +2
    no acidente tive que se subimeter a uma cirugia de colocução de parafusomais não deu certo , então tive que subimeter a outra que tive que retirar um osso do meu punho chamado escofoide e agora o que eu faso meu punho não mexi mais e eu não tenho mais força na mão direito sou destro. por favor me ajude!!!!!!!!!!!!!!!

    • 60%????????? Bem, o auxilio acidentário pago pela previdência corresponde a 91% do valor de contribuição, ou seja se vocÊ ganha abaixo do teto da previdencia estará receendo praticamente integral o seu vencimentos. Então não sei porque está recebendo apenas 60% (a não ser que você fosse registrado por um valor e recebesse a diferença sem registro).

  27. trabalho numa mult nacional ,estou afastado desde 02/ 2010.por auxilio doença acidentario(91) tenho tessonovite,epicondelite lateral e borcite nos dois braços, fiz 45 fisioterapia , acumputura e tomei muitos remedios e nada adiantou estou com os braços todo deformado pelo inchasso e o medico acha dificil eu recuperar todos os movimentos, minha perginta é: quando poderei pedir auxilio acidente ou vou continuar do jeito que esta.muito obrigado desde ja.

    • Pelo que entendi você ja está afastado por auxilio acidente, e quem vai determinar que você continue afastado e pelo tempo que for necessário é a pericia do INSS. Durante este tempo você continua recebendo os seus direitos de acordo com a legislação.

  28. eu sofri acidente na empresa.eles emetiu acat estou no inss mais estou recebendo so 60% do meu salario qual os direitos que eu tenho quais as obrigações da empresa no acidentes do trabalho.quem vai me pagar os outros 40% espero que possa me ajudar estrou nesta situação a 1 ano e 5 mes .

    • Oi .. ja respondi a tua questão.

  29. eu sofri uma torção no tornozelo chegando na empresa para o trabalho e rompi dois ligamentos, passei por cirurgia e estou afastado há seis meses não abri o cat pois no começo pensei que fosse apenas uma luxação,quando eu retornar eles podem me demitir?

    • José, acidente é acidente, a não abertura da CAT sugere uma conivencia pacifica entre você e a empresa, no futuro você terá de entrar na justiça e comprovar tudo isso, que foi realmente um acidente que ocorreu onde você diz que ocorreu …. e não caracterização de acidente não lhe trará a estabilidade provisória.

  30. Me acidentei com material perfuro cortante dentro do hospital onde trabalho , não sei se foi feito o cat o paciente a qual me furei era de fonte desconhecida e foi a óbito , agora me mandaram embora , se amanhã ou depois eu vier ater algo como posso recorrer.

    • Talita … acidente é acidente, você deve verificar isso já, a CAT deveria ter sido aberta, caso contrário no futuro você não terá como comprovar que tenha sofrido este acidente dentro do seu local de trabalho …. não espere pelo futuro.

  31. Atualmente estou recebendo o B91, mais o valor é inferior o que ganhava na ativa, essa diferença o empregador é obrigado apagar e se for, durante quanto tempo? Obrigado pela resposta.

    • Não, ele não é obrigado a pagar, a não ser que você recebia alguma coisa “por fora” … bem, nesse caso vai ter que negociar …

      • sofri um acidente de moto indo p/ o trabalho dia 25/02/2007.Na época Foi aberta cat, retornei ao trabalho dia 29/08/2012. fiquei sabendo através da empresa que consta no sistema dela, que fiquei encostado esse tempo todo cm auxilio doença e não no. B 91. como eu achava, mas eu tenho a cat que foi liberada pela empresa na época . Como fica minha situação se a empresa quiser me demitir.

      • Bem, primeiramente você deve procurar a previdencia social e solicitar a documentação em qual forma foi efetuado o seu afastamento, auxilio doença ou auxilio acidente, então a partir dai com estes documentos comprobatórios que você deve então buscar uma solução. Se estiver cadastrado na previdência auxilio acidente então não tem problema …. você tem a estabilidade garantida por um ano a partir do seu retorno, caso contrário …. bem, ai fica mais dificil, você de posse desta CAT vai ter que se entender com a previdencia social por qual motivo a mesma não acatou a sua situação como acidente.

  32. meu problema eh o seguinte adquiri uma tendiniti e artrite clavicular .. estou em tratamento mais meu ortopedista disse se não melhorar ele tera que me afastar .. nesse caso como procedo ? a empresa tera que abrir cat ? e se não abrir qual decisao tomar ? e afastado terei direitos a qual beneficio ? aguardo resposta . obriado !

    • Caso a empresa tenha departamento médico ela poderá solicitar uma pericia e constatando que esse problema foi causado pelo tipo de trabalho que você exerce então será considerada uma doença profissional e caso seja necessário o seu afastamento terá de ser aberta uma CAT, caso esse problema não tenha relação com o tipo de trabalho que você exerce não será considerada uma doença profissional então o seu afastamento não será necessário abrir uma CAT.

  33. Sofri um acidente de trabalho (91) no dia 4/4/2010.Foi gerada uma Cat e passei a receber meu beneficio somente no dia 9/6/2010 quando fiz a solicitação de pericia,até ai td ok!Sofri uma fratura no Femúr esquerdo e acabei por colocar uma haste intramedular.Na pericia foi me dado alta para dia 4/10/2010,recorri e consegui o adiamento da alta para dia 7/01/2011.A minha pergunta então é justamente sobre o meu Decimo Terceiro salário e as minhas férias.Quem irá pagar,e quando?A empresa já me disse que eles não tem nada haver com isso e quando fui a um posto do INSS me disseram que para eu receber o Décimo Terceiro,que eu deveria estar afastado desde Janeiro 2010,em relação as Férias,me disseram que o INSS não faz esse tipo de pagamento.Agora estou perdido.Alguem pode me dar uma luz?Obrigado!

    • Quanto ao 13º salário, a empresa irá pagar proporcionalmente, ou seja, 4/12 avos e o restante 8/12 avos por conta da Previdencia. Quanto as suas férias, ninguém paga, o seu contrato está suspenso, caso você fique afastado por periodo acima de 6 meses como é teu caso, voltara a contar novo periodo quando você voltar a trabalhar.

  34. Eu tenho algumas duvidas e fico mt grato se forem esclarecidas pois nao tenho experiencia nenhuma nesta area..
    Primeiro, sofri um acidente q não foi de trabalho ,talvez precisarei de cirurgia mais precisando ou não estou afastado por 60 dias , minha duvida é o seguinte como sofri o acidente um mes antes da empresa me pagar o decimo terceiro e fiquei 15 dias por conta da empresa e o resto por conta da previdencia quem me pagara o decimo terceiro referente ao meses antes do acidente?? a empresa ou o inss?
    Segunda minha pericia no inss foi marcada um mes pra frente, nesse mes que jah venceu os 15 dias da empresa quem me paga ate o dia da pericia???
    mt obrigado ..

    mg divinópolis

    • O auxilio doença se realiza a partir do 16º dia de afastamento, a partir desta data o responsável pelo pagamento passa ser a Previdencia, inclusive pelo 13º proporcional, por exemplo você iniciou o auxilio doença em 17/10/2010, até o dia 16 recebeu da empresa a partir do dia 17 recebe da previdencia, assim a empresa é responsavel por 10/12 avos do 13º salário, o restante 2/12 avos deverá ser pago pela previdencia.

  35. me acidentei na firma fui ao hospital me deram atestado de 8 dias naõ tenho direito a cat?

    • A empresa deveria abrir a CAT sim.

  36. estou afastada a 3 meses da minha empresa por sindrome miofacial com edema e fusão nas c5ec6,estou incapacitada para o trabalho,mas a empresa não fez a cat quando afastei e agora quer que eu passe pelo medico da empresa para ver se vão me dar a cat,sendo que quando afastei passei pelo medico deles.O que eu faço agora ,quais os meus direitos?

    • Cristina, a questão basica é a seguinte. Você pode até não ter capacidade para o trabalho, entretanto o motivo do afastamento para ser caracterizado como doença profissional tem de ter um laudo caracterizando que este tipo de incapacidade foi ocasionado pelo trabalho que você realizava, e para tal tem de haver uma comprovação. Assim, apenas uma pericia médica pode vir caracterizar se trata de uma doença profissional ou não. Então será caracterizado como Acidente de Trabalho ou Auxilio Doença.

  37. quando entrei fiz varios exames,entre eles exames de ultrasom de punho e raio-x da coluna,passei nos exames por isso fui contratada,agora 9 meses depois de contratada estou com essa sindrome miofacial acompanhada de edema.os dois ortopesdista que cuidam de mim disserão que se trata de dort,e o medico perito do inss também,pedi então a empresa agora depois de 3 meses afstada pelo inss para fazer a cat para poder mudar a especie do afastamento de 31 para 91.A empresa alegou uqe terei de passar pelo novo medico deles para ver,sendo que no dia que fui afstada já tendo esse laudo de sindrome o medico da empresa estava presente.como devo proceder agora,devo ir até a empresa ou procuro o sindicato.

    • Peça para o INSS emitir um documento solicitando a CAT para a empresa, neste caso a empresa não fazendo irá assumir as consequencias juridicas.

  38. sou obrigada a fazer o que a empresa que ,passar pelo novo medico deles,pois todods nos sabemos que no inss só se passa quando se tem alguma coisa

  39. Bom dia,sou eu o paulo novamente,estou afastado pelo motivo 91 acidente de trabalho e minha alta pelo inss era dia 4/10 ,consegui prorrogar para dia 7/1/2011,mas ao passar esses dias com meu médico ele não me deu alta e marcou uma nova consulta para março,sendo que apenas tenho o papel informando a nova consulta,o que fazer então para prorrogar o prazo do INSS se o HC não emite nenhum tipo de documento,pedi um novo laudo,mas provavelmente o mesmo vai conter as mesmas coisas de antes e nada adicionado.O que eu faço?Obrigado!!!

    • Paulo o que você deve fazer é tentar ja agendar uma nova pericia junto ao INSS pois apenas os peritos do INSS que poderão lhe dar alta ou prorrogar o beneficio, na verdade eles podem até não levar em conta a opinião do seu médico.

  40. Entendi,mas só posso marcar essa nova pericia 15 dias antes de ter a alta,como no caso vai ser dia 7/1/2011 ,então tenho que fazer o pedido ao INSS dia 24/12 . Vou fazer então dia 3/1/2011 mas e se caso eles marcarem para depois da minha alta a pericia e der como indeferido o pedido de prorrogação,isso pode me prejudicar em algo no trabalho?

    • Em principio não, desde que voce tenha marcado a pericia …

  41. ola estou afastada pelo inss,e antes de afastar fiz um emprestimo na empresa,agora a empresa me informou que eles iram usar o meu decimo terceiro para descontar a divida na empresa .Isso é correto?

    • Bem, isso depende em que situação foi efetuado o empréstimo, entretanto aparentmente é legal o desconto.

  42. trabalhei numa empresa maritima por 1ano e 8meses sofri acidente de trabalho no dia 3 de maio passei so 6 dias de atestado mesmo voltando com a mão machucada sem saber que tinhas certos direitos continuei trabalhando em junho tentaram me demitir mesmo fazendo fisioterapia recorrir e me admitiram novamente passei 3 meses pelo inss só q no meu retorno me demitiram quais os meus reais direitos existe mesmo está tal de estabilidade.aj

    • A estabilidade se dá a partir do momento da liberação do INSS para o trabalho, desta data conta-se 12 meses. Dentro deste periodo a empresa não pode efetuar a dispensa.

  43. Desde outubro estou tentando dar entrada no inss como auxilio doença tenho tenossinovite, tendinite calcificada e sindrome do tunel do carpo acentuada no punho direito sinto muitas dores e já não tenho muita força nas mãos mas o perito do inss diz que eu não tenho nada apesar do médico que está me acompanhando ter me encaminhado para um neurocirurgião e ter dito que no meu caso somente a cirurgia, não sei mais o que fazer……… me ajude pr favor minha pericia ja foi negada 3 vezes

    • Não tem outra maneira que não seja você recorrer a justiça.

  44. eu cai da escada e estou em exeriencia e ja fiquei 15 dias de molho agora vou dar entrada no inss sera q passo na pericia
    estou com tentao inflamado doi muito pode me dar boas nuticias?espero resposta

    • Bem, isso vai depender do médico, normalmente eles liberam para o trabalho.

  45. gostaria de saber se o meu caso foi acidente de trabalho?estava trabalhando no hospital aconteceu um acidente com muitas pessoas fui ajudar transportar nas macas e ai travou meu pescoço sem poder nem movimentar esou afastada pelo inss 3 mesese sinto dor edormencia no mid e msd ate hoje

    • Se você é funcionaria do hospital e estava em seu horário de trabalho é acidente de trabalho.

  46. sofri uma luxação no ombro direito durante o trabalho na empresa. Ao qual eu trabalhei 22anos , agora fui demetido mas continuo com o problema no ombro gostaria de saber o que fazer nesso caso. obrigado

    • Bem, caso você ja tenha sido demitido não existe outra alternativa terá de entrar na justiça trabalhista onde você terá se estabelecer o vinculo do seu problema com o trabalho que realizava. Caso o juiz entenda que você sofria de uma doença profissional provavelmente ele determinará que a empresa faça sua readmissão.

  47. entrei na empresa no dia 02/02/2010.Estou afastada a 6 meses e15 dias do meu
    trabalho por doença,agora depois de varios exames e uma resonancia,os médicos disseram que não posso mais trabalhar e que devo me aposentar por invalidez,gostaria de saber se ao me aposentar caso consiga o que é provavel,eu irei receber o salario minimo que o inss me paga ou os 830,00 reais que é salario da empresa ,a qual ainda sou ligada,pois agora no dia 2 de fevereiro tds funcionarios com mais de um ano de empresa teve o salario reajustado para 830,00 reais.quais os direitos eu tenho ao me aposentar e me desligar da empresa ou seja o que a empresa tem que me paga.

    • Bem, quando você recebe auxilio doença você recebe 91% da média dos 80% dos seus salários. Quando se aposentar será praticamente a mesma coisa. É mais ou menos o seguinte, a previdencia vai descartar os 20% menores salários da sua contribuição e sobre a diferença calcular a média e sobre este valor calcular 91%. Ou seja, muito pouco.

  48. Caro Joselito,

    Parabens pelos seus comentarios esclarecedores sobre acidente de trabalho. Porem, restou-me uma duvida: Tendo o trabalhador dispensado por escrito o recebimento de vale transporte, por preferir ir e voltar de moto ao trabalho, e acidentando-se no percurso, mesmo sem habilitaçao para conduzir moto ou outro veiculo, ele tem direito à estabilidade depois do retorno da licença do INSS? Ou o fato de dirigir sem habilitaçào eximiriam a Empresa de arcar com o ônus da estabilidade por ser considerado o acidente culpa exclusiva do empregado?

    • Quanto não ter habilitação, esse é um problema que ele terá de resolver junto ao Detran, ou caso tenha ferido alguém com a polícia. Quanto ao acidente ocorrido, desde que esteja dentro do trajeto e do tempo será acidente de trabalho e a empresa terá de abrir uma CAT.

  49. gostei por tirar duvidas de muita gente parabens

  50. oi fiquei afastada por que -dei tendinopatia ombro direito e esquerdo epicondilitecotovelo esquerdo por esforço repetitivo apresentando dor e perda de força motora e nao podendo executaratividades que exijam esforço passei pela periçia e consequir auxilio doença a partir 13 05 2010 ate 26 10 2010 porem meu ortopedista e o medico da empresa nao me liberara pois nao tenho condiçoes de voltar a trabalha minha pericia so da negada volttei a trabalhar nom dia 20 12 2010 mas meus onbros e minha pioraran entao fui afastada de novo ai minha pericia so da negada o que devo fazer se nao tenho condiçoes de volta a trabalhar

    • Infelizmente o seu caso não é unico, com a adoção pela Previdencia da chamada “alta programada” muitos beneficiários foram prejudicados em seus direitos e sem condição de trabalho, não podem voltar a trabalhar e não recebem nem da previdencia e nem do empregador. Então não existe outra forma a não ser entrar na justiça contra a previdencia.

  51. bom dia no dia 21 de fevereiro eu cai no meu serviço torce o tornozelo fui atendida no hospital mas o cat foi feito tive que colocar uma tala de gesso por 15 dias que foram os dias da empresa apos acabar os dia voltei ao medico tive que colocar gesso porque meu tornozelo estava muito enchado e entrei pelo inss sera que tenho estabilidade de um ano trabalho nesta empresa 3 anos.bjs

    • Se a CAT foi aberta e você ficou afastada por mais de 15 dias e recebendo do INSS você tem estabilidade.

  52. oi, sofri um acidente de trabalho no dia 07/02/11 e fui encaminhada a um hospital particular onde eles n abrem cat,levei um atestado a fabrica para q ela emtise a cat foi entao aberta uma cat parcial,estou afastada desde aquele dia esperando a pericia p ter alta e emtir a cat pois n consigo uma consulta logo. posso n receber estes dias por nao ter a cat registrada e por ter sido uma lesao leve com agravamento da unha q inflamou? obrigada se puder me dar uma ajuda

    • Lidiane, a CAT aberta deve ser registrada, mesmo que parcialmente, entretanto ela deve ser complementada logo em seguida com os dados do atendimento médico. É obrigação da empresa disponibilizar a CAT, até o 15º dia a empresa deverá pagar seu salário a partir do 16º passa ser obrigação do INSS, no caso você ja deveria procurar a previdencia.

  53. Oi ..Joselito gostaria de parabenizá-lo por ajudar tantas pessoas..
    O meu caso é eu sofri um acidente de trabalho,cortei o meu dedo polegar com uma guilhotina velha e enferrujada precisei fazer uma cirurgia fiquei 15 dias de atestado,isso aconteceu no dia 10/06/2010 sendo q fui demitida no dia 04/02/2011,procurei o INSS para saber se foi registrada a CAT..e para minha surpresa não foi..procurei a empresa e falei q ia entrar na justiça,eles arrumaram um atestado como se eu estivesse sido acidentada no dia 17/03/2010 e mandaram eu ir no INSS registrar..isto é fraude!!!
    Por favor me responda pois ainda não fui ao INSS..
    GRATA

    • Sandra, algumas empresas se aproveitam da falta de informaçãos de alguns funcionários e tentam burlar a legislação. No seu caso especifico quando do corte na guilhotina, naquele exato momento deveria ter sido aberto a CAT, ela deva ser aberta no máximo em 24 horas, e quando do atendimento no ambulatório ou hospital é dever do mesmo exigir a apresentação da CAT. Caso você tenha elementos que comprovem este atendimento nas datas que você está informando deverá não ir ao INSS e sim procurar um advogado e entrar com uma ação.

  54. Amigao!
    Bom Tarde, preciso de uma ajuda se possivel.
    sofri um acidente de trabalho quebrei o tornozelo fiz cirurgia e dei entrada na pericia com a cat trabalho. tenho 2 meses de registro na carteira por uma agencia de emprego que presta serviçio, minha pergunta é? eu tenho estabilidade de 1 ano garantido? sim ou nao?
    obrigado
    e aguardo um breve retorno

    • Contrato de experiencia ou temporário com prazo determinado em principio não dá direito a estabilidade. Mas, alguns juizes ja deram ganho de causa a empregados, mas ainda não virou uma jurisprudencia.

  55. fiquei afastada por auxilio doença causado por acidente de trabalho acidente de trabalho no periodo de abril de2010 ate agosto de 2010 .Sera q tenho estabilidade de um ano?

    • Se deu entrada no INSS com CAT …… tem o direito sim …

  56. tive fratura exposta e mueu a ponta do osso do meu 4 dedo mais sou temporaria tem 4meses e 10dias peguei 15 dias de atestado a empresa pode me manda embora, mais abriu o cat

    desde ja meu agradecimentos e aguardo resposta

    • O que vem a ser temporária???? Qual o prazo do seu contrato? Iniciou quando e iria terminar quando?? Quando foi o acidente? Teria de saber destas datas …

      • trabalhei numa empresa temporaria eu era da agencia de emprego o contrato era de 6 meses, e com 4 mes e 10 dias sofri um acidente de trabalho, que fiquei afastada durante 1mes e meio quando voltei fiquei trabalho uma semana e me mandarao embora quero saber se eu tenho estabilidade da empresa ou da agencia

      • trabalhei numa empresa temporaria eu era da agencia de emprego o contrato era de 6 meses, e com 4 mes e 10 dias sofri um acidente de trabalho, que fiquei afastada durante 1mes e meio quando voltei fiquei trabalho uma semana e me mandarao embora quero saber se eu tenho estabilidade da empresa ou da agencia , fique 1 mes pelo inss e 15 pela empresa tenho estabilidade

      • 22/11/2010 a 22/05/2011 teve uma fratura exposta no dedo e fiquei 1mes e 15 dias afastadada quero saber se tenho a estabilidade da empresa ou da agencia

        desde ja meu agradecimentos aguardo resposta

    • o contrato e 22/11/2010 a 22/05/2011 e tres meses pondendo ser prorrogado por mais tres mes quero saber se tenho direito a estabilidade da empresa onde sofre o acidente ou pela agencia que sou contratada

      • Bem, estranho não existe contrato temporário que ultrapasse a 3 meses …..entretanto o seu registro em carteira é feito por qual empresa … pela agencia ou pela empresa? Entretanto se o seu contrato for por tempo determinado e estiver dentro da legislação …. entretanto se ainda estiver dentro dos 90 dias você não terá direito a estabilidade.

  57. ola presizo de ajuda eu estou afastada ja 2 meses e recorri da decisao inss pois adquiri bursite na empresa que trabalho depois que eu retornar ao trabalho eles pode me mandar emborar depois de qto tempo.obrigada

    • Caso você não tenha sido afastada por auxilio acidente (doença profissional) com preenchimento do CAT a empresa irá passa-la pelo departamento médico e você sendo liberada para o trabalho poderá sim ser demitida.

  58. boa tarde! eu tenho algumas duvida e espero q vc possa me ajuda eu trabalho numa empresa tem 3 anos eu eu sofri um acidente de moto e fiquei afastado 6 meses do trabalho,,mas eu quero sair da empresa mas eles falarão q naõ podem me manda por motivo da estabilidade mas a empresa pode fazer acordo comigo eu perdendo 40% ou eu vou ter q espera passar a estabilidade??

    • A empresa está certa, neste caso a estabilidade é um direito que você não pode abdicar em hipótese alguma, ou seja, a empresa não pode dispensa-lo sem justa causa, nem ser for neste caso de “acordo” (que legalmente não existe).

  59. olá sofri um acidente indo para o metro no trabalho e o medico me deu 08 dias para colocar a mobilização voltando desses 09 dias a empresa me mandou embora,porem a pessoa responsavel pelo rh me pediu para dar o numero do cid para abrir o cat<pelo que vejo a empresa se omitiu posso entrar com uma ação contra essa empresa?

    • Poder você sempre pode, mas, caso você tenha ficado afastada apenas 9 dias não terá direito a estabilidade e no caso da omissão da entrega da CAT não lhe trará nenhum beneficio, pois caso haja alguma punição contra a empresa, ela terá de pagar a multa para a Previdencia Social.

  60. desculpa indo para o trabalho de metro

  61. entri ne uma construtora 16 de dezembro 2010 houve um asidente comigo com um projetil de pistola finca pino apos usar cabou ficando um cartucho com 10 projetil junto com as ferramentas de t rabalho que sao martelo marreta ponteiro talha deira et pois sou pedreiro acontecendo que ao eu virar a lata com essas ferramentas para troca de lata veio defragar esse cartucho e me atingiu o pescoço e fiquei 14 dias de atestado e voltei a trabalhar e ta marcado para eu fazer uma cirurgia para retirada de um projetil pois e delata e e perigoso pertmanecer no meu pescoço a firma disse que abriu a cat mesmo mesmo que depois da cirurgia nao nao precisar ficar pelo inss tenho estabilidade?

    • Como ja disse caso você consiga na justiça trabalhista reverter a justa causa para dispensa sem justa causa, você poderá sim entrar com uma ação de perdas e danos.

    • Aconteceu o acidente dentro da empresa, ficou afastado 14 dias, a empresa tem de ter aberto a CAT, a cirurgia é uma consequencia do acidente, portanto você tem direito a estabilidade caso fique afastado mais de 1 dia e entre em beneficio pela previdencia.

      • tenho um mes na empresa e estou no periodo de esperiencia sofri um acidente com a serra circular no trabalho e tive fratura esterna no polegar empossibilitato de trabalhar por um tempo vou passar 15 dias,ja estou de atestado o medico vai m dar o laudo na quinta 08\12\2011 para que eu de entrada no nss.quero saber s quando eu voutar se tenho direito a estabilidade?obrigado

      • Não. Estando dentro da experiência não terá o direito a estabilidade.

  62. ola amigo tenho novas perguntas para fazer,,, eu to trabalhando em uma empresa e ganhei uma promoção e mudei de cargo mas agora eles querem volta eu para o mesmo cargo de antes a empresa pode fazer isso com funcionario??

    • Primeiro temos de entender que uma promoção necessariamente tem uma correspondência financeira, ou seja, um aumento salarial …. bem, havendo isso, em nenhuma hipótese o salário pode ser diminuído, a não ser que haja um acordo entre empregado, empregador e sindicato onde também haja uma diminuição da carga horária.

  63. bom dia, se um funcionario falta na empresa nos domingos e feriados a empresa tem o direito de da advertencia ou gancho por exemplo??

    • De uma forma geral todos os empregados devem descansar aos domingos e feriados, caso trabalhem por sistema de revezamento, pelo menos uma vez por mês a folga semanal (direito) deve coincidir com um domingo. Não sendo obrigação, não estando em convenção coletiva ou escala de revezamento o funcionário não poderá ser punido se deixar de trabalhar em seu dia de descanso.

  64. OLA, estou acompanhando o caso de um amigo ele sofreu um acidente de trabalho na lavoura trabalhando com seu tio , como agricultor , quebrou o femur rente o quadril isso em 2004 ,na epoca ele tinha 18 anos ele ficou com sequela perna mais curta e dura e a perna esta atrofiando desde la esta no auxilio acidentario ,é possivel aposenta-lo, ? mas o medico dele diz que e muito novo para esse tipo de protese para fazer uma nova cerurgia , mas mesmo assim ele ficaria como deficiente fisico ,todo ano ele tem pericia medica mas na ultima o perito disse que nao concedera o beneficio que sera no final de 2011, alem de tudo ele e analfabeto dois filhos menores ,mulher doente sem pai e mae ,paga aluguel ,200,00 o que fazer? me ajude a ajudar obrigado

    • Infelizmente nesses casos é bastante complicado, a previdencia evita ao máximo conceder a aposentadoria. Entretanto, não existe outro caminho, caso ele não tenha realmente mais condições de laborar a unica saída é procurar a justiça e pedir a aposentadoria por invalidez de forma definitiva.

  65. ola meu amigo tive um acidente na firma no dia 21 de março de2011 então fiquei no atestado 14 dias sobre medicamentos e o medico me liberoau para o trabalho mas teria que retornar para fazer uma cirurgia para retirada de um objeto estranho no meu pescoço pois não pode ser retirado porqueeu tera que sarar do primeiro ferimento e este objeto entrou no meu pescoço no acidente que voz falo voltei e passei ´por uma cirurgia no dia19 de ablil de 2011 que foi um susseso com a retirada de uma pequena lata fiquei mais 11 dias no atestado me recuperei e voltei a trabalhar graças a DEUS não fiquei pelo inss pois foi 14 dias ne um mes e 11 ne outro pelo mesmo acidente fiquei 25 dias tenho direito a estabilidade? fico esperando a resposta e muinto obligado meu amigo virtual

    • Caso você não tenha dado entrada na Previdência não adquiriu a estabilidade.

  66. a sim a firma falo que abriu a cat abraços

  67. sofri acidente no trabalho dia 21/02/2011 fiquei no atestado 14 dias voltei a trabalhar fiz uma cirurgia dia 19/04/2011 por causa do mesmo fiquei no atestado 11 dias voltei a trabalhar mas tenho consulta para ver como vou ficar porem apos 3 dias de trabalho a firma me dispensou com aviso indenisado me dispensou dia 05 vai pagar minhas contas dia 16 e no dia 23 quer minha carteira para dar baixa foi aberto a cat desde o dia 22/02/2011 porem nao entrei na previdencia mas ainda estou sendo acompanhado pelo doutor que fez a cirurgia a firma podia me mandar embora? posso entra com alguma ação indenizatoria? e possivel reverter essa situação? ainda e delicado pois se eu mexer no local da cirurgia doi pouco não posso fazer muita força pois não tem nem 20 dias apos a cirurgia aguardo a resposta para tomar alguma iniciativa se possivel me couber

    • Em principio ao rigor da lei, a estabilidade provisória por causa de acidente do trabalho só é adquirida desde que você passe a receber pela Previdência Social que não foi o caso. Entretanto, desde que você não esteje afastado do trabalho a empresa poderá efetuar a demissão, porém, se você se sentir prejudicado procure um advogado e entre uma reclamatória trabalhista onde seu advogado irá provar o “nexu causal” entre o acidente e o seu tratamento que ainda estava ocorrendo devido ao acidente, e dependendo do entendimento do juiz poderá haver sim um reversão.

  68. Olá boa noite, sofri um acidente no trabalho, isso já acontecu a mais de 22 dias, porém a empresa não me deu nenhum parecer sobre a minha posição, já trabalho a mais de 1 ano e 7 meses, já falei com eles em relação ao cat e me disseram q já passou o prazo, porém eles foram avisados imediatamente quando ocorrido o acidente, o médico me disse q a empresa que faz a abertura do cat, gostaria de saber quais são os meus direitos em relação a minha situação, pois estou sem receber de nenhuma parte nem pela empresa e nem pelo inss. Obrigada pela atenção!

    • Diana, quando da ocorrencia do acidente de trabalho a empresa deve emitir a CAT, o hospital que prestou o atendimento deve solicitar o documento. Caso estas rpovidências não tenha sido realizadas no momento do acidente você deve então procurar o hospital que lhe atendeu solicitar um documento de atendimento, bem como um atestado para o seu afastamento com todos os dados do seu problema datado de quando você foi atendida. A partir dai procure a empresa e peça a CAT, esta se negando vá até ao sindicato ou ao Ministério do Trabalho.

  69. Muito obrigada, más tem algum prazo para que eu possa fazer isso, não estou podendo me locomover pois estou com o pé imobilizado, eu tenho xerox de todos os atestados inclusive o do hospital onde me atenderam logo após o acidente, e eu trabalho no shopping eles me prestaram os primeiros socorros deixam arquivado o motivo do acidente, hora e local, e se eu procurar a empresa e mesmo assim eles se recusarem a fazer a abertura da cat, e eu recorrer ao ministério do trabalho eu ainda terei a minha estabilidade de 1 ano garantida? Agradeço desde já.

    • Desde que o seu afastamento seja superior a 15 dias e você entre perante junto a Previdência pedindo o pagamento sua estabilidade estará garantida. Entretanto seria interessante você ir o quanto antes ….

  70. E acidente de trabalho no contrato de experiencia! vcs sabem q a justiça está contra os trabalhaores e acha q contrato de experiencia não da direito a estabilidade! vc acredita????? c vc perde uma perna, qndo ganhar alta ta na rua! é uma vergonha a população tem q alterar esta lei!!!!

    • Em alguns casos a justiça já está questionando o caso do contrato por tempo determinado. Entretanto a interpretação da maioria ainda é essa, o contrato de experiencia prevalece.

  71. Muito obrigada pelos esclarecimentos.

  72. eu sofri um acidente de trabalho estou afastado a 5 dias a pergunta e tenho estabilidade e o que significa o cat

    • Você só terá estabilidade caso necessite se afastar por mais de 15 dias e tenha que receber o beneficio do INSS. A CAT é um documento que a empresa deve preencher para que você possa ser encaminhada a um atendimento médico e que serve para cumprir o que determina a legislação.

  73. Boa tarde, minha amiga sofreu um acidente dia 13/01/11, no trajeto de ida para o trabalho, quebrou o tornozelo e ficou parada por 4 meses recebendo o beneficio do INSS. Voltou a trabalhar dia 16/05, somente dois dias e a empresa lhe deu férias, pq havia vencido em Abril/11. Ela está suspeitando de que qdo voltar das férias eles vão mandá-la embora. Eles podem fazer isso? Obrigada, aguardo resposta.

    • Legalmente não. Sofreu acidente de trabalho, entrou para receber benefício da previdencia adquiriu estabilidade provisória ….

  74. Estou há um mês trabalhando e quebrei um dedo por acidente, fiquei 15 dias em casa. Quando voltei ao médico ele disse que eu teria que ficar mais 15. Queria saber se eu tenho direito de entrar pelo INSS nesse caso ?
    Obrigado

    • Claro. Caso contrário não receberá de ninguém este periodo que ficar sem trabalhar …

  75. gostaria de saber se mesmo tendo um acidente de trabalho eu posso ser demitido?, eles podem me demitir se eu quiser ser demitido?, isto é, msmo eu abrindo mão da estabilidade?

    • Não você não pode ser demitido … mesmo se você quiser …..

  76. Meu contrato e pela agencia e prestrava serviço para uma empresa na carteira so tem o carimbo da agencia do tempo que entrei 22/11/2010 e nao tem a prorrogaçao de mais 3 meses so colocou a data no dia que fui mamdada embora 20/05/2011, sera que tenho a estabilidade

    • Como disse anteriormente, quem te contratou foi a agencia, eles são responsáveis, assim caso o seu contrato na agencia trabalhando para mesma empresa tenha ultrapassado 3 meses o seu contrato ja não era temporário, portanto caso o acidente tenha sido aberto CAT você teria direito a estabilidade.

      • Eu abri o cat fiquei afastada por 1mes e meio quando voltei eles me mandarao embora da empresa, e na agencia falou que eu nao tenho estabilidade por ser temporaria, aonde temporario e de 6 meses e se tenho direito demora para sai açao

      • Como ja disse, caso tenha ultrapassado os 90 dias (experiencia) a questão do trabalhador temporário contratado por agencia é questionável, acredito que tenha a estabilidade.

  77. eu me acidente em minha casa quando estava limpado
    a janela então o vidro quebro na minha mão,houve uma lesão no meu punho
    passei por uma cirurgia 7 mês depois do acidente.
    fique 15 dias de atestado só que estava muito enchado o medico me mando
    para caixa, entra na caixa 06/05/11 e recebi alta no dia 08/06/11, quando
    voltei a empresa o RH manda eu fazer em exame demissional,o laboratorio
    me falou .
    a empresa pode manda embora?

    • Se você estiver de alta do INSS e o exame demissional der condição de você voltar ao trabalho a empresa pode dispensa-la sim.

  78. Sofri um acidente dentro da empresa (queimei a mão com chumbo quente), houve omissão de socorro, fui ao hospital sozinho. No dia seguinte abri o CAT, fiquei afastado por 7 dias e fui liberado pelo medico da empresa a trabalhar com curativo, apos 2 dias me afastei por mais 3, voltei e novamente trabalhei de curativo por mais 7 dias. Depois de 1 mes eu fui mandado embora. Nese caso eu posso procesar a empresa?

    • Bem, caso você não tenha se afastado pelo INSS dificilmente poderá se beneficiar da estabilidade provisória, entretanto isto não impede de processar a empresa se no seu entender ela não tenha agido conforme determina a legislação.

  79. Sofri um acidente de trabalho dia 15/06 , cai da escada e machuquei o joelho, a empresa me levou ao hospital e acionou o CAT,dia 22/06 tenho uma consulta com os medicos do CAT, e ficarei afastada até dia 01/07.
    mAS ESTOU No periodo de experiencia trabalho a 45 dias, e estou com medo que devido a esse periodo de experiencia, eles me mandem pra rua,
    O que faço, e quais sao os meus direitos trabalhistas!?

    • Terminando o período de experiência a empresa poderá caso assim seja o desejo dispensa-la.

  80. Preciso de sua ajuda, pois tenho dúvidas

    No ano de 2000 fui afastada do trabalho por ter tendinite, hernias de disco por esforço repetitivo da digitação. A empresa abriu CAT, e sempre que o INSS me liberava por eu não ter condições de voltar a trabalhar no mesmo serviço por não estar recuperada a empresa abria nova CAT e eu voltava para o encosto. Bem assim se sucederam 4 longos anos e eu fazendo tratamentos varios deles e não obtendo melhoras o INSS resolveu cessar meu benefício e ficou me devendo 4 meses de pagamento. Entrei na justiça contra o INSS
    O juiz me deu a tutela antecipada no tipo de benefício 91 – auxilio doença do trabalho. Até ano passado onde a médica períta diz que não é acidente e nem doença do trabalho o juiz como não sabendo como proceder emcaminhou a justiça federal e novamente o períto diz não ser acidente e nem doença do trabalho e me caracteriza apta a voltar as minhas funções fazem 08 anos que aguardo o parecer da justiça e agora me dão este parecer. Bem até AGORA JUNHO DE 2011 recebi INSS sob o tipo de benefício 91, mas a justiça fderal julgou este processo a partir de dezembro de 2010 ate agora como 31 – auxilio doença fico com dúvidas tenho direito a estabilidade de emprego pois tenho CAT .

    • Você tem sua estabilidade de até 12 meses a partir do momento que você receber alta do INSS e o departamento médico da empresa considerar você apta para o retorno.

  81. ola trabalhei numa empresa três meses so que sofri um acidente no caminho do serviço e fiquei dois meses em casa dai voltei a trabalhar e me mandaram embora isso e correto preciso de ajuda obrigada

    • Caso o acidente tenha ocorrido nas condições pré-estabelecidas e sendo caracterizada como acidente de trajeto, a empresa deve ter aberta uma CAT, o seu afastamento após os 15 dias deve ter dado entrado junto a Previdencia para receber estes dois meses e caso tenha recebido a empresa não poderia dispensa-la, pois você teria estabilidade provisória por 12 meses.

  82. Meu esposo sofreu um acidente de trabalho, e ficou cego e foi aposentado por invalidez, o seu patrão lhe ofereceu um valor por indenização que foi no valor de uns 17,000,00( dezessete mil reais) e disse se meu esposo levasse ele na justiça ele ia fazer como meu esposo perdesse a aposentadoria, meu esposo pensou e disse tenho minhas filhas para cuidar, resolveu aceitar, já faz 8 anos isso, eu gostaria de saber se ele tem direito de recorrer e pedir a indenização, e se pode perder essa aposentadoria??? ele tem uns papeis com a assinatura desse patrão fando desse acordo, que para o patrão, é tudo certo, mas foi longe de um Juiz grata. Rose.

    • Bem, vamos por parte, se quando do acidente a empresa estava com todos os procedimentos corretos, efetuou a CAT, comunicou ao INSS, estava em dia com suas obrigações de Prevenção de Acidentes em dia e o acidente ocorreu dentro de certos parâmetros a empresa não terá nenhuma obrigação de pagar indenização. Caso contrário, caso ela estivesse em não conformidade na época, isto teria de ser observado naquele momento, entretanto nunca é tarde para entrar na justiça …. o acordo em si não terá validade desde que a justiça entenda que uma parte foi prejudicada.

  83. ola boa tarde sofri um acidente de trabalho me afastei por 15 dias os supervisores me pressionaram para nao me afastar mais pelo inss entao voltei a trabalhar mesmo com dores mas limitado entao os supervisores me colocaram em um posto isolado do demais atem o fim do meu contrato quero saber se tenho direito a estabilidade ?

    • Se você estava em contrato de experiência não tem direito a estabilidade. Entretanto no caso especificio quem libera você pra trabalhar é o médico e não o supervisor …. assim vale o atestado médico que foi fornecido ….

  84. Meu esposo foi aposentado por invalidez por acidente de trabalho, mas ele gostaria de voltar a trabalhar fazer alguma coisa já que aposentadoria e pouca, mas ele tem as sequelas do acidente. Quero saber o seguinte se tem como passar a aposentadoria de invalidez por acidente de trabalho para ele consegui algum trabalho de carteira assinada??? a aposentadoria ele não pode perder já que ele necessita pra comprar remédios que é pro resto da vida. grata.

    • Aposentado por invalidez não pode voltar ao trabalho com carteira assinada.

  85. Boa noite eu queria tirar uma duvida me acidentei na empresa que trabalho a 2 anoS e estou afastado da empresa desde do dia 09/
    07/2011. eu Sofri uma queda de moto dentro da propria empresa ja no horario de trabalho e no cat estar falando que deu traÚma no punho esquerdo o medico pois no laudo,e eu estou em tratamento ambulatorial .agora ainda vai marca a pericia no inss .a minha duvida è essa quem vai me liberar para voltar ão trabalho e se eu ja tenho estabilidade na empresa? ou se o medico do inss me liberar para o trabalho. a empresa ja pode mim despençar? no mes seguinte por favor me tira essa duvida desde agora obrigado.

    • Você só adquire estabilidade caso ultrapasse 15 dias e passe a receber benefecios do INSS.

  86. Bom dia Faturei o tornozole trabalhando coloquei 03 pinos no tornozelo, e fiquei 4 meses em casa, queria saber se tenho direito a alguma indenização, e se a empresa pode me mandar embora, foi aberto o cat tudo certinho pela empresa.

    • Desde que a empresa não seja negligente quanto a segurança do trabalho e esteja seguindo todas normas não há o que se falar em indenização, quanto a estabilidade, você terá 12 meses a partir do momento que a Previdencia libere você para retoirnar ao trabalho.

  87. Boa tarde! Sofri um acidente de trabalho entorse de tornozelo fiquei 15dias de atestado médico não tendo melhora o médico me afastou mais 7 dias ai entrei no inss vou fazer perici terça feira estou imobilizada com tala devido o meu tornozelo estar com dor e muito enchado estou preocupada se o inss nao me afastar para o tratamento que o meu medico disse que e de6 a8 semanas mas ele fez o relatorio tudo certinho pra eu leva pro perito tenho a cat todos os atestados.minha duvida se o inss nao me afasta tenho estabilidade de emprego ou não. Obrigada pela resposta .Tenha um bom dia!

    • Bem, quem vai decidir este afastamento após os 15 dias é a Previdencia, caso ela te afaste você tem a estabilidade de um ano contando a partir que a Previdencia lhe de alta para trabalhar, caso isto não ocorra, bem … ai você não terá estabilidade.

  88. Ola … sofri um acidente de trabalho em uma multinacional em maio de 2011, fraturei o dedo em uma maquina, sofri 15 pontos , consigo movimentar meu dedo ate certo ponto e apartir de certo movimento começa a doer….
    Foi aberto um CAT, mas não afastei , foi recolocado em outro setor onde não manuseio o meu dedo de modo a sentir dor, estou fazendo fisioterapia , mas dificilmente meu dedo voltara ao normal ….
    gostaria de saber mesmo não tendo afastado por 15 dias eu tenho estabilidade de 1 ano ? começa a contar apartir de quando essa estabilidade ?
    Dentro da empresa existe ambulatorio que esta com todos meus exames, eu posso ter uma copia desses exames ?
    Caso a empresa me mande embora o que eu faço ?
    Estou preocupado com a situaçao , gostaria que me ajudasse !
    Agradeço desde já !

    • Conforme a legislação atual, o empregado apenas “ganha” a estabilidade caso venha a se afastar por mais de 15 dias e passe a receber pelo Previdencia … que parece não ser o seu caso.

  89. Boa tarde!

    Comecei a trabalhar dia 12/07/2011 e no dia 26/07/2011 sofri um acidente de percurso, fui encaminhada para o Hospital e lá foi feito uma ocorrência policial em virtude do acidente em transporte coletivo. O fato é que o médico diagnosticou entorse no tornozelo direito e me afastou por 15 dias, retornei para a consulta com o especialista no dia 08/08/2011 e ele me encaminhou para a fisioterapia, porém queria que eu desse entrada pelo INSS pela lesão que sofri e ter dificuldades ainda para locomover. A empresa não emitiu o CAT. Ainda estou em período de tratamento, pois só após as 20 sessões de fisioterapia o médico dirá se será necessário ou não dar entrada no INSS. A minha pergunta é a seguinte: A empresa pode me demitir enquanto estiver fazendo o tratamento em virtude do acidenter de percurso? Pelo que li nos comentários não tenho direito a estabilidade, mas queria saber quais são os direitos que tenho, pois ainda estou em tratamento e a empresa me demitiu no dia 16/08/2011. Além disso, trabalhei mesmo com atestado.

    Atenciosamente,
    Viviane (vfelizardo@gmail.com)

    • O caso é o seguinte …. em primeiro lugar você estando em contrato de experiencia, inicialmente mesmo se afastando por mais de 15 dias e dando entrada no INSS ainda assim não tem direito a estabilidade. Entretanto caso o seu contrato não seja por tempo determinado (experiencia) tem direito a estabilidade. Caso você tenha se afastado por mais de 15 dias. a partir do 16º dia a empresa não fica obrigado a pagar os seus salários que seriam por conta da previdencia, e enquanto você estiver afastada pela previdencia a empresa não pode efetuar a sua demissão, deverá esperar você voltar e então proceder a demissão … se for o caso.

    • Pelo que entendi, sendo que até houve ocorrencia policial então ficou plenamente caracterizado o acidente de trajeto. Portanto, a não emissão da CAT pela empresa foi um erro, ela mesmo atrasada deveria emitir a CAT para que você possa ter todos os direitos legais perante a Previdência Social. Respondendo a sua pergunta, a empresa pode até demiti-la desde que esteja dentro do período de experiência.

  90. então, sofri um acidente de percurso na volta p minha casa no dia 16/07/11 trabalho há 2 anos e oito meses na empresa cai de moto e quebrei o cotovelo esquerdo tive que fazer cirurgia, a empresa fez a cat levei ao meu medico e ele falou que necessitaria de mais ou menos 3 meses de afastamento só que fiquei 15 dias afastada só para me recuperar da cirurgia como foi no braço esquerdo falei com meu medico para ver se eu podia voltar a trabalhar sem precisar ficar recebendo pelo inss ele me liberou porque eu pedi pois trabalho com computador e necessitava somente do braço direito trabalhei com o braço imobilizado e agora estou fazendo fisioterapia gostaria de saber se tenho direito a estabilidade de 1 ano? caso for demitida?

  91. boa tarde sofri um um acidente de trabalho no goelho e me afastei por 15 dias no trabaho o medico disse que seria caso de uma cirugia e a empressa deu entranda junto no inss.
    so que ela nao encaminou o cat como devo proceder

    grato

    • Bem, caso tenha sofirdo um acidente de trabalho, deve-se abrir a CAT .. caso a empresa não faça, procure o Sindicato, eles abrirão a CAT para você;

  92. teve um acidente no trabalho fui afastado ;retornei 4 meses pedi pra manda embora pedi conta fiqui com ums defeito nos dedos pro causa do acidente tenho algum direito a emdenisacao

    • Caso tenha sofrido um acidente de trabalho, e a empresa tenha procedido conforme determina a legislação, emitido a CAT, você tenha procurado a Previdência Social e a mesma tenha lhe liberado para o retorno ao trabalho, a empresa não poderia demiti-lo, caso você tenha pedido de demissão, então a empresa deva ter efetuado sua rescisão. Quanto a indenização, caso a empresa tenha cumprido todas as etapas e não tenha sido uma Condição Insegura de parte da empresa não será facil obter uma indenização …. mas …

  93. Fui atropelado quando retornava do trabalho para casa, comuniquei a empresa no mesmo momento. A empregadora não comunicou ao INSS o acidente de retorno do trabalho, e não emitiu o CAT. Cobrei por várias vezes a pessoa responsável pelo RH, que me respondia que já havia informado a gerência. Entrei no auxílio doença e agora após 08 meses estou prestes a retornar e corro o risco de ser demitido, Pôs as empresa foi vendida e estão reformulando o quadro de funcionários. O vque devo fazer?

    • Bem, no que parece a empresa agiu de forma errada, e no caso na época você deveria ter procurado o Sindicato para a emissão da CAT. agora passado 8 meses, vai ser dificil, entretanto caso vocÊ disponha de meios para comprovar o acidente de trabalho a Justiça Trabalhista poderá reverter uma demissão sem justa causa.

  94. Olá boa tarde,tenho um mes de empresa,justamente no dia que completei um mes,estava indo trabalhar,qdo fui descer do primeiro onibus que pego uma multidão me empurou cai e fiquei com muita dor no joelho foi ao pronto atendimento,tirei raio x nao deu fartura o médico me afastou por tres dias tomando mdeicamento e compressa,voltei ao trabalho porem a dor nao passa e por estar em experiencia tenho medo de ser demitida por isso nao marquei consulta com ortopedista,caso eu venha marcar,e ficar afastada sera que serei demitida.

    • A empresa poderá independente de qualquer coisa dispensa-la no final da experiencia.

  95. sofri um acidente de trabalho, onde á posterior fui operado ao joelho retura de ligamentos cruzados. Há uns meses para cá tenho vindo a reclamar o meu salário pois a companhia de seguros axa não me paga no fim do mês…..o que fazer neste caso onde posso recorrer????

    • Desceulpe, mas não entendi a questão.

  96. …em março de 2010 comecei a trabalhar numa obra grande de uma Paróquia de nossa cidade, eu e meu chefe fizemos os exames de aptidão para o trabalho e entregamos nossa carteira para o CONTRATANTE, porém em setembro de 2010 sofri um acidente no trabalho (caiu uma coluna de ferro em meu pé), fui levado ao pronto socorro da cidade UPA – Teresópolis, cheguei lá 14h e fui atendido às 20:10h, com o pé inchando muito e muitas dores, minha esposa foi para lá e me encontrou no hospital, minha esposa informou no Hospital que foi acidente de Trabalho e preencheram o SINAN, o Ortopedista de plantão mandou tirar um RX, disse que não era nada , me mandou para casa, receitou um remédio e mandou colocar uma tala, me deixando com licença de 6 dias, pois para ele eu poderia voltar ao trabalho pesado em 6 dias, mas o local machucado não parava de inchar e doer muito, e quando completou 6 dias depois meu patrão resolveu pagar uma consulta no médico particular, qual foi meu espanto quando o Dr. conceituado de nossa cidade, examinou o local e viu o mesmo RX que já havia feito na UPA e constatou ESMAGAMENTO DAS PARTeS MOLES, passou um remédio, mandou ficar de licença mais 15 dias e disse q faria outro RX, o encarregado da Obra disse quenão precisava dar entrada no INSS porque continuariam pagando meus direitos, porém o retornar para revisão do médico, o mesmo disse que eu teria que fazer fisioterapia durante um bom tempo, fui novamente encaminhado ao SUS para que me consultasse com ortopedista e esse me passasse as sessóes de fisioterapias, fiquei durante um bom tempo aguardando vaga, pois infelizmente nosso sistema de saúde é precário, e eu aguentava aquela dor e qualquer caminhada que eu fazia, mesmo dentro de casa, o meu pé ficava muiito inchado e doía demais, até que em novembro consegui começar a fisioterapia, mas em dezembro teve que dar uma parada devido ao recesso das festas de fim de ano, e em janeiro de 2011 retornamos a fisioterapia
    continuando até que aconteceu a tragédia na região Serrana ( minha cidade é Teresópolis), e a obra dessa Paróquia que era num dos locais atingidos teve que parar, então falei com o encarregado que seria melhor eles darem entrada em meu INSS pois ficaria apertado prá eles continuarem me pagando, foi ai que meu mundo desabou, ele disse: – infelizmente não podemos assinar a carteira de vcs naquela época, por isso continuaremos pagando vc com todos seus direitos, mas não recebi 13º e nem nada de rescisão, mas continuei a fisioterapia, parei no carnaval (por recesso) fiz novos exames em abril e maio de 2011. os quais foi constatada uma artrose (que não tem cura, só paleativos), paralelamente a esse problema fui ficando com uma depressão profunda, me sentindo inútil, sem conseguir trabalhar e sem conseguir resolver, então ainda estou tomando anti-depressivo. Bem, em 08/07/2011 foi me dado alta, não para trabalhos pesados, porém tendo que tratar a artrose adquirida por causa desse acidente, pelo resto da minha vida. Durante esse tempo a Igreja vem me pagando as semanas normalmente, deduzi que foi como se eu tivesse encostado pelo INSS, já que os mesmo devem estar se sentindo culpados por não terem assinado minha carteira. Bem Dr., andei me informando e descobri que eles deveriam fazer um acordo de me pagar TUDO como se eu tivesse registrado, como por exemplo:

    rescisão salarial p/dspensa sem justa causa
    13º de 2010 que não foi pago
    F.G.T.S.
    multa de 40% sobre F.G.T.S.
    INSS não pagos de 03/2011 à 07/2011
    seguro desemprego referente à rescisão de trabalho (de 1 ano)

    e também me informaram que eles deveriam me dar estabilidade empregatícia de 1 ano, após a alta,
    tentei fazer um acordo com o CONTRATANTE, porém o Contador disse que só pagará meu INSS, o que faço agora? já que pela LEI, eles que não assinaram minha Carteira, fui lesado em todos os sentidos de meus direitos, gostaria de uma orientação por favor, obrigado
    ALAN DOS SANTOS

    • Bem, pelo que entendi o seu patrão não foi muito correto ….infelizmente está tudo errado, vocÊ deveria estar com a carteira assinada desde o primeiro dia de trabalho, aparentemente vocÊ tem uma documentação farta para caracterizar o vinculo empregaticio e o acidente de trabalho, você devera urgentemente procurar um advogado trabalhista e entretar com um reclamatória trabalhista.

  97. sofri uma queda de bike na ida ao meu trabalho, fui levada ao ps onde fiquei por mais de 3 horas em observação, fiz rx e constatou uma ( burcite traumatica)(luxação)lesão clavicular. foram estas tres coisas que o ortopedista falou, mas meu contrato de experiencia findando os 3 meses acabariam no dia 29/08 e o acidente foi no dia 25/08, a cat foi feita, empresa e medicos assinaram, meu ombro ainda esta machucado mal posso movimenta-lo, e ainda eu estando de atestado, a empresa pode me mandar embora? meu atestado vai ateh o dia 09/09/2011, o acidente foi no dia 25/08, a experiencia cabaria dia 29/08 pode?

    • Pode …. a empresa pode dispensa-la quando do término da experiencia.

  98. sofri um acidente com o caminhao , quebrei um dedo, vou ficar 10 dias em casa me recuperando, fui saber depois que ainda nao estava registrado o que posso fazer, meu patrão esta me ajudando mesmo sem eu estar trabalhando me deu meu pagamento,vai descontar quando eu voltar a trabalhar,isso pode.

    • Na verdade, você deve estar registrado antes de começar a trabalhar, caso tenha acontecido um acidente sem registro, e por acaso houver uma complicação futura, a previdencia social em nada poderá ajuda-lo, então só poderá resolver a questão judicialmente.

  99. sofri um acidente de trabalho em um supermercado em que eu trabalho. Mais especificamente na padaria em que meus dedos ficaram prensados no cilindro de pão. Agora quero saber como posso sair da empresa, sem causar danos a tal?

    • Bem, se o caso é sair da empresa. é só pedir demissão.

  100. Boa Noite, gostaria de fazer uma pergunta, a minha filha doi convocada para trabalhar em um sábado dia 06.11.2010, e ao levantar uma porta deu luxação do dedão, foi na mesma hora ao ps do hospital alvorada, o médico tirou rx e constatou a luxação imobilizou, deu remédio e mandou na segunda feira procurar um ortopedista. Na seg,feira foi a clinica ortop. ana rosa, tirou rx e ficou engessada 7 dias e após o retorno, retirou novo rx e ficou mais 7 dias com gesso, retornou ao trabalho no dia 23.11, a empresa abriu o CAT a partir de segunda feira, e contou sendo 15 dias e após 1 mes, demitiu ela, agora eu lhe pergunto o CAT não é aberto na data do acidente, então daria 17 dias teria que fazer pericia no inss. Ela entrou na justiça e o Juiz pediu para ela fazer pericia, ela fez com dois peritos que consideraram 17 dias, a aldiencia dela foi dia 13 (ontem) o Juiz alegou que ela não deveria trabalhar no sábado (ela não foi porque quis e sim foi convocada pela empresa), eu presenciei tudo a empresa arrumou testemunha falsa dizendo que ela foi porque quis, (mas a mesma testemunha na época estava de férias) eu lhe pergunto que lei tem este país, cadê o direito de quem trabalha. AVISO PARA QUEM VAI TRABALHAR NO FINAL DE SEMANA SE SOFRER UM ACIDENTE DE TRABALHO E PEGAR UM JUIZ QUE PENSE ASSIM, E MELHOR SE NEGAR A TRABALHAR E PERDER O EMPREGO?
    O juiz deu ganho de causa para a empresa. Eu lhe pergunto além de sofrer acid. trab, a empresa arrumar falsas testemunhas ainda o trabalhador passa por toda esta humilhação ainda o Juiz dá ganho de causa para a empresa, eu fico pensando o que será deste país.
    Por favor me dê uma resposta.
    Grata

    • Na minha opinião vale a pena recorrer para uma segunda instância, desde que o empregado estava trabalhando e “picotou” o cartão ….a CAT tem de ser do dia do acidente.

  101. Boa noite!
    Fui afastada em 06/2010 por auxilio doença (depressão) esp 91…retornei após 1 ano (06/2011)…porém estou tendo problemas c/ a gerente da lj onde trabalho que vive fazendo reuniões e dizendo que vai arrumar uma maneira de me mandar embora…
    Qual é o procedimento,pois tenho estabilidade de 1 ano.
    Obrigada
    Elaine

  102. ola gostaria de saber uma coisa….eu sofri um acidente de trabalho cai do caminhao e estorei o ligamento do joelho fiz uma cirurgia e voltei ao trabalho com 30 dias de cirurgia,,,agora depois de 3 meses voltei ao meu medico e ele me mando afastar de novo pelo msm joelho que eu sofri o acidente por derrame articular e edema e dores…a empresa tem que reabrir a cat por eu ter que me afastar pelo msm joelho do acidente ..pq eu vou me afastar por motivos gerados pelo acidente…obrigado e aguardo a resposta

  103. Entretanto para ter direito a esta estabilidade o empregado tem que passar por algumas etapas, após sofrer o acidente o trabalhador deverá permanecer afastado de suas atividades por mais de 15 dias, pois só apenas após esta etapa que o beneficio previdenciário é concedido. Então os 12 meses de estabilidade passa a contar a partir do término do beneficio.

    Então, o negócio é ficar esperto, se realmente querer a estabilidade não pode ser um “acidentinho” qualquer, tem de ser um “razoável” pra ficar de “molho” pelo menos uns 20 dias ou mais.

    Mediante ao que esta relatado acima, faço minha pergunta, o colaborador apenas se afastou por 15 dias, mas não precisou se afastar via inss, neste caso não tem direito a estabilidade, mas pegou 20 dias, o inss indeferiu seu afastamento, retorna para a empresa, também não tem direito, agora o beneficio sendo concedido, aí sim passa a ter direito a estabilidade?

    • Bem, se o INSS indeferiu o beneficio, significa que ele “não precisava de mais dias” ou não …. entretanto neste caso ele não adquiriu a estabilidade.

  104. Sofri um acidente indo trabalhar, mas só trabalho na empresa à 1 mês, a empresa tem que fazer o CAT, pois estou afastada já vai fazer um mês. Até agora a empresa não agendou a pericia, posso marcar está pericia? Qual documentação que preciso?

    Obrigada

    • Patricia, a CAT deverá ser feita pela empresa até 24 horas após o acidente, caso isso não tenha ocorrido solicite que a mesma abra a CAT mesmo com atraso, se mesmo assim a empresa não concordar você deve porcurar o sindicato para que este faça a abertura da CAT.

  105. A

  106. O meu pai sofreu um acidente de trabalho a 3 meses e foi aberto o CAT, mas agora ele nao aguenta mais o gerente. Esta tentando negociar com a empresa (acordo) para que a empresa mande ele embora. Mas a mesma alega que nao pode por causa do CAT. O meu pai pode fazer um documento abrindo mao do CAT? É legal?

    • Não … ele não pode “abri mão” da estabilidade …. só poderá sair da empresa caso peça demissão ou seja dispensado com justa causa, ou aguarde completar os 12 meses.

  107. Oi td bom? meu nome e Irenildes e adorei suas explicaçoes, mas eu tenho uma duvida, tinha menos de um mes que eu estava trabalhando no supercei e sofri um acidente quando estava indo para o meu trabalho, o medico mim deu 30 dias de atestado por ter quebrado apenas um dedo, agora to com medo de ser mandada embora por causa desse acidente(atestado). ha eles tambem ta enrolando com aminha documentaçao o cat. ja tem mas de uma semana que td aconteceu, msm assim eles ainda nao mim entregarão. olha que eu entreguei esses documentos no dia seguinte do meu acidente e ate agora nada… mim ajuda por favor…

    • Bem, no caso especifico, aparentemente se trata de um acidente de trajeto, a empresa deveria ter aberto a CAT, inclusive se o médico deu um atestado de 30 dias …. a empresa só é responsável pelo pagamento dos primeiros 15 dias …. para você receber o restante precisa ir até a Previdencia Social, pois é ela que ira pagar seus dias afastada do trabalho.

      • e eu tenho risco de ser demitida? e sera que eu tenho direito da estabilidade? obrigada!

      • O risco sempre existe … entretanto se você estiver dentro do contrato de experiencia quanto a estabilidade fica prejudicada.

  108. desculpa eu não expliquei o acidente… um carro mim fechou e acabei caindo de moto e quebrando o dedo mindinho da mao esquerda…

  109. o carro mim fechou e acabei quebrando meu dedo na queda.

  110. Prezado Joselito,

    Poderia por gentileza, esclarecer uma dúvida.
    Em setembro de 2007, fui atropelada quando retornava do trabalho para casa, sofri uma fratura no Úmero direito e uma lesão parcial do supra espinhal direito gerando o CID S42.4.
    Durante estes 4 anos fiz diversos tratamentos que não surtiu efeito, dia 01 de setembro de 2011 passei por uma cirurgia de reconstrução artroscopia, pois a lesão agravou muito no ombro direito, quando sofri o atropelamento a empresa só efetuou a abertura da CAT apos solicitação do INSS e agora esta alegando o mesmo, que só irá efetuar a reabertura da CAT caso o INSS solicitar. A postura da empresa esta correta?

    Desde já agradeço.

    • Bem, na época do acidente não precisava esperar a solicitação do acidente, entretanto agora está correta, o INSS cajo interprete que seja uma continuidade do acidente anterior emitirá um documento para empresa solicitando uma nova CAT.

  111. trabalho a 1 ano numa oficina como mecanico me acidentei no trabalho abribram a cat e eu recebi 4 meses do inss o medico me pediu uma ressonacia mais ainda nao foi liberada pelo sus e meu atestado terminou antis q eu consseguise os exames p/ o perito do inss como meu atestado venceu eu voltei na impresa e eles me deram as contas o q eu faço?

    • Bem, se você ficou afastado pelo INSS pelo motivo de acidente de trabalho é nitido e claro que você tem a estabilidade provisória ….. caso eles persistam e insistam com a rescisão você deverá entrar na justiça trabalhista,

  112. Estou de licença médica por tendinite nos ombros, cotovelos e punhos desde o dia 07/10, essa licença é de 15 dias.

    Já estive de licença pelo INSS, especie B91 4 vezes pelos mesmos motivos.

    Gostaria de saber se a empresa é obrigada emitir a CAT antes mesmo de ultrapassar os 15 dias ou só depois desse período caso a licença se prolongue.

    Existe algum dispositivo legal que ampare isso?

    • Ela poderá emitir caso a previdencia social solicite ou uma junta médica, onde a empresa deverá estar representada.

  113. Bom dia! Gostaria de saber se tenho período de estabilidade, pois o meu acidente foi em casa .Quebrei a perna e estou na caixa de 08/08/2011 a 07/12/2011.Desde já obrigada.

  114. Olá, sofri um acidente de trabalho as 00:30h e tive que chamar uma pessoa da minha familia para me buscar e me levar ao hospital, não seria obrigação do meu chefe fazer este translado? qual a lei que regulamenta isso?

    • Bem, 0:30, você estava dentro do seu horário normal de trabalho? Caso afirmativo, a empresa deveria dispor de meios de transporte, ou se fosse o caso que uma ambulância do SAMU fosse acionada, entretanto não existe nada especifico na lei sobre isso.

  115. tenho um funcionário que alegou ter torcido o braço no serviço, foi ao médico e pegou afastamento e tem estabilidade de 1 ano, mas vem trabalhar o dia que quer e mais ele não trabalha desde o dia 3/10 e foi ao médico no dia 7 pegou outro cat alegando acidente de trabalho neste caso eu sou obrigada a asseitar ?

    • Bem, Elisangela, inicialmente a empresa deve fornecer a CAT quando tem a certeza que o acidente ocorreu dentro da empresa e durante o horário de trabalho e dentro das atividades especificas do empregado e ainda mais se possível com testemunhas, nunca deve fazer uma CAT sem todos os detalhes, pois corre o risco de fazer uma CAT para o funcionário que torceu o pé ou o braço no final de semana jogando bola (não estou dizendo que este é o caso, apenas que a empresa deve ser cuidadosa). A estabilidade ele só adquire se ficar afastado por mais de 15 dias e passar a receber da Previdencia Social e deve inclusive passar pela pericia para ter alta … se este foi o caso ele realmente tem estabilidade ….quanto a aceitar. caso a previdencia social solicite a reabertura da CAT que você fazer.

  116. Oiii td bem.pode me informar sobre um assunto delicado eu entrei na empresa estava na experiencia de um mes e 5 dias quando me acidentei fiquei afastada pelo inss ate dia 10 de outubro …voltei a trabalhar mas nao quero mais fica na empresa gostaria de saber se perco algum direito por favor pode me informar sobre

    • Se você está em contrato de experiencia, vale para os dois lados, quando encerrar a experiencia você deve simplesmente pré-avisar a empresa que não deseja continuar, e será como um pedido de demissão.

  117. Olá, boa tarde!
    Estou em periodo de experiencia, amanhã completa 2 meses que estou na empresa, abri cat faz 12 dias, hj 18/10/2011 fui na perícia, e o perita me liberou para voltar a trabalhar amanhã, eles podem me mandar embora e como eu faço o calculo para saber o valor que irei receber de indenização de experiência?

    • Você estando na experiencia não adquire estabilidade, a empresa pode dispensa-la quando do término da experiencia.

  118. Um funcionário da empresa diz sofreu um acidente de trajeto de moto, só que o acidente como consta no BO foi duas horas e meia após o término do expediente, o trajeto que ele faz do trabalho até a casa dele não demora mais do que meia hora. A empresa acha que ele parou em algum local e não foi direto para casa e alem disso ele não tem habilitação para dirigir moto. A empresa deve abrir o CAT neste caso ou não é considerado acidente de trajeto?

    • Bem, pelo que entendi não se caracteriza acidente de trajeto, é apenas um acidente comum, que deverá ser encarado como auxilio doença e não acidente de trabalho ou trajeto.

  119. Olá Joselito,
    Estou com uma dúvida, ficarei grato se puder me ajudar:
    Um funcionário da empresa em que trabalho alega que sofreu um acidente de trajeto de moto quando voltava para casa, só que o acidente como consta no BO aconteceu somente duas horas e meia após o término do expediente, o trajeto que ele faz do trabalho até a casa dele não demora mais do que meia hora. A empresa acha que ele parou em algum local e não foi direto para casa e alem disso ele não tem habilitação para dirigir moto. A empresa deve abrir o CAT neste caso ou não é considerado acidente de trajeto?

  120. Sofri um acidente de trabalho muito grave, no qual não quero mais trabalhar na empresa após minha recuperação. Gostaria de efetuar um acordo com a empresa para minha saída, só que possuo receio que ela possa negar-se baseando na minha estabilidade de 12 meses. A empresa pode me obrigar a trabalhar durante os 12 meses? Ou pior, serei obrigada a efetuar abandono de emprego para poder sair de lá, no qual perderei todo o tempo de casa conquistado até hoje?

    • A estabilidade no caso de acidente de trabalho não pode ser negociada e nem mesmo abdicada. Assim, caso quando do seu retorno, caso queira deixar a empresa devera pedir demissão.

  121. QUERO FAZER UMA PERGUNTA ME ACIDENTEI INDO PARA O TRABALHO E A EMPRESA DISSE QUE NÃO É RESPONSAVEL PELO QUE ACONTECE NA RUA SÓ PELO QUE ACONTECE DENTRO DA EMPRESA ISSO É VERDADE NÃO QUISERAM ME AJUDAR A COMPRAR O REMEDIO QUE PRECISO TOMAR PORQUE 2 MESES ANTES EU SOFRI UM ACIDENTE DENTRO DA EMPRESA COM UMA MAQUINA DE PRENSA ELES DISSERAM QUE SÓ SE RESPONSABILIZAM PELO QUE ACONTECEU DENTRO DA EMPRESA PELO QUE ACONTECEU AGORA NO TRAJETO ELES NÃO TEM NADA A VER COM ISSO ELES ESTAO CERTOS?

  122. ola bom tarde me chamo carlos sou moro em vitoria-es,bom sofri um acidente na minha empresa,torci o pe direito e acabei caindo com o joelho direito na escada,porem fiquei apenas 14 dias de gesso,depois retornei para o serviço foi aberto uma cat certinho,porem depois de 5 meses eles me trocaram de filial,onde la deveria subri escadas o dia todo,eim uma dessas subidas senti uma forte dor no joelho direito,e acabei dando uma mau jeito,fui para o medico e foi constatado que estava com a rotura quebrada e o ligamento tambem tive que fazer duas cirurgias,porem a empresa alega que nao foi acidente de trabalho e nao emitio a cat…porem todos dizem que foi devido ao primerio acidente..oque posso fazer nesse caso..ah e o sindicato ficou imparcial na situação…se alguem poder me ajuda agradeço abraço a todos….

    • Aparentemente o segundo acidente é consequencia do primeiro, então você deve proceder junto com um advogado para comprovar o chamado “nexo causal” entre o primeiro e o segundo acidente, então a empresa deverá abrir uma nova CAT ou se for o caso uma CAT complementar.

  123. Sofri um acidente no trabalho com duas fraturas expostas de tíbia e rotula, já estou afastado a 8 meses e a empresa tem pago operação e remédios, mas nada devo colocar na justiça ou conversar com eles primeiro. Tenho direito a indenização de mas ou menos quanto?

    Grato !

    • Rodrigo, caso a empresa esteja em dia com suas obrigações trabalhistas e inclusive seguindo as medidas de segurança e o seu acidente tenha ocorrido por ato inseguro dificilmente você conseguirá alguma indenização extra, a não ser que comprove que a empresa não atendia as medidas de segurança e o acidente tenha ocorrido por uma condição insegura.

  124. Eu trabalhava na Empresa “X”, na qual fiquei afastada 3 anos por problemas sérios de saúde. Quando ganhei alta do INSS, também pedi demissão da empresa, fiz o exame de retorno ao trabalho. Passado 2 meses entrei na Empresa “Y”, conhecida do meu marido, a diretora que é amiga da família sabia do acontecido. E ela disse que eu teria que fazer um exame admissional diferente pois eu tinha ficado afastada. Isto condiz?

    • Exame diferente????? Bem, não entendi bem o que quer dizer diferente. A empresa deve exigir os exames admissionais de praxe, não pode “inventar” nenhum exame diferente a não ser que seja para um cargo especifico, ou estaria comentendo um ato de constrangimento ilegal.

  125. gostaria de saber, eu fui acidentado na empresa e não houve afastamento, pois a empresa quando de acidente ela coloca o funcionário em serviço adaptado a cat foi aberta sem afastamento o que devo fazer.(tem estabilidade com faço para reverte esta situação)
    desde ja agradeço se possivel mande a resposta via email

    • Caso você tenha sofrido acidente de trabalho, deve ser aberta a CAT. Entretanto que deve determinar que o funcionário deve ser afastar ou não do trabalho é o médico. Entretanto caso haja este afastamento ele deve ser superior a 15 dias e você deve passar a receber da previdencia social, caso contrário não existe estabilidade provisória.

  126. meu marido é motorista de caminhão e sofreu um acidente trabalhando (colidiu com outro veiculo) passou por cirurgia e ficou afastado por mais de 20 dias! so que o medico so deu um atestado de 15 dias pois disse que era o tempo máximo pois apos esses 15 dias ja não era mais com ele e sim com o inss. mais a empresa esta segurando o cat dele e ate agora não me deram o cat! meu marido tem direito a estabilidade?

    • Priscila, pela lei a empresa tem o dever de fazer a CAT em até 24 horas após o acidente ocorrido, caso ela não tenha feito a CAT ela poderá ser penalizada por ações administrativas da Previdência e não apresentação da mesma, caso o empregado se sinta lesado pela não entrada na Previdencia Social por Acidente de Trabalho poderá também recorrer administrativamente e até judicialmente para que seus direitos sejam cuumpridos. O médico pode dar um atestado de quantos dias ache necessário, 15, 30 entretanto a empresa só é obrigada a pagar os primeiros 15 dias, a partir dai o segurado deverá dar entrada junto ao órgão competente da previdencia para se afastar por mais tempo, passando por pericia que comprove e justifique o afastamento.

  127. Se um funcionário saiu da empresa A para empresa B, nesse trajeto sofreu um acidente…será aberto duas cat’s, tanto pela emprresa A e B, por ser abitual. ou será descaracterizado pelo fato do acidente de trajeto não existir pelo fato de não ser casa trabalho ou vice versa!

    Marcelo Freire
    Técnico de segurança do trabalho

    • Bem, em qual empresa ele é registrado? A ou B?

  128. O empregado trabalha em um hospital A pela manhã e a tarde trabalha no hospital B, no percurso do hospital A para B, sofreu um acidente. Devemos primeiramente considerar acidente de trajeto, e se for quem deverá abrir a cat uma vez que esse percurso é habitual, será a empresa A ou a empresa B, ou as duas empresa emitirão a cat, ou a regra só vale para casa trabalho ou vice e versa.
    Sds
    Marcelo Freire
    Técnico de segurança do trabalho

    • /bem, agora entendi, ele tem dois registro em carteira, no Hospital A e no Hospital B. A legislação é clara quando fala em acidente de trajeto, estabelece uma singularidade entre residencia e trabalho, não fala nada de trabalho para o trabalho, ou seja, para que a lei tivesse todo o entendimento, o empregado deveria sair da empresa A e ir até a sua residencia e posteriormente ir até a empresa B. Acidente de trabalho também não é, considerado que ele ja saiu da empresa A e ainda não começou a trabalhar na empresa B. Entretanto, caso ocorra este tipo de acidente, petrante a lei, fica isenta de responsabilidade por abertura da CAT a empresa A e a B, entretanto o empregado poderá se dirigir ao sindicato pedindo abertura da CAT e dando entrada na Previdencia.

  129. ola boa tarde gostaria de pedir uma informaçao.
    tou no seguro por acidente de trabalho,aleixei me na coluna cervical e na lombar.a seguradora tem que me pagar 75% do salario?e o resto e a empresa?ou tem que pagar na totalidade(100%).
    cumprimentos carina
    agraceço a resposta para o meu imail

    • Bem, quem tem que pagar o seu salário é a Previdencia Social, e é bem mais que 75% …. se a empresa efetuou todos os processos administrativos corretos ela não tem obrigação nenhuma em complementar o salário, a não ser que isto conste em clausula de Convenção Coletiva.

  130. ola,boa noite.
    Tenho tunel do carpo comprovado,sou vendedora de calçados porem no dia 14/11/2011 assinei meu aviso,a empresa pode me
    dispensar mesmo tendo adquirido uma ler.E mesmo eu estando em tratamento.
    desde ja agradeço sua resposta. Bel.

    • Se você não estiver afastada por “acidente – doença profissional” com CAT aberta, a empresa poderá sim dispensa-la, e então caso você se sinta lesada deverá entrar com reclamatória trabalhista para provar o nexo causal entre a doença e o trabalho por você executado.

  131. estou em experiencia na empresa fiquei 15 dia afstado por acidente trabalho (com cat) voltei trabalhar no 16 dia tenho estabilidade quando vencer minha experiencia?

    • Não, você não terá a estabilidade provisória.

  132. ttrabalho em salão de blz e por fazer movimentos repetitivos sofri uma lesão no ombro direito, e na clouna, fiquei afastada 15 dias e agurdo a pericia em casa, q ja vai ser no proximo dia 21/12, fui na empresa abrir a cat e eles estão me enrolando, se passar o dia da pericia eu posso perder meu direito?

    desde ja agradeço!

    • Bem Daniele, a CAT só será aberta desde que a previdencia Social efetue a solicitação.

  133. bom dia! gostaria de saber se tenho direito a CAT? por que escurequei da escada dentro da empresa e rompi o ligamento cruzado do joelho mais eu pensava q era uma simples dor e com o passar +ou – de 2 a 3 meses comecei a sentir dores no joelho e procurei um medico e agora estou cirugiado e marquei a minha pericia para o dia 05/12/2011 e o raz do inss me informou q era para eu pedir a CAT para empresa mais a empresa estar alegando q eu não tenho direito por ja ter passado um serto tempo.

    • Bem, neste caso é complicado, pois passou muito tempo e a empresa não tem como ter certeza se o acidente foi na empresa ou não ….

      • ok muito obrigado!
        mais ja entrando em detalhes, quando eu escurequei da escada eu falei para o gestor e pesei q seria uma dor simples e ai agravou, e quando eu fui falar para ele que tinha que fazer essa cirugia no joelho ha empresa queria me demitir, tenho como prova um imail dos gestores se comunicando dizendo que era melhor me demitir antes de eu me operar. o que devo fazer se eles quizeren me demitir quando eu voltar? e vc acha melhor eu mostrar para o medico do inss? esse imail pode ser q seja a prova q realmente eu sofrir um acidente.
        deisdeja eu agradeco muito obrigado pela forca…
        valeuuu.

      • Adailton, nada impede que você mostre o e-mail para o médico do INSS, apenas só estou dizendo que como passou muito tempo, fica dificil estabelecer o relacionamento desta cirurgia com o “escorregão” na escada.

  134. Estou na estabilidade de acidente do trabalho já retornei, devo me aposentar (especial) 25 anos e ainda estarei na estabilidade sou obrigado a sair da empresa por conta da aposentadoria especial.

    • Toda justa causa, caso você tenha convicção que não tem nenhuma culpa tem de contestar judicialmente, inclusive para que a verdade possa no final vingar.

  135. sofri um acidente de trabalho no dia 18/10/2011,no hospital o medico me entregou o cat ,e o atestado de 16 dias , quando retornei o medico me afastou por mais 30 dias vou tirar o gesso no dia 02/12/2011, so que a consulta da pericia medica vai ser dia 06/12/2011.Queria saber se eu tenho direito de receber o pagamento do inss.
    Quando sofri o acidente só fazia 1 mês que eu estava trabalhando .por acaso tenho o direito a estabilidade . obrigado por tudo .agradeço sua resposta

    • Vamos por parte, se você ficou afastada além dos 15 dias, tem o direito de receber a partir do décimo sexto dia da Previdencia, quando a estabilidade você só terá direito caso não esteja na experiência.

  136. Olá Joselito,gostei de seus comentários,me ajude aí: fiz uma cirurgia no ombro direito, dia 19/11/11 ( reparo de manguito rotador ), cid m751 é desta enfermidade, gostaria de saber se eu posso entrar com uma ação contra o inss. Trabalho a 26 anos em uma montadora de automóveis, e o que tenho ainda de direito pela lei trabalhista, faleu obrigado.

    • Bem Ariovaldo, não entendi bem por que você quer entrar com uma ação contra a Previdência? A Cirurgia foi mal sucedida?

  137. GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO A ESTABILIDADE FIQUEI AFASTADO POR 15 DIAS PELA EMPRESA E MAIS 40 PELO INSS POR DOR NA COLUNA O PERITO DEU NEXO CASUAL MAS NÃO FOI ABERTO A CAT

    • Bem, caso o seu médico tenha dado o nexo causal, a empresa poderá fazer a sua própria pericia com médicos próprios e não entender desta forma, portanto a não ser que a previdencia através dos seus peritos estabeleça esta relação a empresa pode se negar a abrir a CAT e assumir o risco.

  138. boa tarde meu marido sofreu um acidente de trabalho quebrou o calcanhar e foi operado ele trabalha na empresa a doze anos so que ja esta aponsentado por tempo de contribuiçao mas continuou trabalhando ele tem direito de receber auxilio açidente de trabalho e o salario de aponsentadoria obrigada

    • boa tarde aguardo a resposta

    • Não. Só receberá a aposentadoria, não poderá acumular os dois beneficios.

  139. aguardo a resposta

  140. boa tarde a todos eu trabalhava em um hospital particular como pintor e hoje fui mandado emboramas tem 2 anos que estou com o hospital na justiça porque machuquei la eles se negaran a prencher a cat para mim mas o cindicato prencheu dei entrada no nss fiquei afastado mas de um ano voutei a trabalhar e fiquei na empresa mas um ano trabalhando e depois que venceu um ano me mandaran embora mesmo o problema DE SAUDE FICANDO E EU COM ELES NA JUSTIÇA ELES PODEM ME MANDAR EMBORA………….

    • Bem, independente de quem preencheu a CAT, passado um ano contado do seu retorno, acabou a sua estabilidade provisória, a empresa pode efetuar sua rescisão sem justa causa. Quanto ao problema na justiça continua correndo, entretanto você deverá posteriormente provar o nexo causal de alguma sequela com o acidente para obter algum tipo de indenização.

  141. A minha pergunta é diferente, fui atropelada na porta da empresa que trabalho, estou afastada a 3 ano, mas a ultima vez que fui a INSS eles renovaram até fevereiro e disseram que eu tenho que voltar a trabalhar. Onde trabalhava não tenho condição de ficar, pois é uma loja e eu não posso ficar muito tempo em pé. Tive fratura exposta na perna, já fiz 7 cirurgias. A pergunta é, não tenho condição de voltar ao trabalho, como faço para que eles me demitam? Pois vou precisar procurar um emprego mais tranquilo, tipo secretária.

    • A questão é a seguinte. Caso a Previdência lhe de alta, ela irá solicitar que a empresa que você está registrada consiga uma nova colocação para você dentro de outras condições, se for o caso. Entretanto a empresa poderá alegar que não tem outra função para você. Pronto, está criado o impasse, ou a previdência lhe libera para trabalhar no seu antigo posto, ou irá considera-la inapta para a função. Caso você seja liberada apta para a função deverá então permanecer ainda por um ano trabalhando até terminar sua estabilidade provisória, ou então pedir demissão.

  142. me chamo rafael cruz,sofrir um acidente na empresa no perildo de experiencia falta 01 mes pra pericia, minha experiecia acabou e a empresa quer me liberar, tenho o direito a estabilidade
    na empresa???

    • Não. Não tem direito.

  143. entrei na empresa 04/08/09 dia 07/07/10 sofri um acidente de trabalho voltei a trabalhar 16/02/10 me mandaram embora 25 dezembro eles nao pode me mandar embora porque tenho estabilidade até fevereiro entao procurei meu advogado e processei a empreza por danos morais o que vc acha sobre isso ?

    • Bem,não conseguir entender bem as datas, entretanto caso você tenha estabilidade provisória e eles te dispensaram, acredito que deva ficar dentro das leis trabalhistas, não acho que será concedido danos morais, mas, o negócio é ir em frente.

  144. Me acidentei fora da minha região, porem em ato de trabalho em horário de expediente em 2010, fiquei afastado por 1 ano, voltei em janeiro de 2011, me dispensaram antes de eu completar 12 meses. O que tenho direito e o que devo para obtê-los.
    Fui dispensado SEM JUSTA CAUSA.

    • Não entendi bem a questão de acidente fora da região …… teria que explicar melhor ….

  145. meu nome e amilson eu sofri um assidente de trabalho quando eu varia uma avenida aqui em natal e rompi os ligamentos cruzados eos tendoes e precisou fazer uma cirugia e foi colocado trés pinos no meu joelho esquedo gostaria de saber se eu tenho direito ha indenizaçaõ pela empresa

    • Amilson, o que acontece é caso a empresa esteja em dia com suas obrigações perante a previdencia social, adotando os critérios de segurança do trabalho, se for o caso tenha CIPA constituida e comprove que adota medidas de segurança, ela não terá obrigação de pagar indenização. porém, se o contrário for verdadeiro, então terá direito ….

  146. Bom dia meu caso é o seguinte .. na empresa ha 15 dias no periodo de experiencia quando voltei do atestado de 15 dias a empresa me dispensou o acidente foi de trabalho porque trabalho na rua de vendedora externa quebrei o dedo do pé e a empresa não quis abrir o CAT eles simplesmente depositaram um valor na minha conta dizendo que era a minha recisão eu nao assinei nada ainda e nem fiz exame demissional estou com o relatorio medico de afastamento por mais
    30 dias e tenho medico na terça feira dia 20 12 oque devo fazer ?

    • Bem, o caso é o seguinte, você estando trabalhando a disposição da empresa executando serviço externo, quando do acidente você deveria se dirigir a um hospital ou posto de saude, comunicar o ocorrido, solicitar atestados médicos e se dirigir até a empresa e solicitar a CAT, esta se negando você deveria ir ao Sindicato que eles abririam a CAT …. entretanto, você estando no periodo de experiencia a empresa pode dispensa-la assim que você retornasse ao trabalho ….

  147. Boa noite tenho 5 cats abertas e 5 auxílios-acidentes b 91, estou trabalhando, em banco desde 87, na mesma função caixa, gostaria de saber se posso ser demitido caso passe minha estabilidade, pois tive alta do inss em 10.07.2011.

    • Após 12 meses do seu retorno ao trabalho do ultimo acidente termina sua estabilidade provisória ….

  148. ola boa tarde meu nome e iwan e gostaria de tirar uma duvida no mes de agosto de 2010 tive uma queda na garagem so informei a medica do trabalho e a dra:me informou que as dores que estava sentindo nas costa nao era nada e entao nao foi aberto a cat so que divido a queda tive que realizar varios exames ate chegar em uma cirurgia de ernia discal e tenho cicatriz desta cirurgia o que devo fazer? obs;quero informar tmb que ainda nao retornei ao trabalho por motivo que tenho muita dor e o inss me deu alta deste o mes 05 de 2011 mais o medico que me operou nao me deu alta ja realizei varias pericias e a previdencia social so me da alta ja entrei com processo e o que devo fazer para receber os mes atrazado ja solicitei o pedido de recurso estou certo e a respeito da queda tenho direito de alguma indenizaçao por ter sequelas desta cirurgia.obrigado

    • Me desculpe, mas não entendi bem, a sua queda foi de qual garagem? Da sua casa? da Empresa? E qual a função que você exerce?

  149. negocio foi o seguinte eu estava trabalhando entao me machuquei o ropeu ligamento do meu punho e tive uma luxaçao muscular o problema q nimguem me pretou socorro e continuei trabalhando isso faz 6 dias e querem me dar a conta tenho algum direito ele podem fazer isso ?

    • Bem, quando da ocorrencia do acidente de imediato você deveria ter comunicado ao seu encarregado que ou encaminharia ao departamento médico da empresa ou se fosse o caso abriria uma CAT e te encaminharia para algum hospital para que o médico efetuasse o diagnóstico correto, como isto não ocorreu, a não ser que tenha como você provar que o acidente ocorreu dentro da empresa eles poderão dispensa-lo. Mas, nada impede que você posteriormente entre com uma ação trabalhista procurando vincular o acidente.

  150. Boa tarde, o problema é o seguinte sou um sinistrado de acidente de trabalho, a companhia de seguros tem um protocolo com a minha empresa então não me paga diretamente a mim o meu salário passa primeiro por a minha empresa e depois é que me pagam, mas enquanto isso fico sempre á espera do meu salario em atraso um mês é incompreensivel acontecer estas coisas a empresa deixar um sinistrado ficar sem o vencimento tanto tempo e não me avanssam o mesmo…… o que posso fazer nesta situação????

    • Carlos
      Não entendi bem, se você sofreu um acidente de trabalho, e ficou afastado por mais de 15 dias a responsabilidade pelo pagamento de seus vencimentos é da Previdencia Social. Caso a sua empresa tenha algum tipo de contrato com alguma seguradora isto está além do que é o seu direito trabalhista, portanto isso vai depender da forma que está estebelecido o contrato entre sua empresa e esta seguradora.

  151. Olá, Sofri acidente me maio de 2011 no percurso casa trabalho de moto. assino vale transporte mas não os recebo. sempre me locomovi neste percurso de moto. fiquei afastado pelo inss por 5 meses, voltei em outubro e agora em janeiro querem me dispensar, gostaria de saber se ao seu ver pelo fato de eu ter sofrido acidente de moto e não estar usando o Vale transporte eles podem não me dar a estabilidade de 1 ano. Obrigado

    • Lucas, independe do seu meio de locomoção, caso tenha sofrido algum acidente no trajeto (sem desvios e dentro de um horário razoável) será considerado acidente de trabalho e a empresa deverá abrir uma CAT e você terá a estabilidade de um ano a partir do momento que receber alta da Previdencia. Entretanto poderá sofrer algum tipo de punição pela má utilização do vale transporte, por parte da empresa ou da previdencia social.

  152. olá meu nome e Maykom, bom, fui pra pericia por q estava sentindo fortes dores na coluna e minha perna ficava dormente, a perita disse q provavelmente to com hernia de disco, estou aguardando a ressonância q vai ser agora em janeiro. bom, minha duvida é; dei entrada na pericia no mes de setembro fiquei 15 afastado da empresa dae voltei a trabalhar por q a perita me deu um laudo pedindo a os meus superiores q me mudasem de função, so q isso nao aconteceu e eu me machuquei de novo dae voltei pra pericia novamente agora em novembro e passei 30 dias e voltei agora em dezembro a trabalhar, e dessa vez me mudaram de função, o q eu quero saber e se essa 1 ano estabilidade vale desde a primeira vez q voltei a trabalhar ou vai contar da segunda vez q voltei a trabalhar? desde ja abrigado.

    • Bem, Maykom tem de começar no inicio, você foi ao médico porque sofria fortes dores na coluna, entretanto precisa ser entendido se o seu problema tem realação com o seu trabalho, caso isto seja correto e houver um nexo causal, será considerado acidente de trabalho, caso contrário será apenas auxilio doença e portanto sem estabilidade ….

  153. sofri um acidente de trabalho setembro de 2010,foi feito o cat e fiquei até dezembro de 2010como acidente de trabalho, quando fui voltar para o trabalho tive um problema de saude não relacionado ao acidente e inss me concedeu o beneficio ate abril de 2011,gostaria de saber se estabilidade vai ate dezembro ou abril?tambem os noventa dias que fiquei recebendo pelo inss o salario baixou uns70%quem tem que pagar essa diferença é a empresa?

    • A sua estabilidade tem inicio a partir da data que recebeu “alta” da Previdencia social considerando apto a voltar ao trabalho … portanto iniciou em dezembro de 2010.

  154. Bom dia Joselito
    Sofri um acidente na escada de minha residencia, fazia 15 dias que estava de ferias,Ja trabalho na empresa a quase 3 anos e tenho quase 59 anos de idade tenho estabillidade ou nao o que devo fazer? Agradeço sua atencao Neide

    • OK Neide, infelizmente no caso de acidente doméstico não existe estabilidade.

  155. boa tarde eu queria saber qual e o meu direito se eu pedir minhas conta na fabrica sendo que sofri um acidente la dentro eles abrirao o cat eu fiquei 15 dias afastada mais eu nao vi o cat so falarao que abrirao qual sao meus direito se eu pedir as conta eu nao resebo nada …….. muito abrigada aguardo resposta.

    • Bem, no caso de você pedir demissão não depende de você ter ou não estabilidade, os seus direitos são iguais. Recebe o equivalente suas férias, décimo terceiro e dias trabalhados.

  156. Bom dia ! estou com outra duvida para tirar com voce, bem é o seguinte eu ja avia te falado do meu caso no dia 25 e 27 de novembro de 2011 e dando continuidade no que esta acontecendo agora. eu fui fazer a pericia no INSS e expliquei para o medico tudo o q tinha acontecido e ele decretou que foi acidente de trabalho e agora a empresa estar falando com um advogado para que ele ache uma solução para me colocar para fora da empresa. O QUE EU DEVO FAZER?
    Deis de já agradeco todo o seu apoio…..
    muito obrigado.

    • OK, primeiramente você precisa necessáriamente por escrito este documento da Previdência Social determinando que o seu caso é de acidente de trabalho, entretanto a empresa poderá judicialmente contestar o documento e por fim quem irá decidir é a justiça.

      • boa noite sou eu de novo respondendo para vc eu ja fui lá no inss saber se ha empresea tinha contestado e o perito do inss me informou que mesmo q ha empresa conteste eles vão negar mais eu já fiquei sabem que a empresa procurou um advogado e o advogado disse para eles pegaren toda a minha documenta do inss aquela que de entrada eu tenho todos esses imail dos gestores da minha empresa falando isso um amigo meu que é da informatica de lá mandou para mim. o q voce acha que eu tenho que fazer para poder ganhar um bom dinheiro deles? vc acha q ai rola processo contra danos morais?
        mais uma vez muito obrigado vc estar me ajudando muito

      • Adailton, primeiramente você veja como termina, então com documentação em mão produre um advogado, ele irá analisar todos os documentos e provávelmente irá instrui-lo na melhor maneira de seguir adiante.

  157. Boa noite! Agradeço pelas informações do seu blog, são muito úteis! Eu gostaria de saber se eu posso rescindir a minha estabilidade para entrar em outro emprego? Sofri um acidente e tenho estabilidade de 1 ano, eu sou obrigado a trabalhar este ano inteiro? E se isso for possível eu perderia todos os direitos? Obrigado!

    • Bem, você pode, quem não pode é a empresa. Então, caso você peça demissão não existe problema algum.

  158. Sofri acidente de trabalho a 30 dias fiz cirurgia na cabeça e fiquei com sequelas no olho esquerdo como saber se a empresa emitiu a CAT o que acontece depois da emissaõ da cat o que vai acontecer comigo? Até agora nimguem me informou nada.

    • Primeiramente você deve solicitar junto ao setor de departamento do pessoal da empresa a confirmação da emissão da CAT, eles deverão lhe passar uma cópia, em posse desta, caso você tenha ficado afastado por mais de 15 dias procure uma agencia da Previdencia Social e de entrada para receber o auxilio acidente e agende a pericia médica.

  159. como receber o auxílio acidente?

  160. oi
    eu me chamo valdirene eu sofri um acidente de trabalho eu tinha dois meses que eu estava na filma eu escoreguei em uma palha de cana e cai de lado como estava quase na hora de vim enbora e eu morava muito longe ficou doendo mais pensei que nao ia doer mais fui enbora pra minha casa quando foi no outro dia eu nao alguetei meche minha perna esqueda e nao fui trabalha fui para o mediço ela pasou um raix deu um problema no fermu pansei no otopedista ele me deu um atestado de 15 dia e fui levar na fima o medico da usina disse que eu ja tinha entrado la com este problema voltei dinovo no medico ele falou ser eu voltase atrabalha eu ia perde o movimeto da minha perna esqueda o medico da usina nao quis me da o cat fiquei esperado compretar os 15 dia pra eu voltar a trabalha mais quando compretou 12 dia eles madaram a tuma todas enbora ai fui na inpresa o resposavel mederan os papel como auxilio de doença e no inss ele me deram como acidente de trabalho fiquei 4 anos encostada agora me aposetei por acidente trabalho eu nao recebi nada da fima eu tenho algum direito me ajude muito obrigada

    • Bem, depois de muito passado fica meio dificil ter o efeito comprobatório, entretanto caso você tenha toda a documentação da época do acidente, atestados médicos e alguma testemunha que tenha presenciado o ocorrido você pode procutar um advogado e entrar com uma ação trabalhista e outra civil com o intuito de reparar o “erro”, havendo esta reparação com certeza você terá direitos que não foram pagos ….

  161. Olá,
    Sofri um acidente dentro do meu local de trabalho, fiquei apenas 04 dias de atestado. Preenchi a notificação CAT. Tenho estabilidade de 1 ano?

    • Não, você só tem direito a estabilidade desde que fique mais de 15 dias afastado, de entrada junto a previdencia e receba os dias posteriores ao décimo quinto dia e posteriormente a previdencia emita um documento considerando você apto ao retorno ao trabalho, depois que tudo isto acontece você adquire a estabilidade de um ano contando a partir do seu retorno ao trabalho.

  162. Gostaria de saber ,quero fazer um acordo com a empresa pois nao quero mais trabalha nesta empresa,porem minha cat so vence em outubro,posso ser mandado embora e receber o segoro desemprego,fazendo um acordo com a empresa assinando um termo que eu nao quero ser beneficiado da estabilidade,qnto tempo depois do auxilio doença posso dar entrada no segoru desemprego

    • Junior, caso você esteja dentro da estabilidade provisória devido a um acidente de trabalho não poderá ser dispensado e nem fazer “acordo”, a estabilidade não é negocidada e você não pode abrir mão dela e nem a empresa pode dispensa-lo. A unica forma de você sair da empresa dentro deste periodo é no caso de você pedir demissão ou a empresa dispensa-lo por justa causa.

  163. Se a empresa me mandar embora mesmo no periodo de estabilidade ,eu posso receber meus direitos fundo de garantia e seguro desemprego

    • Bem, se a empresa for “incompetente” o bastante para dispensa-lo e ter que arcar com outros problemas futuros você receberá sim todos os seus direitos, inclusive o seguro desemprego.

  164. sofri acidente de trabalho na empresa fraturei dois dedos ainda em contrato de 45 dias permaneci em auxilio acidentario por dois meses tenho estabilidade?

    • Se você estava contratado por periodo de experiencia, mesmo que o tempo que você ficar afastado ultrapasse o periodo de sua experiencia a empresa poderá dispensa-lo assim que você receba “alta” para o retorno ao trabalho. Caso você continue trabalhando, significa que a empresa te efetivou, então você terá estabilidade.

  165. Bom dia! Estou afastado do meu emprego á dois anos por auxilio acidente b91,com dort e agora me mandaram para reabilitação para mundança de função pois fiquei com sequela ,na epoca que estava trabalhando ganhava comissão da empresa e o INSS fez a média e me paga 91% que é o auxilio doença acidentario.Vou voltar agora recebendo o mesmo valor que recebo do INSS ou a empresa tem que acrecentar os 9% para ser integral pois tenho 01 ano de estabilidade.Grato desde já.

    • Bem, o valor que o INSS lhe paga é a sua média e desconta os 9% a titulo de previdencia … você retornando ao trabalho a empresa irá lhe pagar o seu salário reajustado e irá receber as comissões que por ventura vier a ter (se este for o caso), caso as comissões que você recebia fazia parte do seu salário elas deverão incorporar o seu salário. Entretanto a empresa só poderá aceitar o seu retorno desde que tenha uma função compativel ….

  166. Boa tarde!meu nome é daniele sofri um acidente de trajeto no dia 31/01/2011 cai e quebrei meu nariz deu fratura exposta mais no dia eles só saturaram e me mandaram pra casa foi feita a abertura do cat,mas fiquei 7 dias em casa !A partir dai meu rosto inchou muito e voltei no médico !foi feito uma tomografia e foi costatado que eu estava com fraturo no nariz e uma pequena fratura no cranio na parte da testa devido ao impacto do tombo!através dessa fratura do cranio foi constatado uma fístula liquórica que é a perda do líquido da medula!a partir dai fui afastada pela especie 91 e estou ja á 7 meses! minha cirurgia do nariz foi feita agora dia 09/01/2012 tive que rapar minha cabeça para corrigir a fístula tambem mas a equipe da neuro disse que esta fistula pode voltar resumindo ficou como sequela!o que quero saber é que quando começar minha estabilidade no emprego, é se depois de 1 ano quando eles me mandarem embora eles tem que me endenizar por ter ficado uma sequela do acidente???obrigado!

    • Sua estabilidade começa a partir do primeiro dia que você retorne ao trabalho quando receber a liberação pela Previdencia Social. Indenização por sequela em acidente por parte da empresa o funcionário só consegue se ficar provado que a empresa foi negligente quanto a condição de segurança do trabalho, um acidente de trajeto não teria muito que a empresa ter alguam culpabilidade, a não ser que fosse com veiculos próprios e os mesmos não tivessem condição de segurança.

  167. sorfri um acidente de tranbalho foi feito a cat mas me afastei por depreçao e trastorno de perssonalidade, quando eu voltar ao trabalho qual o meu tempo de estabilidade um ano ou dois meses . desde ja obrigada .

    • Bem, precisaria saber se o seu afastamento foi motivado pelo acidente em si …. ou foi por outro motivo ….

  168. Ola, trabalhei na empresa por 1 ano, como auxiliar administrativo, porém digitava bastante, passei a ter dores nos pulsos cada vez mais forte e agora nao consigo usar o computador mais que 30 minutos sem fortes dores, fui mandado embora quinta-feira 19/01/2012, porém não fiz ainda o exame demissional ! Como devo agir, penso eu que não conseguirei arrumar um emprego agora e render bem, tenho algum direito nisso? Cat? auxilio acidente?

    • Bem, este é o caso tipico da LER e existe a necessidade de haver o nexo causal, ou seja, os médicos deverão diagnosticar que este problema ocorreu exatamente pela função que você desempenhava, e irá verificar se na empresa outros empregados também tiveram este tipo de lesão … se ficar comprovado que realmente o tipo de serviço que vocÊ executava causou esta doença profissional será caracterizado acidente de trabalho e a empresa então deveria abrir uma CAT. Entretanto caso ja tenha ocorrido a demissão, você deverá passar pelo departamento médico e obter o exame demissional. No final, infelizmente, caso você se sinta lesado e tenha a certeza que adquiriu este problema no seu trabalho, deverá entrar com uma reclamatória trabalhista e provar o nexo causal.

  169. ola tudo bem se puder essa duvida para mim, trabalho a 9 anos na mesma empresa onde adquiri varias doenças profissionais inclusive a uns tres anos eu havia me afastado por esses problemas, a empresa pode mandar embora ou nao? desde ja obrigado

    • Bem, o seu caso é muito parecido com outros, onde a empresa poderá sim dispensa-la caso até hoje não foi aberta uma CAT por DOENÇA PROFISSIONAL. E caso você se sinta prejudicada deverá entrar com uma ação trabalhista onde deverá provar o NEXO CAUSAL, ou seja, que suas doenças foram realmente adquiridas no ambiente de trabalho.

  170. Bom dia, fui atropelada na porta da loja onde trabalhava, como foi grave tem 3 anos que estou afastada, mas quando sofri o acidente estava no período de experiência, (tinha poucos dias, de serviço) então não tenho estabilidade, certo? Como a empresa não tem nenhum cargo que possa me reabilitar, eles vão optar por me mandar embora.
    Se eles realmente me mandarem embora, o que terei direito, além do fundo de garantia?

    • Estando você afastada por todo esse tempo, o seu contrato de trabalho está suspenso, portanto a empresa poderá efetuar a sua rescisão quando do seu retorno por término de experiência, no caso você terá direito apenas ao FGTS depositado no periodo e 13. e férias refente ao periodo da experiencia, 3 meses.

      • Bom dia, só mais uma dúvida, quando sofri o acidente, não tinha completado o período de experiencia, na verdade não cheguei a trabalhar nem metade deste período, se a empresa for me demitir, tenho direito aos 40% do FGTS (multa paga pela empresa)? Ou só o FGTS depositado até hoje?
        Grata.

      • Só ao FGTS depositado.

  171. Boa noite! Joselito, fiz uma pergunta na questão acima mas não sub me espressar.
    Quando estava trabalhando ganhava comissão no valor + ou – 3.500,00 ,fui afastado com dort e agora estou na reabilitaçâo e vou voltar agora trabalhando na administração da empresa ganhando fixo
    O inss fez a média e me paga 91% que é auxilio doença acidentario no valor 2.350,00
    Se eu vou ganhar fixo qual será o meu salario ? pois a empresa não pode reduzir o salario.Grato desde já.

    • Gilvan, você recebia comissão de mais ou menos R$ 3500,00, entretanto vai depender do seu contrato de trabalho, caso esta comissão tinha uma conotação salarial e a comissão recebida era apenas para complementar o salário, caso a empresa aceite você em uma nova função ela não poderá baixar ou suprimir o seu salário. Entretanto caso esta comissão que você recebia estava definida em contrato que era por uma contra prestação de uma venda por exemplo e você não vai mais vender então não terá direito a comissão e só irá receber o fixo ….

  172. ala sofri um acidente de trabalho estou pela caixa e gostaria de saber se eu tenho direito de receber omeu vale alimentaçao que ja recebia antes de sofrer o acidente e os gastos de medicaçao pela empresa.

    • Bem, quanto ao vale alimentação é preciso ver o que diz a sua convenção coletiva, usualmente o vale refeição é fornecido por dias trabalhados, você estando afastado não teria direito. Quanto aos gastos com medicação a empresa em principio não terão obrigação, a não ser que ela não siga os procedimentos de segurança e seja diretamente responsa´vel pelo acidente.

  173. Bom dia. Gostaria de tirar mais uma dúvida. Estando meu contrato de trabalho suspenso, como eu não completei o tempo de experiência, na verdade não trabalhei nem 15 dias na empresa, tenho direito aos 40% do FGTS (multa paga pela empresa), ou vou receber apenas o FGTS depositado, até o momento?
    Grata.

  174. gostaria de saber como eu faço para abrir mão da estabilidade do cat

    • Bem, a estabilidade provisória em caso de acidente de trabalho não pode ser revertida e nem retirada só termina quando “acaba” no final de um ano do seu retorno ao trabalho.

  175. sofri um acidente indo pegar minha esposa cois que eu fazia sempre estou voltando di 25/02/2012 eu tenho estabilidade de 1 ano

    • Se você estava indo pegar sua esposa em outro local que não seja caminho para sua residencia não será considerado acidente de trajeto e nem acidente de trabalho.

  176. Joselito, Bom dia.
    Sofri um acidente de trabalho em setembro de 2011, fiz o CAT e ontem , 6/2/2012 recebi alta do INSS, entrei em contato com a empresa para passar pelo médico. A loja em que eu trabalhava estava fechando quando sofri o acidente e eu não tinha sido transferido ainda. Falei com a representante do RH para verificar onde faria o exame médico. Hoje falei novamente com o RH que me informou que aguarda contato com a matriz pois parece que existe a possibilidade de me demitirem. Minha dúvida é: sei que tenho estabilidade de 12 meses a contar do retorno do INSS conforme li acima, a empresa pode me demitir e pagar os meses da estabilidade?, neste caso quais seriam meus direitos, também faço parte da CIPA e fui informado que outros funcionários que também eram da CIPA foram demitidos, por favor me oriente.

    • Bem, quem faz parte da CIPA, desde que tenha sido eleito, também tem estabilidade de um ano após o término do mandato, e no caso de acidente de trabalho um ano após o retorno, no seu caso, tendo sido eleito a estabilidade da CIPA será maior do que a do ACIDENTE. Entretanto havendo o fechamento da empresa, irá haver a extinção do contrato, portanto a justiça não considera despedida arbitrária, ou seja, cancela a estabilidade e é permitido a demissão. Porém, ainda existem algumas discussões juridicas sobre o assunto.

  177. Boa noite,

    Sofri um acidente na porta da minha casa (na rua) indo trabalhar, torci o pé e fui trabalhar normalmente, fiquei com dores no joelho o dia todo, quando cheguei em casa meu joelho estava enorme, fui ao PS e o medico colocou uma tala da coxa até o tornozelo, o medico pediu para empresa preencher o CAT no dia seguinte, (03.02.12), e me afastou por 08 dias, mas a empresa marcou medico do trabalho na empresa para mim em 07.02 onde compareci com o joelho enfaixado e a medica disse que só poderia me examinar qdo eu retornasse sem o gesso que será em 14.02, mas já me disse que não irá preencher o CAT que seria apenas um boletim de acidente (interno), como devo proceder neste caso??? Tenho 1 ano e 5 meses de empresa.

    Eu já tinha um problema ou melhor tenho, condromalacia nivel IV ja me afastei varias vezes por ter muita dor, e o joelho engessado é o mesmo que tenho este problema, isto poderá me acarretar algum problema???
    Grata
    Rita Costa

    • Rita, no caso do acidente de trajeto, você deveria ter comunicado de imediato a empresa quando do sua chegada a empresa para que ja fosse ao departamento médico da empresa para os procedimentos rotineiros e inclusive abertura da CAT caso este fosse o entendimento. Infelizmente nestes casos vai pairar uma duvida, se você torceu o pé em casa (ja não seria acidente de trabalho) se foi na rua teria de pelo menos ter uma testemunha …. é um caso complicado e vai depender muito da boa vontade da empresa e seu médico … vão caracterizar o teu caso como “auxilio doença” e não acidente de trabalho.

      • Voltei ao medico e ele me afastou mais dias totalizando 16 dias, e como a empresa não preencheu o cat eu mesma o fiz, agora vou marcar a pericia, caso a data da pericia seja daqui 10 dias, terei q voltar a trabalhar??? ou fico em casa esperando a data da pericia???

        Grata

        Rita

      • Oi Rita, nada impede que o próprio segurado preencha a CAT, entretanto esta não é a melhor alternativa, seria interessante que o Sindicato tivesse preenchido. Bem, para você voltar a trabalhar deverá necessáriamente apresentar todos os atestados correspondentes, caso você tenha a soma dos atestados ultrapassado os 15 dias a empresa poderá solicitar que você assine um documento que não se encontra afastada pela Previdência.

      • Oi…..eu entreguei todos os atestados a empresa, conforme o hospital ia me afastando eu já entregava os atestados no dia seguinte, somados dão um total de 15 dias de afastamento, eles já estão ciente do afastamento para caixa e amanha dia 22 estarei marcando a pericia medica como solicitou o medico do hospital com o devido relatorio.
        desde já obrigada.
        Rita Costa

      • Bem, se você não tem atestado para mais de 15 dias … deve então voltar ao trabalho …

      • a tarde,

        eu ja estou com pericia marcada, estou com todos os relatorios do medica me encaminhando para INSS, mesmo assim preciso voltar a trabalhar?

      • Terminando o prazo de seu atestado e não ahvendo outro, o correto seria. entretanto caso não esteja se sentindo bem teria de procurar um outro médico .. se fosse o caso ….

  178. Qual é a resolução do INSS que trata de acidentes do trabalho? de qual resolução você tirou esse conclusão? Por Favor, me passe se puder, abs…

    • Me desculpe Bruno são mais de 350 comentarios sobre este assunto que não sei de qual você esta falando. Se você puder me fazer a gentileza de copiar a pergunta e minha resposta e postar novamente ficarei agradecido.

  179. Tive um problema no 18/3/2010,indo pro trabalho o onibus passou no buraco e eu subi uma certa altura em que deu só uma dor,isso era 14:20hs,mais quando foi 19:00hs,em que fui me deslocar o joelho esta enxado. E fui ao mêdico,em que me deu 5 dias, e mandou fazer um tratamento com ortopedia,só que consegui agora por que fui encaminhado para outro hospital. Fiz ressonancia magnetica,varios raio x e o resultado vou ter que operar o joelho mais estou sendo mandado embora que tenho que fazer. obrigado

    • Jorge, se a data esta correta 18/03/2010 ja se passaram quase dois anos, não entendi bem a sua pergunta.

  180. boa noite,gostaria de tirar uma duvida.estava a caminho do trabalho quando me machuquei dentro do onibus…imedediatamente fui para o hospital.onde fui medicada e recebi um atestado de afastamento de 01 dia.no dia seguinte proucurei a medeica do trabalho q me deu mais 2 dias de atestado,mas ninguem me orientou sobre o cat.,gostaria de saber o q devo fazer.quais os meus direitos?,meu braço ainda esta mto dolorido,,porem a medica me deu alta,meu trabalho é 100%manual.desde ja agradeço a atençao

    • Bem, você deveria ter de imediato ter comunicado o ocorrido, e seria obrigação da empresa abrir a CAT. Entretanto cabe ao médico da empresa libera-la ou não para o trabalho, entretanto caso você ainda se sinta lesada achando que não pode trabalhar, terá que procurar um outro médico e obter uma segunda opinião, entretanto a empresa não é obrigada a aceitar, a não ser que você entre na justiça.

  181. BOA NOITE MEU NOME E YURI TIVE UM ACIDENTE DE TRABALHO FIKEI MAS DE 15 DIAS AFASTADO E ABRIRAM MINHA CAT
    MAS NAO FUI ENCAMINHADA PRO MEDICO DO TRABALHO ENEM PRO INSS EU TENHO DIRETO A ESTABILIDADE

    • Yuri, quando do seu acidente, a empresa deve ter aberto uma CAT o médico que lhe atendeu emitiu um atestado de afastamento que como você diz foi de 15 dias, caso você tenha retornado ao trabalho e não deu entrada na Previdencia Social você não tem estabilidade.

      • entao ker dizer ki so teria direito aa estabilidade se tivese dado entrado na previdencia??

      • Exatamente.

  182. BOM DIA!
    SOU TRABALHADOR DE UMA EMPRESA AERONAUTICA, MINHA FUNÇAO CHAPEADOR( UTILIZO FERRAMENTA DE IMPACTO E VIBRAÇAO) ESTAVA REALIZANDO MINHA ATIVIDADE HABITUAL QUANDO SENTI UMA FORTE FISGADA NO OMBRO E O MEU BRAÇO TRAVOU, FUI LEVADO AO SERVIÇO MEDICO DA EMPRESA, ONDE ME APLICARAM INJEÇAO E REMEDIO VIA ORAL, PASSADO 1 HORA FUI LIBERADO PARA VOLTAR AO SERVIÇO, MAS AS DORES CONTINUARAM, ENTAO PROCUREI UM ESPECIALISTA E O MESMO SOLICITOU UMA RESSONANCIA ONDE FOI CONSTATADA UMA LESAO DO LIGAMENTO, ENTAO FUI SUBMETIDO A CIRURGIA E ESTOU AFASTADO A 9 MESES DA EMPRESA, A EMPRESA NAO EMITIU A CAT, MAS FUI ATE O SINDICATO E A CAT FOI EMITIDA, MAS PASSEI PELA PERICIA DO INSS E ME APLICARAM O CODIGO B31 , NESSE CASO NAO TENHO ESTABILIDADE DE 1 ANO, O QUE DEVO FAZER. OBRIGADO

    • Bem, o que a previdencia concluiu que o seu problema não teve nexo com o seu trabalho, em outras palavras ela concluiu que não se trata de acidente de trabalho, sendo assim, a empresa fica desobrigada com a estabilidade. Neste caso, só um trabalho pericial e com a autorização da justiça que a previdencia poderá alterar para B91.

  183. Boa tarde,
    Depois de sofrer um acidente de trabalho é aberta a CAT e a pessoa entra pelo INSS por ter ficado afastada por mais de 15 dias, mas se durante todo o ano de estabilidade provisória ela entrar pelo INSS novamente, essa estabilidade se estende ou continua contando pela data do 1º afastamento com a CAT?

    • Bem, caso tenha ocorrido o acidente, o empregado fica afastado por um periodo maior de 15 dias, da entrada na Previdencia Social, recebe a liberação para o trabalho começa a contar a estabilidade, havendo um retorno pelo mesmo motivo, ou ocorra um novo acidente, começa a contar tudo de novo …. e de novo … e de novo ….

  184. boa noite joselito..nao entendi uma coisa..se eu comuniquei a medica do trabalho q fica dentro da empresa.q havia machucado minha mao a percuso do emprego..nao seria dela a obrigaçao de abrir esse cat,ja q eu nao tinha nem conhecimento desta palavra??
    sendo que na sala do lado fica um tecnico de segurança do trabalho??pq a historia ficou assim..eu so machuquei meu braço e apresentei 2 atestado,,um do pronto socorro por onde passei no dia do ocorrido,e outro q a propria medica do trabalho me deu…
    obrigada mais uma vez pela atençao.

    • Patricia, infelizmente a empresa pode entender que este acidente não tenha ocorrido durante a sua vinda para o trabalho, ou seja, não caracterizando o acidente de trajeto, desta forma é primordial que quando o empregado sofra qualquer acidente em sua ida ou vinda para o trabalho possa se garantir ou abrindo um BO ou conseguindo uma ou duas testemunhas preferencialmente que tenham fé publica.

  185. oi, li seu artigo e tenho um,a duvida, sofri um acidente de trabalho, quebrei a ponta do dedo fiquei afastrado por 14 dias apos o medico me liberou para o trabalho, eu tenho estabilidade??????
    favor responder no email…

    • Erisvaldo, com 14 dias não tem estabilidade provisória.

  186. sofri um acidente no trabalho a empresa naõ tem convenio mas gastei com remedio com taxi e fisio terapia gostariade saber se a resposabilidade do gasto que tive e da empresa ou minha e tenho quatro meses nesta empresa tenho direito a estabilidade de 01 ano no trabalho aguado resposta obrigado.

    • Edilson, se você ja tem 4 meses, aparentemente está fora do contrato de experiencia. Para ter direito a etabilidade provisória é necessário que tenha sofrido acidente de trabalho, tenha ficado afastado por periodo superior a 15 dias e que tenha dado entrada junto a Previdencia Social e tenha recebido posteriormente liberação para o trabalho. Quanto ao reembolso de despesas, remédios caso não esteja devidamente formalizado em convenção coletiva a empresa não terá a responsabilidade de reembolso.

  187. tive um corte no serviço nos dedos e no braço no braço teve corte do tendal e ni um dedo tambem e nao tenho carteira assinada e meu patrao ta meio sem graça e to achado que vai me manda embora quais sao meus direitos

    • Bem, caso você não tenha carteira assinada, para todos os efeitos você não é empregado. Assim, será necessário recorrer a justiça trabalhista para garantir seus direitos ….

  188. ola primeiro eu já tenho mais de 1 ano no trabalho e sofri um acidente de trajeto casa trabalho, quebrei o cotovelo no mesmo dia já fiquei no hospital para cirurgia a espera, demoro 3 dias nos corredores da santa casa de Campo Grande MS,o meu serviço foi avisado no mesmo dia, fiquei com sequela de movimento me afastei 15 dias pela empresa e pelo INSS 15 dias e 2 meses,eu não peguei alta do medico ainda e provavelmente terei que ir novamente ao INSS para mais tempo, eu não sabia sobre este CAT e estava com medo de ser mandado embora, eu n pedi ainda falta 10 dias para acabar o meu auxilio trabalho do INSS eu posso pedir agora ou quando voltar?
    ou não tenho mais direito?
    e o meu serviço teria que ter aberto ou eu tenho que pedir mesmo?

    • O correto seria de imediato ter avisado a empresa, de preferenciua com um BO e documentos do hospital com toda a descrição do acidente, caso você não pudesse ir até a empresa deveria telefonar ou pedir para um parente ou amigo levar esta documenção e solicitar a CAT. Passado muito tempo, caso você não tenha toda esta documentação inclusive com os horário do acidente e trajeto a empresa pode não querer preencher a CAT e então vai ficar meio complicado ….

  189. entao no caso meu marido sofreu uma acidente chegando na empresa caiu de moto e deu como acidente de trabalho e foi aberto cat e medico da empresa afastou ele por uma semana quando voltou passou uns dias e foi mandado embora ..entao ele nao tem direto a estabilidade ???

    • Não, neste caso caso não.

  190. olá cai enfrente a empresa quando estava saindo há 11 dias atrás tive uma contusão na mão esquerda, estou de atestado mais ainda a empresa não abriu o cat mais ja me ligaram dizendo que vão abrir na proxima semana . Trabalho de serviço temporario não sou efetiva na empresa, tenho o mesmo direito de estabilidade tambem como funcionário efetivo?

    • No caso de serviço temporário, o que vale inicialmente é o prazo do seu contrato, portanto não terá direito a estabilidade provisória.

  191. quebrei um dedinho do pé quando descia de um banquinho no trabalho, continuei trabalhando, em seguida sai de férias que já estavam marcadas, nas minhas ferias fui consultar e ganhei um atestado de 45 dias, no final das minhas ferias voltei trabalhar e não usei o atestado, agora estou bem, mas eu poderia ter estabilidade de emprego ainda por 12 mêses.

    • Nesse caso, aparentemente não, pois não foi considerado acidente de trabalho, não foi aberto a CAT e você não deu entrada na previdencia.

  192. Meu joelho travou no exercicio da minha funcao no dia 09.02.12. trabalho operando maquinas no distrito industrial, era um dia de muitos problemas com os equipamentos, maquinas paravam a todo momento, ao resolver um desses, parei pra descancar em uma cadeira colocada no sentido da maquina problematica, ao sentar-me persebi que a ultima maquina que estava a minha esquerda estava parada e o processo pararia em seguida, ao levantar-me meu joelho travou, senti muitas dores nao pude, mexer minha perna, fui levado de maca ate a guarita fora do meu local de trabalho e orientado a dar meu carro para que me levassem ao hospital, fui em dois, o primeiro so imobilizou meu joelho e deu uns medicamentos, o segundo foi feito alguns procedimentos onde o medico solicitou uma cirurgia “artroscopia do joelho” peguei primeiramente 15 dias, e apos a cirurgia, onde foi retirado todo o minisco direito, o medico me entregou um laudo com mais 30 dias. Estarei sendo enquadrado em acidente de trabalho ou auxilio-doença? Obrigado.

    • Luiz, o teu caso é um tanto complicado, acidente de trabalho é caracterizado quando no exercicio do seu trabalho você sofre algum tipo de trauma, quer seja fisico ou psicológico que venha a afetar a sua integridade resultando numa diminuição de sua capacidade laboral. No teu caso especifico seria interessante basear-se no diagnóstico especifico do médico. Vejamos, caso médico identifique que o seu problema foi causado pelo serviço ou até mesmo por um “stress” em sua função naquele momento que o seu corpo tenha somatizado e o seu joelho sofrido o impacto, poderá ser considerado um acidente de trabalho sim, com abertura de CAT e inclusive tendo você direito a estabilidade provisória. Entretanto caso o médico identifique que você ja era portador de um problema em seu joelho e o trabalho em sim não foi o motivador para o surgimento do seu problema, então será consdierado auxilio doença.

    • Luiz, o teu caso é um tanto complicado, acidente de trabalho é caracterizado quando no exercicio do seu trabalho você sofre algum tipo de trauma, quer seja fisico ou psicológico que venha a afetar a sua integridade resultando numa diminuição de sua capacidade laboral. No teu caso especifico seria interessante basear-se no diagnóstico especifico do médico. Vejamos, caso médico identifique que o seu problema foi causado pelo serviço ou até mesmo por um “stress” em sua função naquele momento que o seu corpo tenha somatizado e o seu joelho sofrido o impacto, poderá ser considerado um acidente de trabalho sim, com abertura de CAT e inclusive tendo você direito a estabilidade provisória. Entretanto caso o médico identifique que você ja era portador de um problema em seu joelho e o trabalho em sim não foi o motivador para o surgimento do seu problema, então será consdierado auxilio doença.

  193. ola tbem. queria tiarar uma duvida, eue estava de expeiencia de tres meses, e no segundo mes cai na empresa, foi aberto o cat, pelo cat fiquei 4 dias em casa, mas a empresa nao me socorreu fui c colega, no hospital, ai depois destes 4 dias peguei mas 6 dias c o clinico geral pois o medico que teria q me atender estava de ferias, pois e sus, ai pois estes 10 dias voltei a trabalha trabalha , trabalhei c dor, e no quinto dia ja nao aguentei e epeguei mas dois atesatdados c cid diferente, e doiis quando passei pelo ortopedista peguei 15 direto e a carta p dar entrada no inss, ai eles nao me deram o cat e e disseram q p mim da entrada eu tinha q pegar mas um atesado de 15 pois o meu cid nao bati entao eles nao podia me dar, so q estes ultimos 15 dias da o dim do meu contrato de experencia, e mesmo eu entratamento fazendo fisioterapia e meu praco enfachado devido a queda, eles me mandaram embora alegando q por eu tstar de experiencia e meso tendo caindo eu nao tenho finculo c a empresa…eles agiram tudo d emal fé. comigo, nao me deram o cat alegando q o cid nao bati pq eles sabia q eu ia a fastar pelo inss, o medico disse q eu estou c sinovite tenossite e com supeti do sindromi do carpo, pois eu cai e bati e antes de eu entarr na emprsa eu nao tinha nada foi so eu bater,euq ueria saber se msm c tudo isso sendo contrato eu nao tenho vinculo c a empresa, e seeles podiam sim me mandar embora se eutenho direito a recorrer na justica…

    Por favor se possovel responder no meu mail tbem…
    Obrigada..

    tata.oliver2@hotmail.com

    • Bem Tabata, você estando contratada por um contrato de prazo determinado que é o contrato de experiência, independente que você tenha sofrido acidente ou tenha ficado doente a empresa poderá efetuar a dispensa quando do término do contrato. Entretanto, caso você se sinta lesada e ter certeza que a empresa não ofereceu condições segura para você prestar seu trabalho poderá entrar na justiça pedindo algum tipo de ressarcimento.

  194. SOFRI UM ASIDETE DE TRAJETO FOI FEITO CAT ME AFASTEI PELO NSS 9 MESES TEU DEREITO ESTABILIDADE

    • Com toda certeza, um ano de estabilidade a partir do seu retorno ao trabalho quando obtiver “alta” da Previdencia Social.

  195. ola,tenho epicondilite e já recebo do inss a 2 anos em janeiro fui demitido mas o sindicato dos metalurgicos esta conseguindo bloquear a demissão ou seja cancelar me deram férias de 17 dias janeiro de 2012 retornei dia 2 de fevereiro 2012 pela convenção coletive minha estabilidade terminou faz muito tempo e agora estão me pagando em casa até a segunda ordem de retorno ao trabalho a pergunta é:33 meses de estabilidade está na lei federal ou somente no acordo coletivo sindicato empresa?eles podem me demitir?ou esse acordo é como se fosse um contrato de gaveta p/a lei federal ou seja não valerá nada na decisão de no caso reeintegração pela justiça?

    • Aguinado, caso você esteja afastado da empresa recebendo da previdencia e quando do seu afastamento tenha sido por DOENÇA FUNCIONAL e sua estabilidade só começa quando retornar ao trabalho devidamente autorizado pela PREVIDENCIA SOCIAL. Então você passa a ter um ano de estabilidade. Enquanto estiver afastado pela Previdencia a empresa também não pode dispensa-lo.

  196. Olá amigos tenho umas dúvidas, eu sofri um acidente de trabalho em abril de 2010 e fiquei afastado por 1 ano, retornei ao trabalho e trabalhei durante 7a 8 meses e a firma me mandou embora, que caminho devo tomar a parti de agora, que devo fazer, colocar a firma no pau , geralmente como fuciona esses processos na justica, que direitos eu tenho?

    • Bem, se você sofreu acidente de trabalho, e os procedimentos foram feitos todos de acordo, ou seja, emissão de CAT, afastamento pela Previdencia, recebeu os beneficios como acidente de trabalho você teria estabilidade de 12 meses a partir do seu retorno, assim, não poderia ter sido dispensado com 9 ou 10 meses. Isto tendo acontecido você necessáriamente terá direito ao restante do periodo. Caso você entre na justiça, a empresa pode ser condenada a ter que readmiti-lo.

  197. Olá boa Noite?

    Sofri um acidente de moto, fazendo um favor para o meu patrão, que no caso é meu Pai, sou registrada,e trabalho como auxiliar administrativo, e o medico me deu 15 dias , fiz cirurgia no joelho, e o medico disse que eu tenho que ficar 120 dias afastada da minhas atividades,gostaria de saber se o meu afastamento é considerado acidente de trabalho ou auxilio doença? Ah tenho mais alguma duvida, o meu pai tem que me pagar normalmente esses 120 dias, ou só recebo do inss???

    • Bem, sendo funcionária do seu pai até por uma questão de “coisa de pai para filha” ele deveria abrir uma CAT e considerar como acidente de trabalho. Entretanto para ser justo, temos de saber o seguinte: O acidente ocorreu no horário de trabalho? Ou foi no trajeto de sua saida de casa para o trabalho ou vice-versa? É normal você executar serviços externos de moto?

  198. ola,sofri um acidente de trabalho a 8 dias perdi totalmente o quarto dedo da mao esquerda,preciso saber quais meus direitos a quem devo recorrer para adquirir meus direitos e se tenho direito a indenização,obrigado,

    • Você está registrado? Quanto tempo de serviço? Quantos empregados tem a empresa?

  199. trabalhei 1 ano e 7 meses ,sai de fèrias,na volta 2 de março,de 2012 ,fui demitida sem justa causa,assinei a rescisâo ,mas enquanto estava na empresa devido a excessos de trabalhos ,movimentos repetitivos e constantes ritmo de trabalho fora do natural ,pressâo para dar conta do serviço no horario estipulado pela empresa,desde o primeiro dia na empresa ,faltas constantes dos colaboradores , acabei com fortes dores no quadril direito e pè direito, nunca fazia exames por excesso de serviço. no exame demissional relatei o caso para o mèdico da empresa e ele mesmo assim me deu apta. voltei à empresa e relatei no RH , explicando nâo sò as dores mas os dedos do meu pè estâo resentidos ,queima ,o dedo parece atrofiar, dizem que è nervo ciatico ou seja,quando entrei nesta empresa nâo existia esse problema,
    a dor começa no gluteo e vai atè os dois dedos do pè estou fazendo exames para provar que entrei com saude perfeita. posso entrar na justiça contra a empresa è acidente de trabalho. sou camareira.

    • Bem, para tudo é possivel efetuar uma revisão, e a justiça está ai para isso, entretanto será necessário você arrumar provas que possa vir a estabelecer um nexo causal entre os problemas que você alega ter com o tipo de serviço que você executava.

  200. bom dia !! estou aposentado por invalidez acidente de trabalho desde 20/08/2011 sendo que me acidentei em dois mil e sete [2007] fiquei em beneficio ate o dia da minha aposentadoria sendo que a seguradora mando uma carta para mim que eu enviasse relatorio contando o meu acidente ,,mandei todos os documentos que me pediram sendo que na carta estava o numero da minha apolice e a minha cobertura [ acidente de trabalho ] depois de 15 dias me mandaram uma outra carta dizendo que minha cobertura era doença ,, agora como eu faço ??

    • Bem, você deve, de posse de sua apólice e da reposta da seguradora e dos documentos pertinentes a época do acidente (principalmente a CAT, documentos do hospital que foi atendido e os documentos da previdencia onde conste seu afastamento por acidente de trabalho), havendo a recusa da seguradora vocÊ deve entrar na justiça. Infelizmente não tem outro jeito.

  201. BOA NOITE,

    LI SEU COMENTARIO E FIQUEI COM UMA DUVIDA, QUEBREI A PONTA DO DEDO DA MAO, FIQUEI AFASTADO 14 DIAS, ISSO FOI EM NOVEMBRO, NO COMECO DE FEVEREIRO TIREI UM RX E A PONTA AINDA NAO LIGOU, TENHO ESTABILIDADE..
    FAVOR RESPONDER POR EMAIL…

    • Bem, se vocÊ ficou 14 dias afastados, não deu entrada pela previdencia e voltou a trabalhar então não tem direito a estabilidade;

      • sim fiquei afastado 14 dias foi feito o cat e tenho radiografia do dedo quebrado

      • Bem, se afastou pela Previdencia ou não?

      • entao, creio que o afastamento foi pela firma pois fui atendido no ambulatario da empresa e la foi feito todos os procedimentos, inclusive tenho 2 radiografias q foram tiradas la do meu dedo quebrado..

        att
        erisvaldo

      • Para ter estabilidade, precisa ser acidente de trabalho, precisa ter CAT e o afastamento tem ser mais de 15 dias e tem de dar entrada pela Previdencia Social ….

  202. Olá, Desde já agradeço a sua atenção ,eu vou tentar resumir ao maximo se tiver duvida por favor me diga ?
    Etou trabalhando em uma Buotique dede 14/11/2011- só fui registrada dia 01/12/2011- contrato de experiencia até o dia 01/03/2012.
    Um dia antes (seria comico se não fosse trágico) eu cai da escada,o peso se consentrou todo no lado esquerdo no momento a dor no tornozelo éra maior , fui levada ao hospital houve um entorce me deram um papel (CAT) pra levar na loja, e o atestado de 5 dias (29/03-dia do acidente, ao, dia 04/03)
    (o medico disse que levaria umas 4 semanas pra me recuperar e provavelmente ia precisar de fisioterapia, mais não deu nada por escrito) voltei a loja de taxi, dei o CAT e o atestado pra dona ela disse não saber do que si tratava ,disse a ela pr mandar pra contabilidade la ele deveriam saber oque fazer (tesno) nesse meio tempo a dores na perna só pioram eu fique com medo pq a un 6 anos atrás eu fique travada e em meio a uma crise fui levada ao hopital e foi descoberto 2 hernias de disco por pouco não precisou de cirurgia, fiz tratamento e até em tão nunca mais tive problemas,
    No dia ( 04/03 caiu num sabado) na segunda ( dia 05) eu voltei no hospital não me atenderam me jogaram pro posto de saude ,o mesmo me mandou voltas pro hospital,meu pé estava do memo jeito de quando eu cai! dei um jeito e fui em uma clinica particular de fraturas o médico fez exame e disse que tinha que emobilizar por 7 dia fez o medicamento ,houve entorce severo e comprometeu o desligamento. (como eu não tinha condições de tirar raio x do quadril e da coluna saia muito caro , me concentrei só no tornozelo) ai ele marcou retorno pro dia 12/03.
    Retorno, ainda sentia muita dor mais o inchaço tinha diminuido,reclamei da dores na perna e quadril , ele me encaminhou pro posto pra fazer fisioterapia, me deu alta éra pra voltar a trb sem subir ou decer escada, impossivel aonde eu trabalho.(tenso).
    Dia 13 fui trb só piorou a situação travou td, a dona da loja mi humilho,disse que ia cortar a minha comição pela metade pq éra só o que eu valia !!! sai de la me arrastando fui almoçar diposta pedir demição,eu etava comverando com uma amiga e ela pg do CAT eu falei que tava td certo ,ai ela me explicou que estavam me enrolando ,voltei lg pr contabilidade (falei um monte) ficaram de me mandar no dia seguinte , No dia 14 fui me arrastando trb na hora do almoço chegou o CAT a dona assinou então levei ao Hopital dei entrada (depois fui pra casa) dei entrada dia (14/03) pegar apó 7dias uteis a contar da data de intrega, vai ser dia (23/03) .
    No dia seguinte fui direto pro posto ( sem a certesa de coneguir a consulta) com o emcaminhamento pra fisioterapia , a tarde concegui um encaixe com um glinico geral ,pediu mais examec e marcou a fiioterapia pro dia 20/03- terça -feira. Me aplicaram uma injeção pois não coneguia andar, e 3 dia de atestado , dia da consulta 15/03- até 17/03.
    Agóra não sei o que faço ,a moça de lá disse que se eu estiver com dor é pra voltar na segunda e tentar de novo um encaixe… pq na terça de manhã eu ja tenho a fisioterapia…
    Me desculpe por não ter resumido mais… vou postar a baixo algumas duvidas;

    *O atestado começa a ser contado no dia da consulta certo? se for sim eu perdi o dia 12,neste dia eu fui no retorno ,pg se estava encluido nos dias que ele deu ,repondeu que sim…

    *Quando cai eu ainda estava na experiencia(no ultimo dia)mais estava.

    *Ao todo até agora foram 15 dias de atestado não tenho direito nenhum pq foram dia corridos ?

    *Quando dei entrada no CAT só foi junto o primeiro atestado ,o de 5 dias ! eu tinha que ter mandado o outro de 7 dias(do medico perticular)?

    *Devo ir trabalhar na segunda memo com dor ?

    Aguardo sua resposta ,

    • Bem, um quantidade grande de informação, mas, vamos por parte. Era obrigação da empresa apresentar a CAT até 24 horas após o acidente, não importa se foi depois o acidente para todos os efeitos está registrado no dia 29/02/2012 (pelo que você disse, a data do acidente), o seu primeiro atestado passa a valer a partir do dia do acidente ….. quanto aos demais todos terão validade pelos dias que constem ….. entretanto se ultrapassado os 15 dias de atestado e você ainda não se sentir em condições de retorno ao trabalho a empresa fica desobrigada de aceitar outros atestados, assim, vocÊ deve procurar um posto da Previdencia Social para dar entrada no seguro acidente e passar por uma pericia.

      • ate ai tudo bem, so queria saber se pela lei tenho direito a estabilidade, pois por se tratar da ponta do dedo apos 3 meses do acidente a ponta do osso ainda nao colou, so fiquei afastado por 14 dias

        att
        erisvaldo

      • Em principio não …. só se houver uma entrada com uma nova CAT

  203. sou motorista sofri um acidente de trabalho !! o meu antigo chefe me levada da garagen para um terminal ele dirigia , ai ele perdeu o controle do carro e capoto .. levei 27 pontos na cabeça e passei por uma cirurgia e fiquei 15 dias afastado . e trabalhei quase 2 meses com a cabeça enfaichada e fazendo corativos todos o dias pois perdi um pouco de couro cabeludo do lado direito .. foi dia 01/11/2010. eu ainda posso por a empresa na justiça?

    • Bem Cesar, quando vocÊ diz acidente de trabalho, no caso o acidente ocorreu durante o seu horário de trabalho ou fora dele?

  204. durante o horario de trabalho!!

    • Bem, se você estava no horário do trabalho e o deslocamento que estava fazendo era pertinente com a função que você exercia é acidente de trabalho sim …. entretanto quanto a sua pergunta, ainda está em tempo de entrar com uma ação trabalhista com o intuito de reparar o erro.

  205. muito obrigado !!
    e que Deus te abençoe!!

  206. Boa noite, sofri um acidente na empresa onde trabalho, abriram a cat.Minha duvida é se tenho q levar a cat no dia da perícia para confirmar auxílio doença acidentário. e se tenho direito a estabilidade. desde já obrigado.

    • Não existe necessidade de levar a CAT, mas sempre é bom. Quanto a estabilidade é necessário que você fique afastada por mais de 15 dias e que de entrada junto a previdencia, caos isso aconteça a sua estabilidade começa a partir da data do seu retorno.

  207. Oi tava indo para o trabalho de bicicleta, recebi voz de assalto e não parei me fecharão então e na queda quebrei a ponta do dedo (mão direita. Ficarei com a tala 45 dias. O medico me deu 5 dias de atestado. Sou cobrador de onibus, trabalho com as mãos; o certo não é ficar afastado até a recuperação?

    • José, na verdade isso se trata de uma questão médica, entretanto caso você não esteja de acordo deverá então procutar um outro profissional, de preferencia um especialista na area.

  208. trabalho na ferrovia,eu operei de ernia enignal estou afastado a 6messes eu recebo o aucilio doenca eu queria seber meus direitos tenho 2anos de empresa e 4anos de tercerizada essa ernia veio de tanto peso que nos trabalhares pegamos isso e doenca ou acidente de trabalho ag resp ok obg.

    • É sempre muito relativo, portanto nos dias de hoje tem necessariamente de haver um nexo causal entre a sua doença e o trabalho que realiza, e na maioria dos casos só a justiça mesmo poderá definir se a doença é consequencia do trabalho que você executa ou não.

  209. Sofri um acidente nu trabalho exatamente nu dia 24/02…passei por uma pequena cirurgia no dedo recebi alta no dia seguinte com um atestado de 15 dias…porem no dia 27/02 fui passar pelo medico do trabalho da empresa e ele falou q não havia necessidade de afastamento que poderia fazer atividade restrita…fiquei uma semana trabalhando em atividades leves até a próxima revisão ao cirurgião…O medico cirurgião mim afastou por mais 15 dias descrito num laudo medico…pedir que só mim desse 12 dias e assim foi feito..mas o medico do trabalho não aceitou esse atestado..porque o laudo prescrevia que poderia trabalhar normal mas sem uso de luvas…Isso pode ser feito? quando mim acidentei foi aberta a Cat tenho direito a estabilidade?

    Desde já agradeço a ajuda…

    • Bem, a questão é a seguinte, sofreu acidente de trabalho e se afastou por mais de 15 dias. a empresa fica desobrigada em pagar mais do que estes dias, no seu caso o seu cirurgião te afastando por mais 15 dias e mesmo a empresa não aceitando você em posse dos seus atestados, uma cópia da CAT vá até uma agencia da previdencia social e de entrada no auxilio acidente e a previdencia irá pagar os dias acima de 15 dias que você ficar afastada, a partir do momento que a previdencia vier a libera-la para o trabalho inicia sua estabilidade de um ano.

  210. Tenho 6 meses de estabilidade por um acidente sofrido,quero abrir mão desta estabilidade.como escrever esta carta que a empresa pediu?

    • Bem, infelizmente esta estabilidade é irrenunciável …. você não pode abrir mão …..

  211. eu me afastei do trabalho por tendinit no punho e cotovelo agora estou com tendinit nos dois braços a cotovelos.
    estou num programa de reabilitação profissional mas meu medico diz que nao tem cura alem do mais tenho ostopenit e artrite o que faço para me aposentar
    alem de tudo sofro de depressão insonia e grande parte disso se deve aos maus tratos que os peritos me dão

    • Bem, para aposentar o seu médico deverá efetuar um documento dando o seu diagnóstico e quem irá decidir por sua aposentadoria ou não é a Previdencia Social …. só ela te m a competência para tal.

  212. Boa Tarde amigo,

    Primeiramente parabéns pelo auxilio que tem dado as pessoas nesse quisito, vejo que ainda existem pessoas boas neste mundo.

    Meu amigo comigo aconteceu o seguinte, trabalhava em uma empresa de transporte coletivo e no mes de novembro sofri um acidente de trabalho onde bati com o joelho, no mesmo dia continuei trabalhando mas depois de umas 3 semanas o joelho começou a inchar ai fui ao pronto atendimento e fui medicado o medico me deu um atestado de 5 dias para repouso do joelho mas o mesmo não desinchou, comuniquei a empresa que não tinha tido sucesso na consulta então me mandaram de volta ao pronto socorro ai o medico me encaminhou ao ortopedista especialista e fiz uma pulsão (retirada de água) atestado de 4 dias logo depois no mes de janeiro não tendo sucesso na retirada da água pois o mesmo voltou a inchar a empresa me deu férias pra cuidar do joelho, cuidei fiz repouso e retirada de água mas continuou inchado, voltei das férias e no mesmo dia me mandaram embora.

    Tem algo que posso fazer? como devo proceder? tenho direito a estabilidade? els não fizeram a cat no dia do acidente e eu não entendo muito.

    desde já agradeço,

    Douglas Fernandes

    • Bem, em principio este é o caso tipico de muitos empregados que na maioria das vezes não sabem exatamente os procedimentos e as empresas procuram esclarecer o minimo possível. Ocorrendo qualquer tipo de acidente durante o horário de trabalho ou no trajeto e havendo quaiquer trauma para o funcionário, quer seja fisico ou psicológico, o funcionário deve de imediato relatar ao empregador e abrir uma CAT para atendimento. O problema quando passa muito e não fica registrado o ocorrido a empresa pode simplesmente alegar que o empregado se acidentou fora da empresa e depois de passar tanto tempo queira tirar proveito disso. Então, a questão agora que você foi dispensado seria, caso você tenha algum tipo de prova ou testemunhas do acidente, através de um advogado tentar reverter esta situação para que se proceda abertura da CAT e o seu afastamento pela previdencia passe de auxilio doença para auxilio acidente caso tenha passado de 15 dias de afastamento e então a partir dai conseguir a estabilidade. Entretanto caso você não tenha dado entrado na previdencia a causa fica ainda mais dificil.

  213. Bom dia, gostaria q me ajuda-se c/ algumas duvidas… sofri acidente de trabalho, no caso sou mecânico em uma concessionária, e bati com carro em um poste de iluminação, quando sai p/ fazer um teste, no caso, o carro era de um cliente… quebrei o braço! Primeira duvida, na CAT, no campo ”descrição do acidente” a empresa preencheu dizendo q eu sai com o carro sem permissão, sendo q não tem nenhuma comprovação q eu sai sem essa autorização ate mesmo pq não tem guarita de controle de entrada e saída de veículos, isso pode me dar algum problema ? eles podem me comprar o concerto do mesmo ? a segunda questão e como sou um funcionário comissionado recebo um salario mínimo + comissão, meu gerente me informou q quando eu voltar ao trabalho iram me mudar de cargo, podem fazer isso ? se realmente fizerem isso, terão q alterar função na carteira de trabalho ? E no caso meu salario, já q no caso sou comissionado e não tem um valor certo a cada mês pois varia de mês p/ mês ? obrigado !!

    • Vamos por parte. Primeiramente pelo que entendi você não tem duvida sobre o acidente, aparentemente a mesma preencheu a CAT, você se afastou e caso tenha ultrapassado os 15 dias e tenha dado entrada junto a previdencia, quando do seu retorno você passa a ter a estabilidade provisória de um ano. Você sendo mecânico, uma de suas funções é sair com o veiculo para testa-lo, o que parece óbvio, entretanto é preciso identificar se a empresa tem alguma norma onde você se obriga a preencher algum documento para sair, pedir algum tipo de autorização ou coisa do tipo. Se nada disso existia e se voce sempre saiu com os veiculos para teste não há o que se falar que você tenha cometido alguma falta. Quando de sua admissão vocÊ deve ter assinado um contrato que regia algumas claúsulas, então você deverá identificar se este contrato identifica que a mesma poderá descontar de seus salários prejuizos decorrentes desta atividade e em que circustância. Entretanto a empresa deveria ter um seguro para isto. Quanto você ser comissionado, caso isso conste em sua carteira e no seu contrato e holerites a comissão recebifs eles não poderão simplesmente muda-lo de função e diminuir o seu salário.

  214. sofrir um acidente e trabalho em 07/10/2010 fiquei afastado até 15/01/212 quando fui retorna ao trabalho a empressa não me aceitou disse que vai me mandar embora iai que tenho estabilidade

    • Bem José se você sofreu acidente do trabalho, foi preenchida a CAT, foi atendido em uma unidade hospitalar, se afastou por mais de 15 dias, deu entrada na previdencia social e posteriormente a mesma o liberou para trabalhar, a estabilidade provisória de um ano está garantida, a empresa não pode efetuar a sua dispensa sem justa causa.

  215. Boa tarde, queria uma ajuda com o seguinte problema: acabei de fazer 18 anos e consegui meu primeiro emprego, através de Agência ( Terceiro), com contrato de 3 meses (Temporario) dentro de uma empresa como Auxiliar de Produção, porém me colocaram para operar prensa na empresa. As máquinas lá estão bem velhas e a prensa que eu estava trabalhando não tinha mola nem sensor de segurança. Ia fazer um mês que eu estava trabalhando, e a prensa bateu na minha mão na lateral, justamente por que não tinha a mola de segurança. Estourou o tendão do dedo médio e estou afastado por 3 meses. Foi feito o CAT, e ja esta marcada a pericia pelo INSS. Quando fui lá na agencia, levar o atestado e marcar a pericia, me falaram que o INSS só iria me cobrir até acabar o meu contrato. Sendo que o meu contrato acaba em junho e eu estou afastado até julho. Queria saber se tenho direito a estabilidade ou só tem direito quem é efetivo pela empresa? Pois pelo o que eu entendi, acabando o meu contrato eles vão me demitir. Obrigado!

    • Bem, vocÊ tendo um contrato por tempo determinado que no caso temporário é de no máximo 90 dias, a empresa poderá efetuar sua rescisão quando do término do contrato se ela assim desejar. Esse é o entendimento da maioria dos juizes.

      • Obrigado!

  216. ola,boa noite, sou o luiz claudio de Peruibe SP, sofri um acidente de trabalho, uma queda de telhado no dia 07.12.2009,quebrei o braço em 5 lugares, o ante braço e meu cotovelo q se dividiu em 4,os medicos disseram q foi uma fratura gravissíma, e q corria risco de eu ficar com o braço travado pra sempre,graças a Deus, consegui movimento,voltei a trabalhar no dia 20 de dezembro de 2011,mais fiquei com sequelas e sinto muitas dores no braço,e me da impressão q ele esta encolhendo de novo,depois q parei com a fisioterapia, ele esta bem torto,não consigo esticalo totalmente nem dobralo por completo, oq devo fazer? obrigado as respostas

    • Bem, você tendo retornado ao trabalho foi devido a liberação da previdencia social para tal. Quando do seu retorno você deve ter realizado junto a empresa uma exame de retorno no departamento médico e esta deve ter considerado apto ao trabalho. Entretanto, acredito que provavelmente você deve continuar a sua fisioterapia e se ainda está sentido dores e isto lhe impede trabalhar você deve retornar ao médico, que será a ultima palavra, se você tem ou não condições de continuar trabalhando.

    • Bom dia,Luiz
      Como você ficou afastato de 2009 até 2011 e foi acidente de trabalho cod 91,tem estabilidade de um ano no emprego e se foi reabilitado tinha que mudar de função e ainda quando terminou a reabilitação por ter ficado com sequelas tem direito ao auxilio acidente cod 94,procure seus direitos.

  217. ola sou o daniel e tenho uma duvida. eu maguei me no meu posto de trabalho no joelho,tive de fazer uns exames so que surgiu uma complicaçao nos exames que fiz, foi detetado uma lesao no menisco interno coisa que eu desconhecia ter .so que para o medico a lesao que eu tenho nao esta relacionada com o trabalho, sendo que o meu seguro diz que nao pode fazer nada por mim, devido a isso vou perder o meu trabalho e ficar com esta lesao nao sei por quanto tempo. o que eu queria saber era se isto que o segiro diz é legal e se posso recorrer dessa infelis decisao. sendo que a lesao se manifestou na fabrica. desculpe qualquer erro. daniel

    • Bem, quanto a lesão anterior que ja tinha no joelho e está devidamente comprovado por exames médicos que não existe relação com o tipo de serviço por você realizado, então, não será considerada uma doença profissional, caso isto lhe impeça de trabalhar deverá procurar a previdencia social para que possa se afastar para tratamento, entretanto caso a previdencia entenda que é possivel você continuar trabalhando, vai depender exclusivamente da empresa em mante-lo ou não no serviço.

      • mas a lesao que eu tenho se nao foi la contraida nao sei onde possa ter sido, nao jogo futebol..e so começou a doerme e a ganhar liquidos depois de ter embatido com o joelho na maquina.. sendo a sim ja nao posso recorrer ao seguro de novo? no publico vai demorar serca de 2anos para ser operado e recuperar.mem direito tenho ao “fundo desemprego” saio de la com uma lesao que desconhecia de todo. :-(.
        daniel.

      • Daniel, nem todas as doenças são adquiridas, infelizmente é situação complicada, onde apenas um perito médico e a decisão da justiça que irá prevalecer.

  218. ola tudo bem estou com duvidas , estou a 5 anos afastado b 91 e medaram pra reabilitação profissional, fui fazer o estagio na empresa so que só trabahei ao todo 7 dias …( sendo que era 30 dias) as dores pressistiram a empresa fala ao inss que estou apto +eu não estou mesmo em outra função ai o inss mandou uma relação ao meu ortopedista o que devo fazer…me ajudem………..

    • Bem Eli se vocÊ ja esta afastado por mais de 5 anos era obrigação da previdencia social ja ter dado uma solução, inclusive se fosse caso o seu afastamento definitivo por aposentadoria por invalizez ou passado você para o A50. Entretanto a previdencia dificulta ao máximo e mesmo sem condição acaba liberando o segurado para o trabalho. Caso você acredite não ter condições para o trabalho e a empresa também assim entenda, infelizmente, você deverá procurar um advogado e entrar com uma ação contra a previdencia.

      • obrigado pela dicas…

  219. eu fiquei afastada do trabalho por quinze dias quando voltei, voltei numa segunda feira sendo que minha folga é nas quarta feira e meu patrão disse que eu teria que trabalhar seis dias para folgar, poderia esclarecer alguma coisa sobre isso.eu trabalho em um restaurante e so tenho uma folga por semana e toda vez que algun funcionario pedi para folgar num domingo perde a folga da semana

    • A lei estabelece que todos os empregados deverão folgar uma vez por semana, preferencialmente aos domingos, se isso não for possivel devido ao tipo de trabalho executado, pelo menos a empresa deverá fazer que uma das folgas mensais seja no domingo. No seu caso especificamente como você retornou na segunda-feira ele pode postergar sua folga para outro dia (não necessáriamente na quarta-feira).

  220. Meu periodo de experiencia terminava em 18/04/12, porém, 01 dia antes…17/04/12 sofri um acidente de moto a serviço da empresa, tenho direito a estabilidade? Vou ter que ficar pelo menos 3 meses afastado. A empresa é obrigada e custear os remédios que vou ter que tomar e a me disponibilizar uma muleta ou cadeira de rodas?

    • Bem, por enquanto vocÊ não tem estabilidade, mas alguns juizes estão tendo alguns pareceres contraditórios. Inclusive a empresa pode fazer a sua rescis]ao com data de 18/04/2012. O periodo que você ficar afastado deverá dar entrada na previdencia para poder receber. Obrigação de custear os remédios não tem, a não ser que ela tenha contribuido para o acidente de alguma forma.

  221. ola sofri um acidente quando ao sai do meu trabalho pra ir pra casa fui atropelada e quebrei o braço

    gostaria de saber se tenho o direito de auxilio doença, se posso pedir a cat a minha empresa. desde já obrigada

    • Meri, se você foi atropelada no trajeto que vai do seu trabalho até sua casa, dentro de um horário normal, sem se afastar do mesmo, em posse de um BO a empresa fica obrigado a abri uma CAT e você irá se afastar por auxilio acidente.

  222. olà tudo bem. cara me tira essa duvida por favor eu me acidentei dia 16/04/2012 eu torci o pè e o punho ficou bem inchado eo medico da empresa nao me deu atestado entao fui trabalhar no outro dia com o pè muito inchado ele me deixou no ambulatorio o dia inteiro sem tala passando gelo entao me deu um atestado do outro dia que seria quinta feira e usou minha folga de sexta feira entao retornei ao trabalho na segunda feira dia 23/04/2010 com o pè ainda inchado e fui liberado para o trabalho.nao concordando com o medico do trabalho procurei um ortopedista que me colocou uma tala e me deu 10 dia de atestado entao do dia do meu acidente ao retorno sâo 17 dias eu tenho estabilidade? eles nao me deixaram procurar outro medico para nao passar de 15 dias e agora oq eu faço?

    • O acidente ocorreu dentro da empresa? Se foi o caso você deveria imediatamente solicitar uma CAT. Isso foi feito?

      • eles disseram que sim mas eu bati o ponto no dia seguinte conta do dia do acidente ou do ultimo dia que eu bati o ponto

      • se foi aberta a cat eu tenho estabilidade?
        com os 17 dias

      • Para ter a estabilidade, a CAT deverá está aberta e você deve ir até um posto da previdencia social, com a cópia da CAT e o atestado de afastamento fornecido pelo médico e dar entrada no auxilio acidente. Após a liberação pela Previdencia Social para que vocÊ possa trabalhar, tem inicio a sua estabilidade por um ano.

  223. cara eu fui buscar a cat na empresa eles me entregaram mas na cat nas informaçao do acidente onde esta Houve afastamento? ele colocou que nao e nao me deu os atestado dos dia apos o acidente eu so tenho o atestado do ortopedista que è do dia 23/04/2012 de dez dias e meu acidente foi 16/04/2012 e agora?