Delação premiada e o alvoroço político


Dentro do mérito judicial existe uma norma que prescreve quando um acusado de algum tipo de delito pode, ser for o caso entregar seus colegas e comparsas ou outros beneficiários de algum tipo de delito que o mesmo tenha conhecimento. A justiça entendendo que a delação é interessante para o processo e vai ajudar na sequencia “troca” parte se sua pena como um prêmio pela sua colaboração.

Aparentemente foi o que fez o ex-diretor da Petrobras Sr. Paulo Roberto da Costa, suspeito de ser uns dos intermediadores de mais um grande escândalo de nosso País entre tantos outros.

A questão é que nesta lista ainda não divulgada oficialmente consta nomes de muitos políticos, que passeia entre deputados, senadores e governadores todos beneficiados com dinheiro da Petrobras de obras super-faturadas por várias empreiteiras, e  aparentemente todos políticos da base do governo.

Então imagino, apesar de que neste País ninguém de colarinho branco fica muito em cadeia, e na maioria das vezes nem é condenado, como estará a preparação da defesa dos denunciados pelo Paulo Roberto. A coisa vai ser brava, ou não.

E novamente, mais uma vez e que não será a ultima, viveremos entre escândalos e escândalos e o que mais da pena é que já nem mais nos indignamos, os defensores dos elementos e os otários inúteis vão mais uma vez culpar a “elite”.

Neste País não tem culpados, só pessoas boas, principalmente os políticos todos honestos sabedores que continuaremos do mesmo jeito, pagando suas contas, fazendo piadas na internet e rindo de nós mesmos.download (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: