Começamos a morrer assim que nascemos!


Não tem jeito, nascemos com prazo de validade. Alguns têm a validade estendida e outros apesar de ainda esta com a validade em dia resolve encurta-la e para outros infelizmente são encurtadas.

Segundo o IBGE a expectativa do brasileiro esta em 74,9, ou seja, se você passou deste tempo considere-se um privilegiado e já esta no lucro, quem ta começando agora pode ver estes números la longe, enquanto para alguns outros ele já está perto demais. Calor se você mora em Santa Catarina a sua expectativa sobre para 78,1. Bem, de maneira geral se você for homem vai vier em torno de 71,3 e se for mulher vai chegar até os 78,6.

Claro, que isso é número, e cada caso é um caso, as individualidades irão se sobrepor aos números,as médias e estatísticas, mas uma coisa é certa,  poucos irão passar dos 100 anos de idade com uma qualidade de vida boa.

Por que estou falando sobre isto? Simples, de tudo que temos de precioso, o tempo é uma das coisas mais importante, porque não podemos repor; tempo perdido é perdido, tempo gasto de forma errada é tempo usado, tempo vivido de forma triste, não tem como repor. Ou seja, quando entendermos esta preciosidade, o quanto ele é escasso, e às vezes muito mais pra uns do que para outros vamos de uma vez por todo deixar de “passar o tempo” ou “matar o tempo” e partir para viver cada segundo fazendo o que gosta como se fosse o ultimo, e como diz o poeta, pode ser que realmente seja.

Matando o tempo 05

 

Anúncios

Uma resposta

  1. Republicou isso em JOTABE BLOG ECONOMIA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: