Comer cérebro de parentes mortos ajuda a criar imunidade contra a demência, afirmam cientistas

Comer cérebro de parentes mortos ajuda a criar imunidade contra a demência, afirmam cientistas

Segundo os cientistas, essa foi a maneira como as pessoas da tribo Fore em Papua Nova Guiné conseguiram afastar a doença.

A tribo Fore provou ter desenvolvido uma forte resistência à doença ao longo do tempo.

Segundo os resultados publicados na “Nature,” a partir de um estudo realizado por cientistas britânicos e de Papua Nova Guiné, esta vacina se dá através de um ritual onde a tribo come cérebros de parentes falecidos durante os funerais.

A doença atingiu seu pico na região em 1950, depois de 2% da população ser atingida em um ano.

A descoberto pode ajudar cientistas a abrirem portas para novas formas de combater a demência.

Então, alguém já imune?

1724626_10207594852178847_2448567973490779827_n

Homem convida família e amigos para confraternização horas antes de tirar sua vida em clínica de morte assistida

Jeffrey Spector, de 54 anos, de Lytham St Annes, Lancs, Inglaterra, um pai de três filhos, decidiu morrer depois que médicos encontraram um tipo de câncer em sua coluna.

A doença era inoperável e o homem poderia perder os movimentos do corpo a partir do pescoço.

Jeffrey conversou com a família sobre sua decisão depois que sua saúde piorou e, obviamente, eles discordaram, mas aceitaram que o homem tivesse sua própria opinião e respeitaram sua vontade.

O procedimento foi realizado na Dignitas, uma clínica de suicídio assistido em Zurique, Suíça, porque no Reino Unido a prática é considerada ilegal. A família o acompanhou.

Um dia antes da derradeira hora, a família almoçou junta de amigos e os últimos dias de Jeffrey foram registrados por uma equipe de filmagem, a fim de realizar um tributo a ele para que a família sempre guarde suas lembranças.

Sua esposa, Elaine, de 53 anos, e as filhas, Keleigh, de 21, Courtney, de 19, e Camryn, de 15, estavam com ele na clínica no momento de sua morte.

Antes de morrer, ele cumpriu alguns dos itens de sua “lista de desejos”. Um deles foi o de voar em um Spitfire, avião da Segunda Guerra Mundial. Ele engoliu um veneno para que pudesse morrer.

 

8101 201508111214588810